Siga-nos nas redes

Desporto

Famalicense Ana Azevedo destacada como melhor jogadora no europeu de futsal feminino

Publicado

em

A capitã da seleção portuguesa de futsal feminino, Ana Azevedo, foi hoje considerada a melhor jogadora da fase final da segunda edição do Europeu, após a derrota de Portugal com a Espanha, na final da prova, em Gondomar.

A universal, de 35 anos, apontou o primeiro golo da equipa das ‘quinas’ no jogo decisivo, que acabou empatado 3-3 no final do prolongamento, mas falhou o primeiro remate luso no desempate por grandes penalidades, que foi favorável à detentora do troféu, por 4-1.

A seleção espanhola manteve o pleno do historial da competição, ao voltar a vencer a seleção portuguesa, depois do triunfo na final de 2017, também em Gondomar, por 4-0.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Desporto

Volta a Portugal: Caravana agradece a Marque, Machado e Isidoro

Publicado

em

A Volta a Portugal despediu-se hoje de Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), Tiago Machado (Rádio Popular-Paredes-Boavista) e Micael Isidoro (ABTF-Feirense), os ciclistas que terminam a carreira no final desta temporada, com um singelo “obrigada”.

Ainda antes da partida real para a nona e penúltima etapa da 83.ª edição, que liga Paredes ao alto da Senhora da Graça, as “ardósias” Rita Teixeira e Xana Esteves exibiram nos seus quadros, escritos a giz, os nomes dos três corredores, que se despedem definitivamente da Volta na segunda-feira, com a palavra “obrigada” inscrita no verso.

O Ciclista galego Alejandro Marque, de 41 anos, foi vencedor em 2013 e terceiro em 2015 e no ano passado.

Também Tiago Machado, de 36 anos, fica na história da Volta, permanecendo como recordista de vitórias na classificação da juventude, que conquistou entre 2007 e 2009, o ano em que também foi quinto na geral, antes de dar o salto para o WorldTour.

Já Micael Isidoro, de 40 anos, despede-se sem nunca ter vencido uma etapa na Volta, na qual participou 11 vezes.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

FC Famalicão recebe Braga na abertura da 2.ª jornada da I Liga

Publicado

em

Famalicão e Sporting de Braga abrem hoje a segunda jornada da I Liga de futebol, com as duas equipas à procura do primeiro triunfo na edição 2022/23, em jogo no Estádio Municipal de Famalicão, às 20:15.

O dérbi minhoto acontece depois de o Famalicão ter perdido na ronda inaugural em casa do Estoril Praia (2-0), enquanto o Sporting de Braga ‘resgatou’ um difícil empate caseiro diante do ‘candidato’ Sporting (3-3).

O jogo de hoje dá início a uma ronda que se prolonga até ao feriado de segunda-feira, com três jogos no último dia: Marítimo-Desportivo de Chaves (15:30), Arouca-Gil Vicente (18:00) e Paços de Ferreira-Portimonense (20:30).

O Benfica, que na próxima semana viaja até Lodz, na Polónia, para defrontar na quarta-feira o Dínamo Kiev, na primeira mão do ‘play off’ da ‘Champions’, joga no sábado fora com o Casa Pia, mas no emprestado Estádio Magalhães Pessoa, em Leiria (18:00).

No mesmo dia, o Sporting recebe o Rio Ave, a partir das 20:30, enquanto o campeão FC Porto visita no domingo o Vizela (18:00).

Programa da segunda jornada:

– Sexta-feira, 12 ago:

Famalicão – Sporting de Braga, 20:15.

– Sábado, 13 ago:

Casa Pia – Benfica, 18:00.

Sporting – Rio Ave, 20:30.

– Domingo, 14 ago:

Boavista – Santa Clara, 15:30.

Vizela – FC Porto, 18:00.

Vitória de Guimarães – Estoril Praia, 20:30.

– Segunda-feira, 15 ago:

Marítimo – Desportivo de Chaves, 15:30.

Arouca – Gil Vicente, 18:00.

Paços de Ferreira – Portimonense, 20:30.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Famalicão/Xadrez: Inês Silva obtém título de Mestre FIDE

Publicado

em

As Olimpíadas de Xadrez 2022, evento que se realiza de 2 em 2 anos, disputaram-se em
Chennai, na Índia, de 29 de julho a 9 de agosto de 2022. Foi nesta competição que Inês Silva, atleta do Clube de Xadrez Associação Académica da Didáxis, obteve o título de Mestre FIDE (Federação Internacional de Xadrez) Feminina.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Treinador do FC Famalicão preparado para um SC Braga “grande”

Publicado

em

O treinador do Famalicão admitiu hoje que espera uma partida difícil com o Sporting de Braga, uma equipa que se assume já como grande, na antevisão do jogo da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol.

“A única ilação que posso tirar do Sporting de Braga-Sporting é que são duas equipas grandes. Cada vez mais o Braga assume-se como uma equipa grande. Entra para ganhar qualquer jogo, tem uma estrutura, treinador e plantel que se equipara a um grande”, referiu o técnico em conferência de imprensa.

Em relação ao jogo, o técnico recusa-se a fazer comparações com a partida da época passada, da qual o Famalicão saiu vencedor.

“Nota-se que o Braga está com um processo e uma ideia de jogo clara. Será um jogo bastante difícil, diferente do que foi o ano passado, pelos objetivos que cada equipa tinha, obviamente com cunhos de jogadores que se assemelham, mas será um jogo completamente diferente”, disse.

Sobre o reencontro com Simon Banza, que na época passada foi o melhor marcador da equipa famalicense e esta temporada está ao serviço dos bracarenses, Rui Pedro Silva falou ainda das qualidades do jogador.

“É um jogador com qualidade. Está a comprová-lo. Conhecemos o jogador, mas quando este tem qualidade individual e tem argumentos para tomar decisões diferentes, é uma questão da valia individual do jogador. O Banza pode fazer coisas à parte daquilo que conhecemos dele”, referiu ainda.

O Famalicão recebe na sexta-feira, às 20:15, o Sporting de Braga, numa partida da 2.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrado por Luís Godinho, da associação de Évora.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Desportistas olímpicos acusam presidente da Federação Portuguesa de Judo de opressão

Publicado

em

Os olímpicos Telma Monteiro, Catarina Costa, Bárbara Timo, Rochele Nunes, Patrícia Sampaio e Anri Egutidze acusam o presidente da Federação Portuguesa de Judo (FPJ) de opressão e apelam à intervenção da tutela do desporto.

Em carta assinada pelos seis judocas, mais Rodrigo Lopes, num total de sete dos 10 atletas do projeto olímpico da modalidade, são muitas as críticas a Jorge Fernandes, acusado de discriminação e ameaças, no que dizem ser um “clima insustentável e tóxico”.

São vários os pontos focados pelos judocas, que dizem ter reunido e exposto os problemas existentes ao presidente da FPJ, mas que esbarraram na “falta de compreensão, de flexibilidade e sensibilidade” do dirigente.

Os judocas lamentam que Jorge Fernandes continue a insistir na obrigatoriedade da presença em Coimbra em 70/80 por cento dos 52 estágios num ano, ameaçando com a exclusão da equipa, caso os atletas falhem esse pressuposto.

“Aquilo que foi uma boa solução durante o período em que a pandemia causada pela covid-19 impôs a criação de uma bolha de treino, em Coimbra, que nos permitiu estar nos Jogos em segurança, é hoje um dos fatores em que discordamos profundamente da estratégia imposta pela FPJ”, dizem.

Um cenário que, explicam, os impede de participar em estágios internacionais e treinarem com os melhores do mundo, além de o fazerem num local que dizem não ter condições: “por vezes, estão apenas oito atletas presentes para treinar, e durante o inverno chegar a estar sete graus dentro do pavilhão”.

No comunicado, os judocas revelam que Anri Egutidze, de origem georgiana, foi impedido por Jorge Fernandes, de falar a língua materna, e ficou fora de uma competição por “represália” a uma ausência de estágio e não, como se justificou, por questões de saúde.

Também Telma Monteiro e Bárbara Timo, que fizeram um estágio em Itália a expensas próprias, dizem que a FPJ, através do secretário Sergiu Oleinic, questionou se as mesmas estavam lá e que a luso-brasileira foi repreendida pela presença.

“Não compreendemos qual o padrão de coerência — o presidente da Federação diz que os atletas podem realizar estágios internacionais a expensas próprias, mas quando isso acontece sofrem ameaças, represálias e são chamados à atenção”, questionam.

Ainda em relação aos estágios fora de Portugal, os judocas criticam também a FPJ por tratar das estadas e viagens à última hora, “o que mostra a desorganização em que se vive, prejudicando a preparação dos atletas”.

Os sete judocas dizem também não entender que seja a Federação de judo a gerir as bolsas de preparação atribuídas pelo Comité Olímpico a cada um dos atletas, que as conquistou através de determinados resultados desportivos.

“Sendo que cada bolsa deveria ser — por lei — destinada apenas ao atleta a que é atribuída”, explicam, acrescentando que a FPJ tem descontado das bolsas o pagamento de cada treinador que acompanha o atleta e que essa despesa “deveria ser suportada” pela Federação.

Entre vários assuntos, Jorge Fernandes é também acusado de fazer as convocatórias da seleção, em detrimento dos treinadores, e de ter tido um comportamento inadequado para com os judocas de origem brasileira, Rodrigo Lopes, Bárbara Timo e Rochele Nunes.

O presidente da FPJ é acusado de ter, na reunião em que lhe expressaram o descontentamento, categorizado a origem dos três judocas e o facto de assinarem o documento em que dão conta da situação que vivem, chamando-os de “ingratos”.

A judoca Bárbara Timo terá mesmo alegado que as idas para Coimbra contribuíram para a depressão que viveu e tornou pública, mas que o presidente da FPJ terá respondido que ninguém a obrigou a vir do Brasil para Portugal.

A judoca Bárbara Timo terá mesmo alegado que as idas para Coimbra contribuíram para a depressão que viveu e tornou pública, mas que o presidente da FPJ terá respondido que ninguém a obrigou a vir do Brasil para Portugal.

“Várias vezes foi feita a referência à origem dos atletas, que devem ser tratados com respeito e direito a expressar preocupações ou fazer sugestões semelhantes a qualquer outro atleta português”, dizem. “Várias vezes foi feita a referência à origem dos atletas, que devem ser tratados com respeito e direito a expressar preocupações ou fazer sugestões semelhantes a qualquer outro atleta português”, dizem.

A menos de dois anos dos Jogos Olímpicos de Paris2024, os judocas finalizam que “urge uma gestão criteriosa” da carreira desportiva e financeira e pedem que as respetivas bolsas olímpicas sejam geridas pelo Comité Olímpico de Portugal.

A menos de dois anos dos Jogos Olímpicos de Paris2024, os judocas finalizam que “urge uma gestão criteriosa” da carreira desportiva e financeira e pedem que as respetivas bolsas olímpicas sejam geridas pelo Comité Olímpico de Portugal.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

FC Famalicão afastado da finla da Supertaça de futebol feminino pelo Sporting (3-0)

Publicado

em

O Sporting apurou-se, esta quarta-feira, para a final da Supertaça de futebol feminino, após vencer o Famalicão, em Alcochete, por 3-0, resultado que espelha a superioridade das ‘leoas’ ao longo do primeiro jogo oficial da época.

Com golos de Brenda Pérez (15 minutos), Ana Capeta (55) e Diana Silva (70), a equipa orientada por Mariana Cabral garantiu, sem dificuldades, a presença no jogo decisivo de dia 26 de agosto, em Leiria, frente ao Benfica que, horas antes, derrotou o Sporting de Braga, na outra meia-final, pelo mesmo resultado de 3-0.

Já depois de Diana Silva (07) ter acertado no poste, após ultrapassar a guarda-redes das minhotas, foi Brenda Pérez (15) quem inaugurou o marcador, após solicitar Ana Borges no corredor direito e ir receber o passe atrasado da lateral, no coração da área, para atirar a contar.

As ‘leoas’ privilegiavam o jogo interior e iam conseguindo criar alguns lances de perigo, mas foi novamente com uma solicitação no corredor direito, já na segunda parte, que Diana Silva assistiu Ana Capeta (55) para o 2-0, num lance que, tal como o do primeiro golo, teve início nos pés de Cláudia Neto.

O Famalicão, que teve numa tentativa de chapéu de Raquel Fernandes (39), ainda na primeira parte, a sua única oportunidade de golo em todo o encontro, nunca teve argumentos para contrariar o caudal ofensivo das ‘verde e brancas’.

Nesse sentido, foi sem grande surpresa que Diana Silva (70) apareceu isolada frente a Dani Nehaus e não teve dificuldades para bater a brasileira e fechar o marcador, permitindo à treinadora dar minutos a várias jovens que foram saindo do banco ao longo da segunda parte para os lugares das mais experientes Fontemanha, Pérez, Borges, Neto e Capeta.

Desta forma, o Sporting vai defrontar o Benfica na final, em Leira, em 26 de agosto, às 20:30, enquanto o Famalicão enfrenta, no mesmo dia, às 11:00, o Sporting de Braga, no jogo pelo terceiro e quarto lugar.

De acordo com o treinador-adjunto do Famalicão, Hélder Baptista este “foi um resultado exagerado para aquilo que ambas as equipas construíram. Mas uma palavra de apreço e reconhecimento pelos vencedores e desejar que no dia 26 de agosto tenhamos uma verdadeira festa do futebol feminino, em Leiria.

Não entrámos bem, não conseguimos impor nosso jogo, nem colocar agressividade quer no espaço, quer no portador da bola, como delineámos. E isso afetou definitivamente o comportamento coletivo. Merecemos e criámos oportunidades, sobretudo nos últimos 15 minutos da primeira parte, para justificar o golo.

[O novo formato da Supertaça] acima de tudo reconhece o trabalho e o desempenho das equipas na época anterior. É para isso que existe esta prova. No novo figurino para este campeonato, dificilmente [a Supertaça] será o reflexo do que vamos assistir, porque todas as equipas estão a trabalhar, as 12 equipas estão preparadas para um supercampeonato e acredito que isso vai mesmo acontecer”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Famalicão: Miguel Cunha vence torneio de verão de ténis ANAG

Publicado

em

O torneio de verão Ala Nun’Álvares de Gondomar (ANAG) decorreu entre os dias 4 e 7 de agosto, em Gondomar, tendo-se sagrado campeão, no escalão de maiores de 35 anos, o famalicense Miguel Cunha.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Faleceu lenda do Benfica Fernando Chalana

Publicado

em

O antigo futebolista Fernando Chalana morreu hoje aos 63 anos, informou nas redes sociais o Benfica, clube no qual o avançado fez grande parte da carreira.

“Fernando Chalana, o nosso Pequeno Genial, faleceu, aos 63 anos, na madrugada desta quarta-feira, 10 de agosto”, lê-se numa mensagem dos ‘encarnados’ no Twitter.

Com início da formação no Barreirense, Chalana, 37 vezes internacional por Portugal, chegou ao Benfica em 1974/75, ainda com idade de júnior e mudou-se em 1984/85 para o Bordéus, clube no qual esteve três anos antes de regressar às ‘águias’, terminando a carreira com uma época no Belenenses (1990/91) e outra no Estrela da Amadora (1991/92).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Famalicão: Rui Sabino sagra-se campeão nacional nos juvenis de ciclismo de estrada

Publicado

em

O famalicense Rui Sabino, da União Ciclismo da Trofa, sagrou-se campeão nacional de juvenis de ciclismo de estrada, na prova que decorreu, no passado sábado, no Bombarral.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Já estão abertas as inscrições para a Liga de Futsal de Famalicão

Publicado

em

A Liga Futsal Famalicão (LFF) informou, esta terça-feira, através de comunicado à imprensa, que se encontram abertas as inscrições para equipas, associações ou escolas que tenham interesse em integrar a nova época desportiva.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

pub

Artigos Recentes

Paíshá 12 horas

Campanha “Viajar sem Pressa” arranca esta terça-feira

Esta terça-feira arranca a campanha “Viajar Sem Pressa” que vai ser desenvolvida até ao dia 23 de agosto. Iniciativa tem...

Economiahá 16 horas

Governo volta a fixar preços máximos da botija de gás

A medida entra em vigor esta terça-feira O Governo voltou sexta-feira a fixar preços máximos para o gás engarrafado, tal...

Paíshá 16 horas

Seis universidades portuguesas entre as mil melhores do mundo

Seis universidades portuguesas foram incluídas entre as mil melhores do mundo no Ranking de Xangai, hoje publicado, com Harvard a...

Paíshá 1 dia

Foram detidos 119 suspeitos de crime de incêndio florestal

Segundo disse hoje, o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, este ano foram detidos 119 suspeitos do crime de...

Desportohá 1 dia

Volta a Portugal: Caravana agradece a Marque, Machado e Isidoro

A Volta a Portugal despediu-se hoje de Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), Tiago Machado (Rádio Popular-Paredes-Boavista) e Micael Isidoro...

Paíshá 2 dias

SIRESP: Governo investe quatro milhões para assegurar comunicações via satélite

O SIRESP vai ter um novo investimento de 4,2 milhões de euros em equipamentos de redundância para assegurar as comunicações...

Famalicãohá 3 dias

Requião recebe Festa da Compra e Venda

A freguesia de Requião realiza nestes dias 13 e 14 de agosto, na Alameda do Mosteiro, a nona edição da...

Famalicãohá 3 dias

Famalicão: Encontro de Concertinas realiza-se este domingo em Sezures

Realiza-se este domingo, 14 de agosto, pelas 15 horas, no Recinto de S. Vicente em Sezures, o I Encontro de...

Póvoa de Varzimhá 3 dias

Festa da Sardinha começa esta sexta-feira junto ao Casino da Póvoa de Varzim

Regressa, esta sexta-feira, após dois anos de pandemia, a Festa da Sardinha da Póvoa de Varzim, um evento onde são...

Paíshá 3 dias

Vários bombeiros feridos após capotamento na Serra da Estrela. Um continua em estado grave

Dois dos cinco bombeiros feridos no capotamento de um veículo que combatia o incêndio que começou sábado no município da...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES