Siga-nos nas redes

Economia

Governo: Apoio de 10 euros para compra de gás em botija disponível a partir desta quinta-feira

Publicado

em

O apoio de 10 euros por mês à compra de gás de botija está disponível a partir de quinta-feira, com efeitos em 01 de setembro, para consumidores domésticos, beneficiários de tarifa social de eletricidade ou de prestações sociais mínimas.

De acordo com o regulamento hoje publicado em Diário da República, o apoio destina-se à aquisição de gás de petróleo liquefeito em garrafa (GPL), por beneficiários da tarifa social de eletricidade ou de prestações sociais mínimas e ascende a 10 euros por garrafa, o qual é pago por um período de quatro meses, de setembro a dezembro de 2022″.

Na anterior fase, este apoio foi pago durante três meses, de abril a junho, aos balcões dos CTT, e desta vez será na sede das juntas e união de juntas de freguesias.

Segundo o diploma, “o atual conflito entre a Rússia e a Ucrânia tem conduzido a uma grande instabilidade no setor energético, impactando diretamente nos preços e nas cadeias de abastecimento de energia, com repercussões expressivas na economia e nos consumidores”.

Neste sentido, “mantendo-se o referido conflito e a instabilidade no setor energético, importa continuar a apoiar os consumidores mais vulneráveis”, estando previsto uma dotação de dois milhões de euros para iniciar uma 2.ª fase deste apoio às famílias mais carenciadas.

O apoio compete à direção do Fundo Ambiental, em articulação com as juntas e uniões de juntas de freguesias, através da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), lê-se ainda no despachado assinado pelo ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro.

Segundo o diploma, “o período para pagamento do apoio inicia-se após a aprovação do presente Regulamento e decorre até ao dia 31 de dezembro de 2022, ou até se esgotar a dotação [de dois milhões de euros], o que se verificar primeiro”.

Os beneficiários deverão apresentar na sede das juntas e união de juntas de freguesias a fatura da eletricidade em que comprove ser beneficiário da tarifa social da eletricidade, a fatura/recibo, ou recibo onde conste o respetivo número de identificação fiscal (NIF) em nome do titular do contrato de eletricidade, beneficiário da TSEE, com data de setembro, outubro, novembro ou dezembro de 2022, e que comprove a aquisição da garrafa de GPL.

Tem ainda que apresentar cartão do cidadão, de residente ou passaporte do titular do contrato de eletricidade beneficiário de tarifa social.

Já os beneficiários de apoios sociais abrangidos têm de apresentar documento comprovativo do recebimento de uma das prestações sociais mínimas referidas, com referência ao mês anterior ou ao mês do apoio, o recibo de aquisição da garrafa e a documentação do titular da prestação social mínima.

O apoio é pago em dinheiro face à apresentação de documentação.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Economia

FR Pichelaria abriu no centro da cidade

Publicado

em

Abriu em Famalicão um novo espaço ao qual deve recorrer se quiser que os problemas de pichelaria em sua casa deixem de o ser.

O espaço físico do Fica Reparado abriu na Avenida 25 de Abril, em Vila Nova de Famalicão. Aqui, para além de uma equipa especializada, que lhe dará o melhor aconselhamento, encontra também as melhores soluções de aquecimento, painéis solares, caldeiras é muito mais.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Ouro regista a maior procura de sempre da última década

Publicado

em

A procura global de ouro atingiu em 2022 o nível mais alto desde 2011, impulsionada por compras recorde dos bancos centrais, que mais do que duplicaram num ano, segundo um relatório do Conselho Mundial do Ouro.

A procura de ouro no conjunto do ano 2022 atingiu as 4.740,7 toneladas, um aumento de 18% em relação a 2021, impulsionado por um forte quarto trimestre.

“A grande surpresa do ano foi obviamente a procura a recorde dos bancos centrais, que atingiu o nível mais alto dos últimos 55 anos, tendo, só no segundo semestre do ano, gerado compras de mais de 800 toneladas”, afirmou a analista do Conselho Mundial do Ouro (WGC, do inglês World Gold Council) Louise Street, em declarações à agência AFP.

Durante o ano passado, a procura por ouro por parte destas instituições mais do que duplicou, atingindo 1.135,7 toneladas, contra 450,1 no ano anterior.

Conforme explica a analista do WGC, o ouro é muito valorizado pelos bancos centrais, que o utilizam “como uma reserva de valor a longo prazo”, sobretudo porque se comporta bem em tempos de crise, servindo de baluarte contra a inflação.

As compras de barras e moedas de ouro mantiveram-se em 2022, continuando a atrair investidores em vários países, compensando a fraca procura da China. No total, os investimentos em barras e moedas totalizaram 1.217,1 toneladas em 2022, contra 1.190,9 em 2021.

Já os setores de joalharia e da tecnologia registaram uma leve quebra na procura, caindo respetivamente 2% e 7% no ano passado (2.189,8 toneladas no caso das joias e 308,5 toneladas na tecnologia).

A desaceleração da procura no setor tecnológico é explicada principalmente pela persistência de problemas na cadeia de abastecimento desde a pandemia da covid-19, tendo a desaceleração económica global também pesado na procura por parte dos consumidores.

Em relação às joias em ouro, os mercados da Índia e da China desempenham um papel central. Tradicionalmente, as famílias aproveitam os casamentos e outras celebrações para converterem parte das suas poupanças em lingotes, colares, anéis, pulseiras e outros objetos de ouro, o derradeiro porto seguro.

Contudo, até dezembro, a China manteve em vigor uma política sanitária muito rigorosa, denominada ‘covid-zero’, que impunha, nomeadamente, testes de despiste generalizados, monitorização rigorosa das movimentações e, também, confinamentos e quarentenas obrigatórios assim que novos casos eram descobertos. O abandono dessa política desencadeou um forte aumento dos casos de covid.

O resultado foi uma quebra de 15% da procura de joias na China e um recuo de 24% dos investimentos em ouro e moedas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Os preços dos combustíveis ficam mais caros esta segunda-feira

Publicado

em

É a terceira semana consecutiva que os preços dos combustíveis aumentam em Portugal. Tanto a gasolina como o gasóleo devem, a partir de segunda-feira, subir para novos máximos desde novembro de 2022.

O gasóleo deverá aumentar 1,5 cêntimos, enquanto a gasolina deverá encarecer 3,5 cêntimos, adiantou fonte do setor.

O preço médio do gasóleo simples está nos 1,639 €/litro, ao passo que a gasolina simples 95 está nos 1,710 €/litro, de acordo com dados da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG).

O preço médio semanal dos combustíveis, calculado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), subiu na semana passada 1,6% para a gasolina e 2% para o gasóleo, segundo um relatório divulgado pelo regulador.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Gasóleo e gasolina voltam a aumentar na segunda-feira

Publicado

em

O preço dos combustívieis deverá continuar a aumentar, seguindo a tendência da última semana.

Os condutores que se dirigirem aos postos de abastecimento, esta segunda-feira, deverão encontrar a gasolina mais cara cerca de 4 cêntimos, e o preço do gasóleo com um aumento de 2 cêntimos, em relação à presente semana.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Famalicão: pais manifestam apoio aos professores no Centro Escolar do Louro

Publicado

em

Os pais e encarregados de educação do Centro Escolar do Louro, em Famalicão, manifestaram hoje apoio à luta dos professores.

Docentes em greve e pais concentraram-se em frente ao estabelecimento de ensino em defesa da escola pública.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Famalicão: Escola D. Maria II de portas fechadas e docentes descontentes com negociações

Publicado

em

A Escola D. Maria II, em Gavião, concelho de Famalicão, fechou esta quinta-feira, devido à greve dos professores.

Aliás, centenas de alunos sofreram com a paralisão já que as 13 escolas do 1.º ciclo deste agrupamento estão também encerradas.

Esta quinta-feira a greve, convocada por oito organizações sindicais, nomeadamente a FENPROF afeta o distrito de Braga.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

MAI reúne com bombeiros para explicar aplicação de fundos europeus

Publicado

em

Foto BV Famalicão

O Ministério da Administração Interna (MAI) vai iniciar este mês reuniões presenciais com todos os presidentes de direção e comandantes das corporações de bombeiros voluntários sobre o financiamento previsto nos fundos europeus para a área da proteção civil.

Segundo a agência lusa, numa carta enviada aos presidentes das associações humanitárias dos bombeiros, os ministros da Administração Interna, José Luís Carneiro, e a da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, dão conta que no âmbito dos Fundos Europeus do Portugal 2030, para o período 2021-2027, são elegíveis como beneficiários os bombeiros voluntários, os serviços municipais de proteção civil e os sapadores florestais.

De acordo com o Governo, estão previstos no PT 2030 investimentos em infraestruturas, sistemas de prevenção, ferramentas de apoio à tomada de decisão e em meios de combate a incêndios rurais, apoio na elaboração de planos locais, sub-regionais ou regionais de prevenção e gestão de riscos e reforço da informação, sensibilização e competências em gestão de crises, num valor indicativo de 122 milhões de euros.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Novo Plano Estratégico de Famalicão desenha linhas para o futuro

Publicado

em

Que concelho queremos em 2030? É esta questão que o novo plano estratégico de Famalicão apresentado esta sexta-feira, dia 13 de janeiro, pela Câmara Municipal pretende responder.

O lotado Centro de Estudos Camilianos em Seide recebeu a conferência “Famalicão.30 – Estratégia de Desenvolvimento de Vila Nova de Famalicão para o período 2022-2030”, que serviu de rampa para a apresentação do documento, que pretende ser o alicerce para a construção da década.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Famalicão: António Costa visitou a Riopele na tarde desta sexta-feira

Publicado

em

O Primeiro-ministro, António Costa, está de vista esta sexta-feira, à empresa Riopele, de Pousada de Saramagos, Famalicão. O chefe de Governo veio conhecer os mais recentes investimentos desta têxtil, nomeadamente n nos domínios da transição digital e sustentabilidade

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Gasóleo e gasolina voltam a aumentar esta segunda-feira

Publicado

em

O preço da gasolina e gasóleo voltam a aumentar esta segunda-feira.

Assim, a gasolina deverá registar um aumento de 1 cêntimo, enquanto que o gasóleo deverá aumentar cerca de 0,5 cêntimos, apontam fontes ligadas ao setor.

Antes que se verifiquem estas alterações o litro de gasolina 95 custa cerca de 1,659, enquanto que o litro de gasóleo se encontra nos 1,597 euros.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

pub

Artigos Recentes

Desportohá 34 minutos

Famalicão: CRP Delães recebe Este FC para disputar a 16.ª jornada este domingo

O CRP Delães recebe, este domingo, o Este FC para disputar a 16.ª jornada da série B da Divisão de...

Desportohá 40 minutos

Roteiro Associativo -AFSA

Márcio Sousa: “Estamos a dar formação na arbitragem para uniformizar os critérios” Em entrevista à FamaTV, Márcio Sousa, presidente da...

Desportohá 1 hora

Hóquei: FAC disputa 16:º jornada frente ao GRF Murches este sábado

A equipa de hóquei em patins do Famalicense Atlético Clube desloca-se, este sábado, para disputar a 16.ª jornada da 1.ª...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Casa das Artes recebe noite de fado pelas vozes de Pedro Ferreira e Patrícia Costa

A Casa das Artes recebe, no dia 09 de fevereiro, quinta-feira, mais uma noite de fado, pelas vozes de Pedro...

Famalicãohá 2 horas

“Passeio de Inverno” de automóveis antigos passa por Famalicão este sábado

Realiza-se este, sábado e domingo, o “Passeio de Inverno” do Clube Português de Automóveis Antigos, que irá fazer o percurso...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Renato Cunha é o novo chef residente da Praça-Mercado

O famalicense Renato Cunha passa a ser o chef residente da Praça-Mercado de Famalicão. Renato Cunha, nasceu em V. N....

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Casa de Esmeriz recebe sessão de esclarecimento sobre recuperação do rio Pelhe

Realiza-se este sábado, às 21:30, na Casa de Esmeriz uma ação de esclarecimento intitulada “Recuperação e Valorização Hidrográfica da Bacia...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Centro de Recolha Animal resgata gato preso em Landim

O Centro de Recolha Animal de Famalicão levou a cabo, na noite desta quarta-feira, o salvamento de uma gata, que...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Feira Anual Senhora das Candeias de Landim realiza-se esta quinta-feira

Realiza-se, esta quinta feira, na freguesia de Landim, em Famalicão, a feira anual em celebração da Senhora das Candeias. Está...

Famalicãohá 17 horas

Famalicão: Colisão deixa trânsito condicionado na Estrada Nacional em Calendário

Uma colisão deixou condicionado o trânsito na Estrada Nacional 14, em frente às instalações do centro saúde de S. Miguel-o-Anjo,...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES