Siga-nos nas redes

Economia

Governo promete ajudar empresas e famílias até ao final da pandemia

Publicado

em

O ministro de Finanças considerou hoje que o Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) é o exercício orçamental mais difícil e exigente dos últimos anos, assegurando que o Governo continuará a apoiar empresas e famílias enquanto durar a pandemia.

“Neste contexto de incerteza queria aproveitar para deixar novamente uma mensagem de esperança às empresas e trabalhadores: enquanto durar a pandemia o Governo não deixará de continuar a apoiar o emprego, ajudando as empresas a suportar os custos do trabalho nos setores mais atingidos pela crise”, referiu João Leão na abertura da 16.ª Conferência Anual da Ordem dos Economistas sobre o Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) que está a decorrer em Lisboa.

Durante a sua intervenção, por vídeo, o ministro referiu que o Orçamento do Estado para 2021 é “o exercício orçamental mais difícil e exigente dos últimos anos”, mas assinalou que Portugal chegou “a esta crise com capacidade para dar uma resposta forte que o país precisa”.

A pandemia que atingiu a Europa no início deste ano provocou “uma crise económica e social sem precedentes”, e os seus efeitos económicos e sociais vão estender-se para além de 2020, referiu o ministro das Finanças, assinalando, neste contexto, as quatro prioridades a que o OE2021 tenta responder, ajudando o país a enfrentar a pandemia, recuperar a economia, proteger o emprego e proteger o rendimento das famílias.

“Este é um orçamento que estabelece as bases para uma recuperação económica rápida e robusta através de uma política anticíclica de combate à crise que aposta na recuperação da economia e na proteção do emprego e do rendimento”, fazendo-o “com sentido de responsabilidade”.

Do lado da resposta à pandemia João Leão salientou o reforço do Orçamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS) da ordem de mil milhões de euros (mais 10% em termos homólogos) e na Educação através do programa de digitalização das escolas e reforço de recursos humanos.

No âmbito da prioridade da recuperação da economia, o ministro destacou as medidas de política fiscal incluídas no OE2021 que permitirão aumentar em 550 milhões de euros o rendimento disponível das famílias através da redução das tabelas de retenção na fonte, da descida do IVA da eletricidade e da devolução do IVA gasto em compras nos setores mais afetados pela pandemia (O ‘IVAucher’).

A estas medidas, referiu, juntam-se as dirigidas às empresas nomeadamente a redução das tributações autónomas para as micro, pequenas e médias empresas, o crédito fiscal extraordinário ao investimento, a extensão das moratórias de crédito até setembro de 2021 e a criação de linhas de crédito com garantia do Estado até cerca de 6 mil milhões de euros.

João Leão salientou ainda as medidas de proteção ao rendimento das famílias onde incluiu o aumento extraordinário das pensões mais baixas (até 1,5 Indexante de Apoios Sociais) de 10 euros, “aumento do salário mínimo nacional em linha com o aumento médio da anterior legislatura” e o aumento de 3% da massa salarial na administração pública.

“No âmbito desta crise é importante não deixar ninguém para trás e estar atento aos que perdem emprego ou reduziram a atividade”, disse ainda assinalando, neste contexto o apoio extraordinário dirigido a trabalhadores por conta de outrem, trabalhadores independentes e domésticos sem subsídio de desemprego ou com perdas de rendimento superiores a 40%, que contempla um valor entre 50 euros e 501 euros.

A medida consta da proposta do OE2021, sendo que as alterações entretanto acordadas entre o Governo e os partidos à esquerda vai permitir que chegue a 250 mil pessoas. O custo da medida deverá rondar os 633 milhões de euros.

A secretária de Estado do Orçamento, Cláudia Joaquim, que também participou nesta conferência, referiu, por seu lado que “apesar da emergência economia e social” que o país vive na sequência da pandemia e das respostas que têm vindo a ser dadas, “o Governo mantém a preocupação da manutenção” do rigor das contas públicas, não perdendo de vista o equilíbrio económico e orçamental.

Cláudia Joaquim disse ainda que, se por um lado, este é um Orçamento “exigente”, será “seguramente um orçamento que implicará uma necessidade” de o Governo ir adaptando as medidas de política em função das necessidades que vão surgindo na sequência da evolução da pandemia.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Famalicãohá 5 horas

Covid-19: 60% dos doentes hospitalizados continuam com pelo menos um sintoma após seis meses

Um estudo hoje divulgado conclui que 60% dos doentes hospitalizados com covid-19 continuam com pelo menos um sintoma seis meses...

Famalicãohá 8 horas

Associação Engenho de Desenvolvimento do Vale do Este aprova orçamento para 2021

Os associados da Engenho – Associação de Desenvolvimento do Vale do Este  aprovaram, no passado domingo, por unanimidade, o Plano...

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Pessoas acumulam-se em longas filas, à chuva, no Centro de Vacinação de Vale S. Cosme

Não é a primeira vez que acontece. Aliás, nos últimos dias, segundo relatos de várias pessoas, têm-se formado longas filas...

Desportohá 10 horas

Famalicão: Vermoim recebeu mais de 150 participantes para passeio de BTT

O Floresta BTT, sediado em Vermoim, promoveu este sábado, 8 de maio, o Arga Tinta Adventure, um passeio de BTT...

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Secretário de Estado da Educação, João Costa, participa no III Ciclo de Conferências em Educação

O secretário de Estado da Educação, João Costa, vai participar como orador em mais uma sessão do III Ciclo de...

Famalicãohá 11 horas

Paulo Cunha fala amanhã aos famalicenses sobre o seu futuro e permanência na corrida às autárquicas

O presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, vai tomar, amanhã, uma posição sobre a questão da candidatura às eleições...

Desportohá 11 horas

I Liga: Árbitro Manuel Mota irá dirigir Vitória SC x FC Famalicão desta quarta-feira

Já foi definido pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol a equipa de arbitragem para o jogo entre...

Famalicãohá 12 horas

Piscinas de Famalicão, Joane, Ribeirão e Oliveira S. Mateus retomam regime livre

As piscinas cobertas de Famalicão começam a recuperar a sua atividade normal com o desenrolar do plano de desconfinamento estipulado...

Paíshá 12 horas

Covid-19: Mais 1 morto e 158 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 1 óbito provocados pela pandemia e 158 novos casos de infeção, segundo o relatório diário, emitido...

Famalicãohá 14 horas

Famalicão: Empresa Pafil inaugura novas instalações no concelho

A Pafil, empresa têxtil especializada em vestuário de alta performance, escolheu e Famalicão para concretizar um plano de expansão nacional...

Guimarãeshá 15 horas

Covid-19: Fuga de gás atrasa vacinação no Pavilhão Multiusos de Guimarães

O programa de vacinação contra a covid-19 agendado para hoje no Pavilhão Multiusos de Guimarães arrancou com hora e meia...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Três detidos este fim de semana por condução com excesso de álcool

Três pessoas, com 22, 30 e 40 anos foram detidas durante este fim de semana pela PSP, por condução sob...

Desportohá 16 horas

GD Natação de Famalicão regressa de torneio regional com vitórias, medalhas e acesso às provas nacionais

O Grupo Desportivo de Natação de Famalicão, destacou-se este fim de semana, no Torneio Regional de Juvenis, Juniores e Seniores,...

Famalicãohá 16 horas

Atletismo: Liberdade FC atinge 5 novos recordes pessoais nas provas de preparação deste domingo

Realizaram-se este domingo as Provas de Preparação dos escalões de formação na Pista do Estádio 1º de Maio, em Braga, nas...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Um ferido após colisão entre ligeiros, esta manhã, em Riba de Ave

Uma pessoa ficou ferida, na manhã desta segunda-feira, depois de uma colisão entre dois veículos ligeiros, na Estrada Nacional 310,...

Desportohá 17 horas

I Liga: Sporting assegura hoje título de campeão nacional caso FC Porto não vença ao Farense

 O FC Porto recebe hoje o Farense, em jogo da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e está...

Famalicãohá 1 dia

Presidente da Junta de Ribeirão expressa surpresa com saída de Paulo Cunha da “corrida autárquica”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Famalicãohá 1 dia

Paulo Cunha admite “decisão em curso” reforçando que os famalicenses estarão sempre “primeiro”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Entretenimentohá 1 dia

Cão do presidente da Irlanda boicota-o enquanto este faz uma intervenção em direto

O presidente da Irlanda, Michael D Higgins, fez um declaração, em direto, para lamentar a morte de um ator recentemente...

Famalicãohá 1 dia

Quem é Mário Passos, o candidato da coligação PSD/CDS à Câmara de Famalicão?

Nasceu a 3 de fevereiro de 1966 e é natural da freguesia famalicense de Nine. É casado e pai de...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191