Siga-nos nas redes

Desporto

Famalicense Arcélio Couto termina 4.ª etapa do Rali Dakar em 93.º

Publicado

em

Os pilotos portugueses na 44.ª edição do rali Dakar mostraram-se hoje satisfeitos com as suas prestações na quarta etapa da prova mais emblemática de todo-o-terreno, em que Rui Gonçalves (Sherco) foi terceiro classificado nas motas.

Este foi o melhor resultado para o piloto de Vidago (Vila Real) na prova, nesta que é a sua segunda participação.

Rui Gonçalves concluiu os 465 quilómetros cronometrados da mais longa etapa da corrida a 7.59 minutos do vencedor nas duas rodas, o espanhol Joan Barreda (Honda), que somou a segunda vitória na edição deste ano, 29.ª no no total.

“Foi uma etapa bastante rápida onde consegui imprimir um bom ritmo desde o início e mantê-lo ao longo do dia. O facto de ter andado com pilotos rápidos e com muita experiência no Dakar permitiu-me aprender e evoluir quilómetro após quilómetro”, começou por dizer o piloto transmontano.

O antigo vice-campeão mundial de motocrosse na classe MX2 sentiu-se “muito bem fisicamente”.

“O objetivo, tal como tem sido a cada dia, é continuar concentrado etapa após etapa, até ao final do Dakar”, sublinhou.

Ao português tinha sido, inicialmente, creditado o quarto lugar, atrás do italiano Danilo Petrucci (KTM), que até 2021 foi piloto de MotoGP.

Contudo, o transalpino foi penalizado em 10 minutos por excesso de velocidade, depois de na véspera ter sido transportado até ao acampamento de helicóptero depois de não ter conseguido reparar uma avaria no motor da sua KTM por ter perdido o telefone satélite durante a etapa.

Por sua vez, Joaquim Rodrigues Jr. (Hero), que venceu a terceira etapa, em Al Qaisumah, hoje teve a espinhosa missão de abrir a pista, cedendo quase 30 minutos para os primeiros, sendo 35.º.

“Depois da minha vitória, tive de abrir a etapa de hoje, que, por coincidência, era a mais longa do rali e mais dura até agora em termos de navegação. Devido às chuvas, as pistas quase não se viam, o que tornou a navegação ainda difícil. Os outros pilotos apanharam-me e rodámos juntos até final. Ainda assim, o resultado é bom e estou contente por ter chegado ao fim”, frisou o piloto natural de Barcelos, que caiu duas posições, para o 19.º lugar.

António Maio (Yamaha) foi 20.º, a 18.16 minutos do vencedor, numa etapa mais ao seu gosto.

“A especial de hoje foi mais ao meu gosto. Não tinha tanta areia e o terreno era mais rijo e com alguma pedra. O percurso era mais rápido, mas com alguma condução. Na parte final apanhei o pó de alguns pilotos e quebrei um bocado o ritmo o que acabou por me atrasar. Mas foi uma boa especial e bastante divertida. Estamos no bom caminho e vamos subindo aos poucos”, concluiu.

Mário Patrão (KTM) foi 44.º e quinto entre os pilotos sem assistência.

“A etapa de hoje tinha mesmo muitos quilómetros, mas consegui manter um ritmo consistente. O tempo aqui passa a voar, e com poucas horas de sono, há que ter cuidados redobrados. Estou satisfeito com o resultado”, comentou o piloto de Seia (Guarda).

Alexandre Azinhais (KTM) foi 92.º, logo seguido de Arcélio Couto (Honda), Paulo Oliveira (KTM) em 126.º, seguido de Bianchi Prata (Honda), em 127.º.

O britânico Sam Sunderland (GasGas), que foi sexto na tirada de hoje, manteve a liderança, mas agora com 3.00 minutos sobre o austríaco Mathias Walkner (KTM), com o francês Adrien van Beveren (Yamaha) a baixa de segundo para terceiro, a 4.54 minutos.

Nos automóveis, o catari Nasser Al-Attiyah (Toyota) herdou a 44.ª vitória da carreira na prova depois de o saudita Yazeed Al-Rajhi (Toyota) ter caído de primeiro para quinto devido a uma penalização de 5.00 minutos por excesso de velocidade.

“Preferia não ser o primeiro em pista na etapa de amanhã [quinta-feira]”, lamentou Al-Attiyah, pois os carros enfrentam um percurso diferente dos das motas.

O piloto da Toyota gastou 3:54.40 horas para cumprir os 465 quilómetros cronometrados entre Al Qaisumah e Riade, na Arábia Saudita, deixando o francês Sébastien Loeb (BRX) na segunda posição, a 25 segundos.

“Prefiro partir atrás dele do que à frente, pois na etapa de quinta-feira não vamos ter as motas a partir antes de nós e a deixar marcas em pista”, frisou Loeb.

Em terceiro lugar acabou o espanhol Carlos Sainz (Audi), que viu partir-se uma peça da transmissão traseira do seu RS e-Tron elétrico, que lhe terá roubado a vitória no troço.

“Foi uma pena porque vínhamos em posição de vencer”, sublinhou o madrileno, de 59 anos.

Miguel Barbosa (Toyota) foi 43.º, a 1:22.28 horas.

“Foi uma etapa difícil, muito rápida, com muitas ratoeiras. Houve alguns acidentes, muita gente parada, registo muitos problemas. Foi por isso muito importante para nós poder estar aqui ao final do dia. Já a terminar a etapa passámos num rio, com muita lama e já a escurecer, não foi fácil, mas carro teve impecável, sem registo de problemas, pelo que estamos satisfeitos. Seguem-se dois dias difíceis. Amanhã temos quase 400 km para fazer, com a particularidade de nós irmos para um lado e as motas para outro. Haverá mais dificuldade para quem for abrir pista.  No dia seguinte serão os carros a fazer o percurso das motas e vice-versa”, explicou.

O dia ficou ainda marcado pelo violento capotanço do Toyota do lituano Benediktas Vanagas, navegado pelo português Filipe Palmeiro, sem consequências físicas.

Os dois chegaram ao final na 80.ª posição, mas com uma penalização de 30 horas por não terem concluído o percurso.

Com estes resultados, Nasser Al-Attiyah tem, agora, 38.05 minutos de vantagem sobre Sébastien Loeb, que é segundo, e 49.15 sobre Yazeed Al-Rajhi, que é terceiro.

Miguel Barbosa é, agora, 39.º a 5:53.08 horas.

Na quinta-feira disputa-se a quinta etapa, em torno de Riade e será composta por um troço cronometrado de 346 quilómetros. Os pilotos e equipas vão encontrar um percurso entre trilhos de terra, salpicados de pedra e com uma longa secção de dunas com quase 80 quilómetros.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Desporto

Dança: Apolo Famalicão conquista 4 títulos de Campeão Nacional

Publicado

em

Por

No passado sábado realizou-se no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa, o Campeonato Nacional de 10 Danças. O par Dinis Rocha e Maria Cabral, da Apolo de Famalicão, conquistou, pela terceira vez, o título de Campeões Nacionais da 10 Danças.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Xadrez: Mariana Silva convocada para a Seleção Feminina

Publicado

em

Por

A atleta Mariana Silva, do Clube de Xadrez da Associação Académica Didáxis (A2D), foi selecionada para participar na 44.ª edição das Olimpíadas de Xadrez.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

ASAE: Nove detidos por venda irregular de bilhetes para a Taça de Portugal

Publicado

em

Por

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal, deteve nove pessoas em flagrante pelo crime de especulação e venda irregular de bilhetes para a final da Taça de Portugal de futebol.

O comunicado final sobre a operação realizada pela ASAE, divulgado hoje à tarde, faz o balanço das situações detetadas e refere nove casos de anúncio de “venda de bilhetes acima do seu valor facial, pretendendo obter vantagem patrimonial indevida”.

“Foram ainda apreendidos 30 bilhetes com valores faciais que oscilam entre 15 e 20 euros, encontrando-se os bilhetes à venda acima do seu valor oficial, chegando a ser pedidos cerca de 100 euros por bilhete, com margens de lucro a atingir os 500% de lucro por bilhete”, lê-se no texto.

Este tipo de crime de especulação é “punível com pena de prisão de seis meses a três anos e multa não inferior a 100 dias”, recorda a ASAE.

O jogo da final da Taça foi hoje disputado entre FC Porto e Tondela, no Estádio Nacional, em Oeiras, Lisboa, com os ‘dragões’ a vencerem por 3-1.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Português Rafael Leão eleito o melhor jogador do campeonato italiano

Publicado

em

Por

O futebolista internacional português Rafael Leão foi eleito o melhor jogador da Série A na época 2021/22, em que o AC Milan, a sua equipa, se sagrou campeã italiana 11 anos depois.

Em comunicado, a Liga informou da atribuição do troféu de melhor jogador, após o jogo da última jornada com o Sassuolo, ao avançado português, que fechou a época com 11 golos e 10 assistências.

Rafael Leão, de 22 anos, conquistou o seu primeiro título no futebol sénior na terceira temporada no emblema italiano, e terminou a época como melhor marcador dos milaneses, a par do francês Oliver Giroud.

Da parte da Liga, o dirigente Luigi De Siervo enalteceu as características de Leão, “um símbolo do AC Milan campeão” e um futebolista “imprevisível, na força atlética e velocidade, que o tornam um jogador de topo”.

A Liga nomeou ainda Maignan (AC Milan) como melhor guarda-redes da época 2021/22, Stefano Pioli (AC Milan) o treinador e Brozovic (Inter) o melhor médio.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Famalicão: FAC sagra-se campeão da 3.ª divisão nacional de voleibol

Publicado

em

Por

A equipa de voleibol do Famalicense Atlético Clube sagrou-se, este fim de semana, campeão nacional da 3.ª divisão.

Depois de já ter garantido a sua promoção à 2.ª Divisão, o emblema famalicense disputou a ‘final four’ em Évora, vencendo todos os jogos, frente ao CV Lisboa B (3-2), Juventude de Évora (3-0) e Marítimo (3-0).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Fernando Pimenta e João Duarte ganham medalhas de ouro na final da Taça do Mundo de canoagem

Publicado

em

Por

A dupla portuguesa Fernando Pimenta/João Duarte conquistou hoje a medalha de ouro na final A do K2 1.000 metros da Taça do Mundo de Racice, na República Checa, primeira etapa deste circuito de canoagem de velocidade.

A equipa portuguesa cumpriu a distância em 3.16,09 minutos, deixando o par segundo classificado, formado pelos dinamarqueses Christian Farstad e Gustav Bock, a 1,16 segundos, enquanto os australianos Pierre Westhuyzen e Noah Havard ficaram no terceiro lugar, a 1,95 segundos.

Esta foi a segunda medalha de ouro conquistada por Fernando Pimenta na presente Taça do Mundo, depos da conquistada no sabado na prova de K1 1.000, numa competição em que Portugal conta ainda com uma medala de bronze, conquistada por Teresa Portela na Final A dos K1 500 metros, igualmente no sábado.

Nas finais já disputadas na manhã de hoje, realce ainda para o quarto lugar de Teresa Portela na Final A de K1 200 metros, tendo terminado a 36 centésimos de segundo da medalha de bronze e a 78 da vencedora, a eslovena Anja Osterman.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Armindo Araújo, o melhor piloto português no Rali de Portugal

Publicado

em

Por

Pela décima primeira vez, em dezasseis participações, Armindo Araújo garantiu o “título” de melhor piloto português no Rali de Portugal e juntou a este brilhante resultado, o quinto posto final entre os concorrentes do WRC2.

Em quatro anos consecutivos, Armindo Araújo e Luís Ramalho, conseguem terminar na primeira posição entre as equipas portuguesas, mostrando supremacia na prova organizada pelo ACP. Na etapa de hoje, a última da prova, a dupla do Skoda Fabia Rally 2, conseguiu gerir a vantagem com que saiu da Exponor e garantir, na chegada a Matosinhos, o objetivo que procurava.

Mantivemos a liderança e estamos orgulhosos de podermos subir novamente ao pódio com este “título”. Estamos todos de parabéns pelo excelente desempenho neste Rali de Portugal”, sublinha o piloto de Santo Tirso.

Apesar de não ter começado da melhor forma, devido aos dois furos sofridos na sexta-feira, os líderes do CPR foram recuperando especial após especial, realizaram uma segunda etapa soberba e terminaram o rali com excelentes resultados. “Foi sem dúvida um rali muito duro e difícil, mas também muito positivo para nós. Em termos de CPR o segundo lugar foi um excelente resultado, no WRC2 conseguimos terminar no top cinco e ser o melhor português, mais uma vez, é um grande orgulho. Não posso deixar de felicitar os nossos adversários, o público, o ACP que volta a colocar na estrada um excelente rali e uma enorme ovação para a minha equipa que, como sempre, fez um trabalho fantástico”, disse ainda Armindo Araújo.

O Campeonato de Portugal de Ralis regressa no próximo dia 10 de Junho com a realização do Rali de Castelo Branco, prova que marca a passagem do calendário de 2022 para os pisos de asfalto.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Rali de Portugal: Piloto despista-se e quase atropela pessoas que estavam em local proibido

Publicado

em

Por

Foi um grande susto para os pilotos e adeptos durante a segunda passagem do Rali de Portugal por Fafe. Ao final da manhã deste domingo o finlandês Teemu Suninen cortou uma curva, perdeu o controlo e entrou mato adentro. Lá estavam dezenas de pessoas.

Depois de perder o controlo, tal como se vê no vídeo, o piloto quase atropelou cerca de uma dezena de adeptos que se encontravam num local de acesso proibido a assistir à passagem do rali. Apesar do susto e das imagens impressionantes, não se registaram feridos.

Devido a este incidente, a prova esteve interrompida durante alguns minutos.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Ouro para Fernando Pimenta e João Duarte na canoagem

Publicado

em

Por

FOTO: Facebook Federação Portuguesa de Canoagem

A dupla portuguesa Fernando Pimenta/João Duarte conquistou a medalha de ouro na final A do K2 1000 metros da Taça do Mundo de Racice, na República Checa, primeira etapa deste circuito de canoagem de velocidade.

A equipa portuguesa cumpriu a distância em 3.16,09 minutos, deixando o par segundo classificado, formado pelos dinamarqueses Christian Farstad e Gustav Bock, a 1,16 segundos, enquanto os australianos Pierre Westhuyzen e Noah Havard ficaram no terceiro lugar, a 1,95 segundos.

Nas finais já disputadas na manhã de hoje, realce ainda para o quarto lugar de Teresa Portela na Final A de K1 200 metros, tendo terminado a 36 centésimos de segundo da medalha de bronze e a 78 da vencedora, a eslovena Anja Osterman.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Final da Taça de Portugal joga-se este domingo

Publicado

em

Por

O FC Porto e o estreante Tondela jogam, ao final da tarde, a final da Taça de Portugal de futebol.

O treinador do Tondela, Nuno Campos, assumiu este sábado que os seus jogadores vão “cerrar os dentes” em campo, frente ao FC Porto.

“Temos de aproveitar este jogo como uma grande oportunidade para todos estes jogadores, toda esta estrutura, a envolvência de todos os nossos adeptos e a nossa região e agarrarmo-nos com as duas mãos a tudo isso, cerrar os dentes e ir para o jogo e tentar combater o poderio que sabemos que o FC Porto tem”, assumiu Nuno Campos.

Na final de hoje, os ‘dragões’ procuram conquistar a 18.ª Taça de Portugal do seu historial, o que os deixaria no palmarés à frente do Sporting, que também tem 17, embora ainda distantes do Benfica, que contabiliza 26 taças.

Para a equipa de Sérgio Conceição, quase na máxima força, apenas com Manafá e Uribe com problemas físicos, é também a oportunidade de conquistar a nona dobradinha, depois de ter chegado esta temporada ao 30.º título de campeão.

O Tondela terminou esta época a I Liga, à qual chegou em 2015, no 17.º lugar, em zona de despromoção, com 28 pontos, caindo, assim, para a II Liga.

A Taça de Portugal de futebol está marcada para as 17:15, no Estádio do Jamor. O jogo será arbitrado por Rui Costa, da Associação de Futebol do Porto.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Artigos Recentes

Paíshá 42 minutos

Duas famílias, incluindo uma grávida e duas crianças despejadas após ocupação ilegal em Gaia

Duas famílias, incluindo uma grávida e duas crianças menores, foram esta terça-feira despejadas das casas que ocuparam ilegalmente no bairro...

Paíshá 1 hora

Covid-19: Agência Europeia de Medicamentos pede 4.ª dose da vacina para toda a população

A Agência Europeia de Medicamentos disse, esta segunda-feira, que, “se a situação epidemiológica atual mudar e surgirem novos sinais” no...

Regiãohá 2 horas

PSP: 16 comerciantes detidos na Feira de Santo Tirso. Familiares destes respondiam em tribunal à mesma hora

Dezasseis comerciantes foram detidos, esta segunda-feira, em Santo Tirso, após buscas, levadas a cabo pela PSP, por suspeitas de contrafação....

Paíshá 3 horas

Águias nos céus do Porto e Gaia: Aves de rapina previnem ataques de gaivotas em esplanadas

A presença das águias-de-Harris em esplanadas de Vila Nova de Gaia, para impedir o ataque das gaivotas, aumentou desde 2019...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Leica e Xiaomi desenvolvem novo ‘smartphone’ que promete elevar a fasquia da tecnologia fotográfica

Xiaomi e Leica partilham as mesmas ambições para futuros telefones com câmara. Ambas as empresas estão ansiosas por explorar o...

Guimarãeshá 3 horas

“É muito provável” que autocarro onde morreram peregrinos de Guimarães não tenha seguro -diz a APS

“É muito provável” que o autocarro, envolvido no acidente no qual morreram três pessoas este sábado, não tenha seguro, diz...

Paíshá 4 horas

Maçãs e peras produzidas em Portugal estão entre as frutas com maior quantidade de pesticidas perigosos

Maçãs e peras produzidas em Portugal estão entre as frutas com maior quantidade de pesticidas perigosos, indica uma análise a...

Bragahá 4 horas

Menino de 2 anos estava perdido na rua em Braga “sujo e com fome”

Uma criança com cerca de dois anos, “suja e com fome” foi encontrada sozinha, na Rua das Verdosas, em S....

Paíshá 5 horas

Portugal é o 2.º país no mundo com mais novos casos de covid-19

Portugal é o país da União Europeia com mais novos casos de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes nos...

Paíshá 18 horas

Cantoneiro suspeito de conduzir carros da Polícia Municipal e de usar a farda oficial com a conivência da GNR

Um assistente operacional da área de higiene e limpeza da Câmara de Sintra foi alvo de um “processo de averiguações...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES