Siga-nos nas redes

Famalicão

Famalicão: Uma freira admite ter dado bofetadas em noviças no convento de Requião, duas ficam em silêncio

Publicado

em

A “governanta” de um convento em Requião, Vila Nova de Famalicão, admitiu hoje que deu “umas chapadas” a algumas “noviças” mas negou a generalidade dos maus-tratos que lhe são imputados, confessando ainda que as amava a todas.

No Tribunal de Guimarães, no início do julgamento em que, conjuntamente com outros quatro arguidos, responde por nove crimes de escravidão, a arguida disse que a acusação foi “forjada” e passou mais de duas horas a repetir expressões como “não aceito isso”, “não vi isso”, “não conheço”, não me lembro”, “é falso” e “não é verdade”.

“Cheguei a dar umas chapadas e mais nada”, afirmou.

A arguida admitiu ainda que por vezes se poderia ter aborrecido ou zangado e, por isso, pediu “perdão”.

No entanto, e apesar de jurar amar as noviças que se queixaram de maus-tratos, sempre adiantou que elas às vezes eram “porcas e mentirosas”, que não gostavam de trabalhar e não sabiam fazer nada.

Chegou a referir-se a elas como “esse tipo de gente”.

“Eu amava-as as todas e ainda as amo”, disse.

Em causa no processo está a Fraternidade Missionária de Cristo Jovem”, instalada num convento em Requião, Vila Nova de Famalicão.

Os arguidos são o padre fundador da instituição e três religiosas que asseguravam o funcionamento do convento e a educação e orientação vocacional das noviças que ali entravam para seguir uma vida de “entrega a Deus”.

A instituição também é arguida.

Respondem todos por nove crimes de escravidão.

Segundo a acusação, os arguidos resolveram angariar jovens para exercer todas as tarefas diárias exigidas para a conservação e manutenção das instalações da instituição e continuação da sua atividade, “sem qualquer contrapartida e mediante a implementação de um clima de terror”.

Para o efeito, acrescenta a acusação, coartaram-lhes qualquer capacidade de reação, utilizando-as como mera força de trabalho.

“Os arguidos tinham como alvo jovens de raízes humildes, com poucas qualificações ou emocionalmente fragilizadas e com pretensões a integrarem uma comunidade espiritual de raiz católica, piedosas e tementes a Deus”, refere ainda a acusação.

Os arguidos diriam às jovens que “tinham sido escolhidas por Deus, convencendo-as de que deviam seguir a vida religiosa”, e que, caso negassem as suas vocações, teriam castigos “divinos”, problemas familiares e mortes na família.

A acusação diz que, “pelo menos” de 05 de dezembro de 1985 até ao início de 2015, os arguidos sujeitaram as jovens, diariamente, a várias agressões físicas, injúrias, pressões psicológicas, tratamentos humilhantes, castigos e trabalhos pesados.

Tudo isto foi negado pela arguida hoje ouvida, que, no entanto, admitiu que o convento tem regras e que ali havia mesmo um chicote que as noviças poderiam usar para se autoflagelarem.

“Havia isso, se elas quisessem. Mas elas não o faziam porque não tinham a garra e a generosidade suficientes para isso, não eram capazes”, apontou.

Esta arguida acabaria por ser “expulsa” do convento, em novembro de 2015, depois de ter estalado a polémica de alegados maus-tratos.

“Mas eu amo a instituição, cá dentro arde”, referiu, sempre num discurso de grande fervor religioso, próprio de uma “temente a Deus”.

O padre arguido, de 89 anos, não compareceu em julgamento, por razões de saúde.

Há ainda duas arguidas, igualmente de idade avançada e que também eram responsáveis pela gestão do convento, que optaram por não prestar declarações.

A acusação sublinha que as arguidas, apesar de se apelidarem como “irmãs”, na realidade não são freiras, pois não têm votos tal como exigido pela Igreja Católica.

“Eu sinto-me consagrada, não sei o que a Igreja pensa de mim”, disse a arguida hoje ouvida.

O crime de escravidão é punível com uma pena entre 05 a 15 anos de prisão.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 15 minutos

“Fotografia do Ano” do INEM derrete corações nas redes sociais

Tiago Picão foi o protagonista e vencedor da Fotografia do Ano do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), embora com...

Famalicãohá 2 horas

Citeve: Famalicão em Transição anuncia que Ministério Público lhe deu razão

É mais um episódio no braço de ferro entre a Associação Famalicão em Transição (AFT) e a Câmara de Famalicão...

Famalicãohá 2 horas

Obras da Casa de Camilo inauguradas em março no aniversário de nascimento do escritor

Está prevista para 16 de março deste ano a inauguração das obras de renovação e restauro do novo conjunto da...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: CeNTI apoia perto de 50 empresas em projeto europeu de oito milhões de euros

São já perto de 50 as empresas que estão a beneficiar de um projeto europeu do qual faz parte o...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão e o 3.º maior exportador de Portugal e o maior da região Norte

Apesar de um ano marcado pela pandemia da Covid 19, o concelho de Famalicão conseguiu manter, em 2020, a posição...

Paíshá 2 horas

Covid-19: Quatro milhões de portugueses já receberam dose de reforço em Portugal

Portugal já administrou mais de quatro milhões de doses de reforço da vacina contra a covid-19 e, no total, são...

Paíshá 3 horas

Costa considera que horário de voto para isolados é “recomendação” equilibrada

O secretário-geral do PS afirmou hoje que o Governo não pode impor um horário para as pessoas isoladas irem votar...

Paíshá 4 horas

Cerimónias fúnebres da criança de 6 anos falecida após colisão frontal realizam-se hoje

É esta quarta-feira o funeral da criança de 6 anos, que morreu, no último domingo, na sequência de uma colisão...

Paíshá 5 horas

Covid-19: Mais 33 mortos e 52.549 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 33 óbitos provocados pela pandemia e 52.549 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 5 horas

Eleitores em confinamento obrigatório podem sair para ir votar no dia 30

Ministra da Administração Interna, Francisca Van Dunem, revela esta quarta-feira que o MAI já recebeu o parecer do Conselho Consultivo...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Transportes escolares assegurados mesmo com Transdev afetada pela covid-19

A empresa de transportes Transdev, com quem a Câmara Municipal de Famalicão tem assegurado o serviço de transporte público rodoviário, tem...

Paíshá 8 horas

Homens de 35 e 54 anos detidos após furto de 4 mil testes covid-19 a uma empresa em Esmoriz

Dois homens, de 35 e 54 anos, foram detidos pela GNR, no concelho de Almeida, Guarda, por furto de quatro...

Barceloshá 9 horas

Colisão entre reboque e carro faz dois feridos em Barcelos

Duas pessoas ficaram feridas, na manhã desta quarta-feira, em Barcelos, após uma colisão entre um carro e uma viatura de...

Paíshá 9 horas

Familiares procuram João Montês desaparecido desde terça-feira de manhã

Os familiares de João Miguel Coelho Montês levam a cabo uma campanha de buscas pelo jovem, desaparecido desde a manhã...

Paíshá 10 horas

Abramovich ganha nacionalidade portuguesa. Autoridades abrem investigação

A concessão da nacionalidade portuguesa ao empresário russo Roman Abramovich ao abrigo da Lei da Nacionalidade para os judeus sefarditas...

Paíshá 10 horas

A ocasião faz o ladrão: Homem de 54 anos rouba 4.500 euros no Casino de Espinho

Um homem de 54 anos foi identificado e constituido arguido depois de se ter apoderado de 4.500 euros que haviam...

Paíshá 10 horas

Autópsia à criança que morreu no Hospital de Santa Maria já foi concluída

 A autópsia à criança de seis anos que morreu no Hospital Santa Maria, em Lisboa, está concluída, mas são necessários...

Paíshá 10 horas

Redes sociais homenageiam Filipe Conde de 34 anos após acidente de mota fatal

Multiplicam-se na internet as homenagens a Filipe Conde, o motociclista de 34 anos que morreu, este domingo, após uma colisão...

Paíshá 10 horas

Estrada Nacional 103 é uma das mais bonitas do mundo e vai ser reconhecida internacionalmente

A Nacional 103, que liga Viana do Castelo a Bragança, prepara-se para entrar na rota das estradas turísticas do Norte...

Paíshá 10 horas

Morte de criança de 6 anos infetada com covid-19 pode ter sido por engasgamento provocado por vómito

Numa fase em que se preparam os exames de Medicina Legal que irão esclarecer a causa da morte da criança...

Arquivo

FAMA NAS REDES