Siga-nos nas redes

Famalicão

Famalicão: Uma freira admite ter dado bofetadas em noviças no convento de Requião, duas ficam em silêncio

Publicado

em

A “governanta” de um convento em Requião, Vila Nova de Famalicão, admitiu hoje que deu “umas chapadas” a algumas “noviças” mas negou a generalidade dos maus-tratos que lhe são imputados, confessando ainda que as amava a todas.

No Tribunal de Guimarães, no início do julgamento em que, conjuntamente com outros quatro arguidos, responde por nove crimes de escravidão, a arguida disse que a acusação foi “forjada” e passou mais de duas horas a repetir expressões como “não aceito isso”, “não vi isso”, “não conheço”, não me lembro”, “é falso” e “não é verdade”.

“Cheguei a dar umas chapadas e mais nada”, afirmou.

A arguida admitiu ainda que por vezes se poderia ter aborrecido ou zangado e, por isso, pediu “perdão”.

No entanto, e apesar de jurar amar as noviças que se queixaram de maus-tratos, sempre adiantou que elas às vezes eram “porcas e mentirosas”, que não gostavam de trabalhar e não sabiam fazer nada.

Chegou a referir-se a elas como “esse tipo de gente”.

“Eu amava-as as todas e ainda as amo”, disse.

Em causa no processo está a Fraternidade Missionária de Cristo Jovem”, instalada num convento em Requião, Vila Nova de Famalicão.

Os arguidos são o padre fundador da instituição e três religiosas que asseguravam o funcionamento do convento e a educação e orientação vocacional das noviças que ali entravam para seguir uma vida de “entrega a Deus”.

A instituição também é arguida.

Respondem todos por nove crimes de escravidão.

Segundo a acusação, os arguidos resolveram angariar jovens para exercer todas as tarefas diárias exigidas para a conservação e manutenção das instalações da instituição e continuação da sua atividade, “sem qualquer contrapartida e mediante a implementação de um clima de terror”.

Para o efeito, acrescenta a acusação, coartaram-lhes qualquer capacidade de reação, utilizando-as como mera força de trabalho.

“Os arguidos tinham como alvo jovens de raízes humildes, com poucas qualificações ou emocionalmente fragilizadas e com pretensões a integrarem uma comunidade espiritual de raiz católica, piedosas e tementes a Deus”, refere ainda a acusação.

Os arguidos diriam às jovens que “tinham sido escolhidas por Deus, convencendo-as de que deviam seguir a vida religiosa”, e que, caso negassem as suas vocações, teriam castigos “divinos”, problemas familiares e mortes na família.

A acusação diz que, “pelo menos” de 05 de dezembro de 1985 até ao início de 2015, os arguidos sujeitaram as jovens, diariamente, a várias agressões físicas, injúrias, pressões psicológicas, tratamentos humilhantes, castigos e trabalhos pesados.

Tudo isto foi negado pela arguida hoje ouvida, que, no entanto, admitiu que o convento tem regras e que ali havia mesmo um chicote que as noviças poderiam usar para se autoflagelarem.

“Havia isso, se elas quisessem. Mas elas não o faziam porque não tinham a garra e a generosidade suficientes para isso, não eram capazes”, apontou.

Esta arguida acabaria por ser “expulsa” do convento, em novembro de 2015, depois de ter estalado a polémica de alegados maus-tratos.

“Mas eu amo a instituição, cá dentro arde”, referiu, sempre num discurso de grande fervor religioso, próprio de uma “temente a Deus”.

O padre arguido, de 89 anos, não compareceu em julgamento, por razões de saúde.

Há ainda duas arguidas, igualmente de idade avançada e que também eram responsáveis pela gestão do convento, que optaram por não prestar declarações.

A acusação sublinha que as arguidas, apesar de se apelidarem como “irmãs”, na realidade não são freiras, pois não têm votos tal como exigido pela Igreja Católica.

“Eu sinto-me consagrada, não sei o que a Igreja pensa de mim”, disse a arguida hoje ouvida.

O crime de escravidão é punível com uma pena entre 05 a 15 anos de prisão.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Desportohá 12 horas

Associação Portuguesa de Defesa do Adepto critica decisões do Governo sobre a presença de público nos estádios

As decisões do Governo sobre a presença de adeptos nos estádios de futebol durante a pandemia de covid-19 são “para...

Paíshá 13 horas

COVID-19: Efeito de cada vacina está a ser monitorizado pelo INSA

 A efetividade das vacinas contra a covid-19 em Portugal está a ser monitorizada através de seis estudos coordenados pelo Instituto...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Lions Clube oferece livros brinquedos e jogos ao Centro Social da Paróquia de Esmeriz

O Lions Clube de Famalicão entregou, este domingo, ao Centro Social da Paróquia de Esmeriz, livros, brinquedos e jogos, no...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Deputada do PAN acusa suinicultora de Fradelos de pôr em causa saúde pública

A deputada do PAN (Pessoas-Animais-Natureza) Bebiana Cunha criticou hoje o funcionamento de uma suinicultora em Fradelos, Vila Nova de Famalicão,...

Famalicãohá 16 horas

Escola profissional CENFIM irá dar formação em Famalicão a partir de setembro

O Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, da Trofa, CENFIM, irá, a partir de setembro deste ano,...

Famalicãohá 17 horas

Castelões inaugura cemitério ampliado este domingo com a presença de Paulo Cunha

A Junta de Freguesia de Castelões, divulgou, esta segunda-feira, nas redes socias, o convite para a cerimónia de inauguração do...

Paíshá 18 horas

Covid-19: Índice de transmissibilidade (Rt) volta a subir em Portugal

O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal subiu hoje para 1, enquanto a incidência de casos de...

Paíshá 20 horas

Covid-19: Mais 2 mortos e 199 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 2 óbitos provocados pela pandemia e 199 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Desportohá 20 horas

Covid-19: 2.900 militares da GNR irão fiscalizar Rali de Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou hoje que vai destacar 2.900 militares para a operação de segurança do Rali de...

Famalicãohá 21 horas

Famalicão: Câmara Municipal promove desporto ao ar livre com iniciativa “Move-te”

Arrancou esta segunda-feira, 17 de maio, mais uma edição do Move-te, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Famalicão, para...

Famalicãohá 21 horas

Coligação PDS-CDS apoia autarcas de Joane e de Castelões nas próximas eleições autárquicas

A Coligação “Mais Ação. Mais Famalicão”, que integra o PSD e do CDS/PP no processo para as autárquicas 2021, declarou, esta segunda-feira, o...

Barceloshá 22 horas

PSP “apanha” proprietário de bar em Barcelos que recebia bebidas furtadas em outros estabelecimentos

Na última sexta-feira , a PSP de Braga, através da Esquadra de Investigação Criminal de Barcelos, no âmbito de um...

Economiahá 22 horas

Gasóleo e gasolina mais caros a partir de hoje

Mais um vez o preço dos combustíveis volta a subir, esta segunda-feira, registando-se a 3.ª semana consecutiva em que se...

Desportohá 22 horas

I Liga: Bancadas dos estádios afinal vão continuar vazias até ao final do campeonato

Os jogos da 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol vão ser disputados sem público, por decisão...

Economiahá 23 horas

Trabalhadores das cantinas e refeitórios estão hoje em greve por salários mais altos

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados estão hoje em greve por aumentos salariais e pela...

Desportohá 23 horas

Basquetebol: FAC vence BC Barcelos por 52-50 em partida disputada até ao último minuto

A equipa sénior de basquetebol do Famalicense Atlético Clube, (FAC), venceu este domingo o BC Barcelos por 52-50, num jogo...

Famalicãohá 23 horas

Deputados do PSD acusam silêncio do Governo sobre nova ponte sobre o Rio Ave

O deputado famalicense do PSD, Jorge Paulo Oliveira, acompanhado dos deputados Alberto Fonseca, Sofia Matos e Márcia Passos, diz que “o...

Desportohá 23 horas

Ivo Vieira deixa mensagem de apoio ao Nacional: “Sei que não é fácil passar por um momento destes”

Depois de uma partida vencida por 3-0, que despromoveu o Nacional à II Liga, o treinador do FC Famalicão foi...

Famalicãohá 23 horas

Bruna Silva Famalicão interpretou I Will Survive no ‘All Together Now’ este domingo

Mais uma cantora Famalicense encanta o país com a sua participação no programa da TVI, All Together Now. Bruna Silva...

Paíshá 2 dias

Covid-19: ‘Task Force’ contabiliza mais 200 mil pessoas vacinadas só este fim de semana

A ´task force` que coordena o programa de vacinação contra a covid-19 prevê que este fim de semana venham a...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191