Siga-nos nas redes

Famalicão

Comunidade sénior de Lousado e Cabeçudos pintam murais baseados na sua memória coletiva

Publicado

em

A comunidade sénior das freguesias de Cabeçudos e Lousado criou recentemente dois murais alusivos à memória coletiva local, baseados nas suas próprias memórias e vivências, no âmbito da ação «ARTE’ID», inserida no projeto Há Cultura | Cultura Para Todos, que decorreu entre março e julho de 2021, e contou com cerca de 31 participantes das freguesias referidas.

A iniciatíva ARTE’ID visou criar uma oportunidade para os seniores de Cabeçudos e Lousado, no qual foram autores e protagonistas do seu trabalho, deixando assim a sua marca na freguesia.

O Vereador da Cultura, Leonel Rocha, sublinha que “todos nós temos as nossas competências artísticas (…) compete-nos criar desafios, criar momentos que as potenciem”, “enraizar hábitos culturais e ligados à arte (…) torna o nosso concelho fica cada vez mais rico”, disse o vereador, que na inauguração dos murais, no passado dia 05 de setembro, destacou o “excelente trabalho” realizado pelos mais de 30 artistas locais.

O trabalho do projeto “A Casa ao Lado” começou com uma recolha prévia de testemunhos junto da mesma. “Ficamos a conhecer um pouco das vidas de cada um dos participantes, os principais artistas”, refere Joana Brito, representante d’A Casa ao Lado e coordenadora artística do ARTE’ID, “mostraram-nos um pouco do património da freguesia, da ideia de união e família, das brincadeiras de infância”. Posteriormente, a equipa artística pegou “nestes pequenos pedaços (de história) e transformou-os em imagens gráficas”, disse a coordenadora, que resultaram nos trabalhos artísticos que agora é possível contemplar no muro da Casa de Cabeçudos e no Complexo Habitacional de Lousado.

“Inicialmente estava um pouco desconfiado quando comecei a ver as primeiras pinturas”, gracejou Jorge Ferreira, presidente da Junta de Freguesia de Lousado. “Agora vejo que está lindíssimo (…) trata-se de um exemplo a seguir (…) espero que seja a primeira de muitas atividades”, referiu.

“No fundo foram buscar artistas que já haviam aqui na freguesia”, comenta Armindo Mourão, presidente da União de Freguesias de Esmeriz e Cabeçudos, num tom descontraído, não deixando de salientar a importância desta intervenção, no que refere ao “embelezamento da freguesia” e a celebração do “sentimento de comunidade e colaborativo”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Famalicão

Bombeiros Voluntários de Riba de Ave celebram 72 anos este sábado

Publicado

em

Por

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave festeja, este sábado, o seu 72.º aniversário, com um dia preenchido com várias atividades, a realizar no seu quartel.

O evento inicia-se às 16:30 com a recepção dos convidados, seguida por uma imposição de condecorações.

Às 17:30 terá lugar uma inauguração de viaturas, culminando às 18:30 com uma sessão solene.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Penas entre 12 e 17 anos para padre e ‘freiras’ por escravizarem noviças

Publicado

em

Por

O Tribunal de Guimarães condenou hoje a penas entre 12 e 17 anos de prisão um padre e três responsáveis de uma “associação de fiéis” de Requião, em Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga, por escravizarem noviças.

O padre Joaquim Milheiro, com cerca de 90 anos, e as arguidas Maria Arminda Costa, Maria Isabel Silva e Joaquina Carvalho, hoje com idades entre os 70 e os 75 anos, estavam acusados pelo Ministério Público (MP) de nove crimes (nove vítimas, à data dos factos com idades entre os 12 e os 20 anos) de escravidão, incluindo a escravidão laboral.

Maria Arminda Costa foi condenada, em cúmulo jurídico, à pena única de 17 anos de prisão, o padre Joaquim Milheiro foi condenado a 15 anos de cadeia, enquanto a Maria Isabel Silva e a Joaquina Carvalho o tribunal aplicou as penas de 14 e 12 anos de prisão, respetivamente.

“O tribunal deu como provado, no essencial, os factos que constam da acusação [do MP]”, disse a presidente do coletivo de juízes, Paula Sá, durante a leitura do acórdão, que durou mais de duas horas.

A juíza presidente falou em “clima de terror e medo”, em “agressões bárbaras” cometidas pelos arguidos, assim como de “escravidão e de crimes hediondos praticados por alguém que se diz representante de Deus na terra”, os quais levaram à total “exploração e desumanização” das vítimas, que não recebiam “qualquer tipo de contrapartida”, permitindo à Fraternidade Missionária de Cristo Jovem aumentar o seu património na modalidade de “poupança de custos”.

“As penas refletem a gravidade destes crimes. É uma espécie de homicídio moral. É a evocação do nome de Deus em vão e a exploração da fé. Uma das vítimas suicidou-se, outras pensaram no suicídio, houve adolescências estragadas e dificuldade em recomeçar vidas. É medonho [o que vocês fizeram], sob a capa e proteção da Igreja Católica, que garantia imunidade à instituição. Os danos [causados às vítimas] são irreversíveis. Espero que agora possam espiar a vossa culpa, perante quem usaram o nome [Deus] durante anos”, disse a juíza presidente, após a leitura do acórdão, dirigindo-se aos arguidos.

Os crimes foram cometidos – durante cerca de três décadas – na Fraternidade Missionária de Cristo Jovem, instalada num convento em Requião, concelho de Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga, pertença do Centro Social de Apoio e Orientação da Juventude, uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), sob a forma de Instituto de Organização Religiosa.

O Centro Social de Apoio e Orientação da Juventude (CSAOJ) foi condenado ao pagamento de uma multa de 400 mil euros.

Os quatro arguidos e o CSAOJ foram ainda condenados a pagar às nove vítimas cerca de 1,2 milhões de euros de indemnizações, por danos patrimoniais e não patrimoniais.

A acusação do MP diz que, “pelo menos”, de 05 de dezembro de 1985 até ao início de 2015, os arguidos sujeitaram as jovens, diariamente, a várias agressões físicas, a diversas privações, a injúrias, a pressões psicológicas, a tratamentos humilhantes, a castigos e a trabalhos pesados.

Para o tribunal, a angariação e o doutrinamento das jovens “faziam parte integrante do plano engendrado” pelos arguidos, recorrendo à evocação do nome de Deus e à vocação religiosa das vitimas, com o propósito de convencer as noviças a aderirem à instituição e a se sujeitarem à “exploração laboral”, aos “métodos coercivos e ao domínio e controlo” dos arguidos.

Os arguidos pretendiam a “subjugação, a servidão doméstica e laboral” das noviças, fazendo-as acreditar que eram “freiras”, com o “embuste” de que a instituição seguia os rituais e os princípios da religião Católica.

“As longas jornadas de trabalho também faziam parte do plano dos arguidos, que podiam chegar às 20 horas [diárias], mas que nunca seriam inferiores a 14 horas”, indicou a juíza presidente, acrescentando que as ofendidas ficavam sujeitas “à tirania” dos arguidos, que utilizavam a crença religiosa das ofendidas “como embuste” para a prática de crimes.

À saída do Tribunal de Guimarães, o advogado de três dos arguidos disse aos jornalistas que vai recorrer da condenação.

O MP refere na acusação que os arguidos diziam às jovens que “tinham sido escolhidas por Deus, convencendo-as de que deviam escolher a vida religiosa”, e que, caso negassem as suas vocações, teriam castigos “divinos”, problemas familiares e mortes na família.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

PS/Famalicão: Eduardo Oliveira elogia SNS e defende ministra da Saúde na Assembleia da República

Publicado

em

Por

“Portugal tem um serviço público de saúde que continua a ser um exemplo para o mundo. E tem uma ministra da Saúde e um Governo com ideias e medidas concretas para defender um serviço público de saúde que seja cada vez mais eficaz e acessível a todos”, afirmou o deputado socialista famalicense Eduardo Oliveira, no debate sobre o Serviço nacional de Saúde (SNS) realizado esta quinta-feira, na Assembleia da República, com a presença da ministra Marta Temido.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Temperaturas vão chegar aos 36.º já na próxima semana

Publicado

em

Por

As temperaturas de verão, acompanhadas pelo sol, chegam a Famalicão na próxima semana.

De acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, as máximas deverão atingir os 36.º graus na sexta-feira, enquanto que as temperaturas mínimas deverão oscilar entre os 16.º e os 20.º graus.

A partir da próxima segunda-feira, as probabilidades de chuva serão mínimas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Famalicão: Ponta de lança Rafa reforça o Ribeirão FC

Publicado

em

Por

O Ribeirão FC anunciou a contratação de Rafa pra a sua equipa sénior principal, que volta agora a disputar a Pró-Nacional da AF Braga.

O ponta de lança chega ao emblema ribeirense com 22 anos, depois de ter alinhado pelo Maria da Fonte, FC Vilarinho, Varzim e sub 23 do FC Famalicão.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Brufe celebra Santíssimo Sacramento este fim de semana

Publicado

em

Por

A freguesia de Brufe está a celebra as festas em honra do Santíssimo Sacramento.

A esse propósito a FamaTV foi falar com Carmen Dias, que lidera a Comissão de Festas, que promete muita animação durante todo o fim de semana.

O programa prolonga-se até ao próximo domingo, dia 3 de julho.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Famalicão: Equipa de hóquei em patins do FAC recebida por Mário Passos

Publicado

em

Por

A equipa de hóquei em patins do Famalicense Atlético Clube (FAC) foi recebida esta quinta-feira, 30 de junho, no salão nobre dos Paços do Concelho, devido à subida à primeira divisão da modalidade em Portugal.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Feira Medieval Viking está de regresso ao centro da cidade

Publicado

em

Por

A Feira Medieval Viking foi hoje, dia 30 de junho, inaugurada e estará em atividade no centro de Famalicão até domingo, dia 3 de julho. A organização está a cargo da escola profissional CIOR, com o apoio do município. A programação inclui diferentes atividades e espetáculos que prometem levar os visitantes até à época medieval e viking.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: 4 detidos com 500 doses de cocaína e heroína

Publicado

em

Por

Quatro pessoas foram detidas, esta quarta-feira, em Famalicão, por suspeitas de tráfico de droga, após apreensão de 500 doses de cocaína e heroína, de acordo com a PSP.

Os detidos são três homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 42 e 51 anos.

Os detidos encontravam-se já referenciados devido à prática de diversos crimes semelhantes.

Após várias buscas domiciliárias foram encontradas 320 doses de heroína, 200 de cocaína e 10 de liamba, bem como 899 euros em numerário, uma réplica de pistola e duas viaturas.

Estes suspeitos serão apresentados no Tribunal Judicial de Famalicão para aplicação das medidas de coação.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Bairro, Carreira Bente, Ruivães Novais e Delães acolhem sessões de esclarecimento sobre Medidas Ativas de Emprego e Plano de Formação

Publicado

em

Por

A Comissão Social Inter-freguesias de Bairro, Carreira Bente, Ruivães Novais e Delães acolhe, esta quinta-feira, duas sessões de esclarecimento sobre Medidas Ativas de Emprego e Plano de Formação, dinamizadas pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional de Vila Nova de Famalicão.

Esta sessão é promovida no âmbito do Laboratório de Proximidade do Programa Famalicão Comunitário, em parceria com o CLDS 4G-Comunidades Incubadoras.

As sessões destinam-se a pessoas desempregadas ou à procura de novas oportunidades de trabalho.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Artigos Recentes

Famalicãohá 15 minutos

Bombeiros Voluntários de Riba de Ave celebram 72 anos este sábado

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave festeja, este sábado, o seu 72.º aniversário, com um dia...

Paíshá 27 minutos

Sistema Nacional de Saúde para animais: Provedora diz que será possível até ao fim do ano

A Provedora do Animal, Laurentina Pedroso, acredita que é possível, até ao final do ano, ser implementado um Sistema Nacional...

Paíshá 32 minutos

Vestido de Lenka do Preço Certo é alvo de queixa à Entidade Reguladora para a Comunicação Social

As indumentárias de Lenka, a já famosa apresentadora do programa Preço Certo da RTP, foram alvo de uma queixa à...

Paíshá 36 minutos

Comboio passa por cima de mulher em Viana. “Se levantasse a cabeça ficava toda desfeita”

Uma mulher de 46 anos ficou debaixo de um comboio, esta quarta-feira, em Viana do Castelo, acabando por sobreviver, miraculosamente....

Paíshá 1 hora

Urgências do Porto podem ficar em “sobrecarga” com fecho de Braga

Os responsáveis pela Urgência Metropolitana de Cirurgia Pediátrica do Porto, que engloba três centros hospitalares, não foram informados do encerramento...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Penas entre 12 e 17 anos para padre e ‘freiras’ por escravizarem noviças

O Tribunal de Guimarães condenou hoje a penas entre 12 e 17 anos de prisão um padre e três responsáveis...

Famalicãohá 3 horas

PS/Famalicão: Eduardo Oliveira elogia SNS e defende ministra da Saúde na Assembleia da República

“Portugal tem um serviço público de saúde que continua a ser um exemplo para o mundo. E tem uma ministra...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: Temperaturas vão chegar aos 36.º já na próxima semana

As temperaturas de verão, acompanhadas pelo sol, chegam a Famalicão na próxima semana. De acordo com as previsões do Instituto...

Economiahá 4 horas

Gasóleo fica mais barato 8 cêntimos e gasolina desce 3 cêntimos esta segunda-feira

O preço do gasóleo e gasolina deverá registar um decréscimo na próxima segunda-feira, de acordo com as previsões de fontes...

Paíshá 5 horas

Faleceu hoje o padre António Vaz Pinto aos 80 anos

O padre António Vaz Pinto, jesuíta e Alto Comissário para as Migrações e Minorias Étnicas entre os anos 2002 e...

pub

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES