Siga-nos nas redes
“E-REDES”

Mundo

Ministério Público entrega investigação sobre vacinação indevida à Polícia Judiciária

Publicado

em

O Ministério Público anunciou hoje que delegou na Polícia Judiciária a investigação de irregularidades com o plano de vacinação contra a covid-19 e na sequência da instauração de diversos inquéritos.

“A procuradora-geral da República, após articulação com o diretor nacional da Polícia Judiciária, recomendou a ponderação de delegação de competências para investigação dos inquéritos com o referido objeto, concentradamente na Polícia Judiciária, por forma a potenciar um tratamento uniformizado e maior agilização na articulação com as inspeções setoriais”, refere o Ministério Público numa nota enviada à agência Lusa.

O Ministério Público já instaurou inquéritos relativamente a alguns dos casos vindos a público, nomeadamente à Segurança Social de Setúbal, ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) de Lisboa, ao INEM do Porto.

Também instaurou inquéritos a factos noticiados ocorridos em Portimão (Centro de Apoio de Idosos), Vila Nova de Famalicão, Arcos de Valdevez, Bragança, Seixal e Montijo.

“Este trabalho de pesquisa prossegue ainda relativamente a outras situações que também têm vindo a público”, refere o Ministério Público numa resposta enviada anteriormente à Lusa.

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) também instaurou no passado dia 29 de janeiro um processo de inquérito ao Instituto Nacional de Emergência Médica com o objetivo de “apurar os factos relacionados com a administração de vacinas contra a covid-19 a pessoas não elegíveis no quadro dos critérios estabelecidos no Plano de Vacinação contra a covid-19 em Portugal”.

No passado dia 28 de janeiro, a IGAS iniciou um processo de inspeção que visa verificar o cumprimento das normas e orientações aplicáveis ao processo de administração da vacina contra a COVID-19.

Esta inspeção vai abranger as cinco administrações regionais de saúde, entidades hospitalares do setor público empresarial do estado, entidades hospitalares do setor publico administrativo, hospitais privados, hospitais do setor social, INEM e a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

O Ministério da Saúde considerou já “inaceitável” qualquer utilização indevida de vacinas contra a covid-19, alertando que este ato pode ser “criminalmente punível”, e pediu ao grupo de trabalho (‘task force’) que prepare uma lista de outras pessoas prioritárias.

“A utilização indevida das vacinas contra a covid-19 pode constituir conduta disciplinar e criminalmente punível, em face da factualidade concreta que venha a apurar-se em sede de inquérito”, afirmou o Ministério da Saúde em comunicado.

Para o Ministério, é “inaceitável qualquer utilização indevida de vacinas que decorra durante o processo de vacinação”, lembrando que o plano de vacinação “foi concebido com base em critérios técnicos, suportados na melhor evidência (prova) científica”.

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse na segunda-feira que o Ministério da Saúde está empenhado em que os casos de incumprimento “sejam tratados adequadamente”, porque o processo de vacinação “não pode sofrer fragilidades”.

De acordo com o balanço mais recente da vacinação, já foram administradas 275.093 primeiras doses de vacinas e 75.852 segundas doses no país até à meia-noite desta quarta-feira.

A covid-19 já matou em Portugal 13.482 pessoas dos 748.858 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 15 minutos

Famalicão: Chega apresenta lista de delegados à III Convenção do partido

A Concelhia de Famalicão do Chega apela, em comunicado, à participação dos militantes famalicenses nas eleições do próximo sábado dia...

Paíshá 39 minutos

Um ano de covid-19: Marcelo elogia SNS e pede melhor capacidade de planeamento

O Presidente da República considerou hoje que o SNS e os setores social e privado se organizaram de “forma meritória”...

Mundohá 52 minutos

Covid-19: Variante brasileira pode iludir o sistema imunitário de quem já possuía anticorpos

A nova estirpe da Covid-19 detetada no Brasil, P.1, poderá ter uma carga viral até dez vezes mais elevada e...

Desportohá 1 hora

Famalicão: Mariana Machado segura 4.º lugar no trail da Transgrancanaria

Mariana Machado, atleta internacional de Trail residente em Pousada de Saramagos, alcançou o quarto lugar numa prova do circuito mundial...

Sociedadehá 2 horas

Eduardo Cabrita: “Não devemos falar de expectativas de desconfinamento”

Faz precisamente hoje um ano que a pandemia de Covid-19 chegou ao pas. A 2 de março de 2019 os...

Paíshá 2 horas

Mil condutores apanhados a usar telemóvel na última semana

A campanha de segurança rodoviária “Phone Off” decorreu durante os últimos sete dias, entre dia 23 de fevereiro e 1...

Paíshá 13 horas

PSP e GNR detiveram 11 pessoas por violação do confinamento em menos de 15 dias

A GNR e a PSP detiveram 31 pessoas por crime de desobediência, 11 das quais por violação da obrigação de...

Mundohá 14 horas

Covid-19 já provocou mais de 2 milhões e meio de mortes desde dezembro de 2019

A pandemia de covid-19 provocou 2.531.448 mortos em todo o mundo desde que foi detetada, pela primeira vez, na China,...

Paíshá 15 horas

Critérios de exclusão de dadores de sangue por comportamento sexual será revista pelo Governo

O Ministério da Saúde criou hoje um grupo de trabalho para rever, no prazo de uma semana, a norma de...

Paíshá 16 horas

SEF: Testes à covid-19 e documentos falsos detetados na entrada em Portugal

Três cidadãos portadores de documentação falsa foram detetados no domingo no aeroporto de Lisboa pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras...

Famalicãohá 16 horas

Hospital de Famalicão tem 45 doentes internados com a covid-19

O Hospital de Famalicão regista esta segunda-feira 45 doentes internados com Covid 19. Um número muito inferior ao de umas...

Paíshá 17 horas

Covid-19: Mês de fevereiro registou quatro vezes menos infeções do que janeiro

Portugal registou em fevereiro quase quatro vezes menos casos de infeção com o novo coronavirus face a janeiro, mês em...

Paíshá 18 horas

Covid-19: 28 mil profissionais de saúde infetados e 19 mortos desde o início da pandemia

Perto de 28 mil profissionais de saúde ficaram infetados com o vírus SARS-CoV-2 desde o início da pandemia de covid-19...

Paíshá 19 horas

Bloco de Esquerda pede mais fiscalização do “desfasamento por turnos” nas empresas

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, pediu hoje, em Braga, mais fiscalização para obrigar as empresas a cumprir...

Famalicãohá 19 horas

Famalicão implementa Estratégia Local de Habitação (ELH)

A autarquia de Famalicão, em conjunto com a Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto e do Programa Habitar, está...

Paíshá 20 horas

Covid-19: Apenas 3 concelhos figuram na lista de risco extremo em Portugal

Portugal tem hoje apenas três concelhos em risco extremo de infeção e 14 em risco elevado, segundo os dados da...

Guimarãeshá 20 horas

Viatura completamente destruída após incêndio em Guimarães

Um incêndio deflagrou num automóvel ao início da tarde desta segunda-feira, em Guimarães, na freguesia de Pencelo. De acordo com...

Paíshá 20 horas

Covid-19: Pessoas com trissomia 21 com mais de 16 anos passam a ser prioritários na vacinação

As pessoas com trissomia 21 e que tenham mais de 16 anos vão ser inseridas no lote de grupos prioritários...

Regiãohá 21 horas

Região Norte prepara florestas com vias para combate e prevenção de incêndios

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) prevê executar em 2021, no Norte, 800 hectares de rede...

Famalicãohá 21 horas

Famalicão: Número de novas infeções continua a descer no concelho

Os dados da Direção-Geral da Saúde referentes à incidência de novos casos da covid-19, das duas últimas semanas, referentes ao...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191