Siga-nos nas redes

Mundo

Covid 19: Mortes de crianças são raras, mas estão a aparecer síndromes inflamatórios graves

Publicado

em

São precisamente 18 022 as crianças portuguesas que já foram infetadas pelo SARS CoV2, na faixa etária dos zero aos nove anos, e mais de 31 mil jovens, entre os 10 e os 19 anos. De um total de 344 700 casos positivos que o país registava neste sábado desde o início da pandemia, só 49 023 dizem respeito à faixa pediátrica. Destes, há a registar apenas dois óbitos. Uma bebé de quatro meses infetada com covid e com múltiplas patologias, morreu em agosto, e, neste dia, 12 de dezembro, a Direção-Geral da Saúde deu conta de um segundo óbito na faixa dos mais novos, uma adolescente de 19 anos, do norte, e também com várias patologias associadas.

Os casos fatais ou de doença grave em crianças e jovens são raros, atestam os médicos e a literatura científica sobre a doença na pediatria, que sublinha que esta faixa, dos zero aos 19 anos, não só não é potencial transmissora da doença, como também não a desenvolve de forma graveAliás, uma das primeiras perceções em relação ao SARS CoV2 é que este seria um vírus que estaria a proteger os mais jovens.

Até agora, é um facto que o vírus tem afetado a grande maioria das crianças e dos jovens da mesma forma: sintomas ligeiros e raramente com a morte. Um dos primeiros estudos realizados a esta faixa etária, a crianças a partir dos três anos e até aos 18, divulgado em junho revista científica, The Lancet Child & Adolescent Health vinha confirmar: “A morte de crianças associada à covid-19 é muito rara, ocorrendo em menos de 1% dos casos, dado que a doença é, normalmente, moderada naquele grupo etário”.

O estudo, que envolveu especialistas da Grã-Bretanha, Áustria e Espanha, e mais de 82 estabelecimentos de saúde, veio ainda demonstrar que, das quase 578 crianças e jovens infetados com covid e que foram estudados, apenas quatro morreram, todas com mais de 10 anos e duas delas já tinham patologias pré-existente. Esta investigação dava conta também que das mais quinhentas crianças e jovens só 48, ou seja 8% do total, desenvolveram doença grave e que 90 não desenvolveram quaisquer sintomas.

Quase seis meses passados desde a divulgação deste estudo, a experiência continua a confirmar que em relação às crianças e jovens o sistema imunitário acaba por se adaptar ao novo vírus e que a grande maioria dos infetados só desenvolve a doença de forma ligeira.

Mas se a experiência mundial mostra que a doença aguda grave em pediatria por covid-19 é extremamente rara, a segunda vaga está a trazer casos, que um tempo depois, desenvolvem uma forma de doença grave. Trata-se de um síndrome inflamatório que aparece cerca de três a quatro semanas depois da infeção aguda por covid-19 e já há alguns casos em Portugal. “Não é uma situação que cause alarme, mas é importante que a população, sobretudo os pais, estejam atentos ao quadro de sintomas, porque devem procurar os cuidados de saúde”, refere o intensivista pediátrico do Hospital Santa Maria, Francisco Abecasis em entrevista ao Diário de Notícias.

Os ingleses chamaram-lhe PIMS (Pediatric Inflamatory Multisystem Syndrome), em Portugal é designado como síndrome inflamatório grave pós-covid,. E o médico de Santa Maria afirma ao DN que está “a ter algum significado”, sendo “natural que continue a ter”. Francisco Abecassis diz desconhecer a realidade do Norte, mas refere que na região de Lisboa, entre os hospitais Santa Maria e Dona Estefânia, já há registar mais de uma dezena de casos. Segundo explica são situações em que “a criança teve covid, ficou bem e, cerca de três semanas depois ou um mês, começa com um quadro de febre, manchas no corpo e pode até ter um quadro de diarreia e prostração. Se isto acontecer, acriança deve ser vista, porque pode ser um síndrome inflamatório”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Famalicãohá 12 horas

Presidente da Junta de Ribeirão expressa surpresa com saída de Paulo Cunha da “corrida autárquica”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Famalicãohá 12 horas

Paulo Cunha admite “decisão em curso” reforçando que os famalicenses estarão sempre “primeiro”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Entretenimentohá 18 horas

Cão do presidente da Irlanda boicota-o enquanto este faz uma intervenção em direto

O presidente da Irlanda, Michael D Higgins, fez um declaração, em direto, para lamentar a morte de um ator recentemente...

Famalicãohá 18 horas

Quem é Mário Passos, o candidato da coligação PSD/CDS à Câmara de Famalicão?

Nasceu a 3 de fevereiro de 1966 e é natural da freguesia famalicense de Nine. É casado e pai de...

Paíshá 19 horas

Covid 19. Uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

O boletim diário da Direção Geral da saúde (DGS) sobre a evolução da pandemia de Covid-19 regista, este domingo, uma...

Sociedadehá 19 horas

Vacinação para pessoas a partir dos 60 anos já pode ser agendada

Já se encontra disponível o agendamento para a vacinação contra a Covid-19 para pessoas sem doenças associadas que tenham 60...

Famalicãohá 22 horas

Famalicão: Chuva adia inauguração da ampliação do cemitério de Castelões

Para este domingo estava prevista a inauguração do novo e ampliado cemitério da freguesia de Castelões. Mas tal não aconteceu...

Bragahá 23 horas

Morreu o menino Tomás Vilaça a quem o Papa telefonou

Morreu esta madrugada Tomás Vilaça, o menino de 7 anos que sofria há um ano de cancro. O menino de...

Guimarãeshá 24 horas

Despiste e capotamento provoca dois mortos em Guimarães

O despiste automóvel, seguindo de capotamento provocou a morte a duas pessoas, este sábado à noite, em Guimarães, mais precisamente...

Famalicãohá 1 dia

Mês de maio, mês das flores, celebrado em Famalicão

Não fosse a pandemia de Covid 19, maio em Famalicão é sinónimo de “Festa de Maio: Flores & Trocas”. Mas...

Famalicãohá 1 dia

Paulo Cunha não se recandidata à Câmara. Mário Passos deverá ser o candidato.

O atual presidente da Câmara Municipal de Famalicão não se vai recandidatar ao terceiro mandato nas autárquicas de outubro próximo....

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Pateiras do Ave ganham baloiço paradisíaco entre Fradelos e Bairros

Um grupo de amigos residentes na freguesia de Bairros, na Trofa, resolveu construir, este sábado, no leito do Rio Ave,...

Desportohá 1 dia

Ivo Vieira: “O Santa Clara fez pela vida, nós também fizemos pela nossa”

Depois de uma partida frente ao Santa Clara que deixou o FC Famalicão mais próximo da manutenção na I Liga,...

Famalicãohá 2 dias

Vítor Sousa é candidato pelo Chega à Câmara Municipal de Famalicão

Vítor Sousa apresentou-se hoje como candidato à Câmara Municipal de Famalicão, num evento dirigido aos militantes do partido e à...

Famalicãohá 2 dias

Vítor Sousa é candidato pelo Chega à Câmara Municipal de Famalicão

Vítor Sousa apresentou-se hoje como candidato à Câmara Municipal de Famalicão, num evento dirigido aos militantes do partido e à...

Sociedadehá 2 dias

Faleceu hoje o “capitão de Abril” Arnaldo Costeira

 O “capitão de Abril” Arnaldo Costeira morreu hoje, aos 75 anos, vítima de doença prolongada, informou a família de um...

Paíshá 2 dias

Covid-19: Mais 406 casos e 2 mortes nas últimas 24 horas

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção Geral de Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas mais 406 casos...

Famalicãohá 2 dias

Oliveira S. Mateus: Idoso de 83 anos ferido numa colisão entre motociclo e veículo ligeiro

Um idosos ficou, esta manhã, ferido num embate entre o motociclo onde seguia e um veículo ligeiro na freguesia de...

Guimarãeshá 2 dias

Guimarães: Colisão entre ciclistas e automóvel faz três feridos

Ocorreu esta manhã de sábado uma colisão entre um automóvel e três ciclistas que seguiam na  Rua Padre João Moreira...

Mundohá 2 dias

Covid-19: União Europeia assegura mais 1,8 mil milhões de doses da Pfizer

A União Europeia vai receber mais1,8 mil milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer. A informação foi...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191