Siga-nos nas redes

Desporto

Alex Apolinário aumenta a lista dos desportistas que faleceram enquanto competiam em Portugal

Publicado

em

A morte do futebolista brasileiro Alex Apolinário, que representava o Alverca, do Campeonato de Portugal, engrossou hoje a lista de desportistas que desapareceram a competir em solo nacional.

O médio, de 24 anos, caiu inanimado aos 27 minutos do jogo frente ao União de Almeirim (0-0), da 10.ª ronda da Série F do terceiro escalão, realizado no domingo, no Complexo Desportivo do Futebol Clube de Alverca, sem que estivesse a disputar qualquer lance.

Alex Apolinário sofreu uma paragem cardiorrespiratória e foi transportado para o Hospital de Vila Franca de Xira pelos bombeiros de Alverca, que realizaram manobras de reanimação no relvado, tendo estado internado em coma induzido nos últimos dias.

No recente historial de morte súbita em provas desportivas realizadas em Portugal surge a copiloto espanhola Laura Salvo, que morreu em 10 de outubro de 2020, aos 21 anos, devido a um acidente no Rali Vidreiro Centro de Portugal, na Marinha Grande.

O Peugeot 208 R2 conduzido por Miguel Socias despistou-se no início do primeiro troço da sexta prova do Campeonato de Portugal de Ralis, que acabou por ser cancelada mediante a declaração do óbito no local, apesar dos esforços de 27 operacionais.

No próximo dia 25 de janeiro assinala-se o 17.º aniversário do desaparecimento do húngaro Miklos Féher, alvo de uma paragem cardiorrespiratória nos instantes finais da visita do Benfica ao Vitória de Guimarães (1-0), da 19.ª jornada da I Liga de futebol.

Retrato idêntico sucedeu em 25 de outubro de 2009 com o basquetebolista norte-americano Kevin Widemond, da Ovarense, que morreu no intervalo do duelo frente à Académica para a atribuição do terceiro lugar do Troféu António Pratas, em Leiria.

Já o lote de desportistas portugueses malogrados é encabeçado pelo motociclista Paulo Gonçalves, falecido há quase um ano, em 12 de janeiro, aos 40 anos, na sequência de uma queda ao quilómetro 276 da sétima de 12 etapas da 42.ª edição do Rali Dakar.

À imagem do piloto da equipa indiana Hero, o automobilista Augusto Mendes morreu em 01 de março de 1989, com 36 anos, na sexta classificativa do Rali de Portugal, ao despistar-se ao volante de um Opel Kadett GSI numa ravina da Serra da Lousã.

O lote de malogrados lusos começou a desenhar-se no início do século XX, em 15 de julho de 1912, quando Francisco Lázaro, de 24 anos, desfaleceu na maratona de Estocolmo, tornando-se a primeira vítima mortal dos Jogos Olímpicos da era moderna.

O carpinteiro de uma fábrica de carroçarias de automóveis no Bairro Alto, em Lisboa, arrancou no grupo da frente, mas foi sucessivamente perdendo posições e começou a cambalear ao quilómetro 29, na colina de Öfver-Järva, até tombar de vez.

Porta-estandarte da primeira participação olímpica de Portugal, Francisco Lázaro acabou por colapsar na madrugada seguinte, vitimado pelo sebo que espalhou pelo corpo e impedia a transpiração da pele face aos 32 graus sentidos na capital sueca.

O atleta foi homenageado na cerimónia de encerramento por Pierre de Coubertin, fundador dos Jogos Olímpicos modernos, tal como o mundo do futebol prestou tributo a Fernando Pascoal Neves, mais conhecido por Pavão, em 16 de dezembro de 1973.

Natural de Chaves, o médio sofreu uma paragem cardiorrespiratória ao minuto 13 do encontro entre FC Porto e Vitória de Setúbal, da 13.ª jornada da I Liga, caindo inanimado no relvado do Estádio das Antas e morrendo no Hospital de São João, aos 26 anos.

Joaquim Agostinho notabilizou-se à escala mundial pela alcunha ‘Quim Cambalhotas’, devido aos constantes tombos sofridos ao longo de 16 anos em cima das bicicletas, que estiveram na origem da sua morte em Quarteira, na décima edição da Volta ao Algarve.

Natural de Torres Vedras, o corredor do Sporting caiu pela última vez aos 41 anos, após um cão se ter cruzado no seu caminho, causando fraturas no crânio, 10 dias em coma e um óbito declarado em 10 de maio de 1984, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Final idêntico ao mais emblemático ciclista luso, vencedor de três Voltas a Portugal e com dois terceiros lugares na Volta a França, sofreu Bruno Neves, ao bater com a cabeça no chão quando integrava o pelotão da Clássica de Amarante, em 11 de maio de 2008.

Já o basquetebolista Paulo Pinto foi atraiçoado por um colapso cardíaco em 02 de março de 2002, ao oitavo minuto do duelo entre Aveiro Basket e Benfica, no Pavilhão dos Galitos, da Liga portuguesa, morrendo antes de chegar ao Hospital Infante D. Henrique.

Oriundo de São João da Madeira, o extemo-poste, de 27 anos, tinha uma carreira promissora, já que era capitão das ‘quinas’ e foi eleito jogador nacional do ano em 2000, um ano antes de ser o primeiro luso a figurar na lista de candidatos ao ‘All-Star’ europeu.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Famalicãohá 12 horas

Presidente da Junta de Ribeirão expressa surpresa com saída de Paulo Cunha da “corrida autárquica”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Famalicãohá 13 horas

Paulo Cunha admite “decisão em curso” reforçando que os famalicenses estarão sempre “primeiro”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Entretenimentohá 18 horas

Cão do presidente da Irlanda boicota-o enquanto este faz uma intervenção em direto

O presidente da Irlanda, Michael D Higgins, fez um declaração, em direto, para lamentar a morte de um ator recentemente...

Famalicãohá 19 horas

Quem é Mário Passos, o candidato da coligação PSD/CDS à Câmara de Famalicão?

Nasceu a 3 de fevereiro de 1966 e é natural da freguesia famalicense de Nine. É casado e pai de...

Paíshá 20 horas

Covid 19. Uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

O boletim diário da Direção Geral da saúde (DGS) sobre a evolução da pandemia de Covid-19 regista, este domingo, uma...

Sociedadehá 20 horas

Vacinação para pessoas a partir dos 60 anos já pode ser agendada

Já se encontra disponível o agendamento para a vacinação contra a Covid-19 para pessoas sem doenças associadas que tenham 60...

Famalicãohá 23 horas

Famalicão: Chuva adia inauguração da ampliação do cemitério de Castelões

Para este domingo estava prevista a inauguração do novo e ampliado cemitério da freguesia de Castelões. Mas tal não aconteceu...

Bragahá 24 horas

Morreu o menino Tomás Vilaça a quem o Papa telefonou

Morreu esta madrugada Tomás Vilaça, o menino de 7 anos que sofria há um ano de cancro. O menino de...

Guimarãeshá 1 dia

Despiste e capotamento provoca dois mortos em Guimarães

O despiste automóvel, seguindo de capotamento provocou a morte a duas pessoas, este sábado à noite, em Guimarães, mais precisamente...

Famalicãohá 1 dia

Mês de maio, mês das flores, celebrado em Famalicão

Não fosse a pandemia de Covid 19, maio em Famalicão é sinónimo de “Festa de Maio: Flores & Trocas”. Mas...

Famalicãohá 1 dia

Paulo Cunha não se recandidata à Câmara. Mário Passos deverá ser o candidato.

O atual presidente da Câmara Municipal de Famalicão não se vai recandidatar ao terceiro mandato nas autárquicas de outubro próximo....

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Pateiras do Ave ganham baloiço paradisíaco entre Fradelos e Bairros

Um grupo de amigos residentes na freguesia de Bairros, na Trofa, resolveu construir, este sábado, no leito do Rio Ave,...

Desportohá 2 dias

Ivo Vieira: “O Santa Clara fez pela vida, nós também fizemos pela nossa”

Depois de uma partida frente ao Santa Clara que deixou o FC Famalicão mais próximo da manutenção na I Liga,...

Famalicãohá 2 dias

Vítor Sousa é candidato pelo Chega à Câmara Municipal de Famalicão

Vítor Sousa apresentou-se hoje como candidato à Câmara Municipal de Famalicão, num evento dirigido aos militantes do partido e à...

Famalicãohá 2 dias

Vítor Sousa é candidato pelo Chega à Câmara Municipal de Famalicão

Vítor Sousa apresentou-se hoje como candidato à Câmara Municipal de Famalicão, num evento dirigido aos militantes do partido e à...

Sociedadehá 2 dias

Faleceu hoje o “capitão de Abril” Arnaldo Costeira

 O “capitão de Abril” Arnaldo Costeira morreu hoje, aos 75 anos, vítima de doença prolongada, informou a família de um...

Paíshá 2 dias

Covid-19: Mais 406 casos e 2 mortes nas últimas 24 horas

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção Geral de Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas mais 406 casos...

Famalicãohá 2 dias

Oliveira S. Mateus: Idoso de 83 anos ferido numa colisão entre motociclo e veículo ligeiro

Um idosos ficou, esta manhã, ferido num embate entre o motociclo onde seguia e um veículo ligeiro na freguesia de...

Guimarãeshá 2 dias

Guimarães: Colisão entre ciclistas e automóvel faz três feridos

Ocorreu esta manhã de sábado uma colisão entre um automóvel e três ciclistas que seguiam na  Rua Padre João Moreira...

Mundohá 2 dias

Covid-19: União Europeia assegura mais 1,8 mil milhões de doses da Pfizer

A União Europeia vai receber mais1,8 mil milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer. A informação foi...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191