Siga-nos nas redes

País

Papa Francisco recebe hoje Conferência Episcopal Portuguesa

Publicado

em

Para apresentação de cumprimentos e para receber orientações para a Igreja em Portugal, o Papa Francisco recebe hoje a nova presidência da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP).

A delegação que vai ser recebida pelo Papa Francisco é constituída pelo presidente e vice-presidente da Conferência Episcopal, José Ornelas e Virgílio Antunes, respetivamente, e pelo secretário e porta-voz, padre Manuel Barbosa.

A 09 de dezembro, em conferência de imprensa, Manuel Barbosa disse que a audiência servirá para a apresentação de cumprimento, mas também para pedir “a bênção e orientações do Papa” para a Igreja Católica no país, sendo que a situação da pandemia de covid-19 deverá ser igualmente referida.

“É obvio que assim seja, é evidente”, adiantou Manuel Barbosa, admitindo ainda que a realização da Jornada Mundial da Juventude, em 2023 em Lisboa, poderá ser outro assunto a abordar.

A atual presidência da CEP foi eleita no dia 16 de junho último para o triénio 2020-2023, durante a 198.ª Assembleia Plenária do episcopado português.

José Ornelas foi eleito presidente do Conselho Permanente da CEP e como vice-presidente os bispos portugueses elegeram Virgílio Antunes, bispo de Coimbra.

A vice-presidência da CEP era ocupada pelo cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima.

Os prelados elegeram ainda como vogais do Conselho Permanente para o triénio 2020-2023 Manuel Clemente (cardeal-patriarca de Lisboa), Manuel Linda (bispo de Porto), José Cordeiro (bispo de Bragança-Miranda), António Marto (bispo de Leiria-Fátima) e Francisco Senra Coelho (arcebispo de Évora). O padre Manuel Barbosa mantém-se como secretário.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

País

Burla em nome da EDP ameaça clientes com corte da eletricidade em troco de 150 euros

Publicado

em

Está a ser levada a cabo uma burla em nome da EDP, através de mensagens SMS, na qual os criminosos tentam alarmar a população com um falso alerta da suspensão do fornecimento de eletricidade devido a um montante de euros em falta.

Para que este falso corte da energia seja revertido, os criminosos por trás deste esquema pedem o pagamento de 147,90 euros, fornecendo a respetiva entidade e referência para que os possíveis burlados possam enviar o dinheiro.

Tal como reportou um dos receptores da mensagem em causa à Fama TV, este já nem é cliente da EDP, algo que indicou de imediato uma possível fraude.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Évora será Capital Europeia da Cultura em 2027

Publicado

em

Évora será Capital Europeia da Cultura em 2027, juntamente com Liepaja, na Letónia, foi hoje anunciado, numa conferência de imprensa em Lisboa, no Centro Cultural de Belém (CCB).

Évora foi escolhida de um lote de quatro finalistas, do qual também faziam parte Aveiro, Braga e Ponta Delgada. O anúncio foi feito pela presidente do júri internacional, Beatriz Garcia.

Évora terá uma dotação financeira de 29 milhões de euros oriundos de fundos nacionais e europeus, como foi revelado em outubro pelo ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Homem de 22 anos detido na Maia por alegadamente ter abusado de jovem de 16 anos inconsciente após beber álcool

Publicado

em

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na Maia, um homem de 22 anos por, alegadamente, ter abusado sexualmente de uma jovem de 16 anos quando esta estava inconsciente, após os dois terem consumido álcool, anunciou esta quarta-feira esta força policial.

O presumível abuso sexual terá ocorrido no passado mês de novembro, referiu a PJ, em comunicado.

“A vítima, uma jovem de 16 anos, terá consumido bebidas alcoólicas juntamente com o arguido, seu vizinho, vindo a perder consciência e acabando por ser abusada sexualmente por este”, adiantou.

O detido, suspeito do crime de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência, tem antecedentes criminais por crimes violentos contra a propriedade e tráfico de droga.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

ASAE fiscaliza lojas antes da ‘Black Friday’ e instaura 48 processos de contraordenação

Publicado

em

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou esta quarta-feira que instaurou 48 processos de contraordenação, no âmbito de uma ação de fiscalização a vendas com redução de preço ‘Black Friday’, que abrangeu 550 operadores económicos.

“Foram fiscalizados 550 operadores económicos, tendo sido instaurados 48 processos de contraordenação, destacando-se como principais infrações o desrespeito das regras do anúncio de venda com redução de preços, o incumprimento das regras legais sobre promoções, o incumprimento do dever de prestar informação sobre o preço da chamada telefónica para a rede fixa nacional e para a rede móvel nacional”, entre outras, informou a ASAE, em comunicado.

A ASAE levou a cabo uma operação de fiscalização de norte a sul do país, durante o mês de novembro, para verificar o cumprimento das regras relativas a vendas com redução de preços, nomeadamente a “oferta de produtos em saldos, liquidações e promoções, realizadas numa época em que se promovem iniciativas como a ‘Black Friday’ ou a ‘Cyber Monday'”.

A operação visou estabelecimentos de comércio em lojas físicas ou com ofertas ‘online’, “tendo sido verificado o cumprimento da conformidade das práticas de venda com redução de preço por parte dos operadores económicos face à legislação em vigor”, sublinhou a autoridade.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Putin e Will Smith foram as personalidades mais pesquisada em Portugal em 2022 diz o Google

Publicado

em

O nome do presidente russo Vladimir Putin, que ordenou a invasão da Ucrânia em Fevereiro, foi o mais popular nas pesquisas Google deste ano em Portugal, seguido pelo actor Will Smith.

As tendências divulgadas pelo Google em Portugal registam as palavras que mais cresceram nas pesquisas na Internet, em comparação com o ano anterior, e colocam em terceiro lugar nesta categoria (nomes internacionais) o actor Johnny Depp, cujo divórcio da actriz Amber Heard o colocou firmemente no centro das atenções.

Em termos gerais, os utilizadores portugueses da Internet foram mais propensos a procurar as palavras “ivaucher”, “Campeonato Mundial 2022”, “Ucrânia”, “Rússia”, “certificado digital” e “autovaucher”, juntamente com algumas perguntas: “Como se inscrever no autovaucher”, “como saber onde votar em 2022”, como funciona o “ivaucher” e “como receber os 125 euros” que o Governo decidiu atribuir aos contribuintes devido à inflação.

Em programas, séries e filmes, o destaque foi “Big Brother Famosos”, “Top Gun” e “House of the Dragon”.

Os utilizadores da Internet também mostraram particular interesse em saber o que é afasia (um distúrbio de comunicação associado a um AVC), o que são metadados e o que é a NATO.

O “Ano em Pesquisa” do Google reflecte, segundo a empresa, “um olhar anual sobre as principais tendências” nas pesquisas registadas pela plataforma.

“Ao compilar o ano 2022 em busca, analisamos a agregação de triliões de buscas ao longo do ano. As tendências geralmente identificam melhor o que chamou a atenção das pessoas em 2022, em comparação com 2021”, disse uma fonte do Google.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Doentes têm de ser melhor referenciados para combater tempos de espera altos nos hospitais

Publicado

em

Um estudo sobre a sustentabilidade do sistema de saúde, que será hoje apresentado, defende que é preciso melhorar a referenciação de doentes aos cuidados hospitalares para reduzir tempos de espera e melhorar os cuidados prestados.

Num conjunto de mais de 40 recomendações elaboradas por mais de 30 peritos de várias áreas da saúde, o documento, refere que, além de reduzir tempos de espera, o desenvolvimento de protocolos e mecanismos para a referenciação de doentes melhoraria os cuidados prestados e a satisfação para os doentes.

Os peritos lembram igualmente que investigações anteriores mostraram que os médicos de medicina geral e familiar “nem sempre se sentem confiantes relativamente aos exames a prescrever aos seus doentes antes de os referenciarem para consultas hospitalares de especialidade”.

“A mesma investigação demonstrou igualmente que os médicos especialistas consideram que nem sempre os doentes que recebem trazem já feitos os exames necessários para uma primeira consulta”, acrescentam.

O trabalho foi desenvolvido no âmbito da Parceria para a Sustentabilidade e Resiliência dos Sistemas de Saúde (PHSSR), uma colaboração global criada em 2020 pela London School of Economics and Political Science, pelo Fórum Económico Mundial e pela AstraZeneca.

Em Portugal, o diagnóstico à sustentabilidade e resiliência do sistema de saúde foi coordenado por Mónica Oliveira, do Instituto Superior Técnico, e Aida Isabel Tavares, do Instituto Superior de Economia e Gestão, da Universidade de Lisboa.

As 43 recomendações estão divididas em várias áreas: governança, financiamento, recursos humanos, medicamentos e outras tecnologias da saúde, prevenção e cuidados de saúde, saúde populacional e sustentabilidade ambiental.

Em declarações à Lusa, Mónica Oliveira sublinhou, na área da governança, a mensagem da necessidade de “promover autonomia e responsabilidade das administrações das instituições de saúde, para poderem tomar decisões e não dependerem tanto de outros interlocutores do sistema de saúde”.

Na área da governança, os peritos insistem no fim das cativações na área da Saúde por parte do Ministério das Finanças, considerando que “afetam a autonomia e a capacidade de gestão das administrações hospitalares”.

A este nível, defendem que o Estado deverá confiar mais nos gestores públicos, com “consequente responsabilização”.

Dizem igualmente que é preciso “capacitar uma estrutura que lidere a integração da disponibilização dos cuidados prestados aos vários níveis e pelos diferentes setores (público, privado e social)”, lembrando que a Direção executiva do SNS – recentemente criada – apenas assegura a coordenação da resposta no serviço público.

“Há entidades do setor privado e social que prestam cuidados de saúde, alguns dos quais contratualizados/convencionados com o SNS”, sublinham os peritos, defendendo a necessidade de uma “supervisão ao nível mais elevado”, para conseguir um sistema de saúde “mais eficiente, evitando lacunas e duplicações”.

Em declarações à Lusa, a coordenadora do estudo sublinhou a importância da continuidade na prestação dos cuidados de saúde, insistindo na necessidade de coordenação: “temos sistemas que às vezes se complementam, mas às vezes competem”.

“Ficou muito claro que tem de haver um planeamento para se perceber como é o papel do público, do privado e do setor social”, acrescentou.

A este nível, o grupo de peritos – que envolve especialistas como o antigo ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes, Maria do Céu Machado, que foi Alta Comissária para a Saúde e dirigiu o Infarmed entre 2017 e 2019, o antigo diretor-geral da Saúde Constantino Sakellarides, o presidente da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), Vitor Herdeiro, entre outros – recomenda também uma melhor articulação intersetorial entre a Saúde e a Segurança Social para assegurar a continuidade de cuidados.

“A definição de um percurso de cuidados que veja a pessoa como um todo, com necessidades de saúde e de apoio social, afigura-se como um objetivo essencial para melhorar a qualidade de vidas dos utentes de saúde e dos seus cuidadores, com inegáveis ganhos em saúde”, sugerem.

Acabar com as nomeações políticas dos dirigentes das entidades prestadoras de cuidados, nomeando apenas em função da competência, promover parcerias e colaborações na prestação de cuidados entre os setores público, privado e social e separar os papéis do Estado financiador, prestador, regulador e fiscalizador, são outras das recomendações.

A coordenadora do trabalho sublinhou a “concordância muito elevada de um painel muito alargado de peritos”, composto por especialistas da área da indústria, do privado, do setor social e do público, abrangendo um espetro político e ideológico alargado.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Um ferido grave e 18 desalojados após explosão de botija de gás em Viana

Publicado

em

Dezoito pessoas foram hoje retiradas de 15 apartamentos de um prédio em Viana do Castelo, após a explosão com gás de botija que causou ferimentos graves num homem, disse o comandante dos bombeiros sapadores locais, António Cruz, que referiu desconhecer o número total de habitantes do edifício com dois pisos e águas-furtadas, sendo que a receber acompanhamento dos serviços de ação social da Câmara de Viana do Castelo estão 18 pessoas retiradas do prédio.

O responsável disse desconhecer a existência de crianças entre as pessoas que foram retiradas do edifício, que se encontra isolado e que vai ser alvo de peritagem por parte dos bombeiros sapadores e de técnicos municipais.

O prédio fica situado na rua arquiteto Ventura Terra, na União de Freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior, Monserrate e Meadela), junto ao campo de futebol do Sport Clube Vianense.

A explosão, seguida de incêndio, ocorreu pelas 06:20.

Segundo o comandante António Cruz, o ferido grave foi transportado para o hospital de Viana do Castelo.

Pelas 08:00, o incêndio já tinha sido extinto pelos bombeiros.

Segundo o ‘site’ da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, chegaram a estar no local 25 elementos, apoiados por 10 veículos.

Ao local comparecerem os bombeiros voluntários e sapadores, a PSP e a Viatura de Emergência Médica (VMER) estacionada no hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Mundial 2022: Portugal vence Suíça por 6-1 e está nos quartos de final da competição

Publicado

em

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os quartos de final do Mundial de 2022, ao golear a Suíça por 6-1, com ‘hat-trick’ de Gonçalo Ramos, no último jogo dos ‘oitavos’, em Lusail.

O avançado do Benfica, aos 17, 51 e 67 minutos, Pepe, aos 33, Raphaël Guerreiro, aos 55, e Rafael Leão, aos 90+2, marcaram os golos da formação das ‘quinas’, enquanto Manuel Akanji apontou o tento dos helvéticos, aos 58.

Nos quartos de final, num jogo marcado para sábado, pelas 15:00 (em Lisboa), no Estádio Al Thumama, em Doha, Portugal vai defrontar Marrocos, que hoje eliminou a Espanha, no desempate por penáltis (3-0, após 0-0 nos 120 minutos).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Agricultura vai continuar com dificuldades mesmo que a inflação pare

Publicado

em

“Mesmo que a inflação pare”, o preço dos produtos agrícolas aumentará “durante algum tempo”, adverte o líder da PAC, que antecipa o encerramento de mais explorações agrícolas em 2023 devido aos custos de electricidade.

Eduardo Oliveira e Sousa adverte que os preços ao consumidor dos produtos agrícolas continuarão a subir “durante algum tempo, mesmo que a inflação pare”, e apenas um “milagre” veria o seu regresso aos valores de um ano atrás. “É natural que continuem a subir durante algum tempo para amortizar a diferença de velocidade entre o aumento do custo de produção e o valor de venda desse mesmo produto”, diz o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (PAC).

Numa entrevista ao Jornal de Negócios e à Antena1, o porta-voz afirma que muitas explorações ligadas à pecuária já fecharam e que “outro tipo de falência, associada à conta de electricidade” está a chegar, quando fazem as contas no final do ano.

Acrescentou que, apesar da chuva que caiu nas últimas semanas, no sul do território a situação de escassez está longe de ser superada, e o líder da PAC critica o Ministro da Agricultura pelo facto de, ao contrário dos espanhóis, os agricultores portugueses ainda não terem recebido “um euro” de apoio relacionado com a seca. Ele assinala a falta de “capacidade política e técnica” de Maria do Céu Antunes para resolver este problema – e igualmente de capacidade técnica quando se trata de gerir o Plano Estratégico para a Política Comum (PEPAC).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

IKEA aumenta salário de entrada para os 1.000 euros em Portugal

Publicado

em

A Ikea Portugal aumentará o salário mínimo inicial para todos os empregados, na secção de retalho, de 750 euros para 1.000 euros brutos mensais (14.000 euros anuais).

Segundo a ECO, esta actualização salarial, que se aplica agora a todos os empregados a tempo inteiro do Grupo Ingka – que detém a marca – e entra em vigor em Janeiro de 2023, é superior ao Salário Mínimo Nacional (SMN), que deverá aumentar dos atuais 705 euros para os 760 euros em Janeiro de 2023.

“Trabalhamos diariamente para ter uma oferta completa e relevante de compensação e benefícios, dos quais o salário faz parte. Nos últimos anos, temos feito um esforço constante para aumentar os rendimentos e apoiar os empregados, e este é mais um exemplo disso e mais um passo para garantir o bem-estar dos nossos 2.800 empregados de retalho e a estabilidade dos seus rendimentos”, diz Cláudio Valente, gestor de pessoas & cultura da Ikea Portugal.

O novo salário base é adicionado ao subsídio alimentar, que também foi recentemente actualizado para seis euros, seguro de saúde, ajuda parental, e pagamento de bónus – sempre que os objectivos empresariais são alcançados.

A decisão de melhorar as condições de trabalho na empresa foi motivada pelo aumento do custo de vida, bem como pelo contexto cada vez mais competitivo para o talento no sector retalhista. O retalhista acelerou assim o investimento previsto na actualização salarial, em 5,9 milhões de euros.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

pub

Artigos Recentes

Guimarãeshá 2 horas

Camião de lenha tomba na EN206 em Ronfe após despiste

Um veículo pesado que carregava lenha ficou tombado, na tarde desta quarta-feira, na Estrada Nacional 206, em Ronfe, que liga...

Desportohá 2 horas

Mário Passos recebe GD Natação de Famalicão e promete nova piscina

O presidente da Câmara de Famalicão promete melhorar as condições de trino do Grupo Desportivo de Natação, com a construção...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: 152 autocarros e mais de 1.100 ligações diárias passam a servir a Comunidade Intermunicipal do Ave

A AVE Mobilidade, marca da nova operação de transporte público rodoviário que passa a servir os oito municípios da Comunidade...

Paíshá 2 horas

Burla em nome da EDP ameaça clientes com corte da eletricidade em troco de 150 euros

Está a ser levada a cabo uma burla em nome da EDP, através de mensagens SMS, na qual os criminosos...

Paíshá 3 horas

Évora será Capital Europeia da Cultura em 2027

Évora será Capital Europeia da Cultura em 2027, juntamente com Liepaja, na Letónia, foi hoje anunciado, numa conferência de imprensa...

Famalicãohá 5 horas

Famalicão Lés a Lés: Antas celebra Nossa Senhora da Conceição

A freguesia de Antas, em Famalicão, vai celebrar as Festas em Honra de Nossa Senhora da Conceição, com um programa...

Regiãohá 5 horas

Familiares retiram corpo de homem de 77 anos afogado na praia de Vila Chã em Vila do Conde

O corpo de um homem de 77 anos foi encontrado esta quarta feira, nas águas da praia de Vila Chã,...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Caso Cidadania foi arquivado pelo Ministério Público

Foi arquivado, está quarta feira, por ordem do Ministério Público, o caso que opunha Mesquita Guimarães é a Disciplina de...

Barceloshá 8 horas

Mulher que realizava “serviços espirituais” e burlava clientes constituída arguida pela GNR em Barcelos

A GNR constituiu arguida, em Barcelos, uma mulher de 27 anos suspeita de burlas com execução de “serviços espirituais” para...

Paíshá 8 horas

Homem de 22 anos detido na Maia por alegadamente ter abusado de jovem de 16 anos inconsciente após beber álcool

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na Maia, um homem de 22 anos por, alegadamente, ter abusado sexualmente de uma jovem...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES