Siga-nos nas redes

País

Covid-19: Médicos responsabilizam Governo por falta de planeamento

Publicado

em

Apelando ao reforço dos meios disponíveis, o Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS) responsabilizou hoje o Ministério da Saúde, Governo e Presidente da República pela falta “inaceitável” do adequado planeamento da resposta à pandemia de covid-19.

Em comunicado, a SMZS sublinha que vários hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo estão “em situação de rutura, sendo incapazes de assegurar o adequado atendimento de ‘doentes covid’ e ‘não covid’ em tempo útil.

Para o sindicato, a falta de meios humanos, de camas e até de oxigénio tem levado à acumulação dos doentes em maca, à porta dos hospitais e nas ambulâncias.

“O SMZS responsabiliza a ministra da Saúde, o Governo e o Presidente da República pela falta incompreensível e inaceitável do adequado planeamento da resposta a uma pandemia que dura há vários meses e em que estava anunciado o cenário de agravamento, e pelo alívio das medidas de contenção da pandemia durante as festividades da época natalícia, que está na base do elevado número de mortes e na situação de rutura dos serviços de saúde a que estamos a assistir”, afirma o sindicato.

Na nota, o Sindicato exorta o Governo a reforçar os meios de resposta à pandemia, não só nos serviços públicos, mas também requisitando a capacidade instalada dos serviços privados e do setor social.

Na sequência da situação de rutura nos hospitais, o SMZS aconselha “todos os médicos a entregarem minutas de escusa de responsabilidade para que as administrações, e o próprio Ministério da Saúde, se consciencializem dos graves erros que estão a ser cometidos na gestão da pandemia”.

O SMZS faz também um apelo aos cidadãos para que cumpram as normas e evitem o contágio de forma a que o Serviço Nacional de Saúde possa assegurar um atendimento adequado a todos os que dele precisem, sublinhando que o aumento do número de infeções tem sido responsável por graves constrangimentos no atendimento nos serviços de urgência hospitalares.

Na nota, o SMZS chama também a atenção para a crónica falta de profissionais que tem levado ao aumento do tempo de espera nas urgências e ao agravamento crítico do estado de saúde dos doentes em espera, além da falta de camas para fazer face à afluência às urgências que tem resultado na acumulação de doentes em macas e até em cadeirões.

“Com as urgências cheias, sucedem-se as filas de ambulâncias à porta de vários hospitais, onde os doentes acabam por ter de esperar várias horas, sendo necessário os médicos e enfermeiros abandonarem o serviço de urgência para prestarem cuidados nas ambulâncias, quando lhes é possível. Esta situação tem levado a indisponibilidade de ambulâncias para o transporte de doentes, covid e não covid”, adianta o sindicato.

O SMZS diz também ter conhecimento de que vários hospitais “não conseguem fornecer oxigénio com a adequada pressão aos doentes, problema que tende a agravar-se nos próximos dias”.

Devido à falta de meios, realça o SMZS, os critérios de atendimento e internamento em várias unidades “tornaram-se mais restritos, deixando de fora muitos doentes com dificuldade respiratória e com estados clínicos potencialmente em agravamento.

Toda a situação, segundo o Sindicato, é agravada pelo cancelamento de consultas e cirurgias, incluindo as oncológicas.

“Nos centros de saúde, verifica-se também uma grande dificuldade em assegurar o atendimento de doentes covid e o habitual acompanhamento de doentes não covid, com os médicos de família quase exclusivamente alocados a tarefas de rastreio de contactos e de Trace covid-19”, é referido.

O SMZS diz ainda ter tido conhecimento de que em vários hospitais estão a ser mobilizados, para o atendimento a ‘doentes covid’, médicos de todas as especialidades, incluindo cirurgia, ortopedia, anatomia patológica, pediatria e psiquiatria, o que aumenta a possibilidade de erro e compromete a qualidade dos cuidados prestados e chama a atenção para o estado de exaustão em que se encontram estes profissionais.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.031.048 mortos resultantes de mais de 94,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.028 pessoas dos 556.503 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 3 horas

Covid-19: Governo indica que medidas mais flexíveis estão para chegar

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, reafirmou esta sexta-feira a flexibilização das medidas de prevenção...

Desportohá 4 horas

Sub-23: Vitória SC vence FC Famalicão por 3-1 na 4.º jornada da Liga Revelação

O Vitória SC venceu, esta sexta-feira, o FC Famalicão por 3-1, num jogo disputado na Pista Gémeos Castro, a contar...

Famalicãohá 5 horas

D. Jorge Ortiga visita S. Tiago de Antas este domingo para cerimónia de crisma de 40 jovens

A freguesia de S. Tiago de Antas aguarda a visita, este domingo, pelas 16:00, do Arcebispo Primaz de Braga, D....

Famalicãohá 6 horas

Junta de Joane alerta para o corte de água em vários pontos da freguesia este sábado

A Junta de Joane alerta para o corte do abastecimento de água, que se fará sentir este sábado, entre as...

Desportohá 7 horas

Ivo Vieira garante um Famalicão “confiante e determinado” frente ao Marítimo

O treinador do Famalicão admitiu hoje que a equipa vai entrar “confiante e determinada” com vista a conquistar os três...

Famalicãohá 7 horas

Colisão entre veículos ligeiros faz dois feridos na freguesia de Portela

Duas pessoas ficaram feridas ao início da tarde desta sexta-feira, após uma colisão entre dois veículos ligeiros, na freguesia de...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão / Covid-19: Taxa de infeções do concelho regista descida de 90 casos numa semana

Os dados da Direção-Geral da Saúde referentes à incidência de novos casos da covid-19, das duas últimas semanas, no concelho...

Paíshá 8 horas

Covid-19: Mais 7 mortos e 1023 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 7 óbitos provocados pela pandemia e 1023 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Professora Ana Mendes distinguida com Global Teacher Award 2021

A professora Ana Maria Mendes do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco e finalista do Global Teacher Prize Portugal, que...

Famalicãohá 10 horas

Debate: Eleições Autárquicas de Famalicão 2021

A Fama TV organizou, na noite desta quinta-feira, um debate político entre os candidatos dos vários partidos que se candidatam...

Paíshá 11 horas

Renovar Cartão de Cidadão, morada e carta de condução e outros serviços será possível no Portal Digital Único

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública afirmou hoje que o Portal Digital Único arranca no último...

Paíshá 11 horas

Subsídios para pais de crianças em isolamento profilático continuam a 100% este ano letivo

O Governo esclarece que os subsídios de remuneração a 100% criados em março de 2020 para trabalhadores por conta de...

Famalicãohá 12 horas

Jantar-comício da Iniciativa Liberal traz líder João Cotrim Figueiredo a Famalicão

O núcleo famalicense do partido Iniciativa Liberal recebe, em Famalicão, o seu líder e deputado, João Cotrim Figueiredo, no próximo...

Famalicãohá 12 horas

Município atribui voto de louvor a atletas e equipa feminina da Escola de Atletismo Rosa Oliveira

Paulo Cunha, recebeu, na manhã desta sexta-feira, os representantes da Equipa Feminina da Escola de Atletismo Rosa Oliveira (EARO) e...

Famalicãohá 12 horas

Depois da tempestade: Sol volta para ficar por mais 7 dias em Famalicão

Depois do mau tempo e períodos de chuva abundante que se registaram esta semana em Famalicão, as previsões meteorológicas para...

Economiahá 13 horas

Combustíveis: Preço do gasóleo volta a subir esta segunda-feira. Gasolina mantém-se

O preço do gasóleo vai voltar a subir esta segunda-feira , resultado da evolução das cotações da matéria-prima, devendo apresentar...

Desportohá 13 horas

Hóquei em Patins: FAC faz jogo de apresentação este sábado frente a equipa espanhola

A equipa de hóquei em patins do Famalicense Atlético clube apresenta a sua formação para a época 2021/2022 com jogo...

Paíshá 13 horas

Covid-19: Microbiologista espera aparecimento de novas variantes do vírus em Portugal

O microbiologista João Paulo Gomes disse hoje que é esperado em Portugal o aparecimento de novas variantes do coronavírus SARS-CoV-2...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Viatura ligeira incendeia-se no centro da cidade

Uma viatura ligeira incendiou-se, na manhã desta sexta-feira, junto às instalações da corporação dos Bombeiros Voluntários Famalicenses. A Fama TV,...

Famalicãohá 1 dia

Carro do cantor famalicense Costinha completamente consumido após incêndio na A3

O cantor famalicense Costinha viu, esta quinta-feira, o seu carro pegar fogo e ser completamente consumido pelas chamas na A3....

Arquivo

FAMA NAS REDES

NO AR: Debate com todos os candidatos à Câmara de Famalicão A SEGUIR: Fama, a Rádio que se vê.

Carregue no PLAY para iniciar o streaming. 

A emissão começa no final do anúncio. Veja a toda a largura do seu ecrã, quando terminar o anúncio, carregando nas setas do canto inferior direito. Desfrute!