Siga-nos nas redes

País

António Costa: “Não podemos tomar decisões conforme as pressões”

Publicado

em

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu hoje, em Bruxelas, que os números de infeções de covid-19 em Portugal “são particularmente dramáticos”, mas insistiu que não se deve “tomar decisões conforme as pressões”, quando questionado sobre o eventual encerramento das escolas.

Num dia em que Portugal contabilizou 219 mortes relacionadas com a covid-19 e 14.647 casos de infeção com o novo coronavírus, novo máximo nacional desde o início da pandemia, António Costa, que se deslocou a Bruxelas para apresentar no Parlamento Europeu as prioridades da presidência portuguesa da UE, reconheceu que “os números de hoje, como é sabido, são particularmente dramáticos e demonstrativos da gravidade da situação que existe no país”.

Sublinhando que, “obviamente, é cedo para tirar conclusões finais sobre as medidas” tomadas pelo Governo na semana passada, “porque é sabido que entre o momento em que se toma as medidas e elas produzem efeito há pelo menos duas semanas de demora”, António Costa reiterou que, mesmo no atual contexto, tudo será feito para evitar o encerramento das escolas, apesar de se multiplicarem as vozes a defender esse cenário.

“Nós não podemos tomar decisões conforme as pressões. Ainda há poucas semanas a pressão era para abrir os restaurantes mais tempo, agora a pressão é para fechar mais. Nós temos de ir tomando as decisões em função daquilo que são as realidades efetivas e qual é a dinâmica efetiva”, declarou.

Costa referiu que “há nesta circunstância concreta (…) um elemento muito importante”, que se prende com “as análises que estão a ser realizadas neste momento no Instituto Ricardo Jorge com base nas amostras recolhidas nos últimos dias”, que considerou “decisivas” para se ter a perceção do grau de prevalência da nova estirpe, que acelera o ritmo de transmissão.

O primeiro-ministro assumiu que, “se a prevalência dessa estirpe for relevante”, aí, porventura, terão de ser tomadas “medidas perante uma nova realidade”, numa lógica que garante ser a mesma “desde o início: O Governo nunca hesitará em tomar a qualquer momento qualquer medida que seja necessária para travar a pandemia”.

“Agora, convém não esquecer que todos sabemos hoje qual foi o custo social e no processo de aprendizagem para as crianças do encerramento das escolas no ano passado. E aqui não se trata de compensar as perdas económicas de uma empresa, porque essas são mais ou menos compensáveis – podemos não compensar tudo, e não temos dinheiro infelizmente para compensar a dimensão das perdas que estão a ter -, estamos a falar da formação de uma geração, e este é um dano cujo preço a pagar não é hoje, é um preço que pagaremos longamente ao longo dos próximos anos. Portanto é preciso ter muita serenidade, ter muita calma, recolher informação e tomar as decisões”, declarou.

Lembrando que na quinta-feira haverá novo Conselho de Ministros, António Costa reiterou que o encerramento dos estabelecimentos escolares só será decretado “em último caso”, mas, atendendo à evolução da situação epidemiológica em Portugal, não excluiu o cenário de “lá ter que chegar”.

“Vamos fazer tudo para evitar o encerramento das escolas, e só o devemos fazer em último caso. Ontem [terça-feira] já o disse na Assembleia [da República]: Se, por exemplo, se vier a verificar que efetivamente a nova variante tem um peso muito grande e que, portanto, isso é um risco acrescido de uma circulação muito mais acelerada na transmissão do vírus, bom, poderemos lá ter que chegar. Mas eu acho que é o desejo de todos seguramente não chegarmos lá”, afirmou.

O primeiro-ministro adiantou que, ainda hoje, assim que estiver de regresso a Lisboa, se reunirá com as ministras da Saúde e da Presidência, e revelou que já falou hoje à tarde com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

“Nós temos estado a manter o acompanhamento permanente da situação todo o dia e eu, hoje, apesar de estar aqui no Parlamento Europeu, tenho mantido um contacto permanente com Portugal para ver a evolução da situação”, disse António Costa.

“A senhora ministra da Saúde e a ministra da Presidência vão reunir hoje ao fim do dia com os epidemiologistas, eu tive a oportunidade ainda há pouco de falar com o Presidente da República, e quando chegar logo à noite a Lisboa irei reunir também com a ministra da Saúde e com a ministra da Presidência. Amanhã [quinta-feira] temos Conselho de ministros, e portanto estamos a avaliar a evolução da situação”, disse.

De acordo com dados da Direção Geral da Saúde (DGS), Portugal registou hoje 219 mortes relacionadas com a covid-19 e 14.647 novos casos de infeção, os valores mais elevados desde o início da epidemia.

Desde o início da pandemia, morreram 9.465 pessoas dos 581.605 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da DGS.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Famalicãohá 4 horas

Covid-19: 60% dos doentes hospitalizados continuam com pelo menos um sintoma após seis meses

Um estudo hoje divulgado conclui que 60% dos doentes hospitalizados com covid-19 continuam com pelo menos um sintoma seis meses...

Famalicãohá 6 horas

Associação Engenho de Desenvolvimento do Vale do Este aprova orçamento para 2021

Os associados da Engenho – Associação de Desenvolvimento do Vale do Este  aprovaram, no passado domingo, por unanimidade, o Plano...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: Pessoas acumulam-se em longas filas, à chuva, no Centro de Vacinação de Vale S. Cosme

Não é a primeira vez que acontece. Aliás, nos últimos dias, segundo relatos de várias pessoas, têm-se formado longas filas...

Desportohá 9 horas

Famalicão: Vermoim recebeu mais de 150 participantes para passeio de BTT

O Floresta BTT, sediado em Vermoim, promoveu este sábado, 8 de maio, o Arga Tinta Adventure, um passeio de BTT...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Secretário de Estado da Educação, João Costa, participa no III Ciclo de Conferências em Educação

O secretário de Estado da Educação, João Costa, vai participar como orador em mais uma sessão do III Ciclo de...

Famalicãohá 9 horas

Paulo Cunha fala amanhã aos famalicenses sobre o seu futuro e permanência na corrida às autárquicas

O presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, vai tomar, amanhã, uma posição sobre a questão da candidatura às eleições...

Desportohá 10 horas

I Liga: Árbitro Manuel Mota irá dirigir Vitória SC x FC Famalicão desta quarta-feira

Já foi definido pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol a equipa de arbitragem para o jogo entre...

Famalicãohá 10 horas

Piscinas de Famalicão, Joane, Ribeirão e Oliveira S. Mateus retomam regime livre

As piscinas cobertas de Famalicão começam a recuperar a sua atividade normal com o desenrolar do plano de desconfinamento estipulado...

Paíshá 10 horas

Covid-19: Mais 1 morto e 158 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 1 óbito provocados pela pandemia e 158 novos casos de infeção, segundo o relatório diário, emitido...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Empresa Pafil inaugura novas instalações no concelho

A Pafil, empresa têxtil especializada em vestuário de alta performance, escolheu e Famalicão para concretizar um plano de expansão nacional...

Guimarãeshá 13 horas

Covid-19: Fuga de gás atrasa vacinação no Pavilhão Multiusos de Guimarães

O programa de vacinação contra a covid-19 agendado para hoje no Pavilhão Multiusos de Guimarães arrancou com hora e meia...

Famalicãohá 14 horas

Famalicão: Três detidos este fim de semana por condução com excesso de álcool

Três pessoas, com 22, 30 e 40 anos foram detidas durante este fim de semana pela PSP, por condução sob...

Desportohá 14 horas

GD Natação de Famalicão regressa de torneio regional com vitórias, medalhas e acesso às provas nacionais

O Grupo Desportivo de Natação de Famalicão, destacou-se este fim de semana, no Torneio Regional de Juvenis, Juniores e Seniores,...

Famalicãohá 14 horas

Atletismo: Liberdade FC atinge 5 novos recordes pessoais nas provas de preparação deste domingo

Realizaram-se este domingo as Provas de Preparação dos escalões de formação na Pista do Estádio 1º de Maio, em Braga, nas...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Um ferido após colisão entre ligeiros, esta manhã, em Riba de Ave

Uma pessoa ficou ferida, na manhã desta segunda-feira, depois de uma colisão entre dois veículos ligeiros, na Estrada Nacional 310,...

Desportohá 15 horas

I Liga: Sporting assegura hoje título de campeão nacional caso FC Porto não vença ao Farense

 O FC Porto recebe hoje o Farense, em jogo da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e está...

Famalicãohá 1 dia

Presidente da Junta de Ribeirão expressa surpresa com saída de Paulo Cunha da “corrida autárquica”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Famalicãohá 1 dia

Paulo Cunha admite “decisão em curso” reforçando que os famalicenses estarão sempre “primeiro”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Entretenimentohá 1 dia

Cão do presidente da Irlanda boicota-o enquanto este faz uma intervenção em direto

O presidente da Irlanda, Michael D Higgins, fez um declaração, em direto, para lamentar a morte de um ator recentemente...

Famalicãohá 1 dia

Quem é Mário Passos, o candidato da coligação PSD/CDS à Câmara de Famalicão?

Nasceu a 3 de fevereiro de 1966 e é natural da freguesia famalicense de Nine. É casado e pai de...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191