Siga-nos nas redes

País

Estado de Emergência: Marcelo nega, para já, necessidade de ajuda internacional

Publicado

em

Embora exista disponibilidade da União Europeia, o Presidente da República afirmou hoje que não há neste instante razão que determine um recurso à ajuda internacional para o acolhimento de doentes covid-19.

Esta posição foi transmitida pelo chefe de Estado no final de uma visita ao Hospital Militar de Lisboa, na qual esteve acompanhado pelo primeiro-ministro, António Costa, depois de questionado pelos jornalistas se Portugal vai pedir ajuda internacional para o acolhimento de doentes covid-19.

“Dos dados que conheço, não há, neste instante, razão que determine uma ideia de alarme social quanto à necessidade de recurso a ajuda internacional, como disse, instante, independentemente de sabermos que há essa colaboração, como aconteceu no passado, dentro da União Europeia, com países e economias as mais diversas e mais ricas”, respondeu.

O Presidente da República salientou que “há a disponibilidade de países amigos para ajudarem, tal como foram ajudados no passado”.

“Mas isso, naturalmente, é matéria que o Governo esclarecerá, se for necessário esclarecer, no momento em que for necessário esclarecer”, frisou.

Antes, em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao Hospital Militar de Lisboa, na qual esteve presente o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro afirmou que, “desde o início da pandemia em março, até agora, “só em camas instaladas em unidades de cuidados intensivos há um aumento de 146% do SNS”.

“O esforço que os seus profissionais estão a fazer é extraordinário, mas é indispensável mobilizaremos todos os recursos, os dos setores social e privado e contar com as nossas Forças Armadas”, sustentou António Costa, que não respondeu a perguntas dos jornalistas.

De acordo com o líder do executivo, “as Forças Armadas têm dado vários contributos muito importantes, dos quais destaco os seus polos hospitalares de Lisboa e do Porto”.

“Ambos têm conseguido transformar-se para disponibilizar ao país um número significativo de camas, quer de enfermaria geral, quer de cuidados intensivos”, realçou.

O primeiro-ministro apontou depois que “foi possível reativar o antigo Hospital Militar da Ajuda para funcionar também como acolhimento de doentes”.

“Na Base do Alfeite foi disponibilizado um centro de acolhimento, que permitiu, por exemplo, realojar muitos dos chamados doentes sociais – cidadãos que, já tendo alta hospitalar, permaneciam no hospital por não terem onde residir”, acrescentou.

Antes de António Costa, o diretor de saúde do Hospital das Forças Armadas, Jacomo de Castro, referiu aos jornalistas que esta valência tem sido transformada para um combate prioritário à covid-19, “o que só foi possível graças à grande camaradagem que existe entre os diferentes ramos das Forças Armadas”.

“Houve um reforço extraordinário em termos de pessoal, de material e de capacidades logísticas. Em 20 de março, havia 20 camas dedicadas a covid-19, sendo agora 135 e na sexta-feira teremos 147. Para a semana, esse número de camas subirá para 197”, referiu.

Jacomo de Castro referiu ainda que, em termos de unidades de cuidados intensivos, havia cinco camas em março, passando para 20 na sexta-feira.

“No Hospital das Forças Armadas já foram internados 748 doentes, 75% dos quais em reforço ao Serviço Nacional de Saúde. Neste momento, pela situação do país, este hospital, mais do que servir as Forças Armadas, mais do que servir as forças e serviços de segurança, está ao serviço de Portugal de braço dado com as estruturas do Ministério da Saúde”, declarou.

Nesta visita ao Hospital das Forças Armadas, o Presidente da República e o líder do executivo estiveram acompanhados pela ministra da Saúde, Marta Temido, pelos secretários de Estado Adjunto e da Defesa, Jorge Seguro Sanches, e dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, assim como pelo chefe de Estado-Maior General da Armada, almirante António Mendes Calado, e pelo diretor deste hospital, o brigadeiro-general Rui Sousa.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Bragahá 24 minutos

S. João de Braga vai concretizar-se “com a abertura possível”

Este ano, o S. João vai concretizar-se, entre 18 e 24 de junho, mas apenas com as atividades presenciais “reduzidas...

Sociedadehá 49 minutos

Covid-19: Mais 789 novos casos e 1 morte

O Boletim Epidemiológico da Direção Geral de Saúde divulgado, este sábado, mostra que Portugal regista 789 novos casos de Covid-19...

Famalicãohá 1 hora

Governo continua sem esclarecer situação relativa à requalificação da N206

O deputado famalicense Jorge Paulo Oliveira considera que “não é aceitável” a falta de respostas do Governo à situação relativa...

Paíshá 3 horas

ASAE apreendeu 306 mil artigos contrafeitos nas últimas semanas

No âmbito do Dia Mundial Anti-Contrafação, a ASAE procedeu a uma apertada fiscalização a nível nacional nas últimas semanas. No...

Bragahá 4 horas

Distrito de Braga em alerta laranja durante o fim de semana

As altas temperaturas não vão dar tréguas este fim de semana, mas a chuva e a trovoada também não. De...

Economiahá 5 horas

Em apenas um ano, os combustíveis subiram 20%

Desde junho de 2020 até ao momento, os combustíveis atingiram um aumento de 20%. O balanço é feito pela Rádio...

Paíshá 6 horas

Saúde mental dos estudantes do ensino superior piorou com a pandemia

Várias associações e federações académicas do ensino superior de norte a sul do país levaram a cabo um estudo com...

Paíshá 6 horas

Época balnear começa hoje. Recorde as regras

Apesar da possibilidade de começar a época balnear a 15 de maio, a grande maioria dos municípios portugueses optaram por...

Paíshá 18 horas

Dois apostadores em Portugal ganham 9.600 euros no Euromilhões desta sexta-feira

Dois apostadores em Portugal venceram, esta sexta-feira, o 3.º prémio do Euromilhões, arrecadando cada um 9.600 euros. Um apostador no...

Regiãohá 19 horas

Afogamento no rio Ave faz um morto, esta tarde, na Trofa

Um homem faleceu, na tarde desta sexta-feira, após se ter afogado no rio Ave, junto ao passadiço do Parque das...

Desportohá 21 horas

Português Jorge Fonseca sagra-se bicampeão mundial de judo

O português Jorge Fonseca sagrou-se hoje bicampeão mundial de judo em -100 kg, ao vencer na final dos Mundiais, a...

Famalicãohá 22 horas

Famalicão: Incêndio deflagra em habitação em Calendário esta tarde

Um incêndio deflagrou, na tarde desta sexta-feira, numa habitação, na Rua Padre António Vieira, em Calendário. Fonte dos bombeiros disse...

Desportohá 22 horas

Internacional angolano Anderson Neri irá reforçar Riba d’Ave Hóquei Clube por uma temporada

O Riba d’Ave Hóquei Clube (RAHC) informou esta sexta-feira que firmou acordo com o internacional angolano Anderson Neri (28 anos)...

Famalicãohá 24 horas

Famalicão: Infeções por covid-19 voltam a subir no concelho

Os dados da Direção-Geral da Saúde referentes à incidência de novos casos da covid-19, das duas últimas semanas, no concelho...

Paíshá 24 horas

Covid-19: Mais 1 morto e 519 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 1 óbito provocados pela pandemia e 519 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 1 dia

Médicos de família vão enviar cartas aos utentes pedindo compreensão sobre atrasos

Os médicos de família vão entregar, a partir de segunda-feira, uma nota aos utentes a pedir compreensão pelos atrasos nas...

Famalicãohá 1 dia

Alerta! Famalicão sob aviso amarelo esta sexta-feira com a previsão de chuva, trovoada e granizo

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou, esta sexta-feira, todo o distrito de Braga em aviso amarelo...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Incêndio deflagra em habitação, ao final desta manhã, em Joane

Um incêndio deflagrou, ao final da manhã desta sexta-feira, numa habitação, em Joane, na Avenida Dr. Mário Soares. Fonte dos...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão celebra hoje 60 anos da inauguração dos Paços do Concelho

Famalicão celebra hoje os 60 anos da inauguração dos Paços do Concelho e Tribunal, inaugurados durante as Festas Antoninas a...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Bloco de Esquerda questiona Governo sobre ‘lay-off’ aplicado na empresa Coindu

O Bloco de Esquerda questionou recentemente o Governo sobre alegadas irregularidades na aplicação do lay-off e não pagamento das horas...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191