Siga-nos nas redes
“E-REDES”

País

Homosexuais impedidos de dar sangue acusam IPS

Publicado

em

Apesar de o Instituto do Sangue garantir que não questiona a orientação sexual, a ILGA Portugal tem recebido cerca de três denúncias por semana de homens gays impedidos de doar sangue, como aconteceu com Bruno recentemente.

Com Bruno Gomes d’Almeida o caso aconteceu no sábado dia 23 de janeiro, quando, juntamente com várias centenas de pessoas, foi ao posto fixo de doação do Instituto português do Sangue e da Transplantação, em Lisboa, depois de o Instituto Português do Sangue da Transplantação (IPST) ter feito um apelo à dádiva de sangue.

Mesmo com pânico de agulhas, Bruno enfrentou três horas de espera numa fila, mais outra hora na fase de triagem até chegar a sua vez, onde foi confrontado com várias questões, nomeadamente se alguma vez tinha tido uma parceira trabalhadora do sexo ou se tinha tido várias parceiras no último ano.

À terceira pergunta, Bruno achou por bem corrigir a formulação da questão e assumir que tinha um parceiro, uma vez que estava incomodado com o facto de a pessoa que estava a fazer a triagem assumir que por ser homem tinha sexo com parceiras e não com parceiros.

“Então aí ele automaticamente respondeu: ‘Então não pode doar sangue’”, contou à , acrescentando que de seguida a pessoa ainda disse que “homens que fazem sexo com homens não podem doar sangue”.

Confrontado o IPST, a resposta é a de que o instituto “não questiona a orientação sexual dos seus potenciais dadores” e que “todo e qualquer cidadão [pode] candidatar-se a dar sangue, sem quaisquer diferenças de género ou orientação sexual”.

“No entanto, a dádiva será sempre condicionada por um conjunto de situações que se torna premente avaliar durante o exame médico que antecede a dádiva, nomeadamente as doenças que o candidato refere, as viagens, as infeções, os comportamentos e estilos de vida, com risco acrescido de transmissão de doenças infecciosas graves”, lê-se na resposta.

O IPST garante que “os critérios de elegibilidade do dador de sangue assentam em pressupostos de proteção da saúde, do dador e do doente” e que “a avaliação da elegibilidade do dador é fundamental na garantia da qualidade e segurança do sangue a ser transfundido”, mas não respondeu o que acontece no caso de homens que prefiram omitir que são gays e que efetivamente conseguem doar sangue.

À Lusa, a ILGA (Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo) Portugal revelou que sempre que há um apelo à doação de sangue aumentam as denúncias de homens gays que se sentem discriminados por lhes ter sido recusada a possibilidade de doar sangue.

De acordo com Marta Ramos, diretora-executiva da ILGA Portugal, a associação tem contabilizado cerca de três queixas por semana, grande parte delas nas suas redes sociais, não sendo, no entanto, reclamações formais.

“Há estas restrições aos dadores por resquícios de homofobia em virtude da pandemia da SIDA e de acharem que havia comportamentos promíscuos por determinados grupos, no caso homens que têm sexo com homens”, recordou.

Segundo Marta Ramos, ao longo dos últimos anos as evidências científicas têm demonstrado que não há mais comportamentos de risco no grupo de homens homossexuais do que noutros e lembrou que “todas as dádivas de sangue são testadas”.

“Há neste momento uma necessidade absurda de clarificação daquilo que são critérios que estão a ser postos em prática que são profundamente obsoletos e discriminatórios”, defendeu.

Em 2016 tinha sido definida o fim da proibição das doações de sangue por parte de homens que têm sexo com homens através de uma norma da direção-geral da Saúde e estava programado que em 2019 fosse constituído um grupo de trabalho para avaliar o impacto da alteração do critério de suspensão do dador, no que diz respeito a homens que têm sexo com outros homens.

“O relatório técnico final com as conclusões deste grupo de trabalho será conhecido em breve”, refere o IPST, garantindo que “apoiará as recomendações apresentadas por este grupo de trabalho”.

O IPST disse ainda que “na sequência de reclamações apresentadas, procede internamente ao esclarecimento das decisões tomadas pelos profissionais”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 7 horas

Ministra defende “alterações de comportamento” geral para reduzir desperdício alimentar

A ministra da Agricultura Maria do Céu Antunes defendeu hoje a necessidade de “alterações de comportamento” gerais para combater o...

Paíshá 8 horas

PS defente continuação do confinamento devido ao volume de doentes ainda nos hospitais

O secretário-geral adjunto do PS considerou hoje que a atual situação sanitária do país exige a continuação do confinamento geral...

Regiãohá 9 horas

Incêndio destroi completamente antigo Centro de Saúde de Vila do Conde

Um incêndio destruiu totalmente o antigo Centro de Saúde de Vila do Conde, junto à Estação do Metro de Santa...

Bragahá 9 horas

Presidente de Câmara de Vila Verde condenado a 3 anos e meio de prisão e perda de mandato

O Tribunal de Braga condenou hoje a três anos e meio de prisão, com pena suspensa, e a perda de...

Paíshá 10 horas

Bloco de Esquerda acusa governo de falhar no processo de desconfinamento

A coordenadora do BE, Catarina Martins, acusou hoje o Governo de, ao contrário do povo português, não ter cumprido as...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Descargas poluentes novamente registadas no Parque da Devesa

Mais uma vez, os utilizadores do Parque da Devesa registaram descargas de substâncias, ao que tudo indica poluentes, no rio...

Barceloshá 12 horas

Homem obrigado a pagar à ex-mulher 60 mil euros por trabalho doméstico em Barcelos

Esta notícia está também disponível em formato podcast: O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a condenação de um homem...

Paíshá 13 horas

Covid-19: Programa Apoiar já encaminhou 440 milhões de euros para as empresas mais afetadas

O ministro do Planeamento indicou hoje em Lisboa, que no âmbito do programa Apoiar, destinado aos setores mais afetados pela...

Famalicãohá 13 horas

PS de Famalicão levanta questões sobre gestão do processo das hortas urbanas da Devesa

A Concelhia de Famalicão do Partido Socialista (PS) critica a forma como a Câmara Municipal geriu o processo das hortas...

Paíshá 14 horas

Vacina de dose única da Johnson & Johnson com eficácia apurada em 85,9%

A vacina de dose única da Johnson & Johnson contra a covid-19 foi considerada eficaz pela Agência Americana dos Medicamentos,...

Famalicãohá 14 horas

Empresa famalicense cria primeiros óculos de proteção de marca portuguesa

A empresa Injex especializada na produção de componentes técnicos em plástico pelo processo de injeção para todo o tipo de...

Paíshá 15 horas

Covid-19: Mais 50 mortos e 1480 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 50 óbitos provocados pela pandemia e 1480 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 15 horas

Avó e duas crianças feridas após ataque de cão de raça perigosa em Palmela

Duas crianças e a sua avó ficaram feridas depois de um ataque de um cão de uma raça perigosa, em...

Economiahá 15 horas

Novo Banco prepara despedimento de 1500 trabalhadores

Defendendo uma renegociação dos objetivos com a Comissão Europeia, os trabalhadores do Novo Banco alertaram esta quarta-feira, no parlamento, que...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Grupo Etnográfico Rusga de Joane levam cantares tradicionais à “Casa Feliz” da SIC

O Grupo Etnográfico Rusga de Joane esteve esta manhã no programa “Casa Feliz” da SIC com Diana Chaves e João...

Famalicãohá 16 horas

Curta-metragem com atores famalicenses exibida em festival de cinema da Índia

A ACE Escola de Artes de Famalicão congratula os seus dois ex-alunos Rafaela Sá e Francisco Lima pela participação no...

Paíshá 17 horas

Confessou violação de rapariga em direto no Instagram mas PSP acha que é tudo inventado, em Viseu

A PSP de Viseu identificou um jovem que assumiu, em direto na rede social Instagram, ter violado uma rapariga, mas...

Paíshá 17 horas

Covid-19: Portugal irá enviar um milhão de vacinas para Timor-Leste e países PALOP

Portugal vai destinar um milhão de vacinas contra a covid-19 aos PALOP e a Timor-Leste que deverão começar a chegar...

Paíshá 17 horas

Covid-19: Coordenador da ‘taskforce’ defende adiamento da toma da segunda dose da vacina

Para permitir a vacinação de mais 200 mil pessoas até ao fim de março, o coordenador do plano de vacinação...

Famalicãohá 17 horas

Famalicão: Autarquia inicia limpeza de mais de 70 hectares de terrenos em zonas industriais

A autarquia de Vila Nova de Famalicão está a levar a cado ações de limpeza dos terrenos localizados à volta...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191