Siga-nos nas redes

País

Variante inglesa covid-19 está a crescer consideravelmente em Portugal

Publicado

em

A variante do vírus SARS-Cov-2 detetada no Reino Unido está em “crescimento exponencial” em Portugal, afirmou um investigador do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge, que estima que a taxa de crescimento semanal atinja os 90%.

“Estimamos também que dentro de três semanas cerca de 65% de todos os casos de covid-19 em Portugal sejam causados pela variante do Reino Unido”, declarou João Paulo Gomes numa audição conjunta com outros especialistas em saúde pública na Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia e do processo de recuperação económica e social, no parlamento.

Questionado sobre o grau de transmissibilidade desta variante, o coordenador do estudo sobre diversidade genética do SARS-CoV-2 em Portugal afirmou que é cerca de 50% mais transmissível.

Se a variante do Reino Unido tinha em dezembro “um peso modesto”, neste momento tem “um peso muito sensível no número de casos de covid-19 em Portugal”, disse, considerando que “funciona como um contrapeso muito considerável às medidas de confinamento”.

Na audição, João Paulo Gomes contou como a variante foi entrando no país: “Os alertas internacionais começaram a surgir em meados do mês de dezembro”.

“Apesar de ter sido reportada inicialmente no final do verão no sudeste do Reino Unido, à medida que foi ganhando prevalência no Reino Unido começaram os relatos da sua presença e espalhamento noutros países e Portugal não foi exceção”, relatou.

O INSA começou a investigar e começaram a surgir os primeiros casos em dezembro.

“Esses casos terão sido associados naturalmente com o massivo regresso dos nossos emigrantes a trabalhar no Reino Unido durante o mês de dezembro e também muitos turistas britânicos que vieram passar férias durante o mês de dezembro também a Portugal”, contou.

Portanto, terão ocorrido “imensas introduções” durante o mês de dezembro, disse, lembrando que na primeira quinzena de dezembro os viajantes do Reino Unido não eram obrigados a apresentar um teste negativo, nem tão pouco eram obrigados a ser testados nos aeroportos portugueses.

“Isso mudou e a partir de janeiro do mesmo do ano passaram todos a ser testados. No entanto houve muitas introduções e isso fez com que a variante do Reino Unido se espalhasse muito rapidamente”, sublinhou.

À data de hoje, estima-se que entre 35% e 40% dos casos totais de covid-19 em Portugal já sejam causados por esta variante.

Em termos de evolução da sua prevalência se no início do mês de dezembro, as estimativas apontavam que não passaria de um percentual mínimo de 1%, neste momento “está em crescimento exponencial”.

Sobre o motivo de haver mais casos em Lisboa e Vale do Tejo, disse que por ser talvez a região para os quais há “dados mais robustos, mais consistentes”.

Também questionado sobre a variante do Brasil, o investigador do INSA disse que ainda não foi detetada em Portugal, mas ressalvou que não pode assegurar com certeza este facto.

“Posso dizer, no entanto, que estamos a fazer rastreios de base mensal em colaboração com um enorme consórcio laboratorial espalhada por todo o país para fazermos umas largas centenas de amostras com uma representação geográfica”, adiantou.

João Paulo Gomes afirmou que o foco agora é em casos suspeitos com historial de viagem no âmbito da colaboração e da informação que recebem das autoridades de saúde pública.

A atenção é nos casos de pessoas que vieram infetadas do Brasil ou que tiveram contacto com casos positivos com historial de viagem relevante, neste caso o Brasil, sendo as amostras correspondentes enviadas para o INSA para serem sujeitas à análise de caracterização genética por sequenciação, avançou.

No que diz respeito à variante da áfrica do Sul, disse que até agora foi identificado apenas um caso, mas as autoridades de saúde têm feito chegar alguns casos suspeitos ao laboratório.

“Agora temos a correr uma sessão de caracterização genética com alguns desses casos e, portanto, em alguns dias poderá ou não haver novidades”, rematou João Paulo Gomes.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.191.865 mortos resultantes de mais de 101 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 11.886 pessoas dos 698.583 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Desportohá 12 horas

Associação Portuguesa de Defesa do Adepto critica decisões do Governo sobre a presença de público nos estádios

As decisões do Governo sobre a presença de adeptos nos estádios de futebol durante a pandemia de covid-19 são “para...

Paíshá 12 horas

COVID-19: Efeito de cada vacina está a ser monitorizado pelo INSA

 A efetividade das vacinas contra a covid-19 em Portugal está a ser monitorizada através de seis estudos coordenados pelo Instituto...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Lions Clube oferece livros brinquedos e jogos ao Centro Social da Paróquia de Esmeriz

O Lions Clube de Famalicão entregou, este domingo, ao Centro Social da Paróquia de Esmeriz, livros, brinquedos e jogos, no...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Deputada do PAN acusa suinicultora de Fradelos de pôr em causa saúde pública

A deputada do PAN (Pessoas-Animais-Natureza) Bebiana Cunha criticou hoje o funcionamento de uma suinicultora em Fradelos, Vila Nova de Famalicão,...

Famalicãohá 16 horas

Escola profissional CENFIM irá dar formação em Famalicão a partir de setembro

O Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, da Trofa, CENFIM, irá, a partir de setembro deste ano,...

Famalicãohá 17 horas

Castelões inaugura cemitério ampliado este domingo com a presença de Paulo Cunha

A Junta de Freguesia de Castelões, divulgou, esta segunda-feira, nas redes socias, o convite para a cerimónia de inauguração do...

Paíshá 18 horas

Covid-19: Índice de transmissibilidade (Rt) volta a subir em Portugal

O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal subiu hoje para 1, enquanto a incidência de casos de...

Paíshá 20 horas

Covid-19: Mais 2 mortos e 199 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 2 óbitos provocados pela pandemia e 199 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Desportohá 20 horas

Covid-19: 2.900 militares da GNR irão fiscalizar Rali de Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou hoje que vai destacar 2.900 militares para a operação de segurança do Rali de...

Famalicãohá 21 horas

Famalicão: Câmara Municipal promove desporto ao ar livre com iniciativa “Move-te”

Arrancou esta segunda-feira, 17 de maio, mais uma edição do Move-te, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Famalicão, para...

Famalicãohá 21 horas

Coligação PDS-CDS apoia autarcas de Joane e de Castelões nas próximas eleições autárquicas

A Coligação “Mais Ação. Mais Famalicão”, que integra o PSD e do CDS/PP no processo para as autárquicas 2021, declarou, esta segunda-feira, o...

Barceloshá 21 horas

PSP “apanha” proprietário de bar em Barcelos que recebia bebidas furtadas em outros estabelecimentos

Na última sexta-feira , a PSP de Braga, através da Esquadra de Investigação Criminal de Barcelos, no âmbito de um...

Economiahá 22 horas

Gasóleo e gasolina mais caros a partir de hoje

Mais um vez o preço dos combustíveis volta a subir, esta segunda-feira, registando-se a 3.ª semana consecutiva em que se...

Desportohá 22 horas

I Liga: Bancadas dos estádios afinal vão continuar vazias até ao final do campeonato

Os jogos da 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol vão ser disputados sem público, por decisão...

Economiahá 22 horas

Trabalhadores das cantinas e refeitórios estão hoje em greve por salários mais altos

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados estão hoje em greve por aumentos salariais e pela...

Desportohá 22 horas

Basquetebol: FAC vence BC Barcelos por 52-50 em partida disputada até ao último minuto

A equipa sénior de basquetebol do Famalicense Atlético Clube, (FAC), venceu este domingo o BC Barcelos por 52-50, num jogo...

Famalicãohá 23 horas

Deputados do PSD acusam silêncio do Governo sobre nova ponte sobre o Rio Ave

O deputado famalicense do PSD, Jorge Paulo Oliveira, acompanhado dos deputados Alberto Fonseca, Sofia Matos e Márcia Passos, diz que “o...

Desportohá 23 horas

Ivo Vieira deixa mensagem de apoio ao Nacional: “Sei que não é fácil passar por um momento destes”

Depois de uma partida vencida por 3-0, que despromoveu o Nacional à II Liga, o treinador do FC Famalicão foi...

Famalicãohá 23 horas

Bruna Silva Famalicão interpretou I Will Survive no ‘All Together Now’ este domingo

Mais uma cantora Famalicense encanta o país com a sua participação no programa da TVI, All Together Now. Bruna Silva...

Paíshá 1 dia

Covid-19: ‘Task Force’ contabiliza mais 200 mil pessoas vacinadas só este fim de semana

A ´task force` que coordena o programa de vacinação contra a covid-19 prevê que este fim de semana venham a...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191