Siga-nos nas redes

País

Covid-19: Casos de vacinação indevida registados em Famalicão, Bragança Lisboa e outros

Publicado

em

Autarcas, dirigentes de lares, funcionários da segurança social e do INEM estão no centro dos vários casos de vacinação indevida denunciados em vários pontos do país, alguns a ser alvo de inquéritos por parte do Ministério Público.

O primeiro caso de vacinação a violar os critérios estabelecidos no plano nacional a ser denunciado envolveu José Calixto, presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, que justificou ter sido vacinado na qualidade de dirigente de um lar.

Depois de a atuação do autarca ter sido condenada pelo coordenador do plano de vacinação contra a Covid-19, Francisco Ramos, que considerou tratar-se de “um uso indevido da vacina”, sucederam-se os casos de outros autarcas como Francisco Araújo, presidente da Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez e provedor da Santa Casa da Misericórdia local ou de Elisabete Adrião, vereadora da Câmara do Seixal e responsável pelo Núcleo Local de Inserção de Sesimbra (NLI).

Situação mais polémica verificou-se no Centro Distrital de Setúbal do Instituto da Segurança Social (ISS), cuja diretora, Natividade Coelho, apresentou a demissão, no dia 29 de janeiro, depois de na véspera a SIC ter noticiado que 126 funcionários daquele organismo público tinham sido vacinados indevidamente.

O Instituto da Segurança Social abriu um processo de averiguações urgente com vista ao apuramento dos factos e hoje, em resposta a uma pergunta da agência Lusa, Procuradoria-Geral da República, confirmou que este é um dos casos em que, até ao momento, o Ministério Público (MP) já instaurou inquérito.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República foram também já instaurados inquéritos relativamente aos casos que envolvem o INEM de Lisboa e o do Porto.

Os dois casos foram denunciados em 28 de janeiro pela Associação Nacional de Emergência e Proteção Civil (APROSOC), que divulgou que o presidente do INEM, Luís Meira, “contrariou as indicações do Ministério da Saúde e vacinou dezenas de profissionais não-essenciais e que não são profissionais de saúde”.

Segundo a APROSOC, o presidente do INEM “requisitou dezenas de vacinas a mais para imunizar funcionários do instituto, prestadores de serviços e colaboradores externos, parte dos quais seus amigos pessoais, violando as indicações do plano de vacinação” contra a covid-19.

Na sequência da denuncia o diretor regional do INEM no Norte, António Barbosa, assumiu que tinha autorizado a vacinação de 11 funcionários de uma pastelaria próxima, alegando tratar-se de uma opção para evitar o desperdício das doses de vacina. A polémica acabou, no entanto, por levar à demissão deste responsável.

Nos últimos dias vieram ainda a público alegados usos indevidos de vacinas no Centro de Apoio a Idosos de Portimão (cujos órgãos sociais foram incluídos na lista dos prioritários), No Hospital Narciso Ferreira, em Vila Nova de Famalicão, (cujo administrador incluiu a filha e a mulher na lista de profissionais prioritários).

Ales do referido, estão ainda a ser investigados pelo Ministério Público o lar da Santa Casa da Misericórdia de Bragança, onde terão sido vacinados “todos os órgãos sociais, e a Santa Casa da Misericórdia do Montijo, cujo provedor terá incluído a mulher na lista da vacinação.

O Ministério da Saúde considerou já “inaceitável” qualquer utilização indevida de vacinas contra a covid-19, alertando que este ato pode ser “criminalmente punível”, e pediu ao grupo de trabalho (‘task force’) que prepare uma lista de outras pessoas prioritárias.

“A utilização indevida das vacinas contra a covid-19 pode constituir conduta disciplinar e criminalmente punível, em face da factualidade concreta que venha a apurar-se em sede de inquérito”, afirmou o Ministério da Saúde em comunicado.

Para o ministério, é “inaceitável qualquer utilização indevida de vacinas que decorra durante o processo de vacinação”, lembrando que o plano de vacinação “foi concebido com base em critérios técnicos, suportados na melhor evidência (prova) científica”.

A ministra da Saúde, marta Temido, disse na segunda-feira que o Ministério da Saúde está empenhado em que os casos de incumprimento “sejam tratados adequadamente”, porque o processo de vacinação “não pode sofrer fragilidades”.

Na sexta-feira, a Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) anunciou que vai verificar o cumprimento das normas e orientações aplicáveis ao processo de administração da vacina contra a covid-19.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Famalicãohá 5 horas

Covid-19: 60% dos doentes hospitalizados continuam com pelo menos um sintoma após seis meses

Um estudo hoje divulgado conclui que 60% dos doentes hospitalizados com covid-19 continuam com pelo menos um sintoma seis meses...

Famalicãohá 7 horas

Associação Engenho de Desenvolvimento do Vale do Este aprova orçamento para 2021

Os associados da Engenho – Associação de Desenvolvimento do Vale do Este  aprovaram, no passado domingo, por unanimidade, o Plano...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Pessoas acumulam-se em longas filas, à chuva, no Centro de Vacinação de Vale S. Cosme

Não é a primeira vez que acontece. Aliás, nos últimos dias, segundo relatos de várias pessoas, têm-se formado longas filas...

Desportohá 10 horas

Famalicão: Vermoim recebeu mais de 150 participantes para passeio de BTT

O Floresta BTT, sediado em Vermoim, promoveu este sábado, 8 de maio, o Arga Tinta Adventure, um passeio de BTT...

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Secretário de Estado da Educação, João Costa, participa no III Ciclo de Conferências em Educação

O secretário de Estado da Educação, João Costa, vai participar como orador em mais uma sessão do III Ciclo de...

Famalicãohá 10 horas

Paulo Cunha fala amanhã aos famalicenses sobre o seu futuro e permanência na corrida às autárquicas

O presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, vai tomar, amanhã, uma posição sobre a questão da candidatura às eleições...

Desportohá 11 horas

I Liga: Árbitro Manuel Mota irá dirigir Vitória SC x FC Famalicão desta quarta-feira

Já foi definido pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol a equipa de arbitragem para o jogo entre...

Famalicãohá 11 horas

Piscinas de Famalicão, Joane, Ribeirão e Oliveira S. Mateus retomam regime livre

As piscinas cobertas de Famalicão começam a recuperar a sua atividade normal com o desenrolar do plano de desconfinamento estipulado...

Paíshá 11 horas

Covid-19: Mais 1 morto e 158 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 1 óbito provocados pela pandemia e 158 novos casos de infeção, segundo o relatório diário, emitido...

Famalicãohá 14 horas

Famalicão: Empresa Pafil inaugura novas instalações no concelho

A Pafil, empresa têxtil especializada em vestuário de alta performance, escolheu e Famalicão para concretizar um plano de expansão nacional...

Guimarãeshá 14 horas

Covid-19: Fuga de gás atrasa vacinação no Pavilhão Multiusos de Guimarães

O programa de vacinação contra a covid-19 agendado para hoje no Pavilhão Multiusos de Guimarães arrancou com hora e meia...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Três detidos este fim de semana por condução com excesso de álcool

Três pessoas, com 22, 30 e 40 anos foram detidas durante este fim de semana pela PSP, por condução sob...

Desportohá 15 horas

GD Natação de Famalicão regressa de torneio regional com vitórias, medalhas e acesso às provas nacionais

O Grupo Desportivo de Natação de Famalicão, destacou-se este fim de semana, no Torneio Regional de Juvenis, Juniores e Seniores,...

Famalicãohá 16 horas

Atletismo: Liberdade FC atinge 5 novos recordes pessoais nas provas de preparação deste domingo

Realizaram-se este domingo as Provas de Preparação dos escalões de formação na Pista do Estádio 1º de Maio, em Braga, nas...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Um ferido após colisão entre ligeiros, esta manhã, em Riba de Ave

Uma pessoa ficou ferida, na manhã desta segunda-feira, depois de uma colisão entre dois veículos ligeiros, na Estrada Nacional 310,...

Desportohá 16 horas

I Liga: Sporting assegura hoje título de campeão nacional caso FC Porto não vença ao Farense

 O FC Porto recebe hoje o Farense, em jogo da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e está...

Famalicãohá 1 dia

Presidente da Junta de Ribeirão expressa surpresa com saída de Paulo Cunha da “corrida autárquica”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Famalicãohá 1 dia

Paulo Cunha admite “decisão em curso” reforçando que os famalicenses estarão sempre “primeiro”

Neste dia em que foi noticiado que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não irá concorrer nas próximas eleições...

Entretenimentohá 1 dia

Cão do presidente da Irlanda boicota-o enquanto este faz uma intervenção em direto

O presidente da Irlanda, Michael D Higgins, fez um declaração, em direto, para lamentar a morte de um ator recentemente...

Famalicãohá 1 dia

Quem é Mário Passos, o candidato da coligação PSD/CDS à Câmara de Famalicão?

Nasceu a 3 de fevereiro de 1966 e é natural da freguesia famalicense de Nine. É casado e pai de...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191