Siga-nos nas redes

País

Covid-19: Plano de vacinação irá salvar 3.500 vidas até setembro, se correr tal como planeado

Publicado

em

O epidemiologista Henrique Barros estimou hoje que se o processo de vacinação contra a covid-19 correr como o previsto serão salvas 3.500 vidas até ao final de setembro.

As estimativas, que assentam em dois cenários, foram apresentadas pelo presidente da direção Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto na reunião para analisar a situação epidemiológica da covid-19 que juntou, no Infarmed (Lisboa), investigadores, o primeiro-ministro, o Presidente da República, ministros, partidos, confederações patronais, estruturas sindicais e conselheiros de Estado.

Os parâmetros utilizados para pensar o efeito da vacinação baseiam-se num modelo que considera os internamentos gerais e os internamentos em unidades de cuidados intensivos e também as vacinações, assumindo duas hipóteses de eficácia vacinal: 90 ou 70%.

“Supondo que 70% da população estará vacinada no final de setembro temos dois cenários diferentes para a velocidade da vacinação”, adiantou.

Um dos cenários pressupõe que dois milhões de pessoas estarão vacinadas até o fim de abril e os cinco milhões restantes até ao final de setembro.

O outro cenário baseia-se em que se consegue vacinar cerca de quatro milhões de pessoas até final de abril, o que implica inocular 4.000 pessoas por dia.

“A vacinação é assumida como aleatória, ou seja, nós não vamos saber se a pessoa já teve ou não teve infeção”, disse, adiantando que no dia do início da vacinação se assumiu que um milhão de portugueses já teria estado infetados e estavam imunes.

“Isto é uma estimativa muito conservadora, provavelmente, será mais próximo do milhão e meio”, comentou.

Aludindo ao primeiro cenário, em que há uma eficácia vacinal de 90% e a vacinação está a decorrer à velocidade prevista, “salvamos 3.500 vidas até ao fim de setembro” comparando com o cenário de não haver vacinação.

Se a eficácia vacinal fosse apenas de 70% os valores são “muito próximos” e pouco modificaria os ganhos em saúde que se iria obter.

“Tínhamos diferenças muito relevantes optando por um cenário de vacinação muito mais rápida até ao final de abril, onde conseguiríamos chegar nessa altura muito abaixo dos 200 internados nos cuidados intensivos” e num “patamar ideal de 50 casos por 100 mil habitantes, adiantou o também presidente do Conselho Nacional de Saúde.

A concluir, Henrique Barros disse que “a infeção apresenta uma heterogeneidade no tempo e no espaço que permanece e que condiciona a sua compreensão, bem como a natureza e a extensão das medidas” a tomar sobre vários fatores.

“Entre esses fatores está a vacinação que tem um o papel central na resposta a curto e mesmo a médio prazo e que depois naturalmente se prolongará no tempo, muito provavelmente – de um ponto de vista especulativo – com a necessidade de vacinação periódica e provavelmente anual”, declarou.

Para o investigador, se o país for capaz de “um esforço de aceleração do processo de vacinação” terá “ganhos inequívocos em vidas e numa melhor gestão nos cuidados de saúde”.

“E podemos imaginar verdadeiramente sair da situação atual no final do verão”, rematou.

Presente da reunião no Infarmed, o coordenador da ‘task force’, Gouveia e Melo, considerou que a percentagem das vacinas aplicadas “é muito elevada e só não é mais elevada por uma questão de segurança relativamente às segundas doses.

Dados divulgados pelo vice-almirante indicam que já foram administradas 294 mil primeiras doses e 1.06l segundas doses, ou seja, na segunda-feira, 106 mil pessoas já estavam “totalmente vacinadas”.

Em Portugal, já morreram 14.557 pessoas dos 770.502 casos de infeção confirmados de covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Bragahá 1 hora

S. João de Braga vai concretizar-se “com a abertura possível”

Este ano, o S. João vai concretizar-se, entre 18 e 24 de junho, mas apenas com as atividades presenciais “reduzidas...

Sociedadehá 2 horas

Covid-19: Mais 789 novos casos e 1 morte

O Boletim Epidemiológico da Direção Geral de Saúde divulgado, este sábado, mostra que Portugal regista 789 novos casos de Covid-19...

Famalicãohá 2 horas

Governo continua sem esclarecer situação relativa à requalificação da N206

O deputado famalicense Jorge Paulo Oliveira considera que “não é aceitável” a falta de respostas do Governo à situação relativa...

Paíshá 4 horas

ASAE apreendeu 306 mil artigos contrafeitos nas últimas semanas

No âmbito do Dia Mundial Anti-Contrafação, a ASAE procedeu a uma apertada fiscalização a nível nacional nas últimas semanas. No...

Bragahá 5 horas

Distrito de Braga em alerta laranja durante o fim de semana

As altas temperaturas não vão dar tréguas este fim de semana, mas a chuva e a trovoada também não. De...

Economiahá 6 horas

Em apenas um ano, os combustíveis subiram 20%

Desde junho de 2020 até ao momento, os combustíveis atingiram um aumento de 20%. O balanço é feito pela Rádio...

Paíshá 7 horas

Saúde mental dos estudantes do ensino superior piorou com a pandemia

Várias associações e federações académicas do ensino superior de norte a sul do país levaram a cabo um estudo com...

Paíshá 7 horas

Época balnear começa hoje. Recorde as regras

Apesar da possibilidade de começar a época balnear a 15 de maio, a grande maioria dos municípios portugueses optaram por...

Paíshá 19 horas

Dois apostadores em Portugal ganham 9.600 euros no Euromilhões desta sexta-feira

Dois apostadores em Portugal venceram, esta sexta-feira, o 3.º prémio do Euromilhões, arrecadando cada um 9.600 euros. Um apostador no...

Regiãohá 20 horas

Afogamento no rio Ave faz um morto, esta tarde, na Trofa

Um homem faleceu, na tarde desta sexta-feira, após se ter afogado no rio Ave, junto ao passadiço do Parque das...

Desportohá 22 horas

Português Jorge Fonseca sagra-se bicampeão mundial de judo

O português Jorge Fonseca sagrou-se hoje bicampeão mundial de judo em -100 kg, ao vencer na final dos Mundiais, a...

Famalicãohá 23 horas

Famalicão: Incêndio deflagra em habitação em Calendário esta tarde

Um incêndio deflagrou, na tarde desta sexta-feira, numa habitação, na Rua Padre António Vieira, em Calendário. Fonte dos bombeiros disse...

Desportohá 23 horas

Internacional angolano Anderson Neri irá reforçar Riba d’Ave Hóquei Clube por uma temporada

O Riba d’Ave Hóquei Clube (RAHC) informou esta sexta-feira que firmou acordo com o internacional angolano Anderson Neri (28 anos)...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Infeções por covid-19 voltam a subir no concelho

Os dados da Direção-Geral da Saúde referentes à incidência de novos casos da covid-19, das duas últimas semanas, no concelho...

Paíshá 1 dia

Covid-19: Mais 1 morto e 519 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 1 óbito provocados pela pandemia e 519 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 1 dia

Médicos de família vão enviar cartas aos utentes pedindo compreensão sobre atrasos

Os médicos de família vão entregar, a partir de segunda-feira, uma nota aos utentes a pedir compreensão pelos atrasos nas...

Famalicãohá 1 dia

Alerta! Famalicão sob aviso amarelo esta sexta-feira com a previsão de chuva, trovoada e granizo

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou, esta sexta-feira, todo o distrito de Braga em aviso amarelo...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Incêndio deflagra em habitação, ao final desta manhã, em Joane

Um incêndio deflagrou, ao final da manhã desta sexta-feira, numa habitação, em Joane, na Avenida Dr. Mário Soares. Fonte dos...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão celebra hoje 60 anos da inauguração dos Paços do Concelho

Famalicão celebra hoje os 60 anos da inauguração dos Paços do Concelho e Tribunal, inaugurados durante as Festas Antoninas a...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Bloco de Esquerda questiona Governo sobre ‘lay-off’ aplicado na empresa Coindu

O Bloco de Esquerda questionou recentemente o Governo sobre alegadas irregularidades na aplicação do lay-off e não pagamento das horas...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191