Siga-nos nas redes

País

Covid-19: CTT garantem cumprir “escrupulosamente” orientações da DGS após acusações do PCP

Publicado

em

Repudiando as denúncias “falsas e alarmistas” feitas no sábado pelo grupo parlamentar do PCP, os CTT garantiram hoje cumprir “escrupulosamente” as orientações da Direção-Geral de Saúde para proteção dos seus trabalhadores contra a pandemia.

“Os CTT – Correios de Portugal repudiam estas afirmações falsas e alarmistas, motivadas pelas questões ideológicas que o próprio comunicado veicula e que visam criar desconfiança face à empresa e aos seus trabalhadores”, refere a empresa em comunicado.

Salientando estarem “conscientes do papel crítico que desempenham na manutenção de cadeias de comunicação e logística vitais para a economia e a sociedade portuguesa, papel reforçado no atual contexto”, os CTT garantem que “continuam a cumprir escrupulosamente, como sempre fizeram, as recomendações das autoridades competentes e têm colocado sempre em primeiro lugar a segurança dos seus trabalhadores”.

Numa pergunta ao Governo divulgada no sábado à comunicação social, o grupo parlamentar do PCP denunciou “diversas situações em diversos locais” de tentativa de omissão de casos covid-19 nos CTT, nas últimas semanas, e acusou a empresa de incumprimento das regras de combate à pandemia.

“Chegaram-nos relatos de tentativas de convencer os trabalhadores a não falarem com outros do mesmo departamento ou serviço, de tentativas de impedir trabalhadores de contactarem a linha SNS 24 e a Direção Geral da Saúde, entre outras formas de coação para que se escondessem informações”, denuncia o grupo parlamentar numa pergunta enviada na sexta-feira ao ministro das Infraestruturas e Habitação.

O PCP, no documento, acusa a administração dos CTT de estar “preocupada apenas em aumentar os resultados” financeiros da empresa e de “não olhar a meios para atingir os seus fins, pondo em risco a saúde dos seus trabalhadores, das suas famílias e dos cidadãos” que diariamente se deslocam aos serviços dos correios.

Numa resposta escrita enviada à agência Lusa, os CTT negam estas acusações e garantem que a empresa de rege “escrupulosamente pelas orientações da Direção-Geral de Saúde no que aos equipamentos de proteção diz respeito, bem como à linha de atuação relativamente às situações do potencial contágio e contágio confirmado”.

“A primeira prioridade da empresa tem sido ao longo de toda a gestão da crise pandémica a segurança dos seus trabalhadores e que, desde a primeira hora, foram dotados de equipamento de proteção individual para que se pudessem manter na linha da frente em segurança”, sustenta.

“Assim – prossegue – é absolutamente falso que os CTT ‘tentem convencer os trabalhadores a não falarem com outros do mesmo departamento ou serviço, de tentativas de impedir trabalhadores de contactarem a linha SNS 24 e a Direção-Geral da Saúde, entre outras formas de coação’, como alega o grupo parlamentar do PCP”.

Segundo garante, “o contacto com a Linha Saúde 24 pode ser feito por qualquer pessoa que o entenda fazer e, portanto, pelos trabalhadores que assim entendam e não pela empresa”, competindo sim, a esta, contactar o delegado de saúde.

Por outro lado, acrescenta, os CTT, “justamente no sentido contrário ao sugerido, criaram mesmo uma linha interna propositadamente dedicada a esclarecimentos relativos à pandemia, facilitando, assim, o cumprimento dos procedimentos definidos pelas autoridades”.

“Desde o início da pandemia, as indicações que têm sido divulgadas sistematicamente aos colaboradores é de que, em caso de confirmação de infeção ou suspeita, devem mesmo contactar a Linha 24”, salienta.

Sempre que há a confirmação de um caso positivo na empresa, os CTT garantem que “informam a unidade de saúde pública respetiva e remetem uma análise exaustiva do ponto de vista de saúde ocupacional, com vista à identificação dos contactos de risco elevado do foro laboral, como forma de contenção de potenciais cadeias de transmissão”.

Na nota enviada à Lusa, os CTT salientam ainda que, “desde o início da pandemia, têm fornecido de forma regular aos seus trabalhadores uma profusa seleção de equipamentos de proteção”, incluindo diversos tipos de máscaras, luvas, viseiras, álcool gel e toalhetes, tendo ainda colocado nas duas lojas e em todos os locais de atendimento aos seus clientes acrílicos de proteção e dispensadores de álcool gel, para além de outras medidas de segurança.

“Na rede de distribuição e outras áreas operacionais foi definida e executada uma estratégia de contingência em linha com a adotada pelos demais serviços públicos essenciais, baseada na rotatividade e alternância de equipas de modo a proteger os colaboradores e clientes e a assegurar a continuidade da atividade”, refere.

Adicionalmente, a empresa diz proceder à “desinfeção e nebulização periódica dos locais de trabalho” e ter “implementado o regime de teletrabalho sempre que possível, seguindo as recomendações do Governo e as disposições legais em vigor”.

No atual contexto de pandemia, os CTT lembram ainda que “mantiveram todos os compromissos com os seus trabalhadores, não recorrendo a ‘lay-off’, comparticipando a vacina para a gripe e tendo antecipado o pagamento do subsídio de Natal e dos prémios extraordinários junto dos colaboradores, incluindo um prémio pontual atribuído aos que estiveram na linha da frente durante a fase mais aguda do estado de emergência de abril e maio”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 2 horas

Apostador português “saca” 172 mil euros no sorteio desta sexta-feira

Um apostador português venceu esta sexta-feira, o 2.º prémio do Euromilhões, totalizando 172 mil euros, ao lado de outros 3...

Paíshá 5 horas

Covid-19: Portugal tem ainda 22 concelhos com mais de 120 infeções por cada 100 mil habitantes

Portugal tem hoje 22 concelhos com incidência do novo coronavírus superior a 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos...

Famalicãohá 7 horas

Trabalhadores cortam estrada entre Famalicão e Guimarães em manifesto por melhores salários e condições de trabalho

Um grupo de trabalhadores, totalizando mais de uma centena, ocuparam, na tarde desta sexta-feira, a Estrada Nacional 206, que liga...

Paíshá 7 horas

Viagens de e para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira com apresentação de teste negativo

As viagens não essenciais de e para o Reino Unido vão ser permitidas a partir das 00:00 de segunda-feira, bastando...

Desportohá 8 horas

Famalicão: 11.ª Edição do Duatlo de Famalicão realiza-se no Louro a 04 de julho

A Associação Amigos do Pedal (AdP) e da Federação de Triatlo de Portugal(FTP) organizam, no próximo dia 04 de julho,...

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Infeções por covid-19 continuam a descer. Concelho está quase no nível mais baixo

Os dados da Direção-Geral da Saúde referentes à incidência de novos casos da covid-19, das duas últimas semanas, no concelho...

Paíshá 10 horas

Covid-19: Zero mortos e 450 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal não contabiliza hoje óbitos provocados pela pandemia mas regista 450 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 11 horas

Homem vai para o café com bala alojada na testa após rixa em Trancoso

Um homem de 49 anos teve uma atitude insólita quando, na última segunda-feira, foi para o café beber um copo...

Famalicãohá 12 horas

Secundária D. Sancho I assinala Dia do Curso de Restaurante-Bar com convidados e workshops

A Escola Secundária D Sancho I assinalou, na passada terça-feira, o Dia do Curso de Restaurante-Bar com momentos de partilha...

Paíshá 12 horas

Papa Francisco defende medidas para superar problema da queda da natalidade

O Papa Francisco pediu hoje políticas para defender a família e superar o problema da queda da natalidade na Europa,...

Famalicãohá 12 horas

Centro Qualifica de Famalicão assegura funcionamento nos próximos dois anos

Está garantida a continuidade do funcionamento do Centro Qualifica de Famalicão para os próximos dois anos. Esta estrutura, promovida pela...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Apanhado em flagrante enquanto roubava objetos do interior de um veículo

Um homem de 26 anos foi detido, esta quinta-feira, na Rua S. João de Deus, em Famalicão, depois de ter...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão apoia preparação das candidaturas aos Selos Visão’25 na próxima quinta-feira

A Câmara Municipal de Famalicão vai promover no próximo da 20 de maio, uma oficina online de preparação e apoio...

Paíshá 13 horas

Prazo para limpeza de terrenos termina este sábado. GNR já identificou mais de 14 mil incumprimentos

 A Guarda Nacional Republicana (GNR) tem já identificados 14.097 locais de possível incumprimento dos trabalhos de limpeza de terrenos, no...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Problema com quadro elétrico provoca incêndio em habitação em Mouquim

Um incêndio deflagrou, na manhã desta sexta-feira, numa habitação, na Rua do Monte, em Mouquim. Fonte dos bombeiros disse à...

Famalicãohá 13 horas

Ricardo Mesquita é candidato à liderança da JSD de Famalicão

O Núcleo da Juventude Social Democrata de Famalicão e Calendário realiza este sábado, 15 de maio, eleições internas. Ricardo Mesquita...

Desportohá 14 horas

Fernando Santos divulga lista de convocados para o Euro 2020, na próxima quinta-feira

 O selecionador português de futebol, Fernando Santos, vai divulgar os 26 convocados para o campeonato da Europa de 2020 na...

Desportohá 1 dia

Ribeirão FC concentrado nos bons resultados no Pró Nacional

O Ribeirão FC não está preocupado com as alterações efetuadas pela Associação de Futebol de Braga ao campeonato, mas sim...

Famalicãohá 1 dia

Casa das Artes recebe hoje e amanhã “Macbeth” encenado por Paulo Calatré

O teatro regressa esta quinta e sexta-feira, dias 13 e 14 de maio, à Casa das Artes de Famalicão. Numa...

Paíshá 1 dia

Multas até 100 euros para quem não cumprir regras covid-19 na praia

O incumprimento das regras relativas ao acesso e ocupação das praias, no âmbito da pandemia de covid-19, passa a estar...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191