Siga-nos nas redes

País

Linha de apoio SNS24 recebeu 67 mil pedidos de apoio desde abril de 2020

Publicado

em

Depois de inaugurada em abril de 2020, mais de 67 mil pessoas, entre as quais 5.249 profissionais de saúde, procuraram apoio na linha de aconselhamento psicológico do SNS 24, avançou hoje o presidente da SPMS.

Desde que foi criada, em 01 de abril de 2020, a linha já atendeu 67.245 pessoas, entre as quais 5.249 profissionais de saúde, disse Luís Goes Pinheiro, em entrevista à agência Lusa a propósito de um ano de pandemia, que em Portugal teve início a 02 de março com o aparecimento dos dois primeiros casos de covid-19.

Apesar de ser uma linha que “está mais vocacionada para o cidadão comum, ainda assim houve 5.249 chamadas de profissionais de saúde, o que significa que também para estes, esta linha de aconselhamento psicológico foi importante existir”, disse o presidente da SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.

“É normal que em momentos de maior ansiedade, resultantes da maior pressão no trabalho e dificuldades que, muitas vezes, todos temos de conciliar, agora em confinamento, as crianças em casa e a necessidade de assegurar funções laborais, tudo isso gera maior ansiedade”, observou.

Também pessoas que estão com receio quanto ao seu futuro laboral recorrem a esta linha devido à ansiedade que essa situação gera, acrescentou.

“E, portanto, ter esta linha para servir de apoio psicológico às pessoas tem-se revelado absolutamente crucial ou longo ao da pandemia”, salientou Luís Goes Pinheiro.

Este serviço foi criado com a parceria da Fundação Calouste Gulbenkian e a Ordem dos Psicólogos Portugueses para responder às alterações que a pandemia de covid-19 causou na vida das pessoas e dar apoio em várias situações, como por exemplo ansiedade aguda, fragilidade psicológica ou agravamento da doença psicológica.

Gerir emoções (stresse, ansiedade, angústia, medo) em situação de crise, promover a resiliência psicológica, diminuir a probabilidade de desenvolver problemas de saúde mental na sequência da crise pandemia, promover o aumento do sentimento de segurança da população e dos profissionais de saúde e orientar para outras entidades de apoio, em caso de necessidade identificada pelo psicólogo são os objetivos deste serviço.

Além desta linha, o Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS24 – 808 24 24 24) também criou em 21 de abril de 2020 uma plataforma de atendimento por videochamada para os cidadãos surdos com intérpretes de Língua Gestual Portuguesa.

Segundo Luís Goes Pinheiro, já foi possível fazer mais de mil triagens intermediadas pelos intérpretes de Língua Gestual Portuguesa e no total houve praticamente duas mil chamadas de cidadãos que recorreram a este serviço.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.408.243 mortos no mundo, resultantes de mais de 109 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.522 pessoas dos 788.561 casos de infeção confirmados, segundo os últimos dados da Direção-Geral a Saúde.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Desporto

Seleção Nacional sobe 1 lugar no ranking da FIFA

Publicado

em

 A seleção portuguesa de futebol subiu um lugar no ranking FIFA, ocupando agora o oitavo posto, por troca com a Itália, que caiu para nono, numa lista que continua a ser liderada pela Argentina, divulgou hoje o organismo.

As seis vitórias seguidas na fase de qualificação para o Euro2024 (1-0 na Eslováquia e 9-0 ao Luxemburgo já neste mês de setembro) valeram a Portugal a subida de uma posição, naquela que é a única alteração no top 10, com França, no segundo lugar, e o Brasil, no terceiro, a fecharem o pódio, atrás dos argentinos, atuais campeões mundiais.

Deste ranking, a seleção lusa é mesmo a sexta melhor equipa europeia, à frente de históricos com a Itália, Espanha e Alemanha, que aparece num impensável 15.º lugar.

Entre as seleções lideradas por técnicos portugueses, o Egito, de Rui Vitória, desceu para 35.º, a Nigéria, de José Peseiro, também caiu, para 40.º, e o Qatar, de Carlos Queiroz, baixou para 61.º.

O Bahrain, de Hélio Sousa, manteve a 86.ª posição, com o Togo, de Paulo Duarte, a continuar fora do top 100, apesar de uma ligeira subida, para 119.º.

Entre os países de língua oficial portuguesa, com exceção do Brasil, Cabo Verde continua o mais bem posicionado, no 71.º posto, mas foi a Guiné-Bissau que protagonizou uma das maiores subidas, ao ganhar seis lugares, estando agora em 106.º.

– Ranking da FIFA:

1. (1) Argentina, 1.851,41 pontos.

2. (2) França, 1.840,76.

3. (3) Brasil, 1.837,61.

4. (4) Inglaterra, 1.794,34.

5. (5) Bélgica, 1.792, 64.

6. (6) Croácia, 1.747, 83.

7. (7) Países Baixos, 1.743,15

8. (9) PORTUGAL, 1.728,58.

9. (8) Itália, 1.727,37

10. (10) Espanha, 1.710,72.

(…)

71. (66) Cabo Verde, 1.337,29.

106. (112) Guiné-Bissau, 1.190,88.

113. (119) Moçambique, 1.179,03.

117. (116) Angola, 1.1670,7.

185. (182) Macau, 903,89.

188. (186) São Tomé e Príncipe, 893,69.

192. (192) Timor-Leste, 860,45.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Jovem de 15 anos perda a vida subitamente em aula de Educação Física no Porto

Publicado

em

Um jovem de 15 anos morreu hoje durante a aula de Educação Física na Escola Secundária Alexandre Herculano, no Porto, revelou à Lusa fonte da Proteção Civil.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários do Porto, o alerta foi dado pelas 15:h02 para um jovem “que subitamente tinha entrado em paragem cardiorrespiratória durante a aula”.

“Quando chegámos ao local o professor estava a tentar reanimá-lo, situação que prolongámos por cerca de uma hora, mas sem conseguir reverter o quadro, acabando por se confirmar o óbito no local”, disse ainda.

A PSP tomou conta da ocorrência.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Trabalhadores portugueses trabalham mais horas do que na maior parte da União Europeia

Publicado

em

Em 2022, a semana de trabalho normal entre pessoas com idades entre 20 e 64 anos na União Europeia (UE) foi de 37,5 horas”, afirmou o Eurostat.

Em comparação, em Portugal, os trabalhadores trabalham em média 39,9 horas por semana, ou seja, quase duas horas e meia a mais do que a média para o bloco comunitário, de acordo com o ECO.

Portugal está entre os países onde a semana de trabalho é mais longa, ocupando o sexto lugar na tabela. Apenas na Sérvia (43,3 horas), Grécia (41 horas), Polónia (40,4 horas), Roménia e Bulgária (ambos com 40,2 anos), os trabalhadores trabalham mais horas por semana do que em Portugal, destaca o instituto de estatísticas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

OUVIR RÁDIO

VER TV EM DIRETO

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Desportohá 10 horas

Seleção Nacional sobe 1 lugar no ranking da FIFA

 A seleção portuguesa de futebol subiu um lugar no ranking FIFA, ocupando agora o oitavo posto, por troca com a...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Colisão entre mota e carro faz um ferido em Vermoim

Uma pessoa ficou ferida, ao início da noite desta quinta-feira, na sequência de uma colisão entre um veículo ligeiro e...

Paíshá 11 horas

Jovem de 15 anos perda a vida subitamente em aula de Educação Física no Porto

Um jovem de 15 anos morreu hoje durante a aula de Educação Física na Escola Secundária Alexandre Herculano, no Porto,...

Desportohá 12 horas

FC Famalicão: João Pedro Sousa satisfeitos com os atletas mas não com os resultados

O treinador do Famalicão está à espera de um “jogo exigente” frente ao Arouca, em partida a contar para a...

Desportohá 13 horas

Famalicão recebe alguns dos melhores dançarinos do mundo a 11 de novembro

O Famalicão Dança está prestes a encantar com os mais talentosos bailarinos, tanto nacionais como internacionais, na sua 9.ª edição....

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Chuva mantém-se esta sexta-feira. Temperaturas mínimas registam ligeira descida

Famalicão espera, esta sexta-feira, mais um dia com períodos de chuva, e com uma ligeira descida das temperaturas mínimas. Assim,...

Paíshá 14 horas

Trabalhadores portugueses trabalham mais horas do que na maior parte da União Europeia

Em 2022, a semana de trabalho normal entre pessoas com idades entre 20 e 64 anos na União Europeia (UE)...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Mário Passos aborda futuro da mobilidade no Mobi Summit em Lisboa

Esta sexta-feira, dia 22 de setembro, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Mário Passos, estará presente...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: PCP questiona Assembleia da República sobre despedimento de 20 trabalhadores em Carreira

O PCP questionou a Assembleia da República sobre o o despedimento recente de 20 trabalhadores, na empresa Texture Dream,localizada na...

Regiãohá 16 horas

Homem e mulher responsáveis por onda de assaltos no Minho condenados a 9 e 7 anos de prisão

O Tribunal Judicial de Braga condenou um homem e uma mulher a penas de nove e sete anos de prisão,...

Arquivo

Mais Vistos