Siga-nos nas redes

País

Covid-19: GNR pede reforço nos testes caso vacinação dos seus militares seja adiada

Publicado

em

O presidente da Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) defendeu hoje que devem ser realizados testes com frequência às forças de segurança caso seja alterado o plano de vacinação contra a covid-19.

As declarações de César Nogueira surgem na sequência de uma notícia divulgada hoje pelo jornal Expresso, segundo a qual a vacinação das forças de segurança vai deixar de liderar as prioridades devido à escassez de vacinas, sendo reforçada a administração a pessoas com 80 ou mais anos e entre os 50 e os 79 anos com doenças crónicas.

“Visto que o plano de vacinação vai ser alterado, no mínimo, aquilo que o Governo deve fazer é realizar testes de 15 em 15 dias ou de mês a mês a estes profissionais” para poder haver “uma melhor despistagem” e os militares “não andarem a infetar outras pessoas” porque todos os dias têm de andar no terreno.

Segundo César Nogueira, esses testes à covid-19 nunca foram realizados, dando o seu exemplo: “ontem [quinta-feira] fui vacinado, mas até à data de ontem nunca fiz um teste e ando todos os dias no terreno, sou patrulheiro, contacto com pessoas e não faço a menor ideia se fui infetado e já passou”.

César Nogueira disse perceber que devido à escassez de vacinas existam outras pessoas prioritárias, nomeadamente os idosos e pessoas com algumas patologias, mas lamentou serem “relegados novamente para trás”.

“Aquilo que nós achamos é que tudo isto está um pouco mal delineado, não sabemos o motivo deste atraso da vacina, certamente que será por atraso do fornecedor, mas isto é demonstrativo de que os profissionais da linha da frente, onde se incluem os profissionais das forças e serviços de segurança, mais uma vez, como já é apanágio, são relegados para um plano posterior”, lamentou o presidente da APG/GNR.

O presidente da APG/GNR estima que o número de vacinados não passará dos 2.000, faltando oito mil dos que estavam previstos vacinar nesta primeira fase do plano de vacinação.

Segundo o jornal Expresso, que cita declarações do coordenador da ‘task force’, Henrique Gouveia e Melo, a escassez de vacinas levou à alteração do plano inicial da vacinação, retardando a vacinação às Forças Armadas e forças de segurança, bombeiros, elementos de órgãos de soberania, como tribunais e o parlamento, e mesmo médicos que não estejam na linha da frente.

O grosso das vacinas disponíveis será administrado a dois grupos: a pessoas com 80 ou mais anos e a pessoas entre os 50 e os 79 anos com uma das quatro doenças de maior risco para a covid-19 (cardíaca, coronária, renal e respiratória grave).

De acordo com o jornal, a escassez das vacinas e a necessidade de proteger os mais vulneráveis à covid-19 levaram o novo coordenador da ‘task force’ a redefinir prioridades na vacinação.

Henrique Gouveia e Melo adiantou ao jornal, que 90% das vacinas disponíveis destinam-se agora a “salvar vidas” e apenas 10% a “ir reforçando a resiliência do Estado em período de pandemia”.

A covid-19 já matou em Portugal 15.754 pessoas dos 792.829 casos de infeção confirmados, segundo a Direção-Geral da Saúde.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Desportohá 2 horas

Associação Portuguesa de Defesa do Adepto critica decisões do Governo sobre a presença de público nos estádios

As decisões do Governo sobre a presença de adeptos nos estádios de futebol durante a pandemia de covid-19 são “para...

Paíshá 3 horas

COVID-19: Efeito de cada vacina está a ser monitorizado pelo INSA

 A efetividade das vacinas contra a covid-19 em Portugal está a ser monitorizada através de seis estudos coordenados pelo Instituto...

Famalicãohá 5 horas

Famalicão: Lions Clube oferece livros brinquedos e jogos ao Centro Social da Paróquia de Esmeriz

O Lions Clube de Famalicão entregou, este domingo, ao Centro Social da Paróquia de Esmeriz, livros, brinquedos e jogos, no...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Deputada do PAN acusa suinicultora de Fradelos de pôr em causa saúde pública

A deputada do PAN (Pessoas-Animais-Natureza) Bebiana Cunha criticou hoje o funcionamento de uma suinicultora em Fradelos, Vila Nova de Famalicão,...

Famalicãohá 7 horas

Escola profissional CENFIM irá dar formação em Famalicão a partir de setembro

O Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, da Trofa, CENFIM, irá, a partir de setembro deste ano,...

Famalicãohá 8 horas

Castelões inaugura cemitério ampliado este domingo com a presença de Paulo Cunha

A Junta de Freguesia de Castelões, divulgou, esta segunda-feira, nas redes socias, o convite para a cerimónia de inauguração do...

Paíshá 8 horas

Covid-19: Índice de transmissibilidade (Rt) volta a subir em Portugal

O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal subiu hoje para 1, enquanto a incidência de casos de...

Paíshá 10 horas

Covid-19: Mais 2 mortos e 199 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 2 óbitos provocados pela pandemia e 199 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Desportohá 10 horas

Covid-19: 2.900 militares da GNR irão fiscalizar Rali de Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou hoje que vai destacar 2.900 militares para a operação de segurança do Rali de...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Câmara Municipal promove desporto ao ar livre com iniciativa “Move-te”

Arrancou esta segunda-feira, 17 de maio, mais uma edição do Move-te, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Famalicão, para...

Famalicãohá 11 horas

Coligação PDS-CDS apoia autarcas de Joane e de Castelões nas próximas eleições autárquicas

A Coligação “Mais Ação. Mais Famalicão”, que integra o PSD e do CDS/PP no processo para as autárquicas 2021, declarou, esta segunda-feira, o...

Barceloshá 12 horas

PSP “apanha” proprietário de bar em Barcelos que recebia bebidas furtadas em outros estabelecimentos

Na última sexta-feira , a PSP de Braga, através da Esquadra de Investigação Criminal de Barcelos, no âmbito de um...

Economiahá 12 horas

Gasóleo e gasolina mais caros a partir de hoje

Mais um vez o preço dos combustíveis volta a subir, esta segunda-feira, registando-se a 3.ª semana consecutiva em que se...

Desportohá 12 horas

I Liga: Bancadas dos estádios afinal vão continuar vazias até ao final do campeonato

Os jogos da 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol vão ser disputados sem público, por decisão...

Economiahá 13 horas

Trabalhadores das cantinas e refeitórios estão hoje em greve por salários mais altos

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados estão hoje em greve por aumentos salariais e pela...

Desportohá 13 horas

Basquetebol: FAC vence BC Barcelos por 52-50 em partida disputada até ao último minuto

A equipa sénior de basquetebol do Famalicense Atlético Clube, (FAC), venceu este domingo o BC Barcelos por 52-50, num jogo...

Famalicãohá 13 horas

Deputados do PSD acusam silêncio do Governo sobre nova ponte sobre o Rio Ave

O deputado famalicense do PSD, Jorge Paulo Oliveira, acompanhado dos deputados Alberto Fonseca, Sofia Matos e Márcia Passos, diz que “o...

Desportohá 13 horas

Ivo Vieira deixa mensagem de apoio ao Nacional: “Sei que não é fácil passar por um momento destes”

Depois de uma partida vencida por 3-0, que despromoveu o Nacional à II Liga, o treinador do FC Famalicão foi...

Famalicãohá 13 horas

Bruna Silva Famalicão interpretou I Will Survive no ‘All Together Now’ este domingo

Mais uma cantora Famalicense encanta o país com a sua participação no programa da TVI, All Together Now. Bruna Silva...

Paíshá 1 dia

Covid-19: ‘Task Force’ contabiliza mais 200 mil pessoas vacinadas só este fim de semana

A ´task force` que coordena o programa de vacinação contra a covid-19 prevê que este fim de semana venham a...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191