Siga-nos nas redes
“E-REDES”

País

Covid-19: Variante do Reino Unido já representa 48% das infeções em Portugal

Publicado

em

A variante do vírus SARS-CoV-2 detetada no Reino Unido já é responsável por quase metade dos casos de covid-19 em Portugal, quando no início de janeiro representava 8% das infeções, adiantou esta sexta-feira Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA).

“À data de 16 de fevereiro [terça-feira], estimamos que esta variante represente cerca de 48% de todos os casos covid-19 em Portugal”, disse João Paulo Gomes, investigador do INSA e coordenador do estudo sobre a diversidade genética do novo coronavírus em Portugal.

Segundo os dados do INSA, a incidência no país desta variante do vírus que provoca a covid-19, considerada mais contagiosa, tem vindo a crescer desde o início do ano, registando-se um aumento constante ao longo de várias semanas, no período em que foi registado o maior número de infeções em Portugal.

João Paulo Gomes estima que a variante originária do Reino Unido representou cerca de 8% dos casos da doença covid-19 na primeira semana do ano, aumentando para os 13,4% na segunda semana de janeiro e para os 24,7% na terceira.

Segundo o especialista, esta crescente incidência da variante “certamente contribuiu” para o surgimento da chamada `terceira vaga´ que se verificou em janeiro com o aumento exponencial de casos de covid-19 em todo o país, apesar de não ter sido o “fator que mais pesou”.

“Na contribuição que teve, pesou não só o elevado número de introduções desta variante que terão ocorrido durante a segunda quinzena de dezembro – regresso de imigrantes portugueses para o Natal e turistas do Reino Unido -, como também a sua elevada transmissibilidade”, explicou o especialista.

Relativamente à variante originária da África do Sul, o INSA apenas identificou quatro casos em Portugal, não tendo sido registado, até quinta-feira, qualquer caso da variante do SARS-CoV-2 descoberta inicialmente em Manaus, no Brasil.

Baltazar Nunes, responsável pela Unidade de Investigação Epidemiológica do INSA, adiantou que a “evolução da pandemia em cada continente, país e região tem sido diversa, com diferentes fases e momentos de crescimento e decréscimo da incidência”.

Perante isso, a designação “terceira vaga deve ser contextualizada”, referiu Baltazar Nunes, para quem “numerar as fases de crescimento da epidemia é uma forma muito simplista de analisar a sua evolução”.

“Na realidade, temos observado diferentes fases de crescimento e decréscimo do número de casos, que têm sido determinadas pela introdução do vírus na população, por novas variantes mais transmissíveis, pela implementação ou levantamento de medidas não farmacológicas, por comportamentos populacionais (festividades e períodos de férias), pelas estações do ano ou pela implementação de programas de vacinação”, adiantou Baltazar Nunes.

De acordo com o especialista, por estas razões a variação da incidência ao “nível local, regional, nacional e global é muito difícil de prever”, principalmente num contexto de restrições e de padrões de viagem que foram alterados com a pandemia.

Segundo afirmou, a incidência de covid-19 é elevada em praticamente todos os países europeus, tendo como critério uma prevalência superior a 60 novos casos por 100.000 pessoas nos 14 dias anteriores, com algumas exceções como a Islândia, onde se verificam 10 novos casos de infeção por 100.000 habitantes.

“Existe a possibilidade do aumento da incidência que agora se verifica em alguns países europeus possa vir a verificar-se em outros países, mas o gradiente de Ocidente para Oriente já não existe”, adiantou Baltazar Nunes, exemplificando com os casos da Grécia e da Finlândia que, em latitudes europeias diferentes, coincidem na tendência crescente de casos que apresentam.

“A distribuição espacial dependerá da efetividade que as medidas de controlo implementadas tenham em cada país e da rapidez e do efeito que a vacinação tenha nesses mesmos países”, sublinhou o especialista.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.441.926 mortos no mundo, resultantes de mais de 110,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.754 pessoas dos 792.829 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 3 minutos

Circulação entre concelhos novamente proibida entre hoje e segunda-feira

A circulação entre concelhos em Portugal continental volta a estar proibida entre as 20:00 de hoje e as 05:00 de...

Famalicãohá 8 minutos

Hospital de Famalicão volta a permitir presença do pai, 24 horas, nos serviços de obstetrícia

O Hospital de Famalicão voltou a permitir a presença de um acompanhante (normalmente o pai) nos serviços de obstetrícia, possibilidade...

Barceloshá 34 minutos

Dois detidos após tentativa de assalto a armazém de congelados em Barcelos

 A GNR deteve, na madrugada de hoje, com ajuda de populares, dois homens por tentativa de assalto a um armazém...

Sociedadehá 1 hora

Fórmula 1 voltará a correr em Portugal já a 2 de maio

 O Grande Prémio de Portugal vai voltar a integrar o Mundial de Fórmula 1 já no próximo dia 02 de...

Paíshá 1 hora

Investigadora defende que as crianças devem ser introduzidas à tecnologia mais cedo

Sofia Marques Silva, investigadora da Universidade do Porto, defende que as crianças devem ser introduzidas à tecnologia mais cedo, nomeadamente...

Famalicãohá 13 horas

Incêndio em poste elétrico mobiliza bombeiros para Lousado

Um incêndio num poste elétrico deflagrou no início da noite desta quinta-feira, na Rua Pé de Prata em Lousado. Fonte...

Paíshá 14 horas

Covid-19: Ministério da Educação disponibiliza 7 milhões para proteção nas escolas

O Ministério da Educação anunciou hoje que disponibilizou cerca de sete milhões de euros para as escolas comprarem máscaras e outros...

Famalicãohá 16 horas

Bombeiros Famalicenses lamentam “falta de comunicação” sobre criação de centro de apoio em Bairro

Os Bombeiros Voluntários Famalicense emitiram um comunicado esta quinta-feira onde lamentam terem sido os “últimos a saber” da deslocalização do...

Paíshá 17 horas

Governo cria reserva estratégica para emergências como incêndios inundações ou sismos

O Governo aprovou hoje a constituição de uma reserva estratégica de proteção civil para garantir que um conjunto de materiais...

Paíshá 18 horas

Alterações na Escola Nacional de Bombeiros procuram “educação de nível superior”

O modelo de ensino e formação em proteção civil vai ser reformulado através de uma transformação na Escola Nacional de...

Paíshá 19 horas

Prazo para limpeza dos terrenos prolongado pelo Governo até 15 de maio

O Governo irá prorrogar o prazo de limpeza de terrenos pelos proprietários até 15 de maio, considerando as condições meteorológicas e o...

Paíshá 20 horas

Covid-19: Portugal registou número mais baixo de óbitos desde 27 de outubro

Portugal registou hoje 28 mortes relacionadas com a covid-19, o valor mais baixo desde 27 de outubro, e 830 novos...

Paíshá 20 horas

Sindicato alerta para o possível despedimento de 1.800 enfermeiros

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) enviou uma carta ao primeiro-ministro e à ministra da Saúde sobre o possível despedimento...

Paíshá 20 horas

Covid-19: Mais 28 mortos e 830 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 28 óbitos provocados pela pandemia e 830 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Economiahá 21 horas

Presidente da Jerónimo Martins alerta para “gravíssima crise” que Portugal irá atravessar

O presidente da Jerónimo Martins afirmou estar “mais cético” relativamente à economia portuguesa, considerando que vai “atravessar uma gravíssima crise”,...

Paíshá 21 horas

Estudo: Mulheres trabalham em média mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho...

Paíshá 21 horas

Feministas convocam manifestações de Norte a Sul do país na próxima segunda-feira

A plataforma Greve Feminista Internacional, que reúne coletivos e associações de feminismo interseccional, convocou várias manifestações para segunda-feira, Dia Internacional...

Famalicãohá 22 horas

Famalicão: Município investe 318 mil euros no apoio à solidariedade social

A Câmara Municipal de Famalicão aprovou esta quinta-feira, em reunião do executivo, um montante global de 318 mil euros para...

Famalicãohá 22 horas

Junta de Landim disponibiliza transporte para Centro de Vacinação contra a Covid-19

A Junta de Freguesia de Landim tem à disponibilidade dos seus habitantes transporte para as deslocações ao Centro de Vacinação...

Economiahá 23 horas

DECO defende apoios para assistência a filhos alargados a outros familiares diretos

A Deco defendeu hoje que o atual regime de apoios para a assistência aos filhos, em que as faltas são...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191