Siga-nos nas redes

País

Covid-19: Variante do Reino Unido já representa 48% das infeções em Portugal

Publicado

em

A variante do vírus SARS-CoV-2 detetada no Reino Unido já é responsável por quase metade dos casos de covid-19 em Portugal, quando no início de janeiro representava 8% das infeções, adiantou esta sexta-feira Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA).

“À data de 16 de fevereiro [terça-feira], estimamos que esta variante represente cerca de 48% de todos os casos covid-19 em Portugal”, disse João Paulo Gomes, investigador do INSA e coordenador do estudo sobre a diversidade genética do novo coronavírus em Portugal.

Segundo os dados do INSA, a incidência no país desta variante do vírus que provoca a covid-19, considerada mais contagiosa, tem vindo a crescer desde o início do ano, registando-se um aumento constante ao longo de várias semanas, no período em que foi registado o maior número de infeções em Portugal.

João Paulo Gomes estima que a variante originária do Reino Unido representou cerca de 8% dos casos da doença covid-19 na primeira semana do ano, aumentando para os 13,4% na segunda semana de janeiro e para os 24,7% na terceira.

Segundo o especialista, esta crescente incidência da variante “certamente contribuiu” para o surgimento da chamada `terceira vaga´ que se verificou em janeiro com o aumento exponencial de casos de covid-19 em todo o país, apesar de não ter sido o “fator que mais pesou”.

“Na contribuição que teve, pesou não só o elevado número de introduções desta variante que terão ocorrido durante a segunda quinzena de dezembro – regresso de imigrantes portugueses para o Natal e turistas do Reino Unido -, como também a sua elevada transmissibilidade”, explicou o especialista.

Relativamente à variante originária da África do Sul, o INSA apenas identificou quatro casos em Portugal, não tendo sido registado, até quinta-feira, qualquer caso da variante do SARS-CoV-2 descoberta inicialmente em Manaus, no Brasil.

Baltazar Nunes, responsável pela Unidade de Investigação Epidemiológica do INSA, adiantou que a “evolução da pandemia em cada continente, país e região tem sido diversa, com diferentes fases e momentos de crescimento e decréscimo da incidência”.

Perante isso, a designação “terceira vaga deve ser contextualizada”, referiu Baltazar Nunes, para quem “numerar as fases de crescimento da epidemia é uma forma muito simplista de analisar a sua evolução”.

“Na realidade, temos observado diferentes fases de crescimento e decréscimo do número de casos, que têm sido determinadas pela introdução do vírus na população, por novas variantes mais transmissíveis, pela implementação ou levantamento de medidas não farmacológicas, por comportamentos populacionais (festividades e períodos de férias), pelas estações do ano ou pela implementação de programas de vacinação”, adiantou Baltazar Nunes.

De acordo com o especialista, por estas razões a variação da incidência ao “nível local, regional, nacional e global é muito difícil de prever”, principalmente num contexto de restrições e de padrões de viagem que foram alterados com a pandemia.

Segundo afirmou, a incidência de covid-19 é elevada em praticamente todos os países europeus, tendo como critério uma prevalência superior a 60 novos casos por 100.000 pessoas nos 14 dias anteriores, com algumas exceções como a Islândia, onde se verificam 10 novos casos de infeção por 100.000 habitantes.

“Existe a possibilidade do aumento da incidência que agora se verifica em alguns países europeus possa vir a verificar-se em outros países, mas o gradiente de Ocidente para Oriente já não existe”, adiantou Baltazar Nunes, exemplificando com os casos da Grécia e da Finlândia que, em latitudes europeias diferentes, coincidem na tendência crescente de casos que apresentam.

“A distribuição espacial dependerá da efetividade que as medidas de controlo implementadas tenham em cada país e da rapidez e do efeito que a vacinação tenha nesses mesmos países”, sublinhou o especialista.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.441.926 mortos no mundo, resultantes de mais de 110,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.754 pessoas dos 792.829 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Bragahá 1 hora

S. João de Braga vai concretizar-se “com a abertura possível”

Este ano, o S. João vai concretizar-se, entre 18 e 24 de junho, mas apenas com as atividades presenciais “reduzidas...

Sociedadehá 2 horas

Covid-19: Mais 789 novos casos e 1 morte

O Boletim Epidemiológico da Direção Geral de Saúde divulgado, este sábado, mostra que Portugal regista 789 novos casos de Covid-19...

Famalicãohá 2 horas

Governo continua sem esclarecer situação relativa à requalificação da N206

O deputado famalicense Jorge Paulo Oliveira considera que “não é aceitável” a falta de respostas do Governo à situação relativa...

Paíshá 4 horas

ASAE apreendeu 306 mil artigos contrafeitos nas últimas semanas

No âmbito do Dia Mundial Anti-Contrafação, a ASAE procedeu a uma apertada fiscalização a nível nacional nas últimas semanas. No...

Bragahá 5 horas

Distrito de Braga em alerta laranja durante o fim de semana

As altas temperaturas não vão dar tréguas este fim de semana, mas a chuva e a trovoada também não. De...

Economiahá 6 horas

Em apenas um ano, os combustíveis subiram 20%

Desde junho de 2020 até ao momento, os combustíveis atingiram um aumento de 20%. O balanço é feito pela Rádio...

Paíshá 7 horas

Saúde mental dos estudantes do ensino superior piorou com a pandemia

Várias associações e federações académicas do ensino superior de norte a sul do país levaram a cabo um estudo com...

Paíshá 7 horas

Época balnear começa hoje. Recorde as regras

Apesar da possibilidade de começar a época balnear a 15 de maio, a grande maioria dos municípios portugueses optaram por...

Paíshá 19 horas

Dois apostadores em Portugal ganham 9.600 euros no Euromilhões desta sexta-feira

Dois apostadores em Portugal venceram, esta sexta-feira, o 3.º prémio do Euromilhões, arrecadando cada um 9.600 euros. Um apostador no...

Regiãohá 20 horas

Afogamento no rio Ave faz um morto, esta tarde, na Trofa

Um homem faleceu, na tarde desta sexta-feira, após se ter afogado no rio Ave, junto ao passadiço do Parque das...

Desportohá 22 horas

Português Jorge Fonseca sagra-se bicampeão mundial de judo

O português Jorge Fonseca sagrou-se hoje bicampeão mundial de judo em -100 kg, ao vencer na final dos Mundiais, a...

Famalicãohá 23 horas

Famalicão: Incêndio deflagra em habitação em Calendário esta tarde

Um incêndio deflagrou, na tarde desta sexta-feira, numa habitação, na Rua Padre António Vieira, em Calendário. Fonte dos bombeiros disse...

Desportohá 23 horas

Internacional angolano Anderson Neri irá reforçar Riba d’Ave Hóquei Clube por uma temporada

O Riba d’Ave Hóquei Clube (RAHC) informou esta sexta-feira que firmou acordo com o internacional angolano Anderson Neri (28 anos)...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Infeções por covid-19 voltam a subir no concelho

Os dados da Direção-Geral da Saúde referentes à incidência de novos casos da covid-19, das duas últimas semanas, no concelho...

Paíshá 1 dia

Covid-19: Mais 1 morto e 519 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 1 óbito provocados pela pandemia e 519 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 1 dia

Médicos de família vão enviar cartas aos utentes pedindo compreensão sobre atrasos

Os médicos de família vão entregar, a partir de segunda-feira, uma nota aos utentes a pedir compreensão pelos atrasos nas...

Famalicãohá 1 dia

Alerta! Famalicão sob aviso amarelo esta sexta-feira com a previsão de chuva, trovoada e granizo

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou, esta sexta-feira, todo o distrito de Braga em aviso amarelo...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Incêndio deflagra em habitação, ao final desta manhã, em Joane

Um incêndio deflagrou, ao final da manhã desta sexta-feira, numa habitação, em Joane, na Avenida Dr. Mário Soares. Fonte dos...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão celebra hoje 60 anos da inauguração dos Paços do Concelho

Famalicão celebra hoje os 60 anos da inauguração dos Paços do Concelho e Tribunal, inaugurados durante as Festas Antoninas a...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Bloco de Esquerda questiona Governo sobre ‘lay-off’ aplicado na empresa Coindu

O Bloco de Esquerda questionou recentemente o Governo sobre alegadas irregularidades na aplicação do lay-off e não pagamento das horas...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191