Siga-nos nas redes
“E-REDES”

País

João Loureiro afirma ter desistido de viajar no avião com 500 quilos de cocaína antes da apreensão

Publicado

em

O antigo presidente do Boavista João Loureiro disse hoje numa mensagem que ia regressar do Brasil para Portugal no avião onde foram apreendidos 500 quilos de cocaína, mas desistiu de o fazer antes desta apreensão, sendo “alheio” à situação.

“Ia regressar a Portugal nesse voo [onde foi apreendida a droga] junto com vários outros passageiros, mas já tinha desistido de o fazer” antes de o assunto ser espoletado, afirmou o jurista, numa mensagem que visa esclarecer a situação à agência Lusa.

João Loureiro referiu que, na altura da operação policial que culminou na apreensão da droga e que aconteceu em Salvador, estava em São Paulo.

“E acredito que talvez o tenha sido devido ao meu pedido para que houvesse uma inspeção rigorosa ao avião”, sublinhou.

A 10 de fevereiro, a Polícia Federal do Brasil apreendeu meia tonelada de cocaína com destino a Portugal escondida num avião particular, na sequência de uma inspeção que agentes daquela força policial fizeram à aeronave, estacionada na pista do Aeroporto Internacional de Salvador.

Dizendo-se “completamente alheio” ao que se passou, o ex-presidente do Boavista Futebol Clube vincou que fez questão de por “mote próprio” falar com as autoridades brasileiras na qualidade de testemunha, antes de regressar a Portugal.

Situação que “demorou mais um tempo” devido aos vários feriados de Carnaval naquele país.

João Loureiro confessou estar “tranquilo” desde então até agora e, por respeito às autoridades brasileiras e pelo segredo de justiça do processo, não prestará mais declarações públicas.

“Aproveito ainda para agradecer profundamente as muitas mensagens de solidariedade que me têm chegado de Portugal”, concluiu.

Dois dias depois da apreensão de droga, a administração da empresa portuguesa OMNI Aviação e Tecnologia explicou, em comunicado enviado à Lusa, ter sido contratada para fazer um voo executivo, com saída de Portugal e destino ao Brasil e, subsequente, regresso a Portugal poucos dias depois.

Os passageiros a bordo eram um cidadão português e um espanhol e a tripulação, composta por três pessoas.

Na nota de imprensa, a empresa esclareceu ainda que a informação de que dispunha era de que os passageiros viajavam por motivos profissionais, tendo o voo ocorrido a 27 de janeiro, depois de inicialmente previsto para 26.

“Sucede que, quando o voo saiu de Cascais ainda não havia a informação/publicação do Despacho nº 1125-D/2021, de 27 de janeiro, através do qual se procedia à suspensão de voos de e para o Brasil (a partir das 00:00 do dia 29 de janeiro”, informou.

Motivo pelo qual o voo de ida e regresso foi autorizado, acentuou.

Posteriormente, e tendo tomado conhecimento do despacho que punha em causa a autorização para o voo de regresso a 01 de fevereiro, a OMNI Aviação foi notificada para fazer novo pedido de autorização, mas como “voo de repatriamento”.

Contudo, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) recusou este pedido a 08 de fevereiro, um dia antes da apreensão da droga, por o voo não cumprir os requisitos de um “voo de repatriamento”, aclarou a empresa.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Sociedadehá 4 segundos

Fórmula 1 voltará a correr em Portugal já a 2 de maio

 O Grande Prémio de Portugal vai voltar a integrar o Mundial de Fórmula 1 já no próximo dia 02 de...

Paíshá 9 minutos

Investigadora defende que as crianças devem ser introduzidas à tecnologia mais cedo

Sofia Marques Silva, investigadora da Universidade do Porto, defende que as crianças devem ser introduzidas à tecnologia mais cedo, nomeadamente...

Famalicãohá 12 horas

Incêndio em poste elétrico mobiliza bombeiros para Lousado

Um incêndio num poste elétrico deflagrou no início da noite desta quinta-feira, na Rua Pé de Prata em Lousado. Fonte...

Paíshá 13 horas

Covid-19: Ministério da Educação disponibiliza 7 milhões para proteção nas escolas

O Ministério da Educação anunciou hoje que disponibilizou cerca de sete milhões de euros para as escolas comprarem máscaras e outros...

Famalicãohá 15 horas

Bombeiros Famalicenses lamentam “falta de comunicação” sobre criação de centro de apoio em Bairro

Os Bombeiros Voluntários Famalicense emitiram um comunicado esta quinta-feira onde lamentam terem sido os “últimos a saber” da deslocalização do...

Paíshá 16 horas

Governo cria reserva estratégica para emergências como incêndios inundações ou sismos

O Governo aprovou hoje a constituição de uma reserva estratégica de proteção civil para garantir que um conjunto de materiais...

Paíshá 17 horas

Alterações na Escola Nacional de Bombeiros procuram “educação de nível superior”

O modelo de ensino e formação em proteção civil vai ser reformulado através de uma transformação na Escola Nacional de...

Paíshá 18 horas

Prazo para limpeza dos terrenos prolongado pelo Governo até 15 de maio

O Governo irá prorrogar o prazo de limpeza de terrenos pelos proprietários até 15 de maio, considerando as condições meteorológicas e o...

Paíshá 19 horas

Covid-19: Portugal registou número mais baixo de óbitos desde 27 de outubro

Portugal registou hoje 28 mortes relacionadas com a covid-19, o valor mais baixo desde 27 de outubro, e 830 novos...

Paíshá 19 horas

Sindicato alerta para o possível despedimento de 1.800 enfermeiros

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) enviou uma carta ao primeiro-ministro e à ministra da Saúde sobre o possível despedimento...

Paíshá 19 horas

Covid-19: Mais 28 mortos e 830 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 28 óbitos provocados pela pandemia e 830 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Economiahá 20 horas

Presidente da Jerónimo Martins alerta para “gravíssima crise” que Portugal irá atravessar

O presidente da Jerónimo Martins afirmou estar “mais cético” relativamente à economia portuguesa, considerando que vai “atravessar uma gravíssima crise”,...

Paíshá 20 horas

Estudo: Mulheres trabalham em média mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho...

Paíshá 20 horas

Feministas convocam manifestações de Norte a Sul do país na próxima segunda-feira

A plataforma Greve Feminista Internacional, que reúne coletivos e associações de feminismo interseccional, convocou várias manifestações para segunda-feira, Dia Internacional...

Famalicãohá 21 horas

Famalicão: Município investe 318 mil euros no apoio à solidariedade social

A Câmara Municipal de Famalicão aprovou esta quinta-feira, em reunião do executivo, um montante global de 318 mil euros para...

Famalicãohá 21 horas

Junta de Landim disponibiliza transporte para Centro de Vacinação contra a Covid-19

A Junta de Freguesia de Landim tem à disponibilidade dos seus habitantes transporte para as deslocações ao Centro de Vacinação...

Economiahá 22 horas

DECO defende apoios para assistência a filhos alargados a outros familiares diretos

A Deco defendeu hoje que o atual regime de apoios para a assistência aos filhos, em que as faltas são...

Paíshá 22 horas

Famalicão atribui 364 bolsas de estudo a alunos do concelho

A Câmara Municipal de Famalicão aprovou, esta quinta-feira, a atribuição de 364 bolsas de estudo a outros tantos alunos residentes...

Paíshá 23 horas

Covid-19: Pais defendem regresso às aulas presenciais mas pedem mais testes de rastreio

Os pais e diretores escolares acreditam que as escolas estão preparadas para reabrir, defendendo que sempre foram locais seguros, mas...

Famalicãohá 23 horas

Novo livro regista memórias do Externato Delfim Ferreira em Riba de Ave

A ideia foi lançada por Bruno Marques, ex-aluno do Externato Delfim Ferreira (EDF) que pretende, através de um livro registar...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191