Siga-nos nas redes

País

Áreas mais rurais continuam com o pior acesso à internet móvel de Portugal

Publicado

em

O desempenho da Internet móvel é pior nas áreas predominantemente rurais de Portugal continental, de acordo com os estudos de avaliação do desempenho de serviços móveis da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) em cinco regiões.

Com o recurso ao teletrabalho e o ensino à distância, na sequência do estado de emergência devido à pandemia da covid-19, o tema do acesso à Internet tem estado na ordem do dia, com várias queixas sobre as dificuldades de algumas regiões do país em aceder ao ‘online’.

A Anacom realizou cinco estudos de avaliação do desempenho de serviços móveis de voz e dados (Internet) e da cobertura GSM (2G), UMTS (3G) e LTE (4G) disponibilizados pela Meo (Altice Portugal), NOS e Vodafone Portugal no Alentejo, Algarve, Área Metropolitana de Lisboa (AML), Centro e Norte.

Globalmente, as zonas predominantemente rurais são as que têm pior desempenho no acesso à Internet móvel, face às urbanas.

No Alentejo, os serviços de voz e de transferência de ficheiros “registam bons desempenhos globais, sendo mais visíveis diferenças entre os operadores e entre as tipologias de áreas urbanas ao nível da velocidade de transferência de dados, tanto no ‘download’ como no ‘upload’”, lê-se no estudo.

No indicador velocidade de transferência de dados, “os melhores desempenhos são observados nas áreas predominantemente urbanas”, conclui o estudo realizado entre 07 e 28 de maio de 2019, tendo sido percorridos 3.539 quilómetros, dos quais 342 em testes.

Nas áreas predominantemente urbanas do Alentejo “observam-se os melhores desempenhos, com rácios médios de sucesso no estabelecimento e manutenção de sessões de dados de 97,7%, na transferência da página ‘web’ de referência, e de 93,8% na transferência da página ‘web’ pública, com diferenças estatisticamente significativas face às restantes tipologias urbanas”.

Ou seja, o desempenho é melhor do que nas zonas rurais ou medianamente urbanas.

Também no Algarve, cujo trabalho de campo decorreu entre 20 e 29 de outubro, em que foram percorridos 273 quilómetros em testes, navegar na Internet em zonas rurais pode ser difícil, e em determinadas áreas medianamente urbanas também se detetam dificuldades.

Os serviços de navegação na Internet e Youtube ‘video streaming’ e também a latência de transmissão de dados no Algarve “apresentam desempenhos inferiores, face à transferência de ficheiros, observando-se também algumas diferenças entre operadores e tipologias de áreas urbanas”, refere o estudo, acrescentando que, “de uma forma geral, registam-se piores desempenhos nas áreas medianamente urbanas e predominantemente rurais”.

Aponta ainda que nas áreas predominantemente rurais e medianamente urbanas do Algarve “registam-se os piores desempenhos” do indicador de duração de transferência de página ‘web’, “sem diferenças estatisticamente significativas entre si, mas com diferenças estatisticamente significativas” face às predominantemente urbanas.

Também no Centro, os serviços de navegação na Internet móvel registam “piores desempenhos nas áreas predominantemente rurais”.

No que toca à transferência de ficheiros, “regista-se bom desempenho global, com algumas diferenças de desempenho entre os operadores e, de forma mais acentuada, entre as tipologias de áreas urbanas”.

A capacidade de estabelecer e de reter sessões de transferência de ficheiros e velocidade de transferência de dados (‘download’ e ‘upload’) “apresentam uma acentuada degradação nas áreas predominantemente rurais”, salienta o estudo.

Nos serviços de navegação na Internet e YouTube ‘vídeo streaming’, “e também a latência de transmissão de dados, apresentam desempenhos inferiores, face à transferência de ficheiros, observando-se também algumas diferenças entre os operadores e, de forma mais acentuada, entre as tipologias de áreas urbanas”.

Mais uma vez, de “uma forma geral, registam-se piores desempenhos nas áreas predominantemente rurais”, conclui o estudo, que decorreu entre 04 e 18 de dezembro último, tendo sido percorridos 344 quilómetros em testes.

No Norte, no que respeita à transferência de ficheiros, “nas áreas predominantemente rurais observa-se uma degradação acentuada” no indicador rácio de terminação de sessões de dados. Também aqui, na velocidade de transferência de dados, os melhores desempenhos são nas áreas predominantemente urbanas.

Em termos de estabelecimento e retenção de sessões de dados, nas áreas mais rurais os níveis do indicador “não ultrapassam 80,3%”, contra rácios superiores a 99,4% nas predominantemente urbanas, lê-se no estudo, que decorreu entre 03 e 13 de fevereiro de 2020, tendo sido percorridos 3.255 quilómetros, dos quais 303 em testes.

Por sua vez, a AML apresenta “bons ritmos médios de transferência de dados”, um serviço de navegação da Internet com “razoáveis durações médias de transferências de páginas ‘web'”, conclui o estudo sobre a região, realizado entre 25 de maio e 05 de junho do ano passado, tendo sido percorridos 285 quilómetros em testes.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 4 horas

GNR “apanha” excessos de velocidade com radar móvel em viaduto sobre autoestrada

Um militar da GNR foi captado num vídeo, filmado por um cidadão, empunhando um radar móvel de controlo de velocidade,...

Paíshá 6 horas

Covid-19: Farmácias estão a fazer “o que é humanamente possível” para garantir autotestes

As farmácias estão a fazer “tudo o que é humanamente possível” para responder à procura de testes de covid-19, que...

Paíshá 7 horas

Gripe das aves detetada em Portugal. Medidas de controlo já foram ativadas

A DGAV anunciou que foi detetado um caso de gripe das aves em Palmela, estando já em vigor medidas de...

Bragahá 7 horas

Braga cancela várias atividades de Natal devido à covid-19

Três iniciativas programadas para animar a quadra natalícia em Braga, ligadas à alimentação, já foram canceladas devido à evolução da...

Paíshá 7 horas

Auchan apresenta solução para combater desperdício alimentar este Natal- Birdbox

“Estarmos juntos não é para desperdiçar” é o tema da campanha de Natal da Auchan, que visa reduzir os desperdícios...

Bragahá 8 horas

Mulher de 65 anos detida por posse de malas contrafeitas em Braga

A GNR de Braga, através do Posto Territorial de Prado, no dia 30 de novembro, identificou uma mulher de 65...

Famalicãohá 8 horas

Engenho aprova Plano de Atividades e Orçamento para 2022

Os associados da Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este – Engenho aprovaram, por unanimidade, o Plano de Atividades...

Famalicãohá 8 horas

Eleições no PSD: Fernando Costa apresenta lista aos militantes

A candidatura de Fernando Costa à presidência da Comissão Política do PSD de Famalicão reuniu no final da tarde desta...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão já tem Balcão Único do Prédio para registo de propriedades

Abriu, na passada segunda-feira, em Famalicão, o Balcão Único do Prédio (BUPi) que permite aos proprietários registarem e identificaram os...

Paíshá 9 horas

Covid-19: Mais 13 mortos e 2898 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 13 óbitos provocados pela pandemia e 2898 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 10 horas

É oficial. Salário mínimo sobe para os 705 euros em 2022

O Governo aprovou hoje a subida do salário mínimo para 705 euros a partir de 01 de janeiro, bem como...

Paíshá 11 horas

Tony abraça Ivo Lucas. Família Carreira em lágrimas. Emoções à flor da pele na gala Sara Carreira

O Centro Cultural de Belém recebeu, esta quarta-feira a “Gala dos Sonhos”, homenageando a recentemente falecida Sara Carreira, e promovendo...

Paíshá 11 horas

Jovem portuguesa de 19 anos é a 3.ª vítima mortal de violento acidente no Luxemburgo

Uma jovem portuguesa de 19 anos, natural de Seia, não resistiu aos ferimentos provocados por um violento acidente no Luxemburgo,...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Proprietária de café detida por posse de máquina de jogo ilegal

Ontem, pelas 22H45, na cidade de Vila Nova de Famalicão, os Polícias ao efetuarem uma fiscalização a um estabelecimento de...

Paíshá 12 horas

Familiares procuram jovem português de 17 anos desparecido esta terça-feira no Luxemburgo

Familiares e amigos procuram Bryan Duarte dos Santos, um jovem português, de 17 anos, residente no Luxemburgo, visto pela última...

Bragahá 13 horas

Cristiano Ronaldo oferece recheio de anexos demolidos no Gerês aos mais necessitados

O craque português Cristiano Ronaldo já começou a demolir o anexo e campo de ténis construído ilegalmente, na sua mansão,...

Paíshá 13 horas

Violento acidente deixa habitação quase destruída em Penafiel

Um acidente envolvendo duas viaturas acabou quando uma destas colidiu frontalmente contra uma habitação antiga, rachando as paredes da estrutura...

Economiahá 14 horas

Preço da Via Verde sobe para mais do dobro em 2022

O preço da Via-Verde vai sofrer um aumento de mais do dobro do seu valor, a partir de março de...

Paíshá 14 horas

ESCLARECIMENTO: Clientes de bares e discotecas não têm de usar máscara no interior

O acesso a bares e discotecas não implica o uso de máscaras facial pelos clientes, segundo a orientação atualizada pela...

Paíshá 14 horas

Covid-19: Câmara Municipal do Porto já cancelou todos os festejos para o Ano Novo

O presidente da Câmara Municipal do Porto confirmou esta quarta-feira terem sido cancelados “todos os festejos de rua, inclusivamente o...

Arquivo

FAMA NAS REDES