Siga-nos nas redes

País

Mais de 2.500 médicos já foram vacinados contra a covid-19

Publicado

em

Mais de 1.500 médicos foram vacinados até terça-feira e cerca de 134 viram a sua vacinação adiada por já terem tido covid-19, uma situação que a Ordem dos Médicos (OM) pretende alterar, anunciou hoje o bastonário Miguel Guimarães.

Miguel Guimarães fez hoje um balanço da iniciativa coordenada pela Ordem dos Médicos para vacinar todos os médicos que ainda não tinham tido acesso à vacina, cuja primeira fase já se encontra concluída no Porto e no Algarve, estando agora a decorrer em Lisboa e no próximo fim-de-semana será a vez de Coimbra.

Segundo os dados avançados em conferência de imprensa na sede Ordem dos Médicos, em Lisboa, foram vacinados até terça-feira 1.578 médicos.

Sobre os que ficaram por vacinar por já terem tido covid-19, o bastonário afirmou que se trata de “um grupo prioritário” e que tendo tido a doença covid-19 há algum tempo deveriam também ser vacinados.

“Estamos a trabalhar esta situação com o Ministério da Saúde, no entanto, cumprimos as regras e, portanto, temos cerca de 134 médicos que foram adiados por terem tido a doença covid-19”, salientou.

Presente na conferência de imprensa, o pneumologista Filipe Froes avançou que a OM e o Gabinete de Crise da Ordem dos Médicos estiveram reunidos na terça-feira com a Comissão Técnica de Vacinação da Direção-Geral da Saúde para discutir a vacinação das pessoas com infeção prévia, “até porque já há vários países que incluíram essas pessoas nos seus esquemas de vacinação”.

“Foi uma reunião muito produtiva e muito frutífera”, com base “numa ampla discussão científica” em que “não há qualquer dúvida da necessidade de vacinar as pessoas com infeção prévia, a questão está na escolha e na determinação da melhor altura para as vacinar, de maneira a garantir a eficácia maior da vacinação, e nalgumas dúvidas que há relativamente ao esquema de uma ou duas doses”, disse o coordenador do gabinete de crise da OM.

Neste momento, adiantou, parece consensual que alguns países optaram por duas doses e há outros países que optaram por uma dose reservando a possibilidade de dar duas doses aos indivíduos imunodeprimidos.

“Outro aspeto que ficou determinado é que não há necessidade, à semelhança do que foi dito pelos outros países, de realizar estudos serológicos previamente para determinar o grau de proteção”, disse Filipe Froes, adiantando que estão a aguardar o parecer definitivo da DGS que espera ser no sentido de “alargar a proteção de todos os portugueses e não esquecendo aqueles que já tiveram a infeção anteriormente e que estão neste momento em risco de infeção e em risco de gerar uma cadeia de transmissão”.

Miguel Guimarães destacou, por seu turno, o trabalho realizado pelo coordenador da ‘Task Force’, o vice-almirante Gouveia e Melo, afirmando que tem “sido um líder nesta matéria no plano de vacinação que, aliás, se nota nos indicadores” que vão tendo conhecimento.

“O número de pessoas com 80 anos ou mais que foram vacinados está a crescer, e este é um sinal muito positivo”, bem como o número de profissionais de saúde vacinados.

Para Miguel Guimarães, “essa liderança forte que o vice-almirante trouxe ao plano de vacinação é um sinal muito positivo no combate” que o país tem pela frente de tentar garantir que cerca de 70% da população portuguesa esteja vacinada até ao verão, o que considerou “um objetivo possível” se houver uma intervenção no plano de vacinação.

A OM sempre defendeu que os grupos prioritários devem ser os profissionais de saúde, as pessoas com mais de 80 anos, porque têm uma taxa de mortalidade “extraordinariamente elevada” que no caso de Portugal é cerca de 14%, enquanto nas pessoas na faixa etária dos 50/60 anos, independentemente das doenças, essa taxa é de 0,3%, salientou.

“Na altura definimos também como prioritários os lares. Eram estas as três prioridades, a partir daí se nós queremos cumprir o plano rapidamente, ter a eficácia que queremos para o país e para a proteção de todos os portugueses nós vamos ter que começar a vacinar por idades”, defendeu.

No seu entender, é um processo “mais prático, tem menos complicações é mais percetível por todas as pessoas” e consegue “correr mais rápido, com menos riscos, com menos desperdícios e de forma mais fluida e nós conseguimos se calhar antecipar num mês a vacinação de todas as pessoas”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 27 minutos

António Guterres inclui juiz Ivo Rosa em bolsa de magistrados da ONU

António Guterres, secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), convidou o juiz Ivo Rosa a incluir-se numa bolsa de magistrados...

Paíshá 53 minutos

Cartão do Cidadão passa a ser recebido em casa definitivamente

A secretária de Estado da Justiça, afirmou que o cartão de cidadão vai passar a ser sempre entregue em casa...

Paíshá 1 hora

GNR recebe candidatos para Curso de Formação de Guardas

A Guarda Nacional Republicana encontra-se em processo de concurso para constituição da sua reserva de recrutamento. O concurso que dará...

Economiahá 2 horas

Primeiros reembolsos de IRS deverão ser recebidos já a meio desta semana

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) já começou a processar os primeiros reembolsos do IRS e o valor deverá chegar...

Paíshá 2 horas

Covid-19: Menores de 60 anos com 1.ª dose de AstraZeneca podem tomar 2.ª dose de outra marca

 A Direção-Geral da Saúde (DGS) admite que as pessoas, abaixo dos 60 anos, que receberam a primeira dose da vacina...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Céu nublado, máximas de 22.º graus e possibilidade de geada esta noite

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para a região Norte, a formação de gelo e geada esta...

Desportohá 3 horas

Famalicão: Jovem do GD Natação foi o Melhor Nadador Masculino no Meeting de Felgueiras

O jovem atleta do Grupo Desportivo de Natação de Famalicão, Afonso Silva, foi o nadador mais premiado no Metting de...

Desportohá 15 horas

FC Famalicão “empata” Sporting na corrida pelo 1.º lugar

 O Sporting voltou a ceder terreno na I Liga portuguesa de futebol pelo segundo jogo consecutivo, ao empatar hoje 1-1...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Incêndio urbano mobiliza bombeiros para Calendário

Um incêndio urbano deflagrou num pavilhão, ao início da noite deste domingo, em Calendário, na Rua António Santos Oliveira. Para...

Guimarãeshá 21 horas

GNR detém dois homens por furto de veículos em Guimarães

O Comando Territorial de Braga da GNR anunciou, este domingo, a detenção de dois homens por furto de veículos e...

Famalicãohá 22 horas

Diretor da Cior empossado vice-presidente da Associação das Escolas Profissionais

Decorreu na passada sexta-feira a tomada de posse dos órgãos sociais da Associação Nacional das Escolas Profissionais (ANESPO), onde o...

Paíshá 23 horas

Covid 19: Portugal regista mais seis mortes e 566 novos casos este domingo

Confirma-se, agora, um total de 16.916 mortes e de 827.494 pessoas infetadas desde o início da pandemia. Segundo o boletim...

Famalicãohá 1 dia

PAN lança manifesto pelo fim de uso de herbicidas em Famalicão

A Comissão Política Concelhia do PAN Famalicão lançou um manifesto pelo fim do uso de herbicidas para controlo de ervas...

Famalicãohá 1 dia

Câmara de Famalicão financia obras na Igreja de Arnoso Santa Eulália

A Câmara Municipal de Famalicão aprovou a atribuição de um apoio financeiro, de 15 mil euros, à Fábrica da Igreja...

Paíshá 1 dia

Menos acidentes e mortes nas estradas em 2020 e no início de 2021

A PSP divulgou, este domingo, o balanço da sinistralidade rodoviária de 2020 e do primeiro trimestre de 2021. O ano...

Paíshá 1 dia

Mais de metade dos portugueses não vai fazer férias no verão

Cerca de 52% dos portugueses não tencionam fazer férias neste verão. Doss restantes 48% que o tencionam fazer, a maioria...

Desportohá 1 dia

Ribeirão FC vota constituição de SAD no próximo dia 17

O Ribeirão Futebol Clube (FC) marcou para o próximo dia 17 de abril uma assembleia geral extraordinária para deliberar e...

Paíshá 1 dia

Empresas de distribuição defendem venda dos autotestes nos super e hipermercados

O diretor-geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) defendeu, em entrevista à Lusa, a venda dos autotestes covid-19...

Desportohá 2 dias

Famalicão: Jovem atleta de Joane apura-se para os Campeonatos da Europa de Juvenis

O atleta de Joane, Francisco Silva alcançou os mínimos para o apuramento para os Campeonatos da Europa de Juvenis, que...

Paíshá 2 dias

Covid-19: Portugal poderá atingir 120 novas infeções diárias durante os próximos dois meses

Portugal poderá acumular 120 novos casos de covid-19 por cada 100.000 habitantes nos próximos dois meses, de acordo com a...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191