Siga-nos nas redes

País

Sindicato alerta para redução da qualidade dos serviços de obstetrícia devido à exaustão dos médicos

Publicado

em

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) garantiu hoje que os constrangimentos nas urgências de obstetrícia e nos blocos de partos verificam-se em vários hospitais do país, alertando que a situação “irá piorar” nos próximos meses.

“O SIM desde há mais de um ano que tem vindo a alertar para a gravíssima situação que se vive nos serviços de obstetrícia na área metropolitana de Lisboa, bem como em outros pontos do país”, adiantou à Lusa o secretário-geral do sindicato.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



Em vários hospitais do país registam-se “carências de escalas há muitos meses” na área da obstetrícia e da ginecologia, salientou Jorge Roque da Cunha, ao apontar os exemplos da área metropolitana de Lisboa, do Algarve e de Leiria.

“Este fim de semana no Algarve, na véspera de sábado, foram dois médicos deslocados de Portimão para garantir a urgência em Faro” e hoje o SIM recebeu uma “carta de colegas de Leiria, em que manifestam mais uma vez essa insuficiência” de médicos para assegurar as escalas completas, avançou o dirigente sindical.

Segundo Roque da Cunha, essa situação deve-se à “exaustão” dos médicos especialistas dos hospitais públicos, que em 2022 realizaram “cerca de 10 milhões de horas extraordinárias”.

“Em relação ao Hospital de Santa Maria e a muitos desses locais, a situação irá piorar” nos próximos meses, depois de muitos dos especialistas terem efetuado “300 ou 400 horas extra” cada um durante vários anos, alertou.

“Estamos a assistir este ano a uma atitude perfeitamente correta e justificável de médicos que não fazem mais do que as 150 horas [anuais] que são obrigatórias, daí que o Hospital de Santa Maria recorra aos privados” para os partos de baixo risco, referiu Roque da Cunha.

De acordo com o sindicalista, isto está a acontecer porque o Ministério da Saúde “não investe no reforço de médicos no Serviço Nacional de Saúde”.

“A questão de fundo tem a ver com essa incapacidade do Governo que não se irá resolver com propostas de aumentos salariais que nos foram apresentadas de cerca de 1,7% para os vários regimes de trabalho”, lamentou Roque da Cunha.

As grávidas de baixo risco referenciadas para o Hospital de Santa Maria estão a ser reencaminhadas para hospitais privados de Lisboa devido a “constrangimentos na escala clínica” da sala de partos, anunciou no domingo o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte (CHULN).

O centro explicou que esta decisão surge na sequência da “indisponibilidade de prestação de trabalho extraordinário acima das 150 horas anuais assumida por médicos do departamento e da [recente] demissão de chefes de equipa da Urgência de Obstetrícia e Ginecologia”.

De acordo com o CHULN, as equipas do Hospital de Santa Maria continuarão a assegurar os partos de alto risco, mas “por uma questão de previsibilidade para as famílias acompanhadas no CHULN, foi acionado o mecanismo extraordinário de colaboração com instituições privadas, previsto no plano sazonal de verão ‘Nascer em segurança no SNS’”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

OUVIR EMISSÃO RÁDIO

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Alunos da EB de Delães ficam a conhecer história local no Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave

Acompanhados pelo professor Rafael Matos, 23 alunos do 3º ano da EB de Delães visitaram os corredores do Museu da...

Famalicãohá 3 horas

Academia F.C. do Famalicão recebe “colheita de sangue” esta sexta-feira

A Academia F.C. do Famalicão recebe, esta sexta-feira, uma colheita de sangue, promovida pela Associação de Dadores de Famalicão e...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: “Co-Drive Solidário” junta pilotos e jovens da ACIP para umas “voltas” de adrenalina este sábado em Mogege

Um coletivo de quatro pilotos do concelho de Famalicão e arredores, leva a cabo este sábado 09 de dezembro um...

Famalicãohá 5 horas

Famalicão: Temperaturas descem até aos 4.º graus esta noite. Terça-feira será de pouca chuva com “máximas” de apenas 10.º graus

Famalicão espera, esta terça-feira, por mais um dia nublado, embora com previsões de chuva abaixo dos 30%. Apesar disto, as...

Famalicãohá 6 horas

Festival de cinema premiou jovens cineastas

No passado fim de semana realizou-se a sessão de encerramento do festival de cinema jovem Ymotion. Numa noite em que...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Associação de Pais de Antas servem feijoada em “take-away” na Festa de Nossa Senhora da Conceição esta sexta-feira

A Associação de Pais da Escola de Antas, do concelho de Famalicão, promove esta sexta-feira um Takeaway de Feijoada, que...

Desportohá 7 horas

Famalicão: Escola Secundária Camilo Castelo Branco recebe Torneio de Salto em Altura da Associação de Atletismo de Braga esta sexta-feira

A Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Famalicão, recebe, esta sexta-feira (08 de dezembro) o Torneio de Salto em Altura...

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Grupo Coral Juvenil de Vale S. Cosme deseja um Feliz Natal com música e vídeo alusivo à empatia e inclusão

O Grupo Coral Juvenil de Vale S. Cosme deseja um feliz Natal à sua comunidade, nesta quadra festiva, através de...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: ARC de Vale S. Cosme realiza “Caminhada e Passeio BTT Solidário” este domingo

A Associação Recreativa e Cultural de Vale S. Cosme realiza, no dia 10 de dezembro, a “Caminhada e Passeio BTT...

Desportohá 11 horas

Equipa Feminina do GD Natação Famalicão em 8º no Campeonato Nacional de Clubes – II Divisão

No Campeonato Nacional de Clubes da II Divisão, realizado no último fim de semana, a equipa feminina do GD Natação...

Arquivo

Mais Vistos