Siga-nos nas redes

Economia

Apoio a deficientes e idosos em risco devido ao aumento do custo dos combustíveis/energia

Publicado

em

Os recentes aumentos nos custos na energia e combustíveis ameaçam fazer cessar serviços de apoio a deficientes e idosos nas instituições de solidariedade social do Porto, mas também causar atrasos no pagamento de salários e até despedimentos de funcionários.

A Lusa falou com três das maiores instituições de solidariedade social da cidade para perceber os efeitos dos aumentos do preço da energia no seu quotidiano e, para além das preocupações com a eletricidade, gás, água e combustíveis, ouviu também receios relacionados com a incapacidade de recuperar, nos lares e centros de dia, o número de idosos que acompanhavam em 2019 e que morreram com a chegada da pandemia.

Teresa Guimarães, presidente da Associação Portuguesa de Pais e Amigos Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) do Porto fez os cálculos para 2022 reportando-se aos preços atualmente praticados e o valor a pagar a mais “atinge os 30 mil euros”.

Questionada sobre as consequências do aumento na despesa, Teresa Guimarães respondeu que “poderá ficar comprometido o serviço diário de transporte dos 110 pessoas do Centro de Atividade e Capacitação para a Inclusão (CACI)”.

Em 2019, continuou, a associação “consumiu 23 mil litros de combustível, numa despesa de 32 mil euros”, mas hoje, esse volume de gasóleo “multiplicado por 1,8 euros o litro dá 41,4 mil euros”, disse.

O despedimento de funcionários, frisou, “é algo que está fora de hipóteses”, pois não podem “despedir ninguém, uma vez que têm o estritamente necessário”.

“Teremos de arranjar outras formas de nos sustentarmos”, defendeu.

Na Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC) os números são igualmente grandes, tendo registado em 2021 um aumento da despesa de 24% em combustíveis e de 7% em energia, contabilizou o presidente, Abílio Cunha.

Dando apoio a “cerca de 2.600 pessoas com e sem deficiência num total de mais de 26.000 atendimentos, desde bebés (creche), crianças (jardim de infância), jovens, adultos e terceira idade”, nos seus três polos situados na Villa Urbana de Gondomar, Centro de Reabilitação do Porto e Casa da Maceda, a instituição vive o mesmo problema com o combustível e a falta de idosos para ocupar as vagas deixadas pelos que morreram desde março de 2020, disse.

”Eu não diria que vamos fechar, pois sempre procuramos dar o máximo conforto e qualidade de vida aos nossos clientes, mas não será possível continuar por muito mais tempo. Até porque as comparticipações dos clientes, por fim de vida, têm tendência a diminuir, não são só os acordos com a Segurança Social que precisam de ser revistos”, assinalou o dirigente.

A isto junta-se “o serviço de transporte de quem frequenta o CACI e o custo de cada carrinha que é 30% ou 40% mais cara devido à necessidade de fazer a adaptação para o transporte desses clientes”, continuou.

“Nunca poderemos despedir colaboradores devido ao rácio imposto pela Segurança Social, mas o futuro pode passar pelo encerramento de alguns serviços”, lamentou.

Para Luísa Neves, vice-presidente da Serviços de Assistência Organizações de Maria (SAOM), o aumento de 2.800 euros na fatura do combustível até 31 de outubro, por comparação com o mesmo período em 2019, não é o único problema para as IPSS.

“Temos um perigo maior que está diretamente ligado à pandemia relacionado com o serviço de apoio domiciliário e com o centro de dia. Durante a pandemia havia idosos, solitários, sem vaga em lares que recebiam apoio domiciliário. A covid-19 trouxe grande mortalidade aos idosos em lares e, com isso, abriram-se vagas que não foram preenchidas”, contou.

Neste cenário, revelou, “as comparticipações da Segurança Social (SS) têm vindo a diminuir, ao longo deste ano, em cerca de cinco mil euros mensais”, situação que a faz admitir que irão “pagar os salários no final do mês”, mas não sabem “como vão pagar os subsídios de Natal”.

“Tudo isto pode levar-nos, daqui a algum tempo, a rever o acordo com a SS, passando a ter menos pessoas e, assim sendo, necessidade de menos colaboradores e uma parte terá de ser mandada embora. É uma bola de neve”, lamentou Luísa Neves.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 17 horas

Mais 15 mortos e 5.286 casos de Covid-19, internamentos descem

Portugal regista esta quarta-feira mais 15 mortes e 5.286 novos casos de Covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS)....

Regiãohá 17 horas

Chuva e vento forte derruba parte da decoração natalícia em Viana

A chuva e o vento forte que se fez sentir ontem ao final da tarde e noite derrubou uma estrutura...

Paíshá 17 horas

Vacinação Covid em crianças. “Provavelmente vamos começar com os 11 anos”, diz António Costa

O primeiro-ministro anunciou, nesta quarta-feira, que a vacinação de crianças deverá arrancar na faixa etária dos 11 anos. “Provavelmente, vamos...

Paíshá 18 horas

Chuva e vento forte derruba parte da decoração natalícia em Viana

A chuva e o vento forte que se fez sentir ontem ao final da tarde e noite derrubou uma estrutura...

Paíshá 20 horas

Portugal: Idade da reforma deve chegar aos 68 anos até 2050

A idade da reforma em Portugal deverá aumentar em cerca de dois anos até 2050, atingindo nessa altura 68,4 anos,...

Famalicãohá 20 horas

Famalicão: Escola Camilo celebra Natal com decoração em crochê

Todos foram convidados a participar. Este ano a decoração de Natal na Escola Secundária Camilo Castelo Branco, no centro da...

Paíshá 22 horas

Estradas na Serra da Estrela cortadas devido à queda de neve

As estradas dos Piornos até à Torre e da Torre até ao cruzamento de Loriga, na serra da Estrela, estão...

Famalicãohá 22 horas

Vacinação de crianças deverá arrancar já na próxima semana

Na próxima sexta-feira a Direção Geral da Saúde (DGS) vai anunciar o calendário de vacinação contra covid-19 de crianças dos...

Mundohá 23 horas

“Não há razão para duvidar.” Vacinas são eficazes contra Ómicron, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou esta terça-feira que as vacinas são eficazes contra a nova variante Ómicron da...

Mundohá 23 horas

Tempo, pandemia e TikTok. Os temas mais pesquisados no Google em Portugal em 2021

Com o ano a terminar, o tempo é de balanços. Apesar de a pandemia ainda ter feito parte do dia...

Famalicãohá 1 dia

5G chega a Famalicão: já se fazem os primeiros testes de velocidade na rede móvel

Se já possui um dispositivo que suporta a recepção da rede 5G por certo já se deu conta que em...

Paíshá 2 dias

A lei não “apanhou” Rendeiro ou Salgado mas “apanhou” 3 jovens a roubar pinhas -redes sociais

A GNR informou recentemente a população sobre a proibição da apanha de Pinhas, mesmo que caídas no chão, até ao...

Desportohá 2 dias

Famalicão: Kickboxer Sofia Oliveira vence o ‘WAKO K1’ World Grand Prix

A kickboxer famalicense Sofia Oliveira marcou presença no WAKO K1 WORLD GRAND PRIX que se realizou em Praga, República Checa,...

Famalicãohá 2 dias

Famalicão: Duas pessoas feridas após colisão na A3 na freguesia de Cruz

Duas pessoas ficaram feridas, durante a tarde desta terça-feira, após uma colisão rodoviária na A3, junto ao nó da freguesia...

Paíshá 2 dias

Militares da GNR atingem e matam homem barricado. Leia aqui o comunicado oficial

A GNR de Setúbal encontrou-se hoje numa situação de tiroteio, com um suspeito de 62 anos, que se havia barricado...

Famalicãohá 2 dias

Impasse resolvido: Delães já tem novo executivo autárquico

Está empossado o novo executivo da Junta de Freguesia de Delães, depois do impasse verificado em outubro aquando da sessão...

Paíshá 2 dias

Covid-19: DGS recomenda vacinação de crianças entre os 5 e os 11 anos

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomendou hoje a vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos, com prioridade...

Famalicãohá 2 dias

Covid-19: Mais 21 mortos e 3417 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 21 óbitos provocados pela pandemia e 3417 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Famalicãohá 2 dias

Famalicão: Mais uma descarga poluente no rio captada em Mogege e Pousada de Saramagos

Um vídeo, captado por um leitor da Fama TV, durante a manhã desta terça-feira mostra, uma descarga poluente no Rio...

Guimarãeshá 2 dias

Jovem de 19 anos gravemente ferida após colisão com poste e queda de 3 metros em Guimarães

Uma jovem e 19 anos ficou gravemente ferida, durante a manhã desta terça-feira, após um violento despiste, ao volante de...

Arquivo

FAMA NAS REDES