Siga-nos nas redes

Economia

Empresas têm de certificar suspensão dos 1.º e 2.º pagamentos por conta até dia 15

Publicado

em

Já está disponível no portal das Finanças, a aplicação informática para a emissão da certificação da limitação dos primeiro e segundo pagamento por conta do IRC relativos a 2020 podendo esta ser efetuada até ao dia 15 de dezembro.

Numa informação publicada no seu portal, a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) refere que a emissão daquela certificação, por parte de contabilista certificado “deve ser efetuada até à data de vencimento do 3.º pagamento por conta do período de 2020 (15 de dezembro, para os contribuintes com período de tributação coincidente com o ano civil)”.

Em causa está a certificação das condições que permitiram às empresas suspender parcial ou totalmente os primeiro e segundo pagamentos por conta, uma das medidas de mitigação do impacto da pandemia de covid-19 aplicada em 2020.

Habitualmente as empresas fazem três pagamentos por conta do IRC (até 31 de julho, até 30 de setembro e até 15 de dezembro), ou seja, procedem a um adiamento do imposto, sendo este calculado com base no IRC do período de tributação anterior.

O Código do IRC obriga a que o primeiro e o segundo pagamento sejam sempre realizados, permitindo que, em determinadas condições, o terceiro possa ser suspenso.

Este ano, porém, o impacto da pandemia na atividade e faturação das empresas levou à criação de um regime excecional que altera estas regras, permitindo que às cooperativas, micro, pequenas e médias empresas suspender totalmente os dois primeiros pagamentos.

Abrangidas por esta suspensão total ficaram ainda as empresas dos setores mais afetados pela pandemia (restauração, alojamento e similares) e todas as que registaram quebras de faturação superiores a 40% nos primeiros seis meses deste ano face ao período homólogo de 2019.

Já às empresas com quebras de faturação homólogas superiores a 20%, mas inferiores a 40% foi-lhes permitido pagar 50% dos primeiro e segundo pagamentos por conta do IRC.

Na informação agora publicada é acentuado que, “caso o sujeito passivo verifique, com base na informação de que dispõe, que, em consequência da redução total ou parcial do primeiro e segundo pagamentos por conta, pode vir a deixar de ser paga uma importância superior” a 20% da que, em condições normais, teria sido entregue, este regime excecional permite “a possibilidade de regularização do montante em falta até ao último dia do prazo para o terceiro pagamento, sem quaisquer ónus ou encargos”.

Para tal é, no entanto, necessário que o contabilista certifique que a empresa cumpre os requisitos para ter beneficiado da suspensão total ou parcial dos dois primeiros pagamentos e para efetuar o que for necessário neste terceiro, sem quaisquer ónus ou encargos.

Para apoiar os contabilistas sobre o impacto prático deste regime excecional dos pagamentos por conta do IRC em 2020, a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) preparou um simulador e simulou casos práticos sobre o que fazer neste terceiro pagamento que ilustram os três cenários possíveis para cada empresa: suspensão total dos dois primeiros pagamentos por conta; pagamento a 50% ou pagamento na totalidade.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 3 minutos

Trabalhadores da CP em greve por aumentos salariais e melhores condições de trabalho

Os trabalhadores da CP – Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) marcaram hoje uma greve de 24...

Famalicãohá 10 minutos

Turma da Escola Camilo Castelo Branco vence no desafio nacional de “Seguros e Cidadania”

No âmbito do projeto “No Poupar Está o Ganho”, uma turma do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco participou no desafio “Seguros e...

Desportohá 3 horas

Claque do FC Famalicão organiza receção ao autocarro da equipa antes do jogo com o Santa Clara

A claque do FC Famalicão “Fama Boys” organiza, através das redes sociais uma receção de apoio ao clube, no dia...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Descida abrupta das temperaturas a partir deste domingo

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, para todo o distrito de Braga, um descida abrupta das...

Desportohá 4 horas

FC Famalicão: Ivo Vieira reforça que “é determinante ganharmos o jogo”

O treinador do Famalicão, Ivo Vieira, admitiu hoje que é “determinante ganhar” o jogo com o Santa Clara, da 31.ª...

Paíshá 4 horas

Cerca de 1.300 enfermeiros abandonaram Portugal durante a pandemia

O Sindicato Independente de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU) alertou hoje para a falta de valorização da classe por parte...

Paíshá 5 horas

Covid-19: Mais 5 mortos e 373 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 5 óbitos provocados pela pandemia e 373 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Famalicãohá 6 horas

Escola Básica de Bairro promove criatividade com construção de marionetas que contam histórias

A Escola Básica de Bairro leva a cabo um projeto de criação artística, com os alunos do 1.º e 2.º...

Paíshá 6 horas

Governo cria tarifa social para acesso à Internet de pessoas com baixos rendimentos ou necessidade sociais especiais

O Governo anunciou, esta quinta-feira, a aprovação de uma tarifa social de acesso à internet, dirigido aos consumidores com baixos...

Regiãohá 6 horas

GNR apreende 12 armas em processo de violência doméstica na Trofa

Elementos da GNR apreenderam 12 armas referentes a um processo de violência doméstica, no concelho da Trofa, distrito do Porto,...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Festas Antoninas realizam-se apenas se o cenário pandémico não se agravar

Debatendo-se a realização das Festas Antoninas em Vila Nova de Famalicão no corrente ano, a autarquia foi questionada sobre os...

Barceloshá 8 horas

Um morto após colisão entre camião e motorizada, esta manhã, em Barcelos

Um homem morreu, na manhã desta quinta-feira, depois colidir de mota contra um veículo pesado de transporte de mercadorias, em...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão recebe festa Medieval Ibérica e Viking, no Parque da Devesa em junho

Realiza-se no Parque da Devesa, entre 18 e 20 de junho a Mostra Medieval Ibérica e Viking, uma experiência que...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: CESPU em 1.º lugar no ranking de escolas do ensino privado

A Cespu – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, detentora da Escola Superior de Saúde do Vale do Ave, em Famalicão,...

Regiãohá 9 horas

Acusado de atear fogos no distrito do Porto ilibado no caso do canil de Santo Tirso

 O tribunal de São João Novo, no Porto, condenou hoje a seis anos de prisão um homem que ateou quatro...

Desportohá 9 horas

FPF antecipa final da Taça de Portugal para um sábado às 20:30

 A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje que a final da edição 2020/21 da Taça de Portugal, marcada para...

Economiahá 22 horas

Conheça a lista das 20 melhores empresas para se trabalhar em Portugal

A lista Randstad Employer Brand Research (REBR) 2021, que efetua um estudo sobre vários parâmetros das marcas revelou quais são...

Paíshá 23 horas

Marcelo reforça “heroísmo” dos setores da Ciência e Ensino em tempos de crise pandémica

 O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,considerou hoje que os “anos heroicos” de combate à pandemia de covid-19 permitiram...

Bragahá 1 dia

Casal de Braga julgado por “inventar” 4 filhos para receber apoios da segurança social

 O Tribunal de Braga começa na segunda-feira a julgar um casal acusado de “inventar” quatro filhos, levando a Segurança Social...

Economiahá 1 dia

“Obsceno”, “imoral” e “inaceitável: Partidos criticam atribuição de prémios a administradores do Novo Banco

O PS, PCP, PAN e CDS-PP já consideraram hoje inaceitável a decisão do Novo Banco de atribuir prémios aos administradores...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191