Siga-nos nas redes

Economia

MEO multada em 84 milhões por combinar preços com a operadora NOWO

Publicado

em

 A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas.

“A Autoridade da Concorrência (AdC) impôs à MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A. (MEO) uma coima de oitenta e quatro milhões de euros por combinar preços e repartir mercados com a NOWO – Communications, S.A. (NOWO) nos serviços de comunicações móveis e fixas”, anunciou hoje a Concorrência.

Segundo o comunicado, o “cartel celebrado” levou ao aumento de preços, bem como à redução da qualidade dos serviços e a restrições na disponibilização dos mesmos, penalizando os consumidores em todo o território.

Este acordo vigorou, pelo menos, entre janeiro e novembro de 2018, quando a AdC realizou diligências de busca e apreensão nas duas empresas.

Em janeiro de 2016, a MEO e a NOWO celebraram um contrato de MVNO (operadores móveis virtuais), através do qual a segunda empresa ficou habilitada a prestar serviços de comunicações móveis em Portugal.

Os operadores MVN não investem em infraestruturas como torres ou antenas, “alugando o direito” de utilizar uma parte da infraestrutura de uma operadora de telecomunicações.

A AdC explicou que, após celebrarem o contrato, as duas empresas firmaram um acordo anticoncorrencial, através do qual a NOWO “se comprometeu a não lançar serviços móveis fora das áreas geográficas onde disponibilizava serviços fixos”.

Desta forma, a empresa não concorria com a MEO em Lisboa e no Porto.

A NOWO concordou ainda não disponibilizar ofertas móveis de cinco euros ou menos e implementar aumentos de preços e reduzir a qualidade nas ofertas em pacote de serviços fixos e móveis.

Por sua vez, a MEO “comprometeu-se, no essencial”, a melhorar as condições do contrato MVNO celebrado com a NOWO, nomeadamente, no que concerne aos preços, utilização das infraestruturas e à resolução de problemas operacionais no âmbito desse contrato.

Em 20 de dezembro de 2019, a Concorrência tinha adotado uma nota de licitude contra as duas empresas.

A par da coima, a autoridade aplicou também à MEO a sanção acessória “de publicar um extrato de decisão final tomada pela AdC na II série do Diário da República e em jornal nacional de expansão nacional”.

De acordo com a Concorrência, o processo teve origem num pedido de clemência da NOWO, que ficou assim dispensada do pagamento de uma multa.

O programa de clemência tem um regime especial que prevê a dispensa ou redução de coimas em processos de cartel, sendo que a primeira empresa a denunciar um cartel em que participe pode beneficiar da dispensa e as seguintes de uma redução da coima.

A entidade liderada por Margarida Matos Rosa sublinhou que a lei da concorrência proíbe “expressamente” acordos que restrinjam a concorrência, “no todo ou em parte do mercado nacional”, vincando que o combate aos cartéis é uma das prioridades da AdC.

“A violação das regras de concorrência não só reduz o bem-estar dos consumidores, como prejudica a competitividade das empresas, penalizando a economia como um todo”, concluiu.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 7 horas

Covid-19: Líderes europeus chegaram a acordo para “oficialização” os testes rápidos

O primeiro-ministro salientou hoje que os líderes europeus chegaram a um acordo para o reconhecimento mútuo dos testes rápidos da...

Paíshá 7 horas

Covid-19: Voos entre Portugal e Reino Unido interrompidos até nova avaliação

Salvo por exceção de natureza humanitária, o primeiro-ministro anunciou hoje que, a partir de sábado, haverá uma interrupção total de...

Paíshá 8 horas

Todas as aulas suspensas: Mesmo que à distância ou do ensino particular

Anunciando um reajustamento ao calendário escolar, retirando dias às pausas letivas e acrescentando uma semana ao ano letivo, o ministro...

Famalicãohá 9 horas

Vídeo: O que acham os alunos de Famalicão sobre o encerramento das escolas?

A Fama TV esteve na tarde desta quinta-feira, último dia de aulas, junto às escolas do centro de Famalicão onde...

Economiahá 10 horas

Conselho de Ministros aprova subida de 20 euros nos salários da função pública

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que atualiza a base remuneratória da administração pública em 20 euros,...

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Funerais da arquidiocese de Braga vão continuar a incluir missas

O arcebispo de Braga, Jorge Ortiga, anunciou hoje que os funerais na arquidiocese vão continuar a incluir missas, “a não...

Paíshá 10 horas

Vídeo: Manifestantes arremessam pedras a André Ventura

O candidato presidencial do Chega foi hoje apedrejado a saída de um comício no Cinema Charlot, em Setúbal, por algumas...

Famalicãohá 11 horas

Câmara de Famalicão assegura refeições dos alunos até ao fim do encerramento das escolas

A Câmara Municipal de Famalicão irá assegurar as refeições escolares para os estudantes no concelho depois do anúncio que confirma...

Paíshá 11 horas

Ana Gomes e Marisa Matias condenam atos violentos contra André Ventura

Considerando que “não se derrota o ódio com violência”, a candidata presidencial apoiada pelo BE, Marisa Matias, expressou hoje a...

Paíshá 12 horas

Bastonário revela que morreram dois médicos com covid-19 nos últimos dois dias

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) Miguel Guimarães revelou hoje, durante uma audição no parlamento, que dois médicos morreram...

Desportohá 12 horas

Diogo Figueiras alinha pelo FC Famalicão até 2022

O FC Famalicão anunciou esta quinta-feira a contratação de Diogo Figueiras até 2022. O defesa, de 29 anos, rescindiu com...

Paíshá 12 horas

André Ventura foi apedrejado após comício do Chega

André ventura, o candidato presidencial do Chega foi hoje apedrejado a saída de um comício no Cinema Charlot em Setúbal...

Paíshá 13 horas

DGS alerta para número de infeções falso partilhado na internet

Alertando para a desinformação que circula das redes sociais sobre a evolução da pandemia em Portugal, a Direção-Geral da Saúde...

Paíshá 15 horas

Investigadores portugueses ajustam tratamentos ao ADN de cada doente

Evitando efeitos adversos que podem implicar despesas com internamento e, no limite, levar à morte, investigadores portugueses desenvolveram um teste...

Paíshá 15 horas

Covid-19: Mais 221 mortos e 13.544 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 221 óbitos provocados pela pandemia e 13.544 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Famalicãohá 15 horas

Faleceu o ex-presidente da Assembleia de Freguesia de Gavião Manuel Ribeiro

Faleceu o ex-presidente da Assembleia de Freguesia de Gavião, Manuel Gomes da Costa Ribeiro, aos 72 anos. As cerimónias fúnebres...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Café que vende bebidas ao balcão é exposto pela CMTV

A CMTV apresentou esta quinta-feira uma reportagem onde mostra um café situado em Famalicão a servir os clientes ao balcão,...

Paíshá 16 horas

Conheça todas as regras para poder votar em segurança no próximo domingo

A Comissão Nacional de Eleições lançou uma campanha de prevenção para as Eleições Presidenciais deste ano sob a forma de...

Economiahá 17 horas

Preço dos combustíveis aumentou 3,6% em dezembro face ao mês anterior

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) informou hoje que os preços médios do gasóleo e da gasolina simples 95...

Paíshá 17 horas

PSP pondera chamar polícias aposentados para fiscalização do estado de emergência

Ponderando chamar ao serviço os polícias em pré-aposentação, a PSP decidiu dar prioridade absoluta à ação fiscalizadora das medidas do...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos