Siga-nos nas redes

País

Ministra da Justiça: Portugal ainda desconhece Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia

Publicado

em

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, afirmou hoje que subsiste em Portugal um “relativo desconhecimento sobre a relevância e aplicabilidade” da Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia (UE), que cumpre hoje o seu 20.º aniversário.

Francisca Van Dunem falava no âmbito de uma conferência, organizada pela Comissão Europeia e pela Agência dos Diretos Fundamentais da União Europeia (FRA), de celebração do 20.º aniversário da Carta, assinada a 07 de dezembro de 2000.

“Subsiste um relativo desconhecimento sobre a relevância e a aplicabilidade da Carta [dos Direitos Fundamentais da UE], que também se estende à generalidade dos cidadãos portugueses”, sublinhou a ministra da Justiça.

Frisando que “Portugal reconhece que há um caminho a fazer” e que se “compromete a trabalhar para garantir o enraizamento da Carta na cultura cívica portuguesa”, Van Dunem justificou o desconhecimento por considerar que “o respeito pelos direitos previstos na Carta está, no essencial, assegurado” pela Constituição da República Portuguesa.

“Uma explicação possível para esta realidade tem a ver com o facto de a Constituição da República Portuguesa – que é de 1976 e quebra com um regime autoritário –, embora seja muito anterior à Carta, consagra um catálogo muito extenso e abrangente dos direitos fundamentais que praticamente replica o conjunto dos direitos previstos na Carta”, frisou Van Dunem.

A ministra da Justiça referiu ainda que, ainda que o grau de implementação da Carta se mantenha “aquém do seu potencial”, recentemente surgiram indicações de que “esta realidade está a progressivamente a mudar” em Portugal.

Nesse âmbito, Francisca Van Dunem adiantou que a implementação da nova Estratégia para reforçar a aplicação da Carta – apresentada pela Comissão Europeia na semana passada, e que prevê que a Carta seja “aplicada em todo o seu potencial” na UE – será um “tema prioritário” da presidência portuguesa do Conselho da UE, que começa a 01 de janeiro.

“A nossa ambição, logo desde o início, é a implementação da nova estratégia, seguindo o seu seguimento como um tema prioritário. Tendo em conta o papel fundamental dos Estados nesta matéria, e respondendo ao convite da Comissão nesse sentido, é nossa intenção conseguir adotar as conclusões do Conselho que abranjam as várias dimensões de aplicação da Carta nos Estados-membros que estão inscritas na estratégia”, frisou Van Dunem.

A ministra da Justiça falava junto da comissária com a pasta dos Valores e Transparência, Vera Jourova, que sublinhou que a nova estratégia da Comissão prevê que os cidadãos “tenham conhecimento dos seus direitos” e que saibam “a quem é que podem recorrer quando os seus direitos são violados”.

“Queremos focar-nos no fortalecimento da implementação da Carta nos nossos Estados-membros, queremos dar apoio àqueles que implementam a Carta para que ela se torne uma realidade para as pessoas”, salientou Jourova.

Já Koen Lenaerts, presidente do Tribunal de Justiça da UE, realçou que, desde a implementação da Carta, houve uma “maior visibilidade” na UE sobre a questão dos direitos fundamentais, tendo 15% dos processos registados pelo Tribunal sido diretamente relacionados com a “interpretação da Carta”.

A conferência “Reforçar a Carta da UE” onde participava a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, foi organizada no âmbito do 20.º aniversário da Carta dos Direitos Fundamentais da UE.

O documento procurava, na altura, harmonizar o conjunto de legislações e convenções dos Estados Membros e de organizações internacionais relacionadas com os direitos humanos, numa única carta, que se tornou legalmente vinculativa em 2009.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 1 hora

Vacina portuguesa contra a Covid-19 mostrou ser promissora

Desenvolvida pela Immunethep, em Cantanhede, a vacina portuguesa contra a Covid-19 têm-se mostrado eficaz, pelo menos foi essa a conclusão...

Paíshá 2 horas

Desemprego pode chegar aos 7,3% no fim deste ano

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, anunciou hoje que taxa de desemprego deste ano fique nos 7,3%,...

Póvoa de Varzimhá 3 horas

Póvoa de Varzim: PSP detém homem que recrutava mulheres para prostituição

Após quase seis meses de investigação, a PSP conseguiu deter várias pessoas suspeitas da prática do crime de lenocínio, entre...

Paíshá 3 horas

Covid-19: Mais 501 infetados e 2 mortes

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Direção Geral de Saúde, registaram-se, nas últimas 24 horas, mais 501 infetados por...

Famalicãohá 4 horas

Fábricas da Coindu totalmente paradas desde terça-feira

A Coindu, empresa produtora de componentes para automóveis, tem atualmente as suas fábricas totalmente paradas desde a passada terça-feira devido...

Paíshá 6 horas

Governo aprova hoje novas medidas para a terceira fase do desconfinamento

As medidas da terceira fase do desconfinamento são, esta quinta-feira, aprovadas pelo Governo. Está previsto o regresso das aulas presenciais...

Regiãohá 7 horas

Homem com cerca de 70 anos encontrado baleado, já sem vida, na Estrada Nacional 13 em Vila do Conde

Um homem com cerca de 70 anos foi encontrado morto, com sinais de ter sido baleado, esta quinta-feira, em Vila...

Famalicãohá 7 horas

Continental Mabor cria novo parque industrial de mais de 42 milhões de euros com 55 postos de trabalho

O Governo declarou a utilidade pública da expropriação de terrenos para a criação do parque industrial da Continental Mabor em...

Famalicãohá 7 horas

Alerta Famalicão: Braga será hoje o distrito mais quente do país

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê que o distrito de Braga será, esta quinta-feira, o mais quente...

Paíshá 19 horas

Estado de Emergência: Marcelo admite confinamentos locais para conter a covid-19

O Presidente da República afirmou hoje esperar que o estado de emergência esteja a caminhar para o fim, sem dar...

Guimarãeshá 22 horas

Funcionários da Coelima “preocupados” com insolvência mas “empenhados e a produzir”

Os funcionários da Coelima, que hoje se apresentou à insolvência, estão “preocupados mas serenos” e vão continuar “empenhados e a...

Famalicãohá 23 horas

Atualização: Empresário de Famalicão atacado enquanto dormia por mulher que saltou muro da sua habitação

Numa informação recente feita chegar às redações, a Polícia Judiciária a firma que terão, ao que tudo indíca, sido motivos...

Póvoa de Varzimhá 24 horas

Primeiro ventilador nacional, produzido na Póvoa de Varzim começa a ser distribuído pelos hospitais nacionais

A primeira unidade de um ventilador produzido em Portugal e com certificação europeia foi hoje simbolicamente entregue a uma associação...

Paíshá 1 dia

Governo procura “justo equilíbrio” entre desconfinamento e restrições

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que o Governo vai adotar na quinta-feira “um justo equilíbrio” entre desconfinamento e...

Paíshá 1 dia

É oficial: Estado de emergência renovado até 30 de abril

O parlamento autorizou hoje uma nova renovação do estado de emergência até 30 de abril para permitir medidas de contenção...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Um ferido após colisão entre veículo pesado e ligeiro em Gavião

Uma pessoa ficou ferida ao final da manhã desta quarta-feira depois de uma colisão rodoviária envolvendo dois veículos de trasnporte...

Desportohá 1 dia

Hóquei Patins: Treinador famalicense assume-se como técnico principal do Infante Sagres

O treinador de hóquei patins famalicense Jorge Ferreira, irá passar a assumir o papel de treinador da equipa Infante Sagres,...

Paíshá 1 dia

Covid-19: Mais 8 mortos e 684 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 8 óbitos provocados pela pandemia e 684 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Mulher de 45 anos detida por suspeitas da morte de empresário têxtil em julho 2020

Uma mulher foi detida, esta quarta-feira, em Famalicão, pela Polícia Judiciária, por suspeita ter ter morto o empresário Joaquim Sousa,...

Famalicãohá 1 dia

Bombeiros Famalicenses resgatam cão caído dentro de poço com 6 metros

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses foram destacados, ao final da manhã desta quarta-feira, para uma situação de resgate animal, em Lemenhe,...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191