Siga-nos nas redes

País

Covid-19: Acesso universal à vacina é um objetivo da defesa dos direitos humanos

Publicado

em

O diretor executivo da Amnistia Internacional Portugal, Pedro Neto, disse hoje que o acesso universal à vacina contra a covid-19 vai ser o grande desafio dos direitos humanos para 2021, no mundo.

“O desafio mais importante atualmente é, sem dúvida, o acesso universal à vacina”, defendeu.

No Dia Internacional dos Direitos Humanos, que hoje se assinala, o apelo da Amnistia é para que os governos e instâncias internacionais garantam “o acesso à vacina para todos os cidadãos”, independentemente da sua condição económica e da riqueza dos países.

“Os países mais ricos serão os primeiros a vacinar a população”, constatou o responsável pela Amnistia Internacional em Portugal.

Tal como no resto do mundo, também em Portugal a pandemia de covid-19 veio “agravar a situação dos direitos humanos”, em particular na área da saúde e das condições de vida dependentes da habitação e do emprego, mas também na discriminação e na violência doméstica, frisou.

“Em Portugal e, em todo o mundo, a tendência foi de agravamento dos direitos humanos”, considerou, indicando que a pandemia “veio expor” situações que já existiam e agravar outras decorrentes da perda de emprego e de rendimentos: “Há cada vez mais situações de assistencialismo. De dia para dia aumenta o número de pessoas que precisa de recorrer a auxílio para ter acesso a bens essenciais”.

“O problema mais generalizado é o problema da pobreza, que está a revelar-se muito”, acrescentou.

A Amnistia Internacional (AI) constatou também um aumento do “discurso de ódio” na sociedade portuguesa, nomeadamente no plano político, acompanhado do recrudescimento de “um racismo latente”, que acabou com manifestações nas ruas e uma multiplicidade de artigos nos jornais.

Enquanto vários coletivos se juntaram para denunciar práticas racistas em Portugal e no mundo, um novo partido eleito para o parlamento, o Chega, organizava contramanifestações para afirmar que Portugal “não é racista”.

O ano ficou também marcado pela morte de um cidadão ucraniano às mãos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), no aeroporto de Lisboa, num caso que está ainda em investigação. “Aqui se não foi racismo, foi xenofobia e é preciso assegurar que não se repete nada semelhante ao episódio trágico de assassínio de um imigrante”, observou Pedro Neto, insurgindo-se contra a violência que envolveu a morte de Ihor Homenyuk.

O caso ocorreu em março e foi descrito este mês pela comissária europeia dos Assuntos Internos como uma “horrível violação de direitos humanos”. Três inspetores estão acusados de homicídio qualificado, depois de ter sido reconhecida “tortura evidente”.

A Amnistia Internacional Portugal recebeu este ano, até quarta-feira (09 de dezembro), 45 queixas, a maioria (22) relacionadas com pedidos de apoio jurídico em diversas situações, seguindo-se oito sobre migrantes e sete referentes a direitos económicos, sociais e culturais.

Foram ainda registadas nos serviços da organização cinco queixas relacionadas com forças de segurança, duas sobre prisões e uma relacionada com racismo/discriminação, de acordo com os dados fornecidos à Lusa.

No ano passado, o total de queixas ascendeu a 50, das quais 27 categorizadas como “Diversos”, em que se incluem os pedidos de apoio jurídico, questões relacionadas com a justiça e pedidos de indulto.

Foram igualmente apresentadas 10 queixas sobre prisões, sendo que duas referem-se a prisões no estrangeiro, quatro queixas relacionadas com direitos económicos, sociais e culturais e outras tantas por racismo/discriminação.

Em 2019, houve ainda duas queixas relacionadas com forças de segurança, duas sobre migrantes e uma por violência doméstica.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Desportohá 2 horas

Claque do FC Famalicão organiza receção ao autocarro da equipa antes do jogo com o Santa Clara

A claque do FC Famalicão “Fama Boys” organiza, através das redes sociais uma receção de apoio ao clube, no dia...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Descida abrupta das temperaturas a partir deste domingo

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, para todo o distrito de Braga, um descida abrupta das...

Desportohá 3 horas

FC Famalicão: Ivo Vieira reforça que “é determinante ganharmos o jogo”

O treinador do Famalicão, Ivo Vieira, admitiu hoje que é “determinante ganhar” o jogo com o Santa Clara, da 31.ª...

Paíshá 3 horas

Cerca de 1.300 enfermeiros abandonaram Portugal durante a pandemia

O Sindicato Independente de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU) alertou hoje para a falta de valorização da classe por parte...

Paíshá 5 horas

Covid-19: Mais 5 mortos e 373 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 5 óbitos provocados pela pandemia e 373 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Famalicãohá 5 horas

Escola Básica de Bairro promove criatividade com construção de marionetas que contam histórias

A Escola Básica de Bairro leva a cabo um projeto de criação artística, com os alunos do 1.º e 2.º...

Paíshá 5 horas

Governo cria tarifa social para acesso à Internet de pessoas com baixos rendimentos ou necessidade sociais especiais

O Governo anunciou, esta quinta-feira, a aprovação de uma tarifa social de acesso à internet, dirigido aos consumidores com baixos...

Regiãohá 5 horas

GNR apreende 12 armas em processo de violência doméstica na Trofa

Elementos da GNR apreenderam 12 armas referentes a um processo de violência doméstica, no concelho da Trofa, distrito do Porto,...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Festas Antoninas realizam-se apenas se o cenário pandémico não se agravar

Debatendo-se a realização das Festas Antoninas em Vila Nova de Famalicão no corrente ano, a autarquia foi questionada sobre os...

Barceloshá 7 horas

Um morto após colisão entre camião e motorizada, esta manhã, em Barcelos

Um homem morreu, na manhã desta quinta-feira, depois colidir de mota contra um veículo pesado de transporte de mercadorias, em...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão recebe festa Medieval Ibérica e Viking, no Parque da Devesa em junho

Realiza-se no Parque da Devesa, entre 18 e 20 de junho a Mostra Medieval Ibérica e Viking, uma experiência que...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: CESPU em 1.º lugar no ranking de escolas do ensino privado

A Cespu – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, detentora da Escola Superior de Saúde do Vale do Ave, em Famalicão,...

Regiãohá 8 horas

Acusado de atear fogos no distrito do Porto ilibado no caso do canil de Santo Tirso

 O tribunal de São João Novo, no Porto, condenou hoje a seis anos de prisão um homem que ateou quatro...

Desportohá 8 horas

FPF antecipa final da Taça de Portugal para um sábado às 20:30

 A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje que a final da edição 2020/21 da Taça de Portugal, marcada para...

Economiahá 22 horas

Conheça a lista das 20 melhores empresas para se trabalhar em Portugal

A lista Randstad Employer Brand Research (REBR) 2021, que efetua um estudo sobre vários parâmetros das marcas revelou quais são...

Paíshá 22 horas

Marcelo reforça “heroísmo” dos setores da Ciência e Ensino em tempos de crise pandémica

 O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,considerou hoje que os “anos heroicos” de combate à pandemia de covid-19 permitiram...

Bragahá 24 horas

Casal de Braga julgado por “inventar” 4 filhos para receber apoios da segurança social

 O Tribunal de Braga começa na segunda-feira a julgar um casal acusado de “inventar” quatro filhos, levando a Segurança Social...

Economiahá 1 dia

“Obsceno”, “imoral” e “inaceitável: Partidos criticam atribuição de prémios a administradores do Novo Banco

O PS, PCP, PAN e CDS-PP já consideraram hoje inaceitável a decisão do Novo Banco de atribuir prémios aos administradores...

Famalicãohá 1 dia

HumanitAVE dá formação a professores guineenses na disciplina de Português

A HumanitAVE- Associação de Emergência Humanitária, localizada em Pedome, anunciou esta quarta-feira, que irá levar a cabo um plano de...

Póvoa de Varzimhá 1 dia

ASAE aprende 34 mil artigos de moda falsificados, na Póvoa de Varzim

 A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou buscas na Póvoa de Varzim e apreendeu 34 mil artigos falsificados...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191