Siga-nos nas redes

País

Governo tenta recuperar consultas e cirurgias adiadas devido à pandemia da covid-19

Publicado

em

Segundo uma portaria hoje publicada em Diário da República, o Governo estendeu até final do próximo ano os incentivos pagos aos profissionais de saúde pela recuperação de consultas e cirurgias que ficaram por fazer por causa da pandemia.

Segundo o documento, este regime excecional de incentivos à realização de atividade assistencial não realizada ou adiada por força da situação epidemiológica provocada pela covid-19 abrange as primeiras consultas, pagas até um limite de 85%, e as cirurgias, pagas a 75%, realizadas no âmbito do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Este ano, o Governo já tinha lançado um regime de incentivos idêntico, mas vigorava apenas até final de dezembro. Com esta portaria, o pagamento destes incentivos é estendido até final de 2021.

Os incentivos abrangem todas as primeiras consultas não realizadas, em especial aquelas em que se verifique maior volume de doentes em lista de espera e maior grau de incumprimento dos Tempos Máximos de Resposta Garantidos (TMRG), e todos os procedimentos cirúrgicos não realizados, com especial enfoque naqueles em que existe maior volume de doentes em lista de inscritos para cirurgia e em que se verifique maior grau de incumprimento dos TMRG.

A produção adicional abrangida por este regime é realizada “fora do horário de trabalho das equipas, nomeadamente aos fins de semana, com garantia de composição mínima necessária das referidas equipas”, refere a portaria, assinada pela ministra da Saúde, Marta Temido.

Além do regime excecional de pagamento de incentivos para recuperar as primeiras consultas e as cirurgias agora publicado, o parlamento tinha aprovado no mês passado uma proposta do PCP para a recuperação das consultas nos Cuidados de Saúde Primários que prevê, por exemplo, o alargamento do seu funcionamento até as 22:00 nos dias úteis.

A proposta, aprovada na votação na especialidade do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), inclui medidas que visam recuperar a atividade assistencial nos cuidados de saúde primários, nomeadamente a realização de consultas presenciais, o acompanhamento dos doentes crónicos e a referenciação para os cuidados hospitalares.

Prevê que o horário de funcionamento dos cuidados de saúde primários seja alargado, funcionando até às 22:00 nos dias de semana e entre as 10:00 e as 14:00 ao sábado, e fixa a atribuição de um incentivo excecional na recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários idêntico ao incentivo atribuído na recuperação de primeiras consultas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Famalicãohá 2 horas

Presidenciais: em Famalicão 1578 eleitores votam este domingo

São 1578 os eleitores que em Famalicão exercem, este domingo, o voto antecipado para as Eleições Presidenciais. Um número bastante...

Paíshá 3 horas

Reparação de vidros custou à CP quatro milhões de euros, nos últimos 10 anos

A CP – Comboios de Portugal gastou quatro milhões de euros nos últimos dez anos na reparação e compra de...

Paíshá 3 horas

Covid 19: mais 152 mortes e 10.385 casos em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 10.385 casos diários de covid-19, e registou 152 mortes nas últimas 24 horas, para um...

Paíshá 4 horas

Eleições: voto antecipado não consegue evitar longas filas

Este domingo está a ser marcado pelo voto antecipado para as eleições presidenciais que se realizam a 24 de Janeiro....

Famalicãohá 6 horas

Paróquias de Famalicão e Brufe desafiam famílias a sorrir

Está aí mais uma Jornada da Família, promovida pelas paróquias de Santo Adrião – Famalicão e de Brufe, este ano...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: crianças e Jovens da PASEC debatem os líderes do amanhã

Está a decorrer mais uma Assembleia Internacional Juvenil (AIJ) promovida pela associação famalicense PASEC, em parceria com organizações internacionais de...

Paíshá 8 horas

Médicos Saúde Pública alertam para situação “absolutamente insustentável”

O presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou este sábado “absolutamente insustentável” a situação vivida...

Paíshá 9 horas

Covid-19: Segunda dose da vacina começa a ser administrada este domingo

Os primeiros profissionais de saúde que foram vacinados contra a covid-19 no final do ano vão começar a receber hoje...

Paíshá 9 horas

Quase 250 mil eleitores votam hoje para as eleições presidenciais

Os portugueses começam a votar este domingo, uma semana antes das presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado...

Desportohá 19 horas

FC Famalicão empata em Alcochete a duas bolas frente ao Sporting

No pontapé de saída da fase de apuramento de campeão da Liga BPI, Sporting e Famalicão empataram a duas bolas,...

Famalicãohá 22 horas

Lousado alerta para a possíbilidade de cortes de água durante a próxima semana

A Junta de Freguesia de Lousado alerta para a possibilidade de ocorrerem interrupções no abastecimento de água, no período compreendido...

Paíshá 22 horas

Movimento “Defender Portugal” manifesta-se sem máscaras nem distanciamento contra o Governo

Cerca de 100 apoiantes de um movimento auto-denominado “Defender Portugal” manifestaram-se, sem máscaras ou distanciamento físico, em frente ao parlamento,...

Economiahá 22 horas

Economia portuguesa irá recuperar, mas não ao ritmo do resto da Europa

A recuperação da economia portuguesa após a crise pandémica “deverá acompanhar apenas temporalmente a recuperação europeia, mas não o seu...

Paíshá 22 horas

Trocas e devoluções de compras com prazo prolongado por 30 dias

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem...

Paíshá 1 dia

Marcelo Rebelo de Sousa volta a testar negativo à Covid-19

Marcelo Rebelo de Sousa voltou, este sábado, a ser testado à Covid-19 e o resultado foi negativo. Este é o...

Paíshá 1 dia

João Leão, Ministro de Estado e das Finanças, está infetado com Covid-19

O Ministério das Finanças informou este sábado que o Ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à...

Paíshá 1 dia

Covid-19: Há 400 bombeiros infetados. Classe quer prioridade na vacina

São 400 os bombeiros de inúmeras corporações espalhadas pelo país que estão infetados com Covid-19. Um número bastante preocupante, tendo...

Paíshá 1 dia

Novo confinamento, mas ligeiro. No primeiro dia 60% dos portugueses saiu à rua

A consultora analítica PSE divulgou, este sábado, um relatório relativo à mobilidade dos portugueses no primeiro dia do novo confinamento,...

Barceloshá 1 dia

Barcelos: Restaurante acusado de discriminação após proibir entrada de chineses e comunistas

O “Ristorante Divinal” de Barcelos está a ser acusado de racismo e discriminação. O estabelecimento colocou à entrada cartazes a...

Paíshá 1 dia

Covid-19: 166 mortes e 10947 novos infetados. Novo recorde atingido hoje

Pelo quarto dia consecutivo, Portugal regista acima de 10 000 novos infetados, por cada 24 horas. Este sábado, o boletim...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos