Siga-nos nas redes

País

Restrições, medo e crise afastam emigrantes do Natal em Portugal

Publicado

em

Devido às dificuldades económicas que muitos atravessam como consequência da pandemia, a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, acredita que Portugal terá este Natal menos emigrantes também por causa das restrições e do receio de contágios.

“Virá menos gente, esta é a indicação que temos”, disse Berta Nunes em entrevista à agência Lusa, ressalvando que esta convicção não é, de todo, um conselho aos emigrantes e às comunidades portuguesas para não passarem esta quadra na terra de origem.

“A situação está pior. Há mais restrições em todos os países, muitos mais casos de infeção, muitos mais mortos, mais internamentos, mais pessoas em cuidados intensivos e todas as pessoas são atentas, ouvem as notícias, sabem que a situação está pior, apesar de, pelo menos em Portugal, já não estarmos a subir o número de casos”, referiu.

Em relação ao verão, quando menos emigrantes optaram por passar as férias em Portugal, a situação “é pior”, disse.

“A nossa expetativa é que venham menos pessoas, o que é perfeitamente compreensível dada a situação, em primeiro lugar por uma questão de proteção. Só diminuindo os contactos e as viagens não essenciais é que conseguiremos contribuir para diminuir o número de casos e isso certamente que, na altura de decidir sobre o Natal e o fim do ano, deverá levar as pessoas a viajar menos, a ter mais contenção”.

Berta Nunes reconhece que as pessoas querem “estar com a família”, mas, ao mesmo tempo, “sabem que é preciso protegê-la”.

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, médica de formação, aconselha, por isso, as pessoas para terem os mínimos contactos possíveis.

“É evidente que não estamos a dizer aos nossos emigrantes e às nossas comunidades que não venham a Portugal”, esclareceu, acrescentando: “Se vierem, estejam bem informados. Podem consultar o Portal das Comunidades [https://portaldascomunidades.mne.gov.pt/pt/], com conselhos aos viajantes que vamos atualizando sempre que é necessário, e podem contactar os consulados ou a Linha de Emergência Consular” (00351217929714 e 00351961706472).

Berta Nunes reconheceu que, nesta situação, em que as regras estão sempre a mudar, “é difícil fazer um planeamento, o que faz com que as pessoas não queriam vir nem arriscar”.

“Muitas pessoas também não querem pôr em risco os seus familiares, principalmente se forem mais idosos, que correm mais riscos de infeção pela covid-19. E há também a questão financeira que faz com que as pessoas não queriam gastar o dinheiro, que podem precisar mais adiante”.

A governante deixa “uma mensagem de esperança” às comunidades portuguesas que “têm sido muito resilientes nestas fases todas tão difíceis”.

“Sabemos até que há muitas pessoas a passar dificuldades e é importante a solidariedade, porque o Estado sozinho nunca vai responder a todas as necessidades e a sociedade deve organizar-se e ser solidária e as nossas comunidades deram muitos exemplos de solidariedade, que saúdo. Saúdo as pessoas que se organizaram para ajudar outras com mais necessidades. É assim que deve ser, independentemente das obrigações do Estado”, prosseguiu.

Berta Nunes deposita esperança na eficácia da vacina, enquanto “instrumento que poderá controlar esta pandemia e permitir uma retoma económica”.

“Estamos reféns desta pandemia e a vacina é uma esperança”, disse, defendendo cautela até esta poder atuar, mesmo que isso signifique que muitas das aldeias portuguesas terão este Natal menos gente do que nos anos anteriores e os comerciantes desses locais mais razões para fazer contas à vida.

Para o período do Natal, o Governo português determinou que a circulação entre concelhos é permitida. Em relação à circulação na via pública, e na noite de 23 para 24, é permitida apenas para quem se encontre em viagem.

Nos dias 24 e 25 é permitida a circulação na via pública até às 02:00 do dia seguinte e, no dia 26, até às 23:00.

Os restaurantes poderão funcionar até às 01:00 nas noites de 24 e 25 e no dia 26 até às 15:30 nos concelhos de risco muito elevado e extremo.

Nos dias 24 e 25 os horários de encerramento não se aplicam aos estabelecimentos culturais.

A pandemia de covid-19 provocou mais de 1,6 milhões de mortos resultantes de mais de 72,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.649 pessoas dos 350.938 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 1 hora

Época balnear inicia-se a 12 de junho na maioria dos municípios

A maior parte dos municípios decidiu iniciar a época balnear em 12 de junho, disse hoje o ministro do Ambiente...

Desportohá 2 horas

Ivo Vieira só tem um objetivo: Ser “mais forte do que o Vitória de Guimarães”

O treinador do Famalicão, Ivo Vieira, desvalorizou hoje o seu regresso a Guimãraes e afirmou que o importante é “ganhar...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Presidente da CESPU eleito presidente da Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado

O presidente do Conselho de Administração da CESPU – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, Almeida Dias, foi eleito...

Póvoa de Varzimhá 4 horas

Covid-19: Portugal chega aos 4 milhões de vacinas após inoculação de uma utente na Póvoa de Varzim

Portugal atingiu hoje a marca de quatro milhões de vacinas contra a covid-19 administradas à população, com a inoculação de...

Paíshá 4 horas

Covid-19: Mais 1 morto e 268 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 1 óbito provocados pela pandemia e 268 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 4 horas

Criança de 2 anos em estado grave após ser atropelada enquanto seguia com os pais, em Valongo

Uma criança de 2 anos do sexo masculino ficou gravemente ferido ao final da manhã desta terça-feira, em Valongo, depois...

Famalicãohá 5 horas

Freguesia de Calendário promove recolha de sangue no próximo domingo

A Associação de Dadores de Sangue de Famalicão promove, este domingo dia 16 de maio, uma sessão de recolha de...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Lions Clube entrega à Refood mais de 3.700 embalagens para alimentos

O Lions Clube de Famalicão entregou à associação Refood 3.600 embalagens descartáveis, 120 embalagens reutilizáveis e 34 embalagens para recolha...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: AC dá ‘luz verde’ a concessões rodoviárias para as Comunidades Intermunicipais do Ave e Cávado

A Autoridade da Concorrência deu ‘luz verde’ às operações de concentração de transportes nas Comunidades Intermunicipais (CIM) do Ave e...

Guimarãeshá 7 horas

Jovens que faleceram após despiste em Guimarães no último sábado serão sepultados esta quarta-feira

Os dois jovens de 16 e 30 anos que morreram na noite do passado sábado após um despiste rodoviário, em...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: ACIF agenda eleições internas para o próximo dia 09 de junho

A ACIF – Associação Comercial e Industrial de VN Famalicão tem as suas eleições agendadas pata o próximo dia 09...

Famalicãohá 8 horas

Biblioteca Municipal junta pais, educadores e psicólogos em novo projeto de leitura

A Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, de Famalicão, estabeleceu uma parceria com a Associação para o Desenvolvimento Pessoal (EDUPA), para...

Regiãohá 8 horas

Duas pessoas feridas após choque em cadeia de 10 veículos junto à A3 na Maia

Um choque em cadeia envolvendo 10 veículos está a condicionar fortemente o trânsito na Autoestrada 41, junto ao nó de...

Paíshá 8 horas

Marcelo: Pandemia veio reacender discussão sobre regionalização de Portugal

O presidente da República disse hoje que uma das lições que tirou da pandemia é que a descentralização vai implicar...

Famalicãohá 20 horas

Covid-19: 60% dos doentes hospitalizados continuam com pelo menos um sintoma após seis meses

Um estudo hoje divulgado conclui que 60% dos doentes hospitalizados com covid-19 continuam com pelo menos um sintoma seis meses...

Famalicãohá 23 horas

Associação Engenho de Desenvolvimento do Vale do Este aprova orçamento para 2021

Os associados da Engenho – Associação de Desenvolvimento do Vale do Este  aprovaram, no passado domingo, por unanimidade, o Plano...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Pessoas acumulam-se em longas filas, à chuva, no Centro de Vacinação de Vale S. Cosme

Não é a primeira vez que acontece. Aliás, nos últimos dias, segundo relatos de várias pessoas, têm-se formado longas filas...

Desportohá 1 dia

Famalicão: Vermoim recebeu mais de 150 participantes para passeio de BTT

O Floresta BTT, sediado em Vermoim, promoveu este sábado, 8 de maio, o Arga Tinta Adventure, um passeio de BTT...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Secretário de Estado da Educação, João Costa, participa no III Ciclo de Conferências em Educação

O secretário de Estado da Educação, João Costa, vai participar como orador em mais uma sessão do III Ciclo de...

Famalicãohá 1 dia

Paulo Cunha fala amanhã aos famalicenses sobre o seu futuro e permanência na corrida às autárquicas

O presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, vai tomar, amanhã, uma posição sobre a questão da candidatura às eleições...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191