Siga-nos nas redes

País

Restrições, medo e crise afastam emigrantes do Natal em Portugal

Publicado

em

Devido às dificuldades económicas que muitos atravessam como consequência da pandemia, a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, acredita que Portugal terá este Natal menos emigrantes também por causa das restrições e do receio de contágios.

“Virá menos gente, esta é a indicação que temos”, disse Berta Nunes em entrevista à agência Lusa, ressalvando que esta convicção não é, de todo, um conselho aos emigrantes e às comunidades portuguesas para não passarem esta quadra na terra de origem.

“A situação está pior. Há mais restrições em todos os países, muitos mais casos de infeção, muitos mais mortos, mais internamentos, mais pessoas em cuidados intensivos e todas as pessoas são atentas, ouvem as notícias, sabem que a situação está pior, apesar de, pelo menos em Portugal, já não estarmos a subir o número de casos”, referiu.

Em relação ao verão, quando menos emigrantes optaram por passar as férias em Portugal, a situação “é pior”, disse.

“A nossa expetativa é que venham menos pessoas, o que é perfeitamente compreensível dada a situação, em primeiro lugar por uma questão de proteção. Só diminuindo os contactos e as viagens não essenciais é que conseguiremos contribuir para diminuir o número de casos e isso certamente que, na altura de decidir sobre o Natal e o fim do ano, deverá levar as pessoas a viajar menos, a ter mais contenção”.

Berta Nunes reconhece que as pessoas querem “estar com a família”, mas, ao mesmo tempo, “sabem que é preciso protegê-la”.

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, médica de formação, aconselha, por isso, as pessoas para terem os mínimos contactos possíveis.

“É evidente que não estamos a dizer aos nossos emigrantes e às nossas comunidades que não venham a Portugal”, esclareceu, acrescentando: “Se vierem, estejam bem informados. Podem consultar o Portal das Comunidades [https://portaldascomunidades.mne.gov.pt/pt/], com conselhos aos viajantes que vamos atualizando sempre que é necessário, e podem contactar os consulados ou a Linha de Emergência Consular” (00351217929714 e 00351961706472).

Berta Nunes reconheceu que, nesta situação, em que as regras estão sempre a mudar, “é difícil fazer um planeamento, o que faz com que as pessoas não queriam vir nem arriscar”.

“Muitas pessoas também não querem pôr em risco os seus familiares, principalmente se forem mais idosos, que correm mais riscos de infeção pela covid-19. E há também a questão financeira que faz com que as pessoas não queriam gastar o dinheiro, que podem precisar mais adiante”.

A governante deixa “uma mensagem de esperança” às comunidades portuguesas que “têm sido muito resilientes nestas fases todas tão difíceis”.

“Sabemos até que há muitas pessoas a passar dificuldades e é importante a solidariedade, porque o Estado sozinho nunca vai responder a todas as necessidades e a sociedade deve organizar-se e ser solidária e as nossas comunidades deram muitos exemplos de solidariedade, que saúdo. Saúdo as pessoas que se organizaram para ajudar outras com mais necessidades. É assim que deve ser, independentemente das obrigações do Estado”, prosseguiu.

Berta Nunes deposita esperança na eficácia da vacina, enquanto “instrumento que poderá controlar esta pandemia e permitir uma retoma económica”.

“Estamos reféns desta pandemia e a vacina é uma esperança”, disse, defendendo cautela até esta poder atuar, mesmo que isso signifique que muitas das aldeias portuguesas terão este Natal menos gente do que nos anos anteriores e os comerciantes desses locais mais razões para fazer contas à vida.

Para o período do Natal, o Governo português determinou que a circulação entre concelhos é permitida. Em relação à circulação na via pública, e na noite de 23 para 24, é permitida apenas para quem se encontre em viagem.

Nos dias 24 e 25 é permitida a circulação na via pública até às 02:00 do dia seguinte e, no dia 26, até às 23:00.

Os restaurantes poderão funcionar até às 01:00 nas noites de 24 e 25 e no dia 26 até às 15:30 nos concelhos de risco muito elevado e extremo.

Nos dias 24 e 25 os horários de encerramento não se aplicam aos estabelecimentos culturais.

A pandemia de covid-19 provocou mais de 1,6 milhões de mortos resultantes de mais de 72,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.649 pessoas dos 350.938 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 5 horas

Covid-19: Sobras da vacina dos lares de idosos “aproveitadas” por pessoas não prioritárias

Entendendo que as notícias sobre uma alegada vacinação indevida de pessoas não prioritárias revelam “alguma exploração tendenciosa” de um aproveitamento...

Economiahá 5 horas

Covid-19: Apoios públicos aos lares para compra de material de proteção estão atrasados

De acordo com o presidente da Confederação Nacional de Instituições de Solidariedade (CNIS), o padre Lino Maia, os apoios públicos...

Economiahá 6 horas

Restauração pede às autoridades para não dificultarem ‘take away’ e entregas ao domicílio

Lembrando que a lei lhes permite horários normais de funcionamento, a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP)...

Famalicãohá 7 horas

Distrito de Braga totalizou mais de 30 mil desempregados no final dezembro de 2020

Segundo as estatísticas do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), o distrito de Braga registava, em dezembro de 2020,...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Colocação de saneamento básico inicia-se dia 01 de fevereiro em Vale S. Cosme

A União de Freguesias de Vale de São Cosme, Telhado e Portela informa os habitantes que as obras de instalação...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Grupo Recreativo de Avidos e Lagoa recolhe roupa e alimentos para os mais desfavorecidos

O Grupo Recreativo de Avidos e Lagoa (GRAL) irá levar a cabo uma ação solidária recolha de bens para os...

Paíshá 8 horas

PSP suspende férias para fiscalizar confinamento geral

Devido à covid-19 a PSP suspendeu o gozo de férias dos polícias e pondera chamar os operacionais em pré-aposentação para...

Paíshá 9 horas

Portugal continua na “frente” com maior número de infetados e mortes por covid-19

De acordo com sites que recolhem informação estatística sobre a pandemia da covid-19, Portugal era hoje o país em pior...

Paíshá 9 horas

Consumo de álcool excessivo em Portugal mais baixo do que a maior parte dos países “vizinhos”

De acordo com o inquérito, feito a 100.000 pessoas em todo o mundo entre novembro e dezembro de 2019, antes...

Paíshá 9 horas

Vacinação dos titulares de orgãos de soberania começa na próxima semana

Após uma reunião com a ‘taskforce’ coordenadora do plano de vacinação, a administração de vacinas contra a covid-19 aos titulares...

Paíshá 10 horas

Eutanásia: 21 presidentes de câmara, do PSD, PS e independentes estão contra

Um grupo de 21 presidentes de câmara, do PSD, PS e independentes, assinaram um manifesto contra a aprovação da lei...

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Detido suspeito de 16 roubos a estudantes junto às escolas do centro da cidade

Um homem de 25 anos de idade foi detido, esta segunda-feira, pelas 11:00 da manhã por elementos da PSP de...

Paíshá 11 horas

Portugal totaliza 215 concelhos na lista de risco extremamente elevado, num total de 308

Segundo dados oficiais, quase 70% dos concelhos portugueses estão em risco extremo devido ao número de casos de covid-19, tendo...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão registou em 2020 mais 405 mortes do que em 2019. Tendência continua em 2021

O concelho de Famalicão tem vindo a registar uma subida o número de óbitos desde 2020, ao que tudo indica,...

Famalicãohá 12 horas

Subida das infeções mantém Famalicão na lista de concelhos de risco extremamente elevado

Os dados da Direção-Geral da Saúde referentes à incidência de novos casos da covid-19, das duas últimas semanas, referentes ao...

Paíshá 13 horas

Covid-19: Mais 252 mortos e 6.923 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 252 óbitos provocados pela pandemia e 6.923 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 13 horas

Covid-19: Portugal recebeu hoje mais 99 mil doses da vacina totalizando até agora mais de 411 mil

De acordo com a ministra da Saúde, Marta Temido, Portugal recebeu hoje mais 99.450 doses de vacinas contra a covid-19,...

Famalicãohá 13 horas

Paulo Cunha congratula presidente Marcelo pela vitória com maioria deste domingo

Aparentemente satisfeito pela vitória de Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente da Comissão Política de Famalicão do PSD, Paulo Cunha,...

Famalicãohá 14 horas

Famalicão: Serviço de entregas gratuito já registou mais de 15.500 pedidos e continua esta semana

O serviço gratuito de entrega de refeições ao domicílio promovido pela Câmara Municipal e pela Associação de Restaurantes de Famalicão...

Famalicãohá 14 horas

Famalicão, Braga, Barcelos: Saiba onde estarão os radares da PSP esta semana

A PSP já informou onde se vão encontrar as operações de controlo de velocidade no final do mês de janeiro....

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos