Siga-nos nas redes

Guimarães

Funcionários da Coelima “preocupados” com insolvência mas “empenhados e a produzir”

Publicado

em

Os funcionários da Coelima, que hoje se apresentou à insolvência, estão “preocupados mas serenos” e vão continuar “empenhados e a produzir”, dissecum representante sindical, adiantando que na segunda-feira vão começar os plenários de trabalhadores.

O presidente do Sindicato Têxtil do Minho e Trás-os-Montes, Francisco Vieira, afirmou que os trabalhadores não têm prevista qualquer ação de protesto contra o pedido de insolvência que foi hoje apresentado pela administração, mas “não descartam nenhuma possibilidade”.

Para já, frisou Francisco Vieira, os trabalhadores da Coelima estão “preocupados mas serenos” e vão continuar “empenhados e a produzir” para não serem acusados de serem os “responsáveis se alguma coisa correr mal”.

“Na segunda-feira vamos partir para a realização de plenários para informar e envolver todos os trabalhadores. Se for necessário sair à rua, temos uma enorme experiência nessa frente e não está descartada nenhuma possibilidade. Mas espero que não seja necessário”, frisou o presidente do sindicato.

Francisco Vieira, que é também trabalhador da empresa, confirmou ainda que “neste momento não há dívidas” aos trabalhadores, pelo que mantêm a esperança de que seja encontrada uma solução para a empresa têxtil que opera em Pevidém, na freguesia de São Jorge de Selho (concelho de Guimarães), “há quase 100 anos”.

O pedido de insolvência “deu hoje entrada” no tribunal, que tem agora “três dias úteis, a partir de amanhã”, para proferir uma decisão, que o dirigente sindical acredita que será a de nomear um administrador de insolvência.

“Espero que termine tudo em bem. Tal como no passado, hoje e sempre estaremos na linha da frente da continuidade da empresa e dos postos de trabalho. Desde que os direitos dos trabalhadores sejam respeitados, nomeadamente o emprego, os direitos, o tempo de permanência na empresa, não haverá nenhum ruído”, disse Francisco Vieira.

O sindicalista referiu ainda que a notícia do pedido de insolvência da Coelima “caiu que nem uma bomba”, apesar de os funcionários estarem “atentos” e verem “com muito maus olhos” a evolução da empresa desde que o Conselho de Administração foi substituído, em 09 de março.

Segundo Francisco Vieira, as outras empresas do setor na região estavam já “cheias de trabalho”, enquanto a Coelima “ainda estava a recorrer às medidas de apoio à retoma”.

O dirigente sindical disse ter aproveitado a reunião de hoje para questionar o Conselho de Administração da Coelima sobre os motivos da falta de trabalho, ao que lhe terá sido dito que “a empresa está com falta de liquidez e não tem tesouraria” para cumprir os contratos.

Fonte oficial da têxtil disse hoje à Lusa que procurou diferentes alternativas para prosseguir a atividade, salientando, entre as várias ações promovidas, as candidaturas apresentadas às várias linhas de crédito covid-19, mas que até à data não foram aprovadas.

A Coelima apresentou-se hoje à insolvência, na sequência da quebra de vendas “superior a 60%” provocada pela pandemia e da não aprovação das candidaturas que apresentou às linhas de crédito covid-19, disse explicou a mesma fonte.

Com cerca de 250 trabalhadores, a têxtil de Guimarães integra o grupo MoreTextile, que em 2011 resultou da fusão com a JMA e a António Almeida & Filhos e cujo acionista principal é o Fundo de Recuperação gerido pela ECS Capital.

De acordo com a fonte oficial da têxtil, após “todos os esforços realizados, a empresa decidiu apresentar-se à insolvência de forma a minimizar os impactos nos vários ‘stakeholders’, nomeadamente dos colaboradores, que apesar da situação têm todos os salários em dia”.

Depois da restruturação realizada ao longo dos últimos anos, a Coelima esteve perto de ser alienada em março do ano passado, mas a operação acabou por não avançar, num contexto de incerteza gerada com a pandemia.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 2 horas

Em Portugal temperaturas podem ultrapassar os 40 graus no verão

O Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo informou, este sábado, que o verão europeu vai ser ainda...

Paíshá 2 horas

Bens e fortuna de João Rendeiro arrestados para pagar dívida ao Estado e BPP

João Rendeiro, ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), vai ver a sua fortuna e bens arrestados pelo Estado, avança este...

Mundohá 2 horas

Covid19: Será necessário tomar uma terceira dose da vacina, alertam peritos

Presidente da Comissão Permanente de Vacinação alemã, Thomas Mertens, avisou que as atuais vacinas contra a covid-19 “não serão as...

Economiahá 3 horas

Novo incentivo à normalização empresarial e ao apoio simplificado às microempresas arranca na próxima quarta-feira, dia 19

Os empregadores que saiam do lay-off simplificado ou do apoio à retoma e as microempresas em crise vão poder candidatarem-se...

Paíshá 3 horas

Covid-19: Marcha contra a vacinação juntou pessoas sem máscara e sem distanciamento em Lisboa

Entre 500 e 700 pessoas, segundo a polícia, e entre 3.000 a 4.000, segundo a organização, desfilaram ontem pelas ruas...

Paíshá 4 horas

Covid-19: Portugal com novo recorde de vacinas administradas num só dia

Foram administradas em Portugal 125 mil vacinas contra a covid-19, um novo recorde diário no país, segundo informação divulgada pela...

Famalicãohá 16 horas

FC Famalicão: Ivo Vieira focado em “subir ainda mais na tabela”

 O treinador do Famalicão admitiu hoje que quer “somar os três pontos” frente ao Nacional, na partida da 33.ª jornada...

Paíshá 16 horas

Portugal não dispensa uso de máscara por parte de pessoas já vacinadas

Portugal não está a equacionar a dispensa do uso de máscara por parte de pessoas vacinadas, garantiu hoje o secretário de...

Desportohá 19 horas

Veja os 7 golos da partida entre SL Benfica e Sporting CP

Acompanhe aqui na Fama Rádio e Televisão o relato da partida: Os 7 golos da partida: 4-3 4-2 4-1 3-1...

Regiãohá 21 horas

Centros comerciais com lojas vazias e corredores com filas enormes

O mau tempo que se faz sentir no fim de semana tem levado a uma afluência elevada de pessoas aos...

Paíshá 23 horas

Multas nas praias ainda não podem ser aplicadas, diz Autoridade Marítima

A Autoridade Marítima Nacional explicou hoje que a fiscalização das praias se vai pautar pela sensibilização para o cumprimento das...

Paíshá 23 horas

Covid 19: sete mortes e 469 casos este sábado em Portugal

Portugal contabiliza hoje 469 novos casos de Covid 19 sete mortes associadas á infeção, de acordo com o boletim epidemiológico...

Regiãohá 1 dia

UMinho descobre método para armazenar energia com grande rapidez e densidade

Uma equipa internacional liderada pelo Centro de Física da Universidade do Minho (UMinho) conseguiu armazenar com eficiência pequenas quantidades de energia...

Desportohá 1 dia

Canoagem: Fernando Pimenta conquista bronze na Taça do Mundo da Hungria

Fernando Pimenta conquistou, este sábado, a medalha de bronze em K1 1000 na Taça do Mundo de Canoagem, que decorre...

Famalicãohá 1 dia

Noite Europeia dos Museu celebrada em Famalicão com concerto de Gil Cadeias e Pedro Vilaça

Na noite deste sábado assinala-se a Noite Europeia dos Museus e a data não via passar despercebida em Famalicão. A...

Paíshá 1 dia

Garrafas de água, sumo e latas de cerveja vão ter uma taxa até 15 cêntimos

O preço de embalagens de água, sumos ou cerveja vai passar, em 2023, a vir acompanhado de uma taxa de...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Base de Bairro já vai integrar dispositivo de combate aos fogos deste ano

A Base de Apoio Logístico da Proteção Civil anunciada para a freguesia de Bairro, Famalicão, já vai integrar o plano...

Economiahá 1 dia

Portugal exportou mais de 167 milhões de euros em máscaras

O valor das exportações de máscaras pelas empresas portuguesas já ultrapassou os 167 milhões de euros. Destes, 160 milhões reportam...

Paíshá 2 dias

Apostador português “saca” 172 mil euros no sorteio desta sexta-feira

Um apostador português venceu esta sexta-feira, o 2.º prémio do Euromilhões, totalizando 172 mil euros, ao lado de outros 3...

Paíshá 2 dias

Covid-19: Portugal tem ainda 22 concelhos com mais de 120 infeções por cada 100 mil habitantes

Portugal tem hoje 22 concelhos com incidência do novo coronavírus superior a 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191