Siga-nos nas redes

Região

Feira da Trofa encerra mais cedo para cumprir recolher obrigatório

Publicado

em

A feira da Trofa, que se realiza ao sábado, poderá antecipar o horário de fecho em meia hora para se adaptar à imposição do estado de emergência, admitiu hoje à Lusa António Barbosa, da Junta de Freguesia de Bougado.

Segundo o tesoureiro e responsável pela organização semanal da feira da Trofa, a recente indicação do Governo relativamente ao recolher obrigatório a partir das 13:00 nos próximos dois fins de semana obriga apenas “a alguns ajustes” na feira.

“Admitimos permitir aos feirantes entrar no espaço da feira cerca de meia hora antes do fecho para começar a desmontar as suas barracas”, afirmou.

Com cerca de “200 feirantes todos os sábados presentes” e uma afluência ao recinto “que no início de cada mês varia entre as duas mil e as três mil pessoas”, a feira da Trofa, salientou o responsável “há muito que tem o seu plano de contingência no terreno e bem visível para quem entra no recinto”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

País

Serra da Estrela: Nevão corta estradas de acesso ao maciço central

Publicado

em

Por

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco afirmou que as estradas de acesso ao maciço central da serra da Estrela foram hoje encerradas devido à queda de neve.

De acordo com a fonte, os troços Piornos/Cruzamento da Torre, Cruzamento da Torre/Torre e Torre/ Lagoa Comprida foram encerrados às 09:15, não havendo previsão para a reabertura.

Para hoje, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê “céu geralmente muito nublado e períodos de chuva ou aguaceiros, que serão de neve acima de 1.600/1.800 metros de altitude”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Região

Covid-19: Infetados aumentaram mais de 30% no Norte entre a segunda e terceira semana de novembro

Publicado

em

Por

Um relatório da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), revela que o número de novos casos de infeção por SARS-CoV-2 aumentou mais de 30% em 21 concelhos do Norte entre a segunda e terceira semana de novembro.

De acordo com documento a que a Lusa teve hoje acesso, dos 21 concelhos do Norte que, naquele período, registaram um crescimento superior a 30% de novas infeções, seis pertencem ao distrito de Bragança, cujo crescimento é de 41%.

O boletim, o mais recente da ARS-N, reporta a situação epidemiológica nos concelhos da região entre a primeira (03 a 09) e a terceira semana de novembro (17 a 23).

Entre os seis municípios com maior crescimento do número de novos casos, destacam-se Miranda do Douro, com uma subida de 408% (passando de 13 para 66 novos casos), Freixo de Espada à Cinta com 149% (35 para 87), Vimioso com 122% (9 para 20) e Macedo de Cavaleiros com 84% (49 para 90).

Ao distrito de Bragança, sucede-se o distrito de Braga, que contabiliza um crescimento de 16% do número de novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2.

Braga tem cinco dos seus concelhos a registarem esta tendência: Póvoa de Lanhoso (mais 64% de novos casos), Cabeceiras de Basto (mais 58%), Vieira do Minho (56%), Braga (41%) e Celorico de Basto (33%).

No distrito de Viana do Castelo, cujo crescimento se fixa nos 19%, o relatório N indica que os concelhos de Arcos de Valdevez, Monção, Ponte da Barca e Viana do Castelo seguiram esta trajetória de crescimento, com 37%, 143%, 75% e 58%, respetivamente.

Em Vila Real, distrito que contabiliza uma subida de 20% de novos casos, destacam-se Valpaços com um crescimento de 143% (de 43 para 96 novos casos), Murça com 107% (15 para 31) e Chaves com 78% (178 para 317).

O relatório indica ainda que no distrito do Porto é o único da região Norte que regista um decréscimo de 10% do número de novos casos de infeção.

Olhando para os concelhos do distrito do Porto, os concelhos de Baião e da Póvoa do Varzim registam subidas de novos casos acima dos 30%, com 62% e 41% de crescimento, respetivamente.

Ainda no distrito do Porto, o concelho da Trofa cresceu 11%, Vila do Conde 10% e Amarante 2%.

O distrito de Aveiro, onde a ARS-N abrange sete concelhos, foi o único a Norte que não registou aumento ou diminuição de novos casos (0%).

Neste distrito, apenas o concelho de Espinho cresceu acima dos 30%.

De acordo com o boletim, Espinho cresceu 37% em novos casos, passando de 180 na segunda semana de novembro para 246 novos casos na terceira.

A par destes 21 municípios, o relatório da ARS-N revela que 15 concelhos da região Norte tiveram um crescimento entre os 10 e 30%.

Paralelamente, 23 concelhos da região Norte registaram um decréscimo do numero de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, sendo que em seis (Vizela, Mogadouro, Paços de Ferreira, Caminha, Ribeira de pena e Sabrosa) a diminuição foi superior a 30%.

Portugal contabiliza pelo menos 4.127 mortos associados à covid-19 em 274.011 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 08 de dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, enquanto nos fins de semana e feriados a circulação está limitada entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Região

Aparatoso acidente na A4 leva a corte de estrada

Publicado

em

Por

Na A4, em Amarante, sentido Vila Real – Porto, a tarde ficou marcada por um aparatoso despiste de um camião, que originou o corte da circulação durante mais de uma hora.

Como se pode ver pelas imagens o veículo pesado ficou atravessado na via, após uma ultrapassagem de um ligeiro. O condutor do camião foi assistido no local sem necessidade de ter sido transportado ao hospital.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

jornal opinião pública

fama rádio

Artigos recentes

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais vistos