Siga-nos nas redes

Braga

Braga: Homem tentou incendiar casa de vizinha na manhã deste sábado

Publicado

em

Um homem terá tentado incendiar a casa de uma vizinha, ao final da manhã deste sábado, em Merelim S. Paio, no concelho de Braga.

Segundo avança o jornal O MINHO, o homem terá ateado o fogo, com recurso a uma vela, numa das janelas da moradia vizinha.

Para o local foram acionados os Bombeiros Sapadores de Braga, mas à sua chegada, a proprietária da habitação já tinha extinguido o foco de incêndio.

Ainda segundo o mesmo jornal, o homem que terá ateado o fogo teve que ser assistido pelos Bombeiros Voluntários de Braga, por se encontrar mentalmente instável, acabando por ser transportado para o hospital.

A GNR registou a ocorrência.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Braga

Urgência de Ginecologia e Obstetrícia de Braga volta encerrar entre domingo e segunda

Publicado

em

Por

O Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga estará encerrado entre as 08:00 de domingo e as 8 horas de segunda-feira.

Num comunicado, o hospital precisa que o encerramento se deve à “impossibilidade de se completarem as escalas de trabalho necessárias”.

Esta é quarta vez na última semana e meia que o Hospital de Braga encerra as urgências das duas especialidades por 24 horas, com o mesmo motivo.

O hospital reforça que está a “trabalhar de forma articulada com outros hospitais da região para que a resposta aos utentes seja garantida pela rede de instituições do Serviço Nacional de Saúde”.

Em caso de urgência, a unidade pede aos utentes para contactarem a Linha SNS 24 – 808242424 e para se dirigirem a um dos outros hospitais da região, nomeadamente Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Viana do Castelo.

“Em casos de maior complexidade, os utentes devem dirigir-se ao Centro Hospitalar de São João”, refere ainda o comunicado.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Homem detido em Fafe com 449 doses de canábis

Publicado

em

Por

Um homem de 42 anos foi detido, esta quarta-feira, em Fafe, por tráfico de estupefacientes, avança o Comando Territorial de Braga da GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC).

De acordo com os mesmos, várias diligências policiais, realizadas no decurso de um inquérito por tráfico de estupefacientes, que decorria há cerca de seis meses nas localidades de Celorico de Basto e Fafe, permitiu a realização de uma busca a um domicílio e um veículo onde foi apreendido o seguinte material:

449 doses de canábis;
Um telemóvel;
Uma balança de precisão;
80 euros em numerário;

O suspeito já foi apresentado ao primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Guimarães.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Doping: PJ deteve homem em Braga com milhares de comprimidos

Publicado

em

Por

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, em Braga, um homem de 51 anos na posse de milhares de comprimidos e ampolas injetáveis de substâncias dopantes, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a PJ acrescenta que o homem está indiciado pela prática de crime de tráfico de substâncias e métodos proibidos, penalizado pela lei antidopagem no desporto.

“No decurso das diligências, foram apreendidos vários milhares de comprimidos e ampolas injetáveis de substâncias esteroides androgénios anabolizantes (substâncias dopantes), uma balança digital de precisão, equipamentos informáticos, envelopes e material próprio para o envio de encomendas”, acrescenta.

Segundo a PJ, as apreensões efetuadas “indiciam fortemente que o arguido, técnico informático de profissão, se dedique à importação, exportação, venda e produção/fabrico ou preparação (corte/mistura) de tais substâncias esteroides anabolizantes”.

Segundo a Autoridade Antidopagem de Portugal, as substâncias apreendidas promovem o aumento de massa muscular, com alteração do metabolismo hormonal masculino e feminino, provocando danos no sistema hepático e vários órgãos dependentes de hormonas sexuais para o seu desenvolvimento.

Podem também provocar desenvolvimento de tumores e alterações graves do crescimento em indivíduos antes da idade adulta.

O detido vai ser presente à autoridade judiciária competente, para interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Urgências de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga encerradas esta quarta-feira

Publicado

em

Por

As urgências de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga vão voltar a encerrar entre as 08:00 de quarta-feira e as 08:00 de quinta-feira, devido à “impossibilidade de se completarem as escalas”, anunciou hoje a unidade hospitalar.

“O Hospital de Braga informa que, pela impossibilidade de se completarem as escalas de trabalho necessárias, o seu Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia estará encerrado desde as 08:00 de quarta-feira, dia 22 de junho, até às 08:00 de quinta-feira, dia 23 de junho”, refere o hospital, em comunicado.

Em relação à restante semana, o Hospital de Braga diz que “assegurou o funcionamento da urgência desta especialidade em todos os dias, excetuando domingo, dia 26 de junho”.

“É importante referir que as escalas não se encontram fechadas, pelo que o Conselho de Administração está a envidar todos os esforços para assegurar o funcionamento do Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia neste dia [domingo]”, lê-se no comunicado.

O Conselho de Administração ressalva, ainda, “que envida diariamente todos os esforços com a finalidade de, sobretudo, manter assegurada a prestação de cuidados de saúde de forma regular às grávidas e parturientes da região”.

“Simultaneamente, reforça que se encontra a trabalhar de forma articulada com outros Hospitais da região, de forma a que a resposta aos utentes seja garantida pela rede de instituições do Serviço Nacional de Saúde”, sublinha o Hospital de Braga.

Em casos de urgência, o Hospital de Braga informa que utentes devem contactar a Linha SNS 24 – 808 24 24 24 e que se dirijam a um dos outros hospitais da Região, “nomeadamente aqueles que têm apoio da especialidade de Ginecologia e Obstetrícia, entre os quais Guimarães, Famalicão e Viana.

Em situações de maior complexidade, os utentes devem dirigir-se ao Centro Hospitalar de São João.

As urgências de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga já estiveram encerradas, nomeadamente, entre as 08:00 de sexta-feira e as 08:00 de sábado e desde as 08:00 de domingo até às 08:00 de segunda-feira, pelos mesmos motivos.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Advogado de Braga suspeito de falsificação “entregou voluntariamente” a sua cédula profissional

Publicado

em

Por

O advogado de Braga Luís Rufo, suspeito de falsificar certificados académicos na obtenção da licenciatura em Direito, requereu a suspensão de funções e “entregou voluntariamente” a cédula profissional, anunciou hoje a Ordem dos Advogados (OA).

“A Ordem dos Advogados faz saber que ao final do dia de ontem [segunda-feira], Luís Rufo, que exercia advocacia em Braga, alegadamente, sem possuir as qualificações académicas necessárias para o efeito, requereu a sua suspensão como advogado e entregou voluntariamente a sua cédula profissional junto dos serviços do Conselho Geral da OA”, refere esta Ordem, em comunicado.

A OA frisa que, “com a entrega e respetiva suspensão da cédula profissional de advogado”, Luís Rufo “fica impedido de qualquer prática profissional até que todos os factos relatados pela comunicação social sejam investigados e comprovados junto das instâncias competentes”.

“O bastonário da OA, Luís Menezes Leitão, espera assim que esteja reposta a confiança que a cédula profissional de advogado, documento emitido pelo Conselho Geral da Ordem e assinado pelo seu bastonário, deve merecer aos cidadãos e à sociedade em geral”, acrescenta o comunicado.

A OA, “que considera este caso de extrema gravidade, reitera que tudo fará para que a legalidade seja reposta”.

“E, caso se comprove a desconformidade do título para o exercício das funções do advogado visado, [a OA] irá tomar as competentes providências a nível criminal e disciplinar, no quadro das competências que o Estatuto da Ordem dos Advogados reserva ao Conselho Geral da Ordem”, refere ainda o comunicado.

Na segunda-feira, o Conselho Regional do Porto (CRP) da OA revelou ter avançado com uma participação criminal contra o advogado Luís Rufo, por alegada falsificação dos certificados académicos que lhe teriam permitido obter a licenciatura em Direito.

Em comunicado enviado à agência Lusa, aquele órgão da OA refere que a participação criminal deu entrada no final da semana passada, “devidamente instruída com documentação reveladora das infrações imputadas ao denunciado”.

Refere que recebeu uma denúncia visando Luís Rufo, com escritório em Braga e que exerce há cerca de 30 anos, apontando a eventual falsificação dos certificados académicos que lhe terão permitido obter a licenciatura em Direito.

“No âmbito das suas atribuições, o CRP da OA desencadeou as diligências tidas por necessárias, nomeadamente junto da Universidade de Coimbra e da Universidade Portucalense, solicitando informação documental”, acrescenta o CRP.

O CRP da OA decidiu também remeter ao Conselho Geral da Ordem e à Universidade Portucalense “toda a informação pertinente”, considerando que serão estas as entidades a quem competirá diligenciar pela eventual invalidação da inscrição na Ordem dos Advogados e pela eventual invalidação da licenciatura”.

Na sua última edição, o semanário Nascer do Sol noticia que Luís Rufo, que exerce advocacia há cerca de 30 anos, tirou o curso através de uma fraude, forjando documentos da Faculdade de Direito de Coimbra.

O mesmo jornal refere que, naquela faculdade, Rufo “apenas completou a disciplina de História do Direito Português”.

Posteriormente, utilizaria o certificado dessa disciplina, rasurando o nome da cadeira e colocando outra no seu lugar.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Hospital de Braga perdeu cinco obstetras desde outubro e ainda não contratou nenhum

Publicado

em

Por

O Hospital de Braga registou, desde outubro de 2021, a saída, por aposentação ou rescisão, de cinco médicos obstetras, não tendo registado nenhuma entrada, disse hoje à Lusa fonte da administração.

Segundo a fonte, o hospital tem “sinalizada a necessidade de contratação de médicos daquela especialidade, não tendo o número de recém-especialistas acompanhado esta necessidade”.

O hospital ainda não tem assegurado o funcionamento do Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia na sexta-feira e no domingo.

Segundo a fonte, as escalas para aqueles dias “não se encontram fechadas”, continuando o conselho de administração a “envidar todos os esforços” para assegurar o funcionamento do serviço.

O conselho de administração reitera que “continua muito empenhado na resolução” do problema, reforçando que “trabalha, diariamente, com a finalidade assegurar a prestação de cuidados de saúde de forma regular às grávidas e parturientes da região”.

No domingo, o Hospital de Braga fechou, durante 24 horas, a urgência de obstetrícia, “pela impossibilidade de completar escalas”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Ministério Público abre inquérito a mulher que abalroou 7 carros a fugir da polícia em Braga

Publicado

em

Por

O Ministério Público do Tribunal de Braga abriu, ontem, quarta-feira, um inquérito-crime para averiguar as condições em que uma mulher, de 40 anos, que guiava sem carta de condução na Praça do Bocage, em S. Víctor, Braga, embateu em sete carros. danificando gravemente quatro deles.

Segundo avança o jornal “O Minho”, a condutora foi ouvida por um magistrado e foi constituída arguida por suspeita da prática dos crimes de condução sem habilitação legal e desobediência, neste caso por se ter recusado a fazer o teste de álcool.

Recorde-se que a detenção da mulher foi feita na passada segunda-feira, pela Polícia Municipal de Braga. Foi precisamente quando fugir de um apatrulha desta polícia que a mulher abalroou as sete viaturas. Na altura tinha três filhos dentro do carro, tendo um deles sofrido ferimentos ligeiros.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Braga: EDP condenada  a pagar 44.000 euros a trabalhador

Publicado

em

Por

O Tribunal da Relação de Guimarães confirmou a decisão do Tribunal Judicial de Braga que condenou a EDP a pagar mais de 44.000 euros a um trabalhador por incumprimento do acordo de pré-reforma, assinado em 2005.

Datado da passada quarta-feira, o acórdão – a que a agência Lusa teve hoje acesso — confirmou a sentença do Tribunal Judicial da Comarca de Braga que, em 11 de junho de 2021, deliberou que este trabalhador tinha direito à “atualização das suas prestações de pré-reforma em condições, percentagem e momento iguais aos do aumento das retribuições da generalidade dos trabalhadores”, condenando a EDP — Gestão da Produção de Energia ao pagamento de 44.039,26 euros, acrescidos de juros.

A EDP recorreu da decisão, que foi agora confirmada pela Relação de Guimarães, que estabelece ainda o pagamento pela empresa de uma sanção pecuniária compulsória no valor de 100 euros por cada dia de atraso no cumprimento da condenação.

No acórdão, a Relação considera válido o argumento do trabalhador, de que o acordo de antecipação à situação de pré-reforma, assinado em 31 de dezembro de 2005 com a empresa, previa “que a prestação pecuniária mensal de pré-reforma que auferia seria atualizada em condições, percentagem e momento iguais aos do aumento das retribuições que no âmbito da ré [EDP] se verificaram ou venham a verificar para a generalidade dos trabalhadores”.

Contudo, a partir do ano de 2012 a EDP deixou de proceder à atualização da prestação, alegando que ficou acordado que a prestação apenas seria atualizada nas mesmas condições da retribuição que o autor auferia se estivesse no ativo e que esta retribuição não teve qualquer atualização de 2012 em diante”.

Em declarações à agência Lusa, Eduardo Castro Marques, advogado do trabalhador, disse ter sido “um processo longo e desgastante, mas que culminou com uma decisão que vem repor a justiça que se exigia”, notando que “não é fácil para qualquer trabalhador litigar contra a entidade empregadora”.

Esta é uma de várias decisões judiciais sobre processos semelhantes interpostos por trabalhadores da EDP denunciando o incumprimento da empresa na atualização anual das prestações previstas no âmbito dos acordos de pré-reforma assinados.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Urgências de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga voltam a fechar sexta-feira e domingo

Publicado

em

Por

A administração do Hospital de Braga anunciou que as urgências de Ginecologia e Obstetrícia vão encerrar das 08:00 de sexta-feira até às 08:00 de sábado. E novamente das 08:00 de domingo até às 08:00 de segunda-feira.

Em comunicado, a administração salienta que este encerramento se deve à “impossibilidade de se completarem as escalas de trabalho necessárias” e diz que está a trabalhar com outros hospitais da região para que a resposta aos utentes seja garantida.  

“O Conselho de Administração ressalva que envida diariamente todos os esforços com a finalidade de, sobretudo, manter assegurada a prestação de cuidados de saúde de forma regular às grávidas e parturientes da região. Simultaneamente, reforça que se encontra a trabalhar de forma articulada com outros Hospitais da região, de forma a que a resposta aos utentes seja garantida pela rede de instituições do Serviço Nacional de Saúde”, pode ler-se no comunicado.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Mulher que viajava com três filhos abalroa 7 carros para fugir da polícia em Braga. Um deles ficou ferido

Publicado

em

Por

Uma mulher, que conduzia um carro, sem carta de condução, ficou em pânico com a presença de uma ação de patrulhamento, em Braga, acabando por tentar fugir, resultando no abalroamento de 7 outros veículos, de acordo com a CM.

A mulher seguia no carro com 3 filhos, todos com menos de 10 anos de idade, e um destes acabou com ferimentos ligeiros

A mulher recusou-se a fazer o teste de alcoolemia e foi detida pela Polícia Municipal.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Artigos Recentes

Desportohá 3 horas

Rafaela Fonseca e Nuno Fernandes vencem Milha Urbana de Famalicão

Rafaela Fonseca, do Sport Clube Salgueiros, e Nuno Fernandes, do Clube Atlético de Seia, foram os grandes vencedores da 22º...

Famalicãohá 3 horas

Mostras Comunitárias dão a conhecer a força das gentes de Esmeriz e Cabeçudos

A Mostra Comunitária chegou este fim de semana às freguesias de Esmeriz e Cabeçudos, para expor o que de melhor...

Famalicãohá 6 horas

Gavião celebra 950 anos de história com Mostra Comunitária

Associações e vários artesãos estão presentes este sábado na Mostra Comunitário de Gavião, incluída na celebração do Dia da Freguesia....

Bragahá 6 horas

Urgência de Ginecologia e Obstetrícia de Braga volta encerrar entre domingo e segunda

O Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga estará encerrado entre as 08:00 de domingo e...

Paíshá 7 horas

Calendário escolar vai regressar ao formato pré-pandemia

O Governo já está a trabalhar num calendário de aulas do pré-escolar ao secundário para os próximos dois anos, avança...

Famalicãohá 8 horas

Mostras Comunitárias animam freguesias Landim e Vermoim

O largo Dr. Fonseca Monteiros é palco este sábado da Mostra Comunitária da Freguesia de Landim. Ao longo de todo...

Famalicãohá 10 horas

BV Famalicenses celebram 95º aniversário e realizam desfile pela cidade este domingo

Este domingo, 26 de junho, os Bombeiros Voluntários Famalicenses vão realizar um Desfile Operacional pelas ruas da cidade de Famalicão....

Famalicãohá 11 horas

EB’s de Fradelos e Lagoa e Centro social de Riba d’Ave vencem concurso “Escolas Floridas”

A Escola Básica (EB) Valdossos de Fradelos, a EB da Lagoa e o Centro Social de Riba d’Ave conquistaram os...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Mostras Comunitárias animam Esmeriz e Cabeçudos

A Mostra Comunitária chega este fim de semana às freguesias de Esmeriz e Cabeçudos, para expor o que de melhor...

Desportohá 13 horas

Milha Urbana de Famalicão sai para a estrada este sábado

Realiza-se na tarde deste sábado a 22.ª edição da Milha Urbana de Famalicão, que via decorrer, na Avenida de França,...

pub

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES