Siga-nos nas redes

Braga

Homem encontrado morto esta madrugada numa via rápida em Braga

Publicado

em

O cadáver de um homem foi encontrado pelas 5 horas da manhã desta quinta-feira, na via rápida da Avenida Padre Júlio Fragata, em Braga.

Segundo avança o Jornal de Notícias, que cita fonte da PJ, o corpo não apresenta indícios de criem, mas a Judiciária aguarda ainda pelos resultados da autópsia.

O homem aparenta ter entre 40 a 50 anos e não tinha documentos de identificação.

O corpo foi recolhido, por volta das 7 horas, pelos Bombeiros Sapadores de Braga, acompanhados pela Autoridade Local de Saúde. No local esteve também o INEM.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Braga

Urgências de obstetrícia do Hospital de Braga e mais dois encerradas até segunda-feira

Publicado

em

 As urgências de Ginecologia e Obstetrícia e os blocos de parto dos hospitais de Beja, Braga e Garcia de Orta, em Almada, estão hoje encerradas, sendo que neste último só reabrem na segunda-feira.

Além destes hospitais, outros dos distrito de Lisboa e Santarém vão sofrer constrangimentos durante o fim de semana, segundo a informação disponibilizada na plataforma do Serviço Nacional de Saúde que permite ver o horário destes serviços de urgência e blocos de partos, consultada pela agência Lusa às 12:00.

De acordo com a informação do portal do SNS, o serviço de urgência de ginecologia e obstetrícia e bloco de partos do Hospital Garcia de Orta, no distrito de Setúbal, encerraram às 08:00 de hoje e só voltam a reabrir na segunda-feira às 08:00.

O Hospital de Beja também encerrou hoje estes serviços até às 08:00 de sábado, voltando a fechá-los no domingo, a partir das 08:00.

o serviço de urgências e bloco de partos do Hospital de Braga estão hoje encerrados até às 20:00, voltando a fechar sábado às 20:00, de acordo com os dados disponibilizados, que não têm informação disponível para domingo.

Em Lisboa, o Hospital São Francisco Xavier terá o serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia e o bloco de partos encerrados entre as 21:00 de sábado e as 09:00 de domingo, e a Maternidade Alfredo da Costa fecha o bloco de partos no domingo, entre as 09:00 e as 21:00.

O Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, tem estes serviços encerrados às utentes entre as 20:00 de domingo e as 08:00 de segunda-feira, dia em que funcionam até às 20:00.

Igualmente no distrito de Lisboa, no Hospital de Vila Franca de Xira os constrangimentos são no bloco de partos que encerra no domingo às 09:00.

Já no Hospital de Santarém, o serviço de urgência encerra entre as 08:30 de sábado e as 08:30 de domingo, enquanto o bloco de partos encerrou hoje às 08:30, voltando a reabrir no domingo às 08:30.

O Hospital São Bernardo, em Setúbal, terá o serviço de urgência destas especialidades encerrado entre as 09:00 de sábado e as 09:00 de domingo, assim como o bloco de partos.

As urgências de ginecologia e obstetrícia e os blocos de parto têm registado condicionamentos nos últimos meses, uma situação que se repete um pouco por todo o país, por dificuldades em assegurar escalas por falta de especialistas.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Lacerda Sales, garantiu recentemente que “ninguém ficará sem resposta” do Serviço Nacional de Saúde durante o mês de agosto, porque os hospitais funcionam em rede.

Para informar as grávidas destes constrangimentos foi criada esta plataforma no Portal do SNS sob proposta da Comissão de Acompanhamento da Resposta em Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos.

Uma vez que a informação é dinâmica, os utentes são aconselhados a consultarem o motor de busca antes de se deslocarem a estes serviços de saúde.

O coordenador da Comissão de Acompanhamento, Diogo Ayres de Campos, disse que esta medida tem como objetivos “evitar que haja situações de risco neste verão”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Homem pega fogo à própria casa em Fafe após disputa familiar

Publicado

em

 A Polícia Judiciária (PJ), com a colaboração da GNR, deteve, fora de flagrante delito, o presumível autor de um incêndio numa habitação ocorrido na quarta-feira, numa freguesia de Fafe, no distrito de Braga, informou hoje a autoridade.

O detido, de 58 anos de idade, sem ocupação laboral, segundo a PJ, “atuou num quadro de instabilidade emocional e de adição de bebidas alcoólicas, presumivelmente motivado por sentimentos de raiva. Terá ateado fogo à habitação onde residia, com recurso a chama direta”.

Com tal conduta, refere-se num comunicado enviado à Lusa, o suspeito “provocou a destruição parcial do imóvel” e “não fosse o rápido alerta por populares e a pronta intervenção dos bombeiros o incêndio teria consumido todo o edificado”.

Atendendo às condições meteorológicas que se verificavam na altura, conjugadas com as características do local, um meio rural com várias habitações próximas, acentua a autoridade policial, “foi criado um perigo concreto para terceiros e para outros bens patrimoniais de valor elevado”.

Logo que a ocorrência do incêndio foi comunicada à PJ, “foram de imediato realizadas no local várias diligências de investigação, que permitiram a recolha de substanciais elementos de prova e que levaram à detenção.

O arguido será presente à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Homem de 70 anos perde a vida após colisão em Esposende. Netos e esposa ficaram feridos

Publicado

em

Um homem com cerca de 70 anos perdeu a vida, na manhã desta quarta-feira, na sequência de uma colisão entre dois veículos ligeiros, na freguesia de Antas, em Esposende, avança o jornal E24.

Três outras pessoas, uma mulher de 66 anos e duas crianças, de 11 e 7 anos, esposa e netos da vítima, ficaram feridas e foram transportadas para o Hospital de Braga.

A vítima mortal necessitou de esforços de desencarceramento para ser retirado da viatura acidentada.

O alerta foi registado às 10:30.

Foto: E24/DR

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Homem ameaça elementos da PSP com uma tesoura em Braga

Publicado

em

Um homem de 45 anos foi detido, esta sexta-feira, depois de ter ameaçado elementos da PSP com uma tesoura, no decorrer de uma intervenção policial em Braga.

O detido foi presente no Tribunal Judicial de Barcelos.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Polícia Judiciária detém empresário e três funcionários por rapto em Esposende

Publicado

em

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um empresário e três seus funcionários pelo rapto de um homem em Esposende, distrito de Braga, que foi levado para Vigo, em Espanha, onde foi sujeito a agressões e sevícias, foi hoje anunciado.

“Subjacente a estes crimes está um alegado negócio, efetuado entre o patrão do ofendido e um dos suspeitos, envolvendo uma transação comercial de alguns milhares de euros, tendo este optado por realizar o rapto para tentar reaver o dinheiro ou os artigos que tinham sido vendidos e não pagos”, explica a PJ, em comunicado.

Esta força de investigação criminal conta que, pelas 15:00 de 05 de janeiro, em Esposende, “os suspeitos, com idades entre os 29 e os 45 anos, abordaram o ofendido no seu local de trabalho e, com uso de ameaças, introduziram-no, contra a sua vontade, no interior de uma viatura, conduzindo-o para Vigo, Espanha”.

“Durante o percurso e já naquele país foi alvo de agressões e sevícias, tendo sido parcialmente desnudado e obrigado a andar descalço numa zona de floresta, sujeito às baixas temperaturas da época”, lê-se no comunicado.

Segundo a PJ, “naquele lapso temporal, de mais de cinco horas, em que [o ofendido] esteve privado da liberdade, foram feitas diversas chamadas telefónicas para a família, amigos e um colega de trabalho, solicitando um resgaste”.

“Após comunicação de familiares à GNR, foi tentada a sua abordagem e detenção em Barcelos [distrito de Braga], junto a um posto de combustíveis, onde tinha sido combinado um encontro, tendo os suspeitos conseguido fugir aquando da tentativa da sua interceção”, refere a PJ.

Os detidos, um deles empresário e os outros seus empregados, sem antecedentes criminais, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Os quatro detidos estão indiciados pelos crimes de rapto, ofensa à integridade física qualificada, extorsão na forma tentada, dano, condução perigosa de veiculo rodoviário e detenção de arma proibida.

A operação esteve a cargo da Diretoria do Norte da PJ.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Trabalhadores acusam Bosch/Braga de passar “informação falsa” e de “faltar à verdade”

Publicado

em

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Bosch Car Multimédia, em Braga, acusou hoje a empresa de passar “informação falsa” e de “faltar à verdade”, ao afirmar que “realizou um investimento na massa salarial quatro vezes superior aos anos anteriores”.

Em resposta enviada na sexta-feira à agência Lusa, na sequência da greve dos trabalhadores contra os “escassos aumentos salariais” e “a gritante discriminação” na sua aplicação, nomeadamente quanto aos funcionários mais antigos, a Bosch disse que promoveu, em junho, “o maior aumento salarial de sempre”, tendo em consideração as tabelas de remunerações mínimas da Associação Portuguesa das Empresas do Setor Elétrico e Eletrónico.

A Bosch explicou que a política salarial e as revisões aplicadas na empresa “têm como base o enquadramento das funções, o desempenho dos colaboradores e a avaliação do mercado de trabalho”, acrescentando que “realizou em Braga um investimento na massa salarial quatro vezes superior aos anos anteriores”.

A empresa referia ainda que os colaboradores e a Comissão de Trabalhadores “foram informados atempadamente”.

“Exmos. Administradores, claramente esta informação é falsa. Estão a faltar com a verdade, tanto à comunicação social, como aos seus trabalhadores sobre o nosso conhecimento em relação ao valor dos aumentos salariais”, lê-se numa carta aberta, hoje divulgada.

Segundo esta CT, “a realidade” é que em 13 de maio de 2022 reuniu-se com a empresa, tendo-se sido apresentado “um pequeno protótipo e incompleto de um estudo que estava a ser realizado sobre os salários no mercado de trabalho”.

“Em momento algum nos foi comunicado quais as percentagens atribuídas e os valores em euros das respetivas percentagens”, refere a carta aberta.

A CT conta que foi informada de que a avaliação de desempenho iria ser alterada e que “alguns dos itens iriam desaparecer”.

“Assim, como também nos foi dito, que a antiguidade dos trabalhadores na empresa iria valer 10% da sua avaliação para valorizar os trabalhadores mais antigos, o que a CT achou muito pouco e até miserável, o facto de ser tão irrisório a percentagem que atribuirão à antiguidade dos mesmos, o que mereceu da nossa parte uma forte da contestação”, indica a carta aberta.

A CT reconhece que existiram “realmente aumentos bem generosos que ficaram por 100, 300 euros e muito mais para os trabalhadores mais jovens da empresa”.

“A Comissão de Trabalhadores nada tem contra esses aumentos. Mas que fossem utilizados os mesmos critérios para os trabalhadores mais velhos. Não aproveitar o facto de a antiguidade valer uns míseros 10% para lhes discriminar ainda mais. Lamentavelmente, a Bosch não merece os trabalhadores que tem”, conclui a CT na carta aberta.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Greve/Braga: Trabalhadores da Bosch com mais de 20 anos de casa surpreendidos com aumentos de “0,0%”

Publicado

em

 Eduardo tem 28 anos ‘de casa’ na fábrica de Braga da alemã Bosch e Susana já lá trabalha há 23, tendo ambos sido agora surpreendidos com “aumentos salariais de 0,0%”, disseram em dia de greve na empresa.

Queixam-se que a empresa está a discriminar os trabalhadores mais antigos, já que ao mesmo tempo que os “congela” atribui “aumentos, em alguns casos simpáticos” àqueles que “ainda mal aqueceram o lugar”.

Segundo Sérgio Sales, do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (Site-Norte), na mesma situação de Eduardo e Susana estão mais de 200 trabalhadores com mais anos na multinacional alemã de Braga.

Hoje, os trabalhadores da Bosch Car Multimedia estão a cumprir um dia de greve, em resposta aos “escassos aumentos salariais” e “à gritante discriminação” na sua aplicação.

“Há uma grande revolta e uma enorme mágoa dos trabalhadores que há largos anos dão tudo pela empresa e que agora foram surpreendidos com aumentos salariais de 0,0%, enquanto ao lado há outros bem mais novos na empresa que fazem exatamente o mesmo e que vão levar em alguns casos mais de 100 euros para casa no final do mês”, referiu Sérgio Sales.

Para o sindicalista, não estão em causa os aumentos salariais dos mais novos, que considera “merecidos e insuficientes”, mas sim a “discriminação” daqueles que lá trabalham há décadas.

“Esquecem-se que quem levantou esta fábrica foram os mais velhos, não os mais novos. Trabalho em laboração contínua, sete dias por semana, não tive rigorosamente nada de aumento. É um enorme sabor a injustiça e a ingratidão”, referiu Eduardo Braga, que ganha 954 euros por mês.

Da mesma forma, Susana Esteves, com 23 anos de casa e um salário de 920 euros, também ficou “triste” quando soube que não ia receber “nem mais um cêntimo”.

“Com tudo a subir, não temos aumento nenhum. Congelam-nos e não nos dão qualquer explicação”, criticou.

A Lusa contactou a Bosh/Braga, mas a administração não quer, “para já”, fazer qualquer comentário.

O Site-Norte sublinha que em causa está uma “multinacional, com mais de mil milhões de faturação no polo de Braga, que recebe, habitualmente, dinheiros públicos” e que “insiste em desconsiderar quem lhe produz a riqueza”.

Lembra que, face à perda de poder de compra, os trabalhadores veem os seus rendimentos “mingar a cada mês”, assim como assistem a “uma aberrante desvalorização das carreiras, da dedicação e experiências acumuladas.

O sindicato dá ainda conta de que “os horários desregulados, os ritmos intensos de trabalho, a retirada de direitos às novas gerações, os baixos salários praticados e a pressão exercida sobre os trabalhadores tem não só afastado trabalhadores da empresa, como desgastado quem, com mais ou menos tempo de casa, sempre zelou e pautou o seu trabalho com profissionalismo”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Bombeiros Voluntários Famalicenses salvam cabra encurralada em poço de 10 metros em Esposende

Publicado

em

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses protagonizaram, na noite desta quarta-feira, o resgate de uma cabra, que havia caído num fundo de um poço, na freguesia de Forjães, em Esposende.

De acordo com os mesmos, o animal, de pequeno porte, encontrava-se a uma profundidade de cerca de 10 metros.

Evolvidos nesta missão estiveram também os Bombeiros Voluntários de Esposende.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Tio e sobrinho agredidos na praia da Apúlia em Esposende por grupo de jovens

Publicado

em

Dois homens com 36 e 18 anos, tio e sobrinho, foram agredidos, na noite desta terça- feira, na Praia de Apúlia, em Esposende.

O alerta foi dado por um popular que deu conta de ambas as vítimas serem agredidas por um grupo de jovens.

Ambas vítimas foram transferidas para o Hospital de Barcelos.

À chegada das autoridades, o grupo de jovens já tinha abandonado o local.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Urgência de Obstetrícia do Hospital de Braga volta a encerrar esta terça-feira

Publicado

em

A Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga vai voltar a encerrar, entre as 08:00 de terça-feira e as 08:00 de quarta-feira, anunciou hoje a administração.

Em comunicado, a administração refere que o encerramento se fica a dever à impossibilidade de se completarem as escalas de trabalho necessárias.

No espaço de três semanas, este será já o oitavo encerramento daquela Urgência, sempre por períodos de 24 horas.

A administração ressalva que envida diariamente “todos os esforços com a finalidade, sobretudo, de manter assegurada a prestação de cuidados de saúde de Acrescenta que se encontra a trabalhar de forma articulada com outros hospitais da região, de forma que a resposta aos utentes seja garantida pela rede de instituições do Serviço Nacional de Saúde.

Em caso de Urgência, solicita que os utentes contactem a Linha SNS 24 – 808 24 24 24 e se dirijam a um dos outros hospitais da região, nomeadamente aqueles que têm apoio da especialidade de Ginecologia e Obstetrícia, entre os quais Guimarães, Famalicão e Viana.

Em casos de maior complexidade, aconselha o Centro Hospitalar de São João, no Porto.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Artigos Recentes

Famalicãohá 28 minutos

Famalicão: Bulir anima fim de semana em Oliveira Santa Maria

Oliveira Santa Maria recebeu no fim de semana a Mostra Comunitária, inserida na programação do Bulir. Da animação musical de...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Fradelos recebeu Mostra Comunitária

Fradelos recebeu este fim de semana a Mostra Comunitária, inserida nas celebrações do Dia da Freguesia. Da animação musical de...

Economiahá 4 horas

Famalicão: Loja do Atlantic Park do Belita Supermercados celebra 11 anos

No âmbito do 11.º aniversário da loja do Belita Supermercados, no Atlantic Park, na Lagoa, foram realizadas várias iniciativas, como...

Paíshá 7 horas

Pai e filho de 40 e 16 anos morrem afogados em Celorico da Beira

Um homem de 40 anos e o seu filho de 16 morreram, este sábado, afogados, numa praia fluvial, em Celorico...

Paíshá 8 horas

GNR: Mais de 200 detidos por condução sob efeito do álcool entre 29 de julho e 04 de agosto

Mais de 550 pessoas foram detidas durante a última semana pela GNR, a maioria por conduzir com níveis de álcool...

Desportohá 8 horas

FC Famalicão: derrota frente ao Estoril Praia na primeira jornada

O Futebol Clube de Famalicão não entrou com o resultado desejado na edição 2022/2023 da Liga Portugal Bwin. O conjunto...

Desportohá 9 horas

Famalicão: Pedro Almeida abandona Rali Vinho da Madeira

Uma ligeira saída de estrada na segunda passagem pela classificativa de Câmara de Lobos, na décima quarta especial do Rali...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Mário Passos inaugura Casa de Delães

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Mário Passos, já inaugurou a Casa de Delães, um equipamento que resulta da...

Famalicãohá 1 dia

Faleceu João Regueiras, encenador do “Baú dos Segredos” da Casa das Artes de Famalicão

O ator e encenador famalicense João Regueiras faleceu esta sexta-feira, 5 de Agosto de 2022, com apenas 63 anos de...

Desportohá 2 dias

FC Famalicão: Pelé ex-Mónaco é reforço até ao final da época

O médio Pelé, ex-Mónaco, é reforço do Famalicão, com contrato válido até ao final da época, anunciou hoje o clube da...

pub

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES