Siga-nos nas redes

Braga

Ministério Público acusa adepto por dirigir insultos racistas a jogador do Vizela

Publicado

em

O Ministério Público (MP) acusou um homem de ter dirigido insultos raciais a um jogador de futebol, em Vizela, chamando-lhe “preto” e “macaco”, e instando-o a que fosse para África e a que comesse bananas.

Em nota hoje publicada na sua página, a Procuradoria-Geral Regional do Porto refere que o arguido está acusado de um crime de discriminação e incitamento ao ódio e à violência.

Na acusação, o MP defendeu que ao arguido seja aplicada também a sanção acessória de interdição de acesso a recintos desportivos.

Os factos remontam a 18 de março de 2018, no Estádio do FC Vizela, distrito de Braga, durante um jogo entre a equipa da casa e a AD Fafe Sad, a contar para o Campeonato de Portugal, série A.

Segundo o MP, por ocasião da substituição de um jogador da AD Fafe Sad, o arguido desceu três degraus da bancada em se encontrava a assistir ao jogo e dirigiu ao referido atleta “insultos fundados na sua raça e cor da pele”, nomeadamente “preto” e “macaco”, e instou-o a que fosse para África e a que fosse comer bananas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Braga

UMinho recebe V Jornadas da Ciência

Publicado

em

As V Jornadas da Ciência da Universidade do Minho realizam-se de 27 a 30 de março, no auditório A1 do campus de Gualtar, em Braga, com quase meia centena de oradores e de atividades e cerca de 250 participantes inscritos. A iniciativa organizada este ano pelos alunos de Biologia Aplicada, Bioquímica, Ciências do Ambiente, Geologia, Física e Matemática da Escola de Ciências da UMinho (ECUM) visa promover a interdisciplinaridade e ir de encontro aos interesses das várias áreas científicas.

A sessão de abertura é segunda-feira, às 9h00, prevendo-se a presença do presidente da ECUM, José Manuel González-Méijome, da presidente do Conselho Pedagógico daquela Escola, Inês Sousa, da presidente da Associação Académica da UMinho, Margarida Isaías, e da representante da organização, Mariana Ferreira.

As nove palestras previstas versam sobre temas como um passeio pelas águas costeiras (Pedro Gomes), os microplásticos no ambiente (Joana Prata), as consequências e desafios da evolução do nível do mar (Renato Henriques), as propriedades das microalgas (Vera Castro), a importância da conservação da biodiversidade (Ronaldo Sousa), o papel dos nanomateriais no ambiente (Ricardo Fernandes) e das nanopartículas na saúde (Rui Oliveira), a doença de Alzheimer (Carlos Spuch) e a exposição a metais e metaloides em poeiras domésticas (Paula Marinho).

Já os 31 workshops vão abordar, por exemplo, as aplicações biomédicas de nanomateriais, a profissão de geólogo, a escrita de um artigo científico, a ecotoxicologia, as plantas invasoras, os materiais inteligentes, entre outros.

Merece também destaque na segunda-feira, às 14h30, uma mesa redonda sobre a descredibilização da ciência, que junta Elsa Costa e Silva, diretora do mestrado em Comunicação de Ciência da UMinho, Pedro M. Teixeira, coordenador da pós-graduação em Prática Baseada na Evidência e Tomada de Decisão em Saúde da UMinho, Tiago Ramalho, jornalista de ciência no “Público”, e Andreia Pacheco, responsável pela comunicação no Centro de Biologia Molecular e Ambiental (CBMA).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Bracarense Maria da Conceição Ferreira celebra 100 anos rodeada da família

Publicado

em

Maria da Conceição Ferreira celebrou ontem, sexta-feira, 100 anos de vida. A data do centenário foi assinalada pela família na casa da aniversariante, em Este S. Mamede, no concelho de Braga

A centenária tem seis filhos, 16 netos, 22 bisnetos e dois tetranetos. Apesar de residir atualmente em Este S. Mamede é natural de Este S. Pedro. 

Para celebrar tão importante data, a família fez questão de se reunir e celebrar a longevidade de Maria da Conceição Ferreira.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Despiste na A3 provoca dois feridos ligeiros esta madrugada

Publicado

em

O despiste de um automóvel na autoestrada A3 provocou, na madrugada deste sábado, dois feridos ligeiros. O acidente ocorreu ao KM 38, na freguesia de Guisande, em Braga, tendo o alerta sido dados pela 1h34.

Segundo informações dos Bombeiros Voluntários Famalicenses, depois de entrar em despiste, o veículo capotou, mas não foi necessário efetuar nenhuma manobra de desencarceramento visto que à chegada ao local, as vítimas já se encontravam fora do mesmo.

Ambas foram evacuadas para o Hospital de Braga.

Para este acidente os BV Famalicenses mobilizaram três veículos e nove voluntários.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Foto: BV Famalicenses

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Mais de 100 pessoas detetadas a dormir em garagens e lojas em Braga

Publicado

em

O presidente da Câmara de Braga revelou hoje que no último mês e meio foram detetados mais de uma centena de moradores a residir em lojas ou em garagens, totalizando 20 situações sinalizadas, e apelou à denúncia destes casos.

“Falamos de 20 situações. No conjunto, estaremos a falar de mais de uma centena de pessoas que estaria em situação ilegal de habitação, sobretudo na área urbana. Infelizmente, é uma situação mais comum nas freguesias da malha urbana, onde existem mais espaços comerciais, também na base dos prédios, e são esses espaços que normalmente são utilizados”, afirmou Ricardo Rio (PSD), em declarações aos jornalistas, após a reunião camarária.

O assunto foi levantado durante a reunião do executivo pelo vereador do PS Ricardo Sousa, questionando a autarquia se tinha conhecimento e o que estava a fazer perante este “problema sensível”, discordando do apelo feito pelo autarca para que as pessoas denunciem estas situações ilegais, considerando que isso seria um retrocesso.

“A lógica da denúncia é uma lógica de proteção dos desfavorecidos. Numa situação dessas, de utilização de um espaço comercial, de uma garagem ou de um sótão para residências de uma quantidade desmesurada de pessoas, bastaria até uma, mas, neste caso, são quantidades significativas de pessoas, é uma situação em que há uma utilização abusiva da necessidade que as pessoas têm de encontrar alojamento, por quem está a tentar tirar um benefício económico indevido dessa mesma situação”, respondeu Ricardo Rio.

Segundo o autarca, que dá conta de “um intensificar” desta realidade “nos tempos mais recentes”, não há nenhuma “conotação negativa com a lógica da denúncia”.

“A lógia da denúncia é um facilitador para a câmara e as outras instituições, porque isto não é apenas tutela da câmara municipal – nomeadamente o acompanhamento dessas pessoas também cabe à Segurança Social, à BragaHabit -, poderem atuar e responder o mais depressa possível”, salientou Rio.

O presidente salientou que o município “não pode andar a bater de porta em porta” para verificar a existência deste tipo de casos.

“Se alguém tiver conhecimento, seja da junta de freguesia, seja um cidadão, seja uma qualquer outra entidade, obviamente que agradecemos que nos façam chegar essa informação, para podermos atuar o mais depressa possível, como fizemos até agora nos casos que nos foram transmitidos”, referiu Ricardo Rio.

Para o autarca de Braga, este tipo de situações carece de “uma resposta de emergência”, a qual “tem sido articulada” com a BragaHabit – empresa municipal de habitação de Braga – e com a Segurança Social, “que têm respondido” às necessidades destes moradores.

Ricardo Rio conta que, nas mais de cem pessoas sinalizadas, há imigrantes, mas também portugueses, aproveitando para “desmistificar” uma ideia.

“Também [há] imigrantes, mas não só imigrantes. Essa é uma questão que tem de ser desmistificada. Esta não é uma questão especificamente ligada à imigração. Há bracarenses que, por exemplo, [estão em] situações de despejo de contratos de arrendamento de longa duração que, de repente, passaram a ter valores muito mais caros do que aqueles que as pessoas podiam comportar, e as pessoas não conseguem ir ao mercado e aceder às condições hoje existentes”, explicou o presidente do município.

No que à imigração diz respeito, Ricardo Rio diz que se trata, sobretudo, de “imigração impreparada”.

“Nos últimos anos beneficiámos com uma imigração muito qualificada, com mais poder económico, com muita informação sobre a realidade. Nos meses mais recentes, sobretudo, assistimos a muitas pessoas que vieram sem qualquer base para poderem ser integradas, e nem é a questão de poderem aceder a um emprego ou não, é de facto não poderem aceder ao mercado habitacional e depois estarem sujeitos a este tipo de situações”, sublinhou o presidente da Câmara de Braga.

Foto: Ilustrativa/DR

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

GNR acusado de ajudar a simular acidente para burlar seguradora em Esposende em mais de 50 mil euros

Publicado

em

O Ministério Público (MP) acusou de burla relativa a seguros e abuso de poder um militar da GNR de Esposende que terá colaborado na simulação de um acidente de viação, anunciou hoje a Procuradoria-Geral Regional do Porto.

Em comunicado, aquela procuradoria acrescenta que no processo são arguidos mais dois homens, por burla relativa a seguros.

O MP considerou indiciado que um dos arguidos era proprietário de um veículo automóvel objeto de contrato de seguro com cobertura facultativa a abranger choque, colisão e capotamento, até ao montante do capital seguro que ascendia a 73.897 euros.

Ainda segundo o MP, face aos custos de renovação daquela apólice, aquele arguido combinou com os outros dois arguidos simular um acidente de viação para levar a companhia de seguros a pagar o valor da indemnização.

De acordo com esse plano, o GNR poria na participação a versão que os outros arguidos lhe relatassem.

Na prossecução desse plano, no dia 28 de janeiro de 2019, em Gemeses, Esposende, dois dos arguidos “fizeram embater propositadamente os respetivos veículos um no outro, fazendo-os cair a ambos num talude”.

A este acidente, no exercício das suas funções, deslocou-se o arguido militar da GNR, “que fez constar da participação” a versão do sinistro que os outros dois arguidos lhe apresentaram, “como se o acidente tivesse ocorrido pelas 23:30 e tivesse sido devido à circunstância de o arguido titular daquela cobertura ampla de seguro ter desrespeitado sinal de stop”.

O arguido titular do seguro participou o acidente à sua companhia, a qual instaurou processo de sinistro que instruiu com a participação de acidente de viação elaborada.

Na sequência do processo, a companhia de seguros pagou a quantia de 46.797 euros ao arguido seu segurado e 7.190 ao outro arguido interveniente no “acidente”.

O MP pede, além do mais, que os arguidos sejam condenados a pagar solidariamente aqueles valores ao Estado, “por corresponderem à vantagem da atividade criminosa que desenvolveram, sem prejuízo dos direitos da companhia de seguros lesada”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Scorpions regressam com concerto em Braga em abril

Publicado

em

Os Scorpions regressam a Portugal no próximo dia 16 de julho, para um concerto no Forum Braga, integrado na digressão mundial de apresentação do seu mais recente álbum, “Rock Believer”, anunciou hoje a promotora Everything is new.

A banda alemã cumpriu uma das primeiras etapas da digressão no ano passado, em Lisboa, na Altice Arena.

Com mais de 120 milhões de discos vendidos, segundo o comunicado da promotora, os Scorpions nasceram em 1965, na cidade de Hannover, tendo os seus temas já sido alvo de versões por grupos como Smashing Pumpkins, Green Day, Korn e System of a Down.

Os bilhetes para o concerto no Altice Forum Braga são postos à venda no próximo dia 22, “nos locais habituais” e no ‘site’ da promotora.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Arquidiocese de Braga pede perdão e “assume toda a dor” das vítimas de abusos

Publicado

em

O Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Braga pediu “perdão” às crianças que sofreram abusos sexuais na Igreja Católica e “assume toda a dor” das vítimas, foi hoje anunciado.

Em comunicado, emitido após reunião ocorrida na quinta-feira, aquele conselho garante ainda que irá reforçar a sua “determinação de criar uma cultura de cuidado e transparência” nas instituições da arquidiocese.

“O conselho permanente deste órgão diocesano assume toda a dor das vítimas, testemunhada no relatório elaborado pela Comissão Independente para o estudo dos abusos sexuais de crianças na Igreja Católica Portuguesa. Comungando das palavras do presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, este conselho pede perdão a todas vítimas que corajosamente deram o seu testemunho, silenciado durante tantos anos”, refere o comunicado.

O conselho sublinha e agradece “o empenho de todas as pessoas que diariamente trabalham pela instauração da justiça e do bem comum”.

O Conselho Presbiteral de Braga é um órgão consultivo que promove, de forma institucional, o diálogo entre os presbíteros e o seu arcebispo, para o ajudarem no governo da Arquidiocese.

O relatório recebeu 512 testemunhos validados, o que permitiu a extrapolação para a existência de, pelo menos, 4.815 vítimas, tendo sido enviados 25 casos para o Ministério Público.

O distrito de Lisboa concentra o maior número de casos (120), seguindo-se os distritos do Porto (64 casos) e de Braga (55 casos), Santarém (26 casos), Aveiro (24 casos), Leiria (21 casos), Coimbra (19 casos), Setúbal (18 casos), Viana do Castelo (15 casos), Viseu e a Região Autónoma da Madeira (14 casos), Bragança (13 casos), Évora e Guarda (12 casos) e Castelo Branco (11 casos).

Os restantes distritos do país apresentam menos de 10 casos.

A Conferência Episcopal Portuguesa vai tomar posição sobre o relatório, de quase 500 páginas, numa Assembleia Plenária agendada para 03 de março, em Fátima.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Manifestantes montam tendas em Braga contra a subida “pornográfica” dos custos da habitação

Publicado

em

Duas dezenas de pessoas montaram hoje tendas e “acamparam” frente ao Banco de Portugal, em Braga, num protesto contra os preços “proibitivos” das rendas de casa e a subida “pornográfica” das prestações dos créditos à habitação.

“Por este caminho, viver em tendas vai ser mesmo a única solução para muitos portugueses”, disse o porta-voz do movimento “Os Mesmos de Sempre a Pagar”, que promoveu o protesto.

Como exemplo, Cândido Almeida disse que, atualmente, em Braga, não se consegue arrendar um apartamento, “por mais pequeno que seja, por menos do salário mínimo nacional”.

“O Governo tem de tomar medidas e medidas robustas, para garantir a todos o direito a uma habitação condigna, consagrado na Constituição”, acrescentou.

Para Cândido Almeida, é preciso “agir com coragem” e “apresentar a fatura” a quem apresenta “lucros descomunais, como a banca, a especulação imobiliária e os grandes grupos económicos”.

“Sempre os mesmos a pagar é que não pode ser”, frisou.

Este protesto aconteceu no mesmo dia em que o Conselho de Ministros tem uma agenda exclusivamente dedicada a matérias de habitação.

Cândido Almeida explicou que o Banco de Portugal foi o “pano de fundo” escolhido para alertar para o “pornográfico” aumento das taxas de juro do crédito à habitação.

“Em muitos casos, a prestação quase que duplicou, deixando muita, muita gente em maus lençóis. Qualquer dia, estas tendas podem ser mesmo a solução”, rematou.

O Conselho de Ministro aprova hoje um novo pacote legislativo sobre habitação com medidas que visam estimular o mercado de arrendamento, assim como a agilização e incentivos à construção.

A realização de um Conselho de Ministros dedicado à habitação foi anunciada em janeiro pelo primeiro-ministro, António Costa, durante uma entrevista à RTP, tendo o Governo assumido a habitação acessível como um dos maiores desafios da atualidade.

O detalhe das medidas que o Conselho de Ministros aprova hoje não é conhecido, tendo o primeiro-ministro sinalizado que o pacote contemplará soluções que visam a disponibilização de mais solos para construção de habitação, incentivos à construção por parte de privados e incentivos fiscais aos proprietários para colocarem casas no mercado de arrendamento, além de apoios para os jovens conseguirem arrendar casa.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Karting: Bracarense Francisco Correia estreia-se na categoria Mini X30 no Campeonato de Portugal

Publicado

em

Francisco Correia, conhecido por Kiko, bracarense, de apenas 8 anos, estreia-se na categoria Mini X30, estando já confirmada a sua presença no Open Portugal de Karting, Campeonato Portugal de Karting e nas Iame World Finals (Campeonato do Mundo de motores Iame).

Após um ano de 2022 repleto de bons resultados, o jovem Kiko irá dar mais um passo na sua carreira ao ingressar na competitiva categoria Iame Mini X30, a primeira a dar acesso aos palcos internacionais de competição. O piloto infantil é agora apoiado pela estrutura da Sculpt Coaching e pelo experiente Vice-campeão Mundial Rotax, Bruno Borlido.

Kiko vai manter a sua ligação ao Cabo do Mundo Karteam, equipa com que se estreou no Karting com 5 anos de idade em Julho de 2019 e com a qual conquistou 5 títulos até à data (Open Portugal Karting Iniciação 2020, Vice-Campeão Portugal Karting Iniciação 2021, Vice-Campeão Open Portugal Karting Cadete 2022, Vice-Campeão Portugal Karting Cadete 2022, Campeão Portugal Rotax Micro-Acdemy 2022).

A primeira prova do ano, Open Portugal de Karting, realizar-se-á no último fim-de-semana de Fevereiro no Kartódromo de Viana do Castelo, e a expectativa do piloto é poder ingressar no grupo dos melhores 10 da categoria e manter a sua evolução ao longo do ano e garantir a aproximação do ‘Top 5’ na segunda metade do Campeonato de Portugal, e ser um digno representante das cores da Bandeira das Quinas no Iame Word Finals no final de Outubro.

Neste momento, o piloto e equipa estão a preparar a pré-epoca, que terá apenas um pequeno interregno no fim-de-semana de 21 Janeiro, data em que o piloto receberá da mão do Diretor para o Karting, Eng. João Rito, e do Presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, a faixa de Campeão de Portugal Rotax Mciro Academy 2022 no Casino do Estoril.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

PJ faz buscas no Hospital de Braga

Publicado

em

A Polícia Judiciária está, esta manhã, a efetuar buscas no Hospital de Braga. A CNN Portugal diz que estão em questão “crimes económicos em violação das regras de contratação pública”. Uma declaração emitida pelo hospital diz que está “a colaborar totalmente com as autoridades” com acções em curso.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 14 minutos

Famalicão marcou presença na Assembleia Geral da Associação Internacional das Cidades Educadoras em Sevilha

O concelho de Vila Nova de Famalicão, enquanto membro da Comissão Coordenadora da Rede das Cidades Educadoras Portuguesas, participou na...

Desportohá 16 minutos

Famalicão: Encontros de Educação abordam igualdade de género no CESPU

A próxima reflexão dos Encontros de Educação, intitulada “Conferências em Educação: Cidade Equitativa – Igualdade ou Equidade de género”, terá...

Famalicãohá 25 minutos

Famalicão: CIOR reforça ligação entre alunos e empresas

Esta manhã de segunda-feira teve lugar, no auditório da Escola Profissional CIOR em V.N. de Famalicão, uma atividade inserida na...

Desportohá 1 hora

Atletas da equipa de boccia da ACIP representam Famalicão na final do campeonato nacional

Os atletas da equipa de boccia da ACIP vão representar as cores locais na fase final do campeonato nacional, que...

Famalicãohá 2 horas

“Caminhada Solidária pelo Martim” juntou 400 participantes e angariou mais de 3 mil euros para os tratamentos da criança

Cerca de 400 pessoas estiveram reunidas, este domingo na “Caminhada Solidária pelo Martim”, onde coseguiram angariar mais de 3 mil...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Fundação Cupertino de Miranda expões fotografias da “casa vida e obra” de Mário Cesariny

 A Fundação Cupertino de Miranda, em Vila Nova de Famalicão, vai expor cerca de 200 fotografias que retratam a “casa,...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Padre de Ribeirão celebrou 50 anos ao serviço da Igreja

O Monsenhor Manuel Joaquim Fernandes, pároco de Ribeirão celebrou, este fim de semana, 50 anos ao serviço da Igreja, numa...

Desportohá 4 horas

Basquetebol: FAC vence BC Gaia por 78-84

A equipa de basquetebol do Famalicense Atlético Clube venceu, este sábado, por 78-84 o BC Gaia, num jogo a contar...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: Junta de Vermoim promove visitas guiadas aos pontos arqueológicos da freguesia

A Junta de Freguesia de Vermoim realiza visitas guiadas às suas “Pedras com História”, pontos da freguesia com elevado valor...

Desportohá 4 horas

Famalicão: Amigos do Cavalo realizam passeio solidário em Avidos

A Associação Amigos do Cavalo, Feiras de Famalicão realiza, no dia 16 de abril um Passeio a Cavalo, na freguesia...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES