Siga-nos nas redes

País

Discotecas voltam a abrir sexta-feira depois de uma “luta pela sobrevivência” de 18 meses

Publicado

em

A terceira fase do atual processo de desconfinamento tem início às 00:00 de 01 de outubro, sexta-feira, altura em que os espaços de diversão noturna podem voltar a abrir portas com a apresentação, pelos clientes, do certificado digital de vacinação contra a covid-19 ou teste negativo.

Este foi o único setor de atividade que esteve sempre fechado desde o início da pandemia, em março de 2020.

“A Sala reabre no primeiro minuto de dia 01 de outubro, o primeiro minuto possível para reabrir as salas de espetáculo e da noite, e vai abrir até as seis da manhã, o nosso horário pré-pandemia – e esperamos que assim se mantenha – e vai voltar a existir uma pista de dança que é aquilo que tanto ambicionávamos durante estes últimos 18 meses”, disse à Lusa Mariana Duarte, uma das cofundadoras do Village Underground Lisboa.

“Não há reabertura da Sala, mas uma abertura do horário da meia-noite às seis”, precisou Gustavo Rodrigues, o DJ residente do espaço, também um dos cofundadores do espaço que chegou a Lisboa em 2014, conhecido por possuir contentores marítimos e dois autocarros de dois andares, onde funciona a restauração.

Desde março de 2020, no Village Underground, e à medida que as restrições foram avançando de fase, a restauração recomeçou a funcionar, assim como as aulas na academia de música ou as performances de teatro e dança até às 20:00.

Quando possível, a esplanada exterior foi palco de concertos.

“Vamos ter de cumprir as regras, esta atividade ainda continua limitada só podemos deixar entrar com certificado, não há autotestes, nada”, disse Gustavo Rodrigues, frisando que o espaço irá continuar a “cumprir as regras enquanto tiver de ser”.

O responsável lembrou que dentro do setor da cultura os últimos 18 meses foram “uma montanha-russa”, com muitas coisas fechadas ou restringidas, com uma paragem abrupta em março de 2020, “um verão limitado”, voltando a fechar no primeiro semestre de 2021 e uma abertura agora, no segundo semestre.

“Foi difícil e foi uma luta para sobreviver, mas conseguimos chegar ao lado de cá, tivemos de conseguir chegar ao lado de cá”, afirmou.

Para os responsáveis do Village Underground, que mantiveram grande parte da equipa a funcionar por causa da restauração e da programação musical na esplanada, foi agora necessário reativar a equipa de segurança, responsáveis de porta, de bares e de limpeza.

“Está a assentar a poeira e temos de arrancar outra vez”, disse com alguma emoção Gustavo Rodrigues.

As portas da Sala – espaço pelo qual é conhecido o espaço de dança – abrem às 00:01 de sexta-feira, dia 01 de outubro, e vão estar abertas no fim de semana, na sexta, sábado e segunda-feira, véspera de feriado.

“Vamos ter um fim de semana com uma cereja no bolo”, disse Mariana Duarte, salientando o facto de ter em conta que “há pessoas que estão com receio de voltar a uma sala fechada numa pista de dança”.

A estas, aconselhou que vão sem medo, garantindo que tudo está a ser feito em segurança, cumprindo todas as regras.

José Gouveia, da Associação Discotecas Nacional (ADN), explicou por seu turno à Lusa ter conhecimento que só um espaço de dança irá abrir de 30 de setembro para 01 de outubro, dois ou três na noite de sexta-feira para sábado e no fim de semana e, entre 07, 08 e 09 de outubro, abrem mais um ou dois.

“É grave até porque sabemos que a situação das discotecas já não era saudável antes da pandemia, foi a estocada final, o Estado nunca olhou para isso”, disse o responsável.

Apesar de não ter dados exatos sobre o número de discotecas existentes em Lisboa, por não haver um CAE (Classificação da Atividade Económica para as finanças) específico, José Gouveia justificou que parte daqueles espaços que não vão abrir tem a ver com a falta de apoios estatais.

“Havia uma necessidade, por via de ausência de apoios por parte do Estado, de as empresas abrirem, caso contrário iriam fechar e esses apoios ainda não chegaram, essa é a grande preocupação: se hoje estamos a dois dias da abertura e há espaços que não vão abrir é porque não estão devidamente apoiados pelo Estado e não têm dinheiro para abrir as suas portas”, alertou.

José Gouveia lembrou que as discotecas que abrirem entre dia 07 e 08 abrem exatamente quando “se comemoram 19 meses de porta fechada, uma comemoração infeliz”, frisando que durante esse percurso houve “muitas baixas” e que não foi fácil estar fechado “sem receitas e com custos associados” de ‘lay-off’ ou de rendas, por exemplo.

José Gouveia mostrou-se ainda cauteloso quanto à reabertura das discotecas, lembrando que a “noite será uma incógnita”, mas ao mesmo tempo, lembrou que estes espaços de diversão noturna “controlavam a noite”.

“Com as discotecas abertas, esse controlo [dos jovens] será feito e as imagens que tivemos oportunidade de ver em Santos e na rua de São Paulo não se vão repetir”, disse, aludindo às enchentes de há cerca de duas semanas naquelas zonas de Lisboa.

“Não sabemos a noite que vamos ter, qual é o estado de espírito, de alma que os utentes da noite têm. Que níveis de confiança têm, será que entram numa discoteca e se sentem bem, estão à vontade, não têm nenhum sentimento claustrofóbico ou hipocondríaco. Temos de perceber”, alertou.

Nesse sentido, José Gouveia referiu ter prevenido os operadores desta indústria que “façam as coisas com calma”, que não encham os espaços “até não caber mais ninguém, apesar de não haver limitação delineada”.

“Temos de ser conscientes, as pessoas precisam de um tempo para recuperar a sua confiança”, frisou.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

País

Cantoneiro suspeito de conduzir carros da Polícia Municipal e de usar a farda oficial com a conivência da GNR

Publicado

em

Por

Um assistente operacional da área de higiene e limpeza da Câmara de Sintra foi alvo de um “processo de averiguações para apuramento dos factos”, por suspeitas de ter usado um uniforme da Polícia Municipal e de ter conduzido viaturas desta força indevidamente, avança a revista Sábado.

Caso se confirmem as suspeitas, este funcionário, com a ocupação de cantoneiro, terá exercido funções de polícia sem qualquer formação, tendo o seu nome surgido nas escalas de serviço diário da Polícia Municipal de Sintra, para “recepção de viaturas”.

De acordo com a mesma fonte, este funcionário terá usado o uniforme da Polícia Municipal e conduzido as suas viaturas com a aparente conivência do atual comandante da Polícia Municipal de Sintra, major da GNR.

Na última sessão extraordinária da Assembleia Municipal, os deputados Eunice Baeta da Iniciativa Liberal e António Rodrigues do PSD defenderam a suspensão temporária, até ao apuramento dos factos.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Bombeiro marido de uma das vítimas mortais do acidente de autocarro ainda ajudou outros feridos no local

Publicado

em

Por

Um dos bombeiros presentes no socorro das vítimas do violento acidente, que no último sábado fez três vítimas mortais, que viajavam num autocarro para o Santuário de Fátima, foi o marido de uma delas, Emília Castro de 52 anos.

Bombeiro, em serviço há mais de 30 anos, e apesar de saber que a sua esposa era uma das vítimas, reuniu forças suficientes para, ainda assim, ajudar os outros feridos.

Alberto Soares, passageiro de 77 anos, e António Araújo, de 58 anos, o condutor do autocarro foram as outras vítimas.

Outras 33 pessoas ficaram feridas, deste grupo de três veículos que partiu em excursão, de Guimarães, às 06:30 da manhã do mesmo dia.

Foto: Postal.pt / DR

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Cirurgiões do São João acusados de terem removido mama errada durante mastectomia

Publicado

em

Por

Dois cirurgiões foram acusados por terem removido a mama errada a uma paciente do Hospital de São João no Porto, avança a CM.

A paciente, Susana Tomé, acusa estes profissionais de saúde de terem levado a cabo uma mastectomia, removendo a mama do lado errado.

Ambos cirurgiões estão acusados de negligência que resultou num ofensa à integridade física da doente.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Mulher de 75 anos ferida gravemente após despiste com o marido de 81 em Arcos de Valdevez

Publicado

em

Por

Uma mulher de 75 anos ficou hoje ferida com gravidade na sequência do despiste da viatura em que seguia, no lugar de Ínsua, freguesia de Miranda, em Arcos de Valdevez, disse fonte dos bombeiros locais.

Fonte dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez adiantou que a mulher foi transportada ao Hospital de Braga.

Um homem de 81 anos, condutor da viatura, sofreu ferimentos ligeiros e foi transportado ao hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

O despiste ocorreu às 08:53. Ao local compareceram nove operacionais e três viaturas dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, um carro-patrulha com três militares da GNR e a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Arcos de Valdevez.

Fotos: Rádio Barca/ FM

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Mais 14 casos de varíola do macaco detetados esta segunda-feira em Portugal. 37 infetados no total

Publicado

em

Por

Mais 14 casos da varíloa do macaco foram detetados em Portugal, esta segunda-feira, informou a Direção-Geral da Saúde, aumentando assim o número total de infetados em Portugal para 37.

As regiões afetadas são o Norte, Lisboa, Vale do Tejo e Algarve.

As amostras já analisadas indicam tratar-se da variante África Ocidental, a menos agressiva.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Governo prevê ganhar 129 milhões em multas de trânsito. Mais 47 milhões do que em 2021

Publicado

em

Por

O Governo português espera arrecadar em multas de trânsito cerca de 129 milhões de euros, assim o diz o valor inscrito no Orçamento do Estado de 2022.

Este valor apresenta um aumento de 47 milhões de euros face ao valor total de 2021 e está ainda em discussão na Assembleia da República.

O excesso de velocidade é a infração mais detetada ao Código da Estrada.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

ASAE: Nove detidos por venda irregular de bilhetes para a Taça de Portugal

Publicado

em

Por

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal, deteve nove pessoas em flagrante pelo crime de especulação e venda irregular de bilhetes para a final da Taça de Portugal de futebol.

O comunicado final sobre a operação realizada pela ASAE, divulgado hoje à tarde, faz o balanço das situações detetadas e refere nove casos de anúncio de “venda de bilhetes acima do seu valor facial, pretendendo obter vantagem patrimonial indevida”.

“Foram ainda apreendidos 30 bilhetes com valores faciais que oscilam entre 15 e 20 euros, encontrando-se os bilhetes à venda acima do seu valor oficial, chegando a ser pedidos cerca de 100 euros por bilhete, com margens de lucro a atingir os 500% de lucro por bilhete”, lê-se no texto.

Este tipo de crime de especulação é “punível com pena de prisão de seis meses a três anos e multa não inferior a 100 dias”, recorda a ASAE.

O jogo da final da Taça foi hoje disputado entre FC Porto e Tondela, no Estádio Nacional, em Oeiras, Lisboa, com os ‘dragões’ a vencerem por 3-1.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Português Rafael Leão eleito o melhor jogador do campeonato italiano

Publicado

em

Por

O futebolista internacional português Rafael Leão foi eleito o melhor jogador da Série A na época 2021/22, em que o AC Milan, a sua equipa, se sagrou campeã italiana 11 anos depois.

Em comunicado, a Liga informou da atribuição do troféu de melhor jogador, após o jogo da última jornada com o Sassuolo, ao avançado português, que fechou a época com 11 golos e 10 assistências.

Rafael Leão, de 22 anos, conquistou o seu primeiro título no futebol sénior na terceira temporada no emblema italiano, e terminou a época como melhor marcador dos milaneses, a par do francês Oliver Giroud.

Da parte da Liga, o dirigente Luigi De Siervo enalteceu as características de Leão, “um símbolo do AC Milan campeão” e um futebolista “imprevisível, na força atlética e velocidade, que o tornam um jogador de topo”.

A Liga nomeou ainda Maignan (AC Milan) como melhor guarda-redes da época 2021/22, Stefano Pioli (AC Milan) o treinador e Brozovic (Inter) o melhor médio.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Hospital de Braga reconhece “sérios constrangimentos” na urgência de Obstetrícia

Publicado

em

Por

O Hospital de Braga reconheceu “sérios constrangimentos” na urgência de Obstetrícia devido à saída de cinco obstetras, depois de o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) ter denunciado escalas com número de clínicos “abaixo dos mínimos” estabelecidos.

O hospital adiantou que “está a tentar” contratar clínicos prestadores de serviços como “solução temporária de recurso”.

A administração do hospital reconheceu que “tem vindo a constatar sérios constrangimentos em completar a escala de trabalho do Serviço de Urgência de Obstetrícia”, explicando que é uma “situação motivada pela saída, por aposentação ou rescisão, de cinco médicos obstetras”.

“Como soluções temporárias de recurso, o Conselho de Administração está a tentar garantir a contratação de médicos prestadores de serviço, tendo igualmente reorganizado as escalas de trabalho e alterado a dotação, de modo a assegurar a prestação de cuidados de saúde de forma regular às grávidas e parturientes da região”, adianta a administração.

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) denunciou na sua página na internet que o conselho de administração do Hospital de Braga “impôs escalas de Urgência de Ginecologia/Obstetrícia abaixo dos mínimos estabelecidos pelo Colégio da Especialidade para um Hospital de Apoio Perinatal Diferenciado”.

Segundo o SIM, o Hospital de Braga realiza mais de 2.500 partos anuais, pelo que deve ter cinco especialistas em presença física, podendo o quarto especialista ser substituído por um médico interno da especialidade do 5º ao 6º ano e o quinto especialista por um médico interno do 2º ao 6º ano.

De acordo com o sindicato, o conselho de administração do hospital determinou a alteração da dotação para quatro elementos “com efeitos imediatos”, ou seja, “para uma equipa que devia ter cinco médicos especialistas, o conselho de administração do Hospital de Braga impôs [sexta-feira] uma equipa de apenas três médicos especialistas”.

O sindicato deu ainda conta de que apelou aos seus associados para que “deem entrada de minutas de exclusão de responsabilidade face à carência de recursos humanos das equipas de urgência”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

Fernando Pimenta e João Duarte ganham medalhas de ouro na final da Taça do Mundo de canoagem

Publicado

em

Por

A dupla portuguesa Fernando Pimenta/João Duarte conquistou hoje a medalha de ouro na final A do K2 1.000 metros da Taça do Mundo de Racice, na República Checa, primeira etapa deste circuito de canoagem de velocidade.

A equipa portuguesa cumpriu a distância em 3.16,09 minutos, deixando o par segundo classificado, formado pelos dinamarqueses Christian Farstad e Gustav Bock, a 1,16 segundos, enquanto os australianos Pierre Westhuyzen e Noah Havard ficaram no terceiro lugar, a 1,95 segundos.

Esta foi a segunda medalha de ouro conquistada por Fernando Pimenta na presente Taça do Mundo, depos da conquistada no sabado na prova de K1 1.000, numa competição em que Portugal conta ainda com uma medala de bronze, conquistada por Teresa Portela na Final A dos K1 500 metros, igualmente no sábado.

Nas finais já disputadas na manhã de hoje, realce ainda para o quarto lugar de Teresa Portela na Final A de K1 200 metros, tendo terminado a 36 centésimos de segundo da medalha de bronze e a 78 da vencedora, a eslovena Anja Osterman.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Artigos Recentes

Paíshá 8 horas

Cantoneiro suspeito de conduzir carros da Polícia Municipal e de usar a farda oficial com a conivência da GNR

Um assistente operacional da área de higiene e limpeza da Câmara de Sintra foi alvo de um “processo de averiguações...

Desportohá 8 horas

Dança: Apolo Famalicão conquista 4 títulos de Campeão Nacional

No passado sábado dia 21 de Maio, realizou-se no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa, o Campeonato Nacional de 10...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: Gindança conquista dois títulos de campeão nacional e um de vice-campeão

A Academia Gindança, de Famalicão, participou no passado sábado, 20 de maio, no Campeonato Nacional de 10 danças e Campeonato...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: Alunos da D. Sancho I realizam estágio em Marselha

Dezoito alunos dos cursos profissionais de Contabilidade, de Eletrotecnia, de Manutenção Industrial e Gestão e de Programação de Sistemas informáticos...

Desportohá 8 horas

Xadrez: Mariana Silva convocada para a Seleção Feminina

A atleta Mariana Silva, do Clube de Xadrez da Associação Académica Didáxis (A2D), foi selecionada para participar na 44.ª edição...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão distinguido com Selo Município da Juventude

O Município de Famalicão foi reconhecido com o Selo Município da Juventude, no II Encontro Nacional de Municípios Amigos da...

Paíshá 10 horas

Bombeiro marido de uma das vítimas mortais do acidente de autocarro ainda ajudou outros feridos no local

Um dos bombeiros presentes no socorro das vítimas do violento acidente, que no último sábado fez três vítimas mortais, que...

Mundohá 11 horas

Médicos não conseguem explicar aumento de casos de hepatite em crianças. Ligação com covid-19 está sob estudo

A doença continua a espalhar-se entre as crianças, criando dúvidas sobre o que a está a causar, incluindo possíveis ligações...

Paíshá 13 horas

Cirurgiões do São João acusados de terem removido mama errada durante mastectomia

Dois cirurgiões foram acusados por terem removido a mama errada a uma paciente do Hospital de São João no Porto,...

Bragahá 13 horas

Fogo deflagra na Fábrica Confiança em Braga

Um incêndio deflagrou, ao início da tarde desta segunda-feira, nas antigas instalações da Fábrica Confiança, em Braga, avança o jornal...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES