Siga-nos nas redes

Braga

Cientistas famalicenses criam tinta inteligente anti contrafação têxtil

Publicado

em

Cientistas da Universidade do Minho e do CeNTI desenvolveram tintas fluorescentes inteligentes que vão ajudar a combater a contrafação de produtos têxteis, foi hoje anunciado.

Em comunicado, os responsáveis do projeto referem que, até ao momento, “os resultados conseguidos são bastante promissores”, pelo que já se iniciou um pedido de pré-patente, visando num futuro próximo a comercialização daquela tecnologia.

Esta investigação resulta de uma parceria entre cientistas do Centro de Engenharia Biológica (CEB) da Universidade do Minho com experiência na área da biotecnologia e do CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes, especializado no desenvolvimento de materiais inteligentes.

“As biotintas florescentes ecossustentáveis apresentam características únicas e exclusivas que são difíceis de copiar ou clonar, pelo que poderão ser utilizadas como marcadores de anti-contrafação ou impressões de segurança”, explicam os promotores, em comunicado.

Acrescenta que as biotintas terão também “aplicações interessantes” na produção de têxteis inteligentes, desde vestuário a artigos de decoração, com padrões que se alteram com a luz ambiente.

“Estes materiais, altamente inovadores, vão potenciar o crescimento da biotecnologia e serão relevantes para várias indústrias, tornando-as mais inteligentes e funcionais”, refere ainda.

O trabalho dos cientistas do CEB passa pela produção biotecnológica das moléculas e a elaboração de testes de encapsulação.

A equipa do CeNTI está focada na aplicação em têxteis, assim como na elaboração de testes de estabilidade em longo prazo, de forma a obter-se um protótipo.

“A grande inovação do projeto assenta no facto de estas tintas serem compostas por materiais naturais, produzidos a partir de microrganismos, ao contrário das tintas tradicionais que são feitas de produtos químicos, a partir de derivados de petróleo”, remata o comunicado.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Braga

Dona Rosa ganhou batalha ao covid-19 e festejou hoje 106 anos de vida, em Fafe

Publicado

em

Por

Uma utente do Centro Social de Silvares, em Fafe completou esta quinta-feira 106 anos após ter recentemente vencido a batalha contra a covid-19.

Rosa Soares recebeu a visita dos seus familiares e colaboradores do centro social que a congratularam pela sua resiliência.

Nas redes sociais a instituição escreveu que “Em tempos diferentes e desafiantes, como os que vivemos atualmente, as festas e as comemorações ficam comprometidas.
Contudo não devemos deixar de agradecer a Deus por tão bela idade, muito menos de nos adaptarmos às circunstâncias e festejar um aniversário tão bonito como o da Sra. Rosa Soares, que hoje sopra as suas 106 velas”.

A dona Rosa deu à luz dez filhos (cinco dos quais já faleceram) é avó de 17 netos, bisavó de 29 e trisavó de quatro.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Covid-19: Surto na Santa Casa da Misericórdia de Fão totaliza 49 infetados

Publicado

em

Por

A Câmara Municipal de Esposende, anunciou hoje que o surto de covid-19 detetado na Estrutura Residencial para Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Fão afeta 49 pessoas.

Em comunicado, a autarquia esclareceu que foram detetados 33 utentes infetados e 16 profissionais.

À Lusa, o presidente da autarquia, Benjamim Pereira, assegurou que “estão a ser tomadas todas as medidas necessárias”, entre as quais o alojamento de sete idosos “por forma a descongestionar os serviços da instituição”.

Para aquele alojamento, adianta o comunicado, a Comissão Municipal de Proteção Civil de Esposende ativou uma das cinco Zonas de Concentração de Apoio à População disponíveis no concelho, onde foram acomodados os sete utentes.

A câmara de Esposende, refere o texto, “através da Comissão Municipal de Proteção Civil e em permanente contacto com a autoridade de saúde, está a acompanhar a situação, disponibilizando, para o efeito, todos os meios técnicos e humanos disponíveis”.

A autarquia garante ainda que “será dado conhecimento público da situação, sempre que assim se justifique”.

“Felizmente estamos muito bem preparados desde a primeira hora e estamos a abordar com serenidade a questão. Vamos informar a comunidade para que não haja informações incorretas a correr e para que as famílias dos utentes possam estar informadas e descansadas”, afirmou o autarca.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,4 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 4.209 em Portugal.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Sortudo tira 10 mil euros numa raspadinha de Natal em Vila Verde

Publicado

em

Por

Dez mil euros foi quanto um apostador, cheio de sorte, conseguiu tirar numa raspadinha de Natal em Vila Verde.

A raspadinha especial de Natal, com o preço de cinco euros foi comprada e raspada no Café Plaza, na localidade da Lage, à margem da Estrada Nacional 205.

O proprietário do estabelecimento disse ao jornal O Minho que também no dia de hoje já foram sorteados 500 euros a outro apostador.

O vencedor dos 10 mil euros terá agora de entrar em contacto com a Santa Casa da Misericórdia de forma a receber o seu prémio.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

jornal opinião pública

fama rádio

Artigos recentes

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais vistos