Siga-nos nas redes

País

Ministra da Saúde reconhece falta de “resposta” dos hospitais públicos e privados

Publicado

em

A resposta à pandemia de covid-19 está a ser apenas suportada pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), face à ausência de soluções proporcionadas pelos setores privado e social, revelou hoje a ministra da Saúde, Marta Temido.

Em declarações na audição conjunta da Comissão da Saúde e da Comissão de Orçamento e Finanças, na Assembleia da República, a governante recusou qualquer “prurido” ideológico no recurso a outros setores, face a uma interpelação do CDS sobre a possibilidade de requisição, reiterando que o Governo está “a negociar desde há vários meses” e que não desistiu da negociação com os demais parceiros no sistema nacional de saúde.

“Não temos tido respostas à doença covid fora do SNS. Não temos tido, ora por razões infraestruturais, ora por razões de dificuldade e de incerteza, perfeitamente compreensíveis e que tentaremos negociar e acomodar. Não queiram envolver o SNS, os portugueses e a atividade assistencial em guerras que não existem. Estamos cá para trabalhar e servir os portugueses, não para servir guerras que não interessam a ninguém”, afirmou.

No momento de maior tensão até ao momento na discussão na sala do plenário do parlamento, Marta Temido fez questão de lembrar a autorização pelo Conselho de Ministros de hoje de “uma despesa de 33 milhões de euros para atividade realizada fora do SNS” em diversos hospitais para responder a populações com necessidades assistenciais.

“Estamos disponíveis para o fazer sempre que seja necessário e interessados em fazê-lo sempre que seja necessário”, frisou a ministra, sem deixar de sublinhar a exigência do Governo na gestão do orçamento de 12 mil milhões de euros para o SNS: “Temos o dever de gastar esta verba adequadamente e de retirar a máxima eficiência possível dos meios que são postos à nossa disposição”.

Paralelamente, Marta Temido rebateu críticas ao uso da telemedicina como forma de recuperação da atividade assistencial no SNS em função dos constrangimentos colocados pela covid-19, ao defender que este método foi também uma aposta de “outros países como forma de reagir e manter respostas às necessidades assistenciais” e sustentou a sua validade com o cumprimento de diversos critérios.

“Esta atividade é sempre realizada por um profissional de saúde, é objeto de registo e tem um conjunto de requisitos para que possa ser contabilizada como atividade de saúde. Não há uma menor valia, embora haja uma diferenciação óbvia entre um contacto presencial e um contacto à distância”, notou, adiantando ainda que o “ministério da Saúde está a construir um referencial de validação deste tipo de atividade”.

Ainda sobre meios de atendimento à distância, Marta Temido avançou no início da audição que a linha SNS24 atingiu um novo máximo de chamadas, passando de “uma média, no início da pandemia, de 3.500 chamadas para 41.664 chamadas recebidas” na terça-feira.

Portugal contabiliza hoje mais 46 mortos relacionados com a covid-19 e 4.410 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.740 mortes e 161.350 casos de infeção, estando hoje ativos 67.157 casos, mais 1.857 do que na quarta-feira.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: Colisão entre motociclos faz dois feridos, esta noite, em Vermoim

Duas pessoas ficaram feridas na noite desta terça-feira, após uma colisão entre duas motas na Estrada Nacional 206, em Vermoim....

Sociedadehá 9 horas

Conheça aqui a chave da sorte do Euromilhões desta terça-feira

Um apostador estrangeiro arrecadou, esta terça-feira, meio milhão de euros com o 2.º prémio do Euromilhões. Sem totalistas do 1.º...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Homem que sofreu queda fatal enquanto colhia fruta tinha 49 anos e residia em Oliveira Santa Maria

O homem que faleceu, na noite desta segunda-feira, após cair de um telhado, enquanto colhia ameixas, em Requião, residia em...

Bragahá 13 horas

Mulher de 55 anos detida em Braga por violência doméstica contra pai de 90 anos e tia de 81

A GNR de Braga, através do  Núcleo de Investigação a Vítimas especificas (NIAVE) de Braga, ontem, dia 21 de junho, deteve...

Paíshá 13 horas

Festival Paredes de Coura adiado para 2022

O festival Paredes de Coura, que deveria acontecer em agosto naquela localidade, foi adiado para 2022, devido a “todas as...

Paíshá 14 horas

PSP reforça policiamento para o São João no Porto

A PSP do Porto garantiu hoje que vai reforçar o policiamento na noite de São João, de quarta para quinta-feira,...

Paíshá 16 horas

Covid-19: Mais 6 mortos e 1020 novos infetados nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 6 óbitos provocados pela pandemia e 1020 novos casos de infeção, segundo o relatório diário emitido...

Paíshá 16 horas

Bloco de Esquerda quer ver reconhecidos contratos de trabalho dos estafetas

O Bloco de Esquerda (BE) apresentou hoje um anteprojeto de lei para regular as relações laborais com os operadores de...

Economiahá 17 horas

Altice prepara despedimento coletivo de cerca de 300 trabalhadores

A Altice Portugal revelou esta terça-feira que vai dar início, “nas próximas semanas”, a um processo de rescisões de contratos...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão aumenta oferta de qualificação profissional de adultos

O Município de Famalicão e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) assinaram, esta segunda-feira, um novo protocolo de...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Um ferido grave após despiste de mota em Cabeçudos

Uma pessoa ficou gravemente ferida, na manhã desta terça-feira, depois de se ter despistado de mota, na Travessa de Santa...

Famalicãohá 19 horas

Paulo Costa é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Famalicão

Paulo Costa é o candidato do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara de Famalicão e Catarina Ferraz encabeça a lista...

Desportohá 19 horas

FC Famalicão interessado em Bruno Alves

O FC Famalicão estará interessado em Bruno Alves, defesa central, de 39 anos que atualmente alinha pelo Parma. De acordo...

Famalicãohá 20 horas

Famalicão: Homem de 49 anos morre após queda de 7 metros enquanto colhia fruta em Requião

Um homem de 49 anos morreu hoje na sequência de uma queda de sete metros, quando estaria a apanhar fruta,...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Obras de requalificação da Estrada Nacional 206 começaram hoje

A requalificação do troço da EN206 entre os quilómetros 22 e 37, em Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga,...

Desportohá 1 dia

Famalicão: Piloto Francisco Salgado sofre traumatismo no fígado no Campeonato do Mundo de Enduro

O motociclista famalicense Francisco Salgado lesionou-se durante o Campeonato do Mundo de Enduro, em Marco de Canaveses, e encontra-se hospitalizado...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Ladrões levam parte da traseira de duas carrinhas Renault do mesmo modelo

Esta segunda-feira foram registados dois roubos a carrinhas Renault Megane em duas viaturas diferentes, em Famalicão. Segundo apurou a Fama...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Painéis da Fundação Cupertino de Miranda restaurados pela Câmara Municipal

Os painéis exteriores da Fundação Cupertino de Miranda, da autoria de Charters de Almeida, vão ser intervencionados, com o intuito...

Paíshá 1 dia

Casal encontrado morto, esta tarde, numa garagem em Aveiro

Os corpos de um homem e de uma mulher foram encontrados, esta segunda-feira, por populares dentro de uma garagem, em...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Deputado Nuno Sá pede ao Governo que continue a investir na Casa Abrigo das Lameiras

O deputado famalicense Nuno Sá, numa audição parlamentar com a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho,...

Arquivo

FAMA NAS REDES

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191