Siga-nos nas redes

Famalicão

Hospital de Famalicão cancela maior parte da atividade para atender doentes covid-19

Publicado

em

Os hospitais das áreas de Guimarães, Vale do Sousa e Médio Ave cancelaram “grande parte” da sua atividade programada para atender a doentes com covid-19, afirmou hoje a ministra da Saúde.

“Estão com uma elevada pressão assistencial e tiveram que cancelar já grande parte daquilo que é a sua atividade programada”, declarou Marta Temido na conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia.

A ministra referiu que no norte do país há mais cancelamentos, mas que hospitais da zona de Lisboa e Vale do Tejo também suspenderam atividade programada não urgente.

“Esta tem sido uma gestão diária”, indicou, considerando que “os hospitais têm estado a tomar essas decisões de forma muito adequada e muito em função do que é a efetiva necessidade regional e local”.

Há hospitais do Serviço Nacional de Saúde que “felizmente, têm uma situação epidemiológica bastante controlada e não estão a cancelar atividade ou a suspendê-la”, referiu.

Desde o início da pandemia, os cuidados aos doentes melhoraram e “as demoras médias de internamento por covid-19 são mais baixas, o que permite um conjunto de outras opções que são feitas na governação clínica de cada instituição”.

Marta Temido afirmou que a tutela continua a tentar “garantir todos os dias a ampliação da capacidade de resposta” dos hospitais públicos à covid-19.

“Vamos abrir 28 camas de cuidados intensivos no centro hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho até ao final do mês, no início do mês que vem vamos abrir camas de cuidados intensivos no hospital Fernando da Fonseca [Amadora] e até ao fim do ano no hospital Espírito Santo, de Évora, e, esperamos, em outros hospitais do país”, enumerou.

A ministra referiu que “muitos hospitais do SNS estão a enviar doentes não-covid para outros setores” e que na próxima semana serão anunciados mais programas de colaboração para atender doentes com covid e não-covid.

Na região Norte, estão já disponíveis 45 camas para doentes com covid-19 na Fundação Ensino e Cultura Fernando Pessoa, 40 no Hospital das Forças Armadas, oito no hospital CUF Porto e a Administração Regional de Saúde do Porto está a fechar acordos com o grupo Trofa para mais 20 camas e mais 80 na Santa Casa da Misericórdia de Póvoa de Lanhoso.

O ministério fez também acordos com 19 misericórdias do Norte para atenderem doentes que não têm covid-19 no valor de 33 milhões de euros e está a fazer protocolos com instituições da zona de Lisboa e Vale do Tejo, indicou.

Marta Temido referiu que “a desprogramação de atividade” se passa em todos os países europeus.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Desporto

Famalicão interrompe ciclo de 5 vitórias do Sporting com empate

Publicado

em

Por

O líder Sporting empatou hoje em casa do Famalicão (2-2), em jogo da nona jornada da I Liga portuguesa de futebol, interrompendo uma série de cinco triunfos consecutivos na prova.

Pedro Gonçalves (37 minutos), que viria a ser expulso aos 80, e Pedro Porro (45+4) marcaram os golos dos ‘leões’, com Gustavo Assunção (43) e Jhonata Robert (89) a empatarem para os minhotos.

Com este empate, o Sporting continua a liderar, com 23 pontos, mas pode ver Sporting de Braga e Benfica, ambos com 18, e FC Porto, com 16, aproximarem-se, enquanto o Famalicão passou a somar 10 pontos.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Covid-19: Os distritos abrangidos pela ARS-Norte diminuem novos casos, veja os números

Publicado

em

Por

Todos os distritos abarcados pela ARS-Norte reduziram os novos casos de infeção com covid-19 entre as semanas de 19 a 25 de novembro e de 26 de novembro a 02 de dezembro, segundo um relatório consultado pela Lusa.

De acordo com o relatório da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) que semanalmente reporta o progresso epidemiológica nos concelhos da região, o distrito de Braga foi o que registou maior diminuição de casos no período (-45%), seguido de Viana do Castelo (-42%), Braga (-38%), Aveiro (-31%), Porto (-30%), Viseu (-23%) e Vila Real (-9%).

O distrito de Braga passou de 536 novos casos, entre 19 e 25 de novembro, para 297 casos, entre 26 de novembro e 02 de dezembro, enquanto em Viana de Castelo o registo de novos casos diminuiu de 828 para 484, em Braga recuou de 7.623 para 4.725, em Aveiro de 2.144 para 1.473, no Porto de 10.739 para 7.553, em Viseu de 312 para 241 e em Vila Real de 1.133 para 1.026.

Numa análise por concelhos, apenas se verificou um crescimento no número de casos em S. João da Madeira (distrito de Aveiro, com +12%), Esposende (distrito de Braga, com +31%), Peso da Régua e Santa Marta de Penaguião (distrito de Vila Real, com +12% e +78%, respetivamente), e Lamego e Resende (distrito de Viseu, com +20% e +22%, respetivamente).

Segundo o relatório, Chaves foi o concelho a Norte que na última semana em análise apresentou a maior incidência de novos casos por 100 mil habitantes (1.118,4 casos), seguido de Mondim de Basto (979 casos), da Trofa (877,2 casos) e de Esposende (772,4 casos).

Considerando a incidência de novos casos nas últimas duas semanas (14 dias) por 100 mil habitantes, indicador para o qual o valor de 240 serve como referência para a aplicação de medidas restritivas aos concelhos, destacam-se também, com os valores mais elevados, os concelhos de Chaves, Mondim de Basto e Trofa (com, respetivamente, 2.216,4 casos, 2.029,9 casos e 1.900,2 casos).

Neste indicador, a média da região Norte fixa-se agora nos 1.096,3 casos.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Bombeiros Voluntários Famalicenses controlam fogo industrial em Mouquim

Publicado

em

Por

A corporação de Bombeiros Voluntários Famalicenses foi acionada, esta manhã, para o combate a um incêndio industrial.

O fogo deflagrou, pelas 10h47, na freguesia de Mouquim, numa fábrica da Avenida da Igreja.

Para o local foram mobilizados três veículos e dez voluntários, que controlaram o fogo rapidamente.

O incêndio encontra-se em fase de rescaldo, não se tendo registado qualquer ferido.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

jornal opinião pública

fama rádio

Artigos recentes

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais vistos

anuncie neste espaço > ligue +351252308147