Siga-nos nas redes

Região

Coivid-19: 132 testes rápidos já foram utilizados pela Administração Regional de Saúde do Norte

Publicado

em

Foram disponibilizados à Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) 13.600 testes rápidos, dos quais 132 já foram usados “na primeira semana” em lares e Áreas Dedicadas para Doentes Respiratórios (ADR), registando 55 positivos à covid-19, foi revelado esta terça-feira.

A ARS-N especificou que recebeu 13.600 testes rápidos provenientes da Reserva Estratégica Nacional, em declarações prestadas ao orgãos de comunicação.

“Neste momento já efetuámos testes rápidos em ADR e em lares. Fizemos na primeira semana, ainda em fase de teste, 132 testes, tendo 55 sido positivos (41,67%) e 77 negativos”, descreveu fonte da ARS-N.

Sobre os testes negativos, a mesma fonte adiantou que foi repetida a colheita por RT-PCR (testes moleculares).

“Prevemos nesta semana aumentar de forma significativa os testes realizados”, acrescenta a ARS-N.

Ao final da noite, depois de uma audição de quase sete horas e concluída com as respostas às questões de 80 deputados, Marta Temido esclareceu a estratégia de utilização destes testes rápidos no combate à pandemia de covid-19 e salientou que o assunto foi trabalhado pelos serviços partilhados do Ministério e pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

“Precisávamos de garantir que alguns aspetos relacionados com o registo destes casos como casos positivos – sendo que a definição internacional de caso ainda está associada à realização de um teste PCR [a metodologia de referência] – eram respeitados”, disse a governante.

A Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, publicada em 26 de outubro, determina que em situações de surto em escolas, lares ou outras instituições devem ser utilizados preferencialmente testes rápidos no sentido de aplicar “rapidamente as medidas adequadas de saúde pública”.

Em situação de surto (como, por exemplo, escolas, estabelecimentos de ensino, Estruturas Residenciais Para Idosos (ERPIs) e instituições similares/fechadas) devem ser utilizados, preferencialmente, testes rápidos de antigénio (TRAg)”, refere a estratégia divulgada pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Guimarães

Quatro detidos após operação de combate ao tráfico de droga em Guimarães

Publicado

em

Por

No âmbito de uma investigação que decorre há cerca de meio ano, a PSP deteve hoje, em Guimarães, quatro suspeitos de tráfico de droga, disse fonte daquela polícia.

O comissário Vítor Silva disse que os quatro detidos, três homens e uma mulher, eram “os principais alvos” na investigação.

Acrescentou que hoje está a ser dado cumprimento a nove mandados de busca em residências e quatro em viaturas.

As residências situam-se nas freguesias de S. Torcato, Adrião, Sande S. Cláudio e Fermentões.

As buscas resultaram na apreensão de droga, armas brancas e aparelhos eletrónicos.

Desenvolvida pela Esquadra de Investigação Criminal de Guimarães, a operação conta com a colaboração da Unidade Especial de Polícia, através do Grupo Operacional Cinotécnico.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Região

Felgueiras: Refeição escolar está a indignar população

Publicado

em

Por

A foto circula nas redes sociais e está a indignar pais e alunos do concelho de Felgueiras.

Uma pequena porção de carne com massa é apresentada como refeição servida no passado dia 23 de Novembro.

“Em pleno século XXI, é absolutamente inacreditável que isto aconteça nas nossas escolas com as refeições escolares! No mínimo exige-se esclarecimentos públicos do contratante e do prestador de serviço de refeições!”, desabafa um deputado da Assembleia Municipal de Felgueiras num post do Facebook.

De acordo com informações do município de Felgueiras, a autarquia assegura o fornecimento diário de cerca de 1930 refeições de almoço e 2600 lanches da manhã aos 30 estabelecimentos de ensino da rede pública escolar e do 1º ciclo, recorrendo a uma empresa de restauração coletiva privada.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Edifício do Banco Alimentar Contra a Fome, em Braga, sofre derrocada esta manhã

Publicado

em

Por

O edifício onde funciona o Banco Alimentar Contra a Fome, em Semelhe, Braga, sofreu uma derrocada ao início desta manhã.

De acordo com o jornal O Minho parte de edifício terá desabado, não havendo risco de feridos até ao momento.

Para o local foram destacados os Bombeiros Sapadores de Braga com seis operacionais e uma viatura.

Já que a restante parte deste edifício apresenta também riscos de desabamento a Proteção Civil encontra-se no local a avaliar as condições da estrutura.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

jornal opinião pública

fama rádio

Artigos recentes

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais vistos