Siga-nos nas redes

Famalicão

Famalicão: CLDS 4G ajuda desempregados na procura de emprego, formação e qualificação

Publicado

em

A equipa do CLDS 4G (Contrato Local de Desenvolvimento Social – Comunidades Incubadoras) que iniciou, este mês de novembro, um serviço de atendimento descentralizado pelas freguesias do concelho de Famalicão e visa apoiar os famalicenses que estão em situação de desemprego a encontrar uma nova oportunidade de trabalho, uma qualificação ou uma reconversão profissional.

Contribuindo para que cada famalicense tenha as respostas que necessita, para que se sinta parte integrante da comunidade, através de um atendimento de proximidade junto dos cidadãos.

Refira-se que o CLDS 4G é um projeto que se desenvolve no território do município, tendo a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão como entidade promotora e a ENGENHO -Associação Local de Desenvolvimento Local do Vale do Este, como Entidade Coordenadora Local da Parceria, por convite da edilidade famalicense.

Promovendo o desenvolvimento de atitudes e disposições para o emprego, para a iniciativa e para percursos de qualificação, capazes de consolidar maior coesão social e gerar um desenvolvimento económico inclusivo, este projeto tem por objetivo envolver e transformar territórios, vidas e pessoas, interconectando os agentes locais.

O atendimento descentralizado nas freguesias surge da articulação dos diferentes agentes locais que operam ao nível do concelho no âmbito das temáticas do Emprego, da Formação e Qualificação.

Para mais informações deste Serviço, bem como locais e horários onde acontecerá, consulte as páginas de Facebook de Comunidades Incubadoras (https://www.facebook.com/comunidadesincubadorasfamalicao) ou Famalicão Comunitário (https://www.facebook.com/famalicaocomunitario).

Em vigor até 31 de maio de 2023, implicando um investimento no concelho de 450 mil euros, o CLDS-4G está focado num Plano de Ação centrado nas áreas do emprego, formação, qualificação e empreendedorismo.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Famalicão

“Portugal terá níveis muito baixos de novos casos de Covid se mantiver restrições”

Publicado

em

Por

A estimativa é do Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) que diz que se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de Covid-19, seguidos de menos admissões hospitalares e mortes.

“Nas mais recentes projeções, estimámos que 22 dos 31 Estados-membros [da União Europeia e do Espaço Económico Europeu] terão uma redução do número de casos confirmados e, subsequentemente, das admissões hospitalares e mortes, para níveis muito baixos”, indica o ECDC em resposta escrita enviada à agência Lusa.

Portugal é um desses países, mas isso apenas se “mantiverem as medidas de resposta em vigor a 18 de novembro de 2020 e até ao final do período de previsão, que é 25 de dezembro de 2020”, acrescenta a agência europeia, aludindo ao relatório divulgado esta semana.

Se as atuais medidas continuarem a serem adotadas em Portugal, o ECDC prevê, no relatório divulgado esta semana com projeções a curto prazo sobre a evolução da situação epidemiológica na União Europeia (UE), que após um pico de infeções em meados de novembro, se registe um abrandamento acentuado em dezembro, que deverá culminar em menos de 2.000 casos diários em janeiro.

No caso dos números diários de mortes, de internamentos e de entradas nos cuidados intensivos, o pico deverá ser atingido em dezembro, de acordo com esta agência europeia, que prevê um abrandamento em janeiro.

A agência europeia de saúde pública admite, porém, que estas projeções “continuam a ser um grande desafio, uma vez que estão muito dependentes das políticas decretadas pelos Estados-membros”.

Sediado na Suécia, o ECDC tem como missão ajudar os países europeus a dar resposta a surtos de doenças.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Economia

Este fim de semana, 65 restaurantes chegam até si sem custos de transporte

Publicado

em

Por

Durante este fim de semana de 28 e 29 de novembro, todos os famalicenses vão poder usufruir das suas refeições favoritas no conforto das suas casas, sem ter de pagar mais por isso.

A Câmara Municipal de Famalicão vai novamente assegurar os custos de entrega ao domicílio de 65 restaurantes do concelho, entre as 19 e as 22:30 horas, para que estes possam minimizar os efeitos económicos causados pelo confinamento obrigatório.

Como tal, os restaurantes aderentes (cuja lista pode consultar abaixo) farão entregas gratuitas por todo o concelho, desde as ruas do centro da cidade até à freguesia mais distante. A campanha é válida em encomendas superiores a 10 euros  e para pagamentos através de MBWAY ou transferência bancária (diretamente ao restaurante). 

Consulte abaixo a lista de restaurantes aderentes:

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

BV de Famalicão prestam auxílio em incêndio urbano em Lousado

Publicado

em

Por

Esta tarde de sábado, os Bombeiros Voluntários de Famalicão foram acionados para um Incêndio Urbano na rua das Pedreiras, em Lousado. A corporação dirigiu-se ao local com 3 veículos e 9 operacionais, que conseguiram dominar o fogo de imediato.

O incêndio em questão provocou um ferido ligeiro, com queimaduras numa mão e na face, que foi de imediato transportado para o hospital de Famalicão.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

jornal opinião pública

fama rádio

Artigos recentes

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais vistos