Siga-nos nas redes

Região

Agente da PSP agredido por jovem após adverti-lo por não usar máscara

Publicado

em

Um agente da PSP foi agredido, esta quarta-feira, por um jovem de 19 anos, no metro do Porto, junto à estação de Francos.

O agente terá aconselhado o indivíduo ao uso de máscara no interior da composição, onde já haveria mal-estar no seio dos passageiros. Dois agentes à paisana terão intervido, de acordo com fonte policial em declarações à agência Lusa.

O jovem reagiu mal, empurrando os policiais e agredindo mesmo um deles, que teve de ser socorrido no Hospital Militar.

O agressor acabou detido, disse a mesma fonte.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Região

Adeptos do Hajduk Split fazem grupo de “centenas” na estação de comboios da Trofa

Publicado

em

Estão a agrupar-se, na estação ferroviária da Trofa, centenas de adeptos do Hajduk Split, os mesmos acusados de causarem distúrbios violentos, na noite desta terça-feira, em Guimarães, avançou a TrofaTv.

De acordo com a mesma fonte, estas pessoas estão a chegar em diversos veículos, supostamente Ubers, a esta estação, onde irão assegurar o transporte ferroviário até ao seu destino.

Como jogo marcado para as 17:00 de hoje, estes adeptos foram considerados como “arruaceiros” pelo presidente da Câmara Municipal de Guimarães, que frisou hoje, que não queria a sua presença no Estádio D. Afonso Henriques, na cidade berço.

Foto: TrofaTV/DR

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Barcelos

Três suspeitos de assalto em Barcelos detidos em Operação Stop da GNR

Publicado

em

Foram interceptados, durante uma Operação Stop da GNR, três suspeitos de um assalto a um armazém, em Barcelos, de onde alegadamente terão levado metais não preciosos e baterias.

Com idades entre os 17 e 35 anos, os suspeitos foram detidos este domingo, com diverso material furtado nestes assaltos e com ferramentas utilizadas no crime.

Entre o material furtado encontravam-se 15 baterias de alimentação de empilhador, vários fios de cobre revestido, uma lanterna, cinco chaves de fendas, dois alicates, uma torquês e dois pares de luvas.

O condutor do veículo interceptado foi também detido por não ter carta de condução.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Guimarães

Presidente da Câmara de Guimarães não quer “arruaceiros” do Hajduk Split no estádio D. Afonso Henriques

Publicado

em

O presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, exigiu hoje que os “arruaceiros” adeptos do Hajduk Split identificados pela PSP sejam impedidos de assistir ao jogo que esta tarde vai ser disputado no D. Afonso Henriques.

Em declarações aos jornalistas, Domingos Bragança disse ainda que a PSP “falhou” ao ter deixado aqueles adeptos à solta na cidade de Guimarães, sublinhando que o Hajduk Split tem uma claque com “fama e má reputação de serem muito conflituosos e arruaceiros”.

“Há cadastro e não houve planeamento, algo falhou. Houve essa falha [de segurança], porque nos planos da PSP devia estar prevista esta possibilidade. Não é só no dia de hoje, porque os adeptos deste clube que nos visita da Croácia tem fama e esta má reputação de serem muito conflituosos e arruaceiros”, referiu o autarca socialista.

Em causa os incidentes registados na noite de terça-feira no centro histórico de Guimarães.

Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública (PSP) refere que identificou 154 adeptos do Hadjuk Split – 122 cidadãos croatas, 23 portugueses e nove adeptos de outras nacionalidades – por alegadamente terem arremessado cadeiras de esplanadas e deflagrado artefactos pirotécnicos.

A PSP apreendeu ainda “um pote de fumo, uma soqueira e um passa-montanhas”.

Para Domingos Bragança, os adeptos em causa configuram “uma horda de criminosos” que “instalaram o pânico” em Guimarães, numa altura em que “as pessoas estavam a jantar e a conversar” no centro histórico.

“Houve prejuízos materiais, mas o prejuízo mais significativo é este da segurança. Uma cidade tranquila e segura não pode ter esta reputação, caso a caso, longe a longe, por causa de visitantes que vêm a Guimarães”, disse ainda o autarca.

Para Domingos Bragança, a polícia “tem de ser mais forte” e, “quando não tem força, como mostra não ter nestes casos, tem de pedir reforços”.

Além disso, considerou que também a Polícia Judiciária “tem de estar atenta para cortar este mal pela raiz” e que o Ministério Público “também tem de atuar”.

“Estes energúmenos identificados deveriam ser detidos durante todo o dia de hoje para prestarem declarações ao tribunal, de modo a que não consigam sequer vir à cidade nem tão pouco assistirem ao encontro de futebol”, exigiu.

O presidente da câmara disse esperar que hoje “esteja tudo em alerta e tudo reforçado”, adiantando que pediu ao Ministério da Administração Interna o reforço da polícia e a “articulação” com a Polícia Judiciária e com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, para detenção dos adeptos em questão.

Após a derrota da primeira mão, por 3-1, na Croácia, o Vitória de Guimarães recebe hoje o Hajduk Split, para a segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga Conferência Europa, agendado para as 17:00, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Guimarães

Adeptos do Hajduk Split causam “momentos de terror” nas ruas de Guimarães (VÍDEOS)

Publicado

em

 A Associação Vimaranense de Hotelaria (AVH) criticou hoje a alegada falta de vigilância policial que conduziu a “momentos de terror” no centro histórico de Guimarães, provocados por adeptos do clube de futebol croata Hadjuk Split.

Em comunicado, a AVH deixa ainda “palavras de conforto” aos seus associados, “que, para além dos prejuízos da noite, terão de encerrar durante esta quarta-feira”.

“Registamos, com grande preocupação, que Guimarães, uma cidade pacata e acolhedora, seja invadida por um grupo organizado, sem qualquer tipo de vigilância, tendo o mesmo espalhado e semeado o caos e o medo”, lê-se no comunicado.

Em causa os incidentes registados na noite de terça-feira no centro histórico de Guimarães.

Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública (PSP) refere que identificou 154 adeptos do Hadjuk Split por alegadamente terem arremessado cadeiras de esplanadas e deflagrado artefactos pirotécnicos.

Hoje, também em comunicado, a AVH manifesta “solidariedade e apoio a todas as pessoas que vivenciaram momentos de terror”.

“É de lamentar, profundamente, que Portugal, um país civilizado, seja assolado por estes momentos, mais do que seria suposto, por causa de jogos de futebol. O futebol e o desporto não podem servir como desculpas para este tipo de comportamento”, remata a associação.

Segundo a PSP, os adeptos, depois dos incidentes, abandonaram Guimarães em cinco autocarros com destino ao Porto.

“Após estarem reunidas todas as condições de segurança”, a PSP abordou os autocarros e identificou 122 cidadãos croatas, 23 portugueses e nove adeptos de outras nacionalidades, tendo ainda apreendido “um pote de fumo, uma soqueira e um passa-montanhas”.

Após a derrota da primeira mão, por 3-1, na Croácia, o Vitória de Guimarães recebe hoje o Hajduk Split, para a segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga Conferência Europa, agendado para as 17:00, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Guimarães

Homem de 70 anos em scooter perde a vida após colisão com carro em Guimarães

Publicado

em

Um motociclista, com cerca de 70 anos, perdeu a vida, esta segunda-feira, na sequência de uma colisão contra um carro, em Guimarães.

A vítima mortal foi ainda atropelada por outro veículo ligeiro depois do embate inicial, com a sua scooter.

As equipas de socorro destacadas para o local acabaram por declarar o óbito no local do acidente.

A GNR investiga agora a ocorrência.

O alerta foi registado cerca das 17:44.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Vários concelhos do Distrito de Braga sob perigo máximo de incêndio

Publicado

em

Cerca de 80 concelhos do interior Norte e Centro e norte Alentejo estão hoje em perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação disponível no ‘site’do IPMA, os concelhos que estão sob risco máximo localizam-se nos distritos de Bragança, Vila Real, Braga, Porto, Coimbra, Guarda, Viseu, Castelo Branco, Santarém e Portalegre.

O IPMA colocou também em risco muito elevado de incêndio rural cerca de 50 municípios dos distritos Viana do Castelo, Vila Real, Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Leiria, Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Faro.

O risco de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Para hoje, as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera apontam para uma subida da temperatura máxima, nebulosidade no litoral oeste até ao fim da manhã, podendo persistir nalguns locais, e no interior a partir da tarde. O vento vai soprar fraco.

As temperaturas as mínimas vão oscilar entre os 14 graus Celsius (Beja, Sines e Setúbal) e os 22º em Bragança e as máximas entre os 23º (Viana do Castelo) 38º (Castelo Branco).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Urgências de Obstetrícia do Hospital de Braga não devem voltar a fechar este ano

Publicado

em

O Hospital de Braga anunciou hoje que o Serviço de Urgência (SU) de Ginecologia e Obstetrícia se encontra “totalmente reestabelecido” e “sem qualquer previsão de encerramento num futuro próximo”.

Em comunicado enviado à Lusa, o hospital acrescenta que, desta forma, aquele SU “manter-se-á em pleno funcionamento, assegurando a prestação de cuidados de saúde de forma regular às grávidas e parturientes da região”.

“O Conselho de Administração congratula-se com este desfecho e enaltece a flexibilidade demonstrada pelos médicos do serviço durante o permanente diálogo, o qual foi fundamental para a resolução dos constrangimentos”, remata

Nos últimos dois meses, o SU de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga esteve encerrado uma dúzia de vezes, quase sempre por períodos de 24 horas, por impossibilidade de completar as escalas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Ex-aluna da Universidade do Minho cria pulseira que repele os mosquitos

Publicado

em

 Uma ex-aluna da Universidade do Minho (UMinho) criou uma pulseira odorífera “que leva os mosquitos a julgar que os humanos são plantas”, prevenindo assim picadas associadas a doenças como malária, dengue ou zika, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a UMinho refere que aquela tecnologia, chamada X-OCR e desenvolvida ao longo de cinco anos, está a ser alvo de patente e foi agora testada com 98% de sucesso em 300 pessoas no Brasil, prevendo-se para breve novo teste no Burkina Faso, com aval da Organização Mundial de Saúde.

A pulseira é produzida em Vila Verde, distrito de Braga, e começou a ser vendida este mês, em seis cores, em style-out.com e em farmácias do sul do país, mas o foco principal está nas regiões tropicais e subtropicais.

“Podemos ajudar a diminuir a mortalidade destas doenças e, quiçá, a erradicar a propagação, além de permitir poupanças aos sistemas nacionais de saúde”, admite, citada no documento, a investigadora Filipa Fernandes, autora da pulseira.

Citando estudos, notou que os mosquitos “custam” 410 milhões de euros por ano ao Governo do Brasil e a cada 30 segundos morre uma criança africana por malária.

“Mortes são casos extremos, mas importa contar ainda todos os doentes e os milhões de pessoas picadas”, sublinha.

Segundo a investigadora, cada pulseira tem um raio de ação de 60 centímetros e dura 30 dias.

“Só sentimos um leve aroma ao colocar a pulseira, ao contrário dos mosquitos, que até se podem aproximar e pousar em nós, mas não vão picar, pois desta vez julgam estar sobre uma planta e irão procurar alimento [sangue] noutros animais”, frisa.

Sublinha que a pulseira não danifica o ecossistema e também não é um repelente.

A pulseira é feita de silicone medicinal e, no interior, de cera com compostos e derivados de plantas, que, perante o calor corporal, liberta de forma controlada um odor que “confunde” os insetos.

As plantas utilizadas são citronela, neem e lavanda, a combinação que, segundo Filipa Fernandes, “se revelou mais eficaz para confundir” as espécies de mosquitos ‘Anopheles’ e ‘Aedes’, transmissoras de doenças como malária, zika, dengue, febre amarela e chikungunha.

Os ensaios em contexto real arrancaram no Ceará, nordeste do Brasil.

“Foi um sucesso e com inúmeros relatos de felicidade. Um jovem deu a sua pulseira à avó fragilizada para a proteger. Não é medicamento, mas claramente previne o contacto com mosquitos e doenças associadas e é uma esperança para quem vive nesses ambientes”, refere Filipa Fernandes.

Prevê-se novo ensaio na Unidade de Investigação Clínica de Nanoro, no Burkina Faso, com supervisão da Organização Mundial de Saúde, estando-se a aguardar financiamento da Fundação Bill & Melinda Gates.

Outro desafio é o dispositivo poder camuflar também os humanos perante as espécies ‘Culex’, transmissoras da febre do Nilo, entre outras doenças.

“Cada espécie de mosquito tem repulsa por plantas específicas, como quando gostamos ou não de um perfume, e estamos a apurar a equação certa neste caso”, diz ainda a investigadora.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Barcelos

PSP: Rebentamento de petardo faz 8 feridos durante jogo entre Braga e Sporting. Adepto de 33 anos detido

Publicado

em

A PSP procedeu à detenção de um cidadão com 33 anos, por rebentamento de um artigo pirotécnico (petardo), causando diversos ferimentos ligeiros a oito adeptos, este domingo, cerca das 19:30, no Estádio Municipal de Braga, no âmbito do policiamento desportivo entre as
equipas do SC Braga e o Sporting CP da Liga Portugal Bwin.

O detido foi notificado para comparecer no Tribunal Judicial da Comarca de Braga.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Braga

Urgências de obstetrícia do Hospital de Braga e mais dois encerradas até segunda-feira

Publicado

em

 As urgências de Ginecologia e Obstetrícia e os blocos de parto dos hospitais de Beja, Braga e Garcia de Orta, em Almada, estão hoje encerradas, sendo que neste último só reabrem na segunda-feira.

Além destes hospitais, outros dos distrito de Lisboa e Santarém vão sofrer constrangimentos durante o fim de semana, segundo a informação disponibilizada na plataforma do Serviço Nacional de Saúde que permite ver o horário destes serviços de urgência e blocos de partos, consultada pela agência Lusa às 12:00.

De acordo com a informação do portal do SNS, o serviço de urgência de ginecologia e obstetrícia e bloco de partos do Hospital Garcia de Orta, no distrito de Setúbal, encerraram às 08:00 de hoje e só voltam a reabrir na segunda-feira às 08:00.

O Hospital de Beja também encerrou hoje estes serviços até às 08:00 de sábado, voltando a fechá-los no domingo, a partir das 08:00.

o serviço de urgências e bloco de partos do Hospital de Braga estão hoje encerrados até às 20:00, voltando a fechar sábado às 20:00, de acordo com os dados disponibilizados, que não têm informação disponível para domingo.

Em Lisboa, o Hospital São Francisco Xavier terá o serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia e o bloco de partos encerrados entre as 21:00 de sábado e as 09:00 de domingo, e a Maternidade Alfredo da Costa fecha o bloco de partos no domingo, entre as 09:00 e as 21:00.

O Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, tem estes serviços encerrados às utentes entre as 20:00 de domingo e as 08:00 de segunda-feira, dia em que funcionam até às 20:00.

Igualmente no distrito de Lisboa, no Hospital de Vila Franca de Xira os constrangimentos são no bloco de partos que encerra no domingo às 09:00.

Já no Hospital de Santarém, o serviço de urgência encerra entre as 08:30 de sábado e as 08:30 de domingo, enquanto o bloco de partos encerrou hoje às 08:30, voltando a reabrir no domingo às 08:30.

O Hospital São Bernardo, em Setúbal, terá o serviço de urgência destas especialidades encerrado entre as 09:00 de sábado e as 09:00 de domingo, assim como o bloco de partos.

As urgências de ginecologia e obstetrícia e os blocos de parto têm registado condicionamentos nos últimos meses, uma situação que se repete um pouco por todo o país, por dificuldades em assegurar escalas por falta de especialistas.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Lacerda Sales, garantiu recentemente que “ninguém ficará sem resposta” do Serviço Nacional de Saúde durante o mês de agosto, porque os hospitais funcionam em rede.

Para informar as grávidas destes constrangimentos foi criada esta plataforma no Portal do SNS sob proposta da Comissão de Acompanhamento da Resposta em Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos.

Uma vez que a informação é dinâmica, os utentes são aconselhados a consultarem o motor de busca antes de se deslocarem a estes serviços de saúde.

O coordenador da Comissão de Acompanhamento, Diogo Ayres de Campos, disse que esta medida tem como objetivos “evitar que haja situações de risco neste verão”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Artigos Recentes

Regiãohá 2 horas

Adeptos do Hajduk Split fazem grupo de “centenas” na estação de comboios da Trofa

Estão a agrupar-se, na estação ferroviária da Trofa, centenas de adeptos do Hajduk Split, os mesmos acusados de causarem distúrbios...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Cooperativa Frutivinhos ganha nova sede

O Município de Vila Nova de Famalicão e a Frutivinhos – Cooperativa Agrícola de Vila Nova de Famalicão assinaram, esta segunda-feira, a escritura...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Mel – Piquenique das Artes regressa ao Parque da Devesa com concertos cinema e circo

Realiza-se entre 19 e 20 de agosto, no Parque da Devesa de Famalicão, o festival MEL – Piquenique das Artes...

Barceloshá 4 horas

Três suspeitos de assalto em Barcelos detidos em Operação Stop da GNR

Foram interceptados, durante uma Operação Stop da GNR, três suspeitos de um assalto a um armazém, em Barcelos, de onde...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: Colisão entre 3 veículos faz um ferido em Vermoim

Uma pessoa ficou ferida, na sequência de uma colisão, que envolveu três veículos, na freguesia de Vermoim, em Famalicão. A...

Guimarãeshá 4 horas

Presidente da Câmara de Guimarães não quer “arruaceiros” do Hajduk Split no estádio D. Afonso Henriques

O presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, exigiu hoje que os “arruaceiros” adeptos do Hajduk Split identificados pela PSP...

Economiahá 4 horas

Seguradoras vão pagar cerca de 8 milhões em indemnizações pelos incêndios deste verão

As seguradoras estimam o pagamento de indemnizações de 8 milhões de euros por incêndios ocorridos durante a situação de contingência...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão cria Equipa Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas

O concelho de Vila Nova de Famalicão vai ter que uma Equipa Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas, anunciou o...

Paíshá 5 horas

Chuva de meteoros e “super-lua” serão visíveis no céu esta sexta-feira

Uma nova super-lua iluminará novamente o céu na sexta-feira, ao mesmo tempo que se espera que a chuva de meteoros...

Guimarãeshá 5 horas

Adeptos do Hajduk Split causam “momentos de terror” nas ruas de Guimarães (VÍDEOS)

 A Associação Vimaranense de Hotelaria (AVH) criticou hoje a alegada falta de vigilância policial que conduziu a “momentos de terror”...

pub

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES