Siga-nos nas redes
“E-REDES”

País

Médico anti “confinamento extremista” entrega petição à Assembleia da República

Publicado

em

Manifestando-se contra o “confinamento extremista” e defendendo o uso de medicamentos, mesmo sem “evidência científica indiscutível” de eficácia, um médico português submeteu à Assembleia da República uma petição em que pede mudanças drásticas no combate à pandemia da covid-19,

O internista António Ferreira, do Centro Hospitalar e Universitário de São João, no Porto, insurge-se contra o “confinamento extremista” levado a cabo por países como Portugal, que, “para além de não servir para nada em termos da pandemia, levou a uma catástrofe económica”, numa petição com 245 subscritores e atualmente em análise pela comissão parlamentar de saúde.

“Confinar agressivamente serviu para muito pouco ou nada no que toca à evolução e à mortalidade da pandemia”, argumenta António Ferreira, professor na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, que indica que os países que tiveram confinamentos totais “apresentam, em termos gerais, um número de casos por milhão de habitantes idêntico aos que não confinaram”.

Apoiando-se num artigo científico que está em pré-publicação e que subscreveu com mais 33 investigadores, António Ferreira defende que deve ser adotado um modelo semelhante ao que aconteceu com a epidemia do VIH.

Para lidar com o vírus da imunodeficiência humana, para o qual não existe vacina, tal como o Sars-Cov2, associam-se a medidas que não têm nada a ver com medicamentos com “tratamento farmacológico iniciado ainda antes da existência de evidência científica indiscutível, baseando-se, apenas, na prova pré-clínica ou em dados de estudos limitados”.

Essa abordagem “salvou muitas vidas” e é “uma estratégia similar” que defende que se aplique à covid-19, com “o tratamento precoce domiciliar dos infetados e a quimioprofilaxia alargada”, quer agora quer quando exista uma vacina.

No artigo que ainda não foi sujeito a revisão, os autores notam que “não existe prevenção ou tratamento para doentes não internados com sintomas ligeiros a moderados, que constituem 80 por cento da população infetada e o modo principal de transmissão do SARS-Cov-2.”

Notam ainda que muitos dos estudos clínicos feitos com medicamentos como a hidroxicoloroquina ou o remdesivir se centraram em pacientes hospitalizados, mas que “as lições aprendidas em pacientes hospitalizados muito doentes não se aplicam necessariamente” às primeiras fases da infeção.

“Agentes antivirais, como o remdesivir ou o favipiravir, plasma de convalescentes e anticorpos monoclonais serão provavelmente os mais eficazes nas primeiras fases de atuação do vírus, antes da hospitalização”.

Quanto aos políticos, António Ferreira interpela-os para que “deixem de se esconder apenas atrás da visão em túnel da saúde pública, acrescentem à visão meramente sanitária uma abordagem sistémica e política, arrisquem em favor daqueles que representam”.

Ataca ainda a Organização Mundial de Saúde, que considera “responsável pela morte evitável de milhares ou dezenas de milhar de doentes de covid-19 em todo o mundo ao recomendar, contra a experiência acumulada” dos médicos que tratam infeções virais, “que não se usasse corticoesteróides no tratamento”, preferindo a aposta na “aplicação rígida e extremada de estratégias atávicas ‘medievais’ de combate às epidemias”, como “estados de emergência e outros que tais”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 3 horas

Quase 838 mil vacinas já foram administradas em Portugal

O Ministério da Saúde avançou hoje que, em Portugal, já foram administradas 837.887 vacinas contra a covid-19. A vacinação começou...

Paíshá 4 horas

100 negacionistas protestam contra o uso obrigatório de máscara

São negacionistas da pandemia, afirmam que esta “não é real”, e protestam hoje contra o uso obrigatório de máscara, avança...

Paíshá 4 horas

Portugueses e espanhóis protestam pela abertura da fronteira de Bemposta

A fronteira de Bemposta, no concelho de Mogadouro, distrito de Bragança, az a ligação do Planalto Mirandês, através da localidade...

Paíshá 4 horas

Centros de saúde com decréscimo de 75% de consultas Covid-19

Dados avançados hoje pelo jornal Público revelam que as consultas a utentes infetados Covid-19 sofreram um decréscimo de 75%, o...

Paíshá 5 horas

Covid-19: 33 mortes e 1071 novos casos

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Direção Geral de Saúde, registam-se, nas últimas 24 horas, 1071 novos casos confirmados...

Paíshá 5 horas

AstraZeneca pode começar a ser administrada a maiores de 65 anos

O chefe da Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha anunciou que vai alterar a recomendação que limitava o uso...

Paíshá 6 horas

GNR deteve 420 pessoas na última semana

No âmbito de operações de combate à criminalidade e de fiscalização rodoviária, a GNR deteve 420 pessoas na última semana....

Sociedadehá 7 horas

Nas últimas 24 horas, Açores não registou nenhum caso de Covid-19

O Arquipélago dos Açores já quase não regista casos de Covid-19. Aliás, esta sexta feira não houve nenhum caso confirmado,...

Regiãohá 7 horas

Fafe: Assalto à mão armada numa área de serviço na A7

Quatro homens encapuzados assaltaram, esta madrugada de sábado, pelas 5 da manhã, uma área de serviço da A7, em Fafe,...

Paíshá 8 horas

Covid-19: 140 pessoas impedidas de viajar a partir Porto, Lisboa e Faro

Entre 31 de janeiro e 25 de fevereiro, 140 pessoas foram impedidas de viajar pela PSP, revala o ministério da...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: Janeiro com 4742 desempregados. Mais 1330 que no ano anterior

O concelho de Famalicão registou no passado mês de janeiro um total de 4 742 desempregados inscritos no centro de...

Paíshá 9 horas

Preço dos combustíveis volta a subir esta segunda feira

Prevê-se que tanto o gasóleo como a gasolina aumentem 1 cêntimo por litro já a partir da próxima segunda feira....

Paíshá 9 horas

Porto: Incêndio esta madrugada deixa 11 pessoas sem casa

Onze pessoas ficaram desalojadas, esta madruga, num incêndio no Porto, mais concretamente na Rua Visconde de Setúbal, avança o Jornal...

Guimarãeshá 10 horas

Guimarães: Trânsito condicionado na variante de Creixomil

O trânsito na na variante de Creixomil, sentido nó da circular urbana (Hospital) – rotunda de Silvares, em Guimarães, estará...

Paíshá 10 horas

IHMT preocupado com produção clandestina de vacinas

Perante a iminente realidade da produção de vacinas no mercado clandestino com o objetivo de fazer face aos atrasos e...

Paíshá 11 horas

Óbitos por Covid-19 representam menos 25 mil anos de vida em Portugal

Um estudo levado a cabo pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) verificou que a mortalidade prematura causada pela covid-19...

Paíshá 21 horas

António Costa alerta para “ilusão” de que “o pior já está totalmente ultrapassado”

O primeiro-ministro avisou hoje que se vive neste momento “uma fase perigosa” e de “ilusão” ao pensar-se que “o pior...

Paíshá 22 horas

Apostador português “saca” 2 milhões e meio no Euromilhões desta sexta-feira

Um apostador portugues venceu esta sexta-feira o 2.º prémio do Euromilhões, arrecadando quase 2 milhões e meio de euros, ao...

Paíshá 24 horas

Covid-19: Plano de desconfinamento será apresentado no dia 11 de março

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que o Governo apresentará no dia 11 de março o plano de desconfinamento, adiantando...

Paíshá 24 horas

António Costa considera natural iniciar processo de desconfinamento pelas escolas

O primeiro-ministro, António Costa, considerou hoje natural que o desconfinamento comece pelas escolas, lembrando que Governo “resistiu o mais que...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191