Siga-nos nas redes
“E-REDES”

Guimarães

Tribunal de Guimarães: “Violação do confinamento não é crime de desobediência”

Publicado

em

Foi sentenciado esta quinta-feira pelo Tribunal da Relação de Guimarães que a violação do confinamento obrigatório não constitui crime de desobediência, porque o decreto governamental que criou aquele novo ilícito criminal “está ferido de inconstitucionalidade orgânica”.

“A criação de tipos de ilícitos criminais é matéria da reserva relativa da Assembleia da República (AR)”, sublinha este tribunal citando a Constituição.

“Não há dúvida de que a criação de novos crimes compete à AR em primeira linha, podendo também competir ao Governo, mas apenas com autorização da AR”, acrescenta.

Conclui, assim, que “o Governo não se mostrava habilitado a definir matéria criminal”, pelo que a norma do decreto que define como crime a violação do confinamento obrigatório “está ferida de inconstitucionalidade orgânica” e “é inválida”.

Em causa está o decreto de 20 de março do Conselho de Ministros, que procede à execução da declaração do estado de emergência efetuada pelo Presidente da República.

No decreto, o Governo determina que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde ou no respetivo domicílio, os doentes com covid-19 e os infetados com SARS-Cov-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado a vigilância ativa.

Diz ainda que “a violação da obrigação de confinamento, nos casos previstos no número anterior, constitui crime de desobediência”.

No Tribunal de Chaves (Vila Real), um homem foi condenado, com base daquele decreto, a 120 dias de multa, a taxa diária de 15 euros, por um crime de desobediência, por ter violado o isolamento profilático que tinha sido determinado pela autoridade local de saúde.

O arguido recorreu para a Relação de Guimarães, que agora o absolveu, considerando que aquele decreto, na sua génese e no que respeita ao crime de desobediência, “não respeita a Constituição, por violar a reserva relativa de competência da Assembleia da República”.

A Relação sublinha que a preocupação em conter a propagação do vírus não pode fazer esquecer “o respeito devido pelos fundamentos democráticos da sociedade”, porque “a democracia não poderá ser suspensa”.

Diz ainda que a criação de um novo tipo de crime “vai, obviamente, muito para além da competência administrativa invocada para a regulamentação do estado de emergência”.

O tribunal vinca que, olhando o teor da resolução da Assembleia da República de 18 de março que autorizou o Presidente da República a declarar o estado de emergência, “não se retira dela que contenha uma autorização para que o Governo pudesse criar um novo tipo de crime”.

“Não basta estatuir que ficam parcialmente suspensos alguns direitos, nomeadamente o direito de deslocação, para daí retirar sem mais a aceitação de que a suspensão de direitos implica automaticamente a criminalização das condutas”, lê-se no acórdão.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,3 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 3.632 em Portugal.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Jornal

Rádio

Artigos Recentes

Paíshá 12 minutos

Governo: Plano de desconfinamento que circula na internet é falso

O Governo chamou hoje a atenção da população para um falso plano de desconfinamento, que se apresenta como oficial. “Este...

Desportohá 27 minutos

Guarda-redes Luiz Júnior renova contrato com o FC Famalicão até 2026

O guarda-redes Luiz Júnior e o FC Famalicão prolongaram o seu vinculo até à época 2025/2026. O guardião de 20...

Bragahá 46 minutos

GNR apreende material contrafeito avaliado em 346 mil euros em Fafe

A GNR anunciou hoje a apreensão de 125.560 artigos contrafeitos, avaliados em 346.680 euros, que se encontravam num veículo pesado...

Paíshá 1 hora

Gripe: Maior aposta na vacinação irá reduzir risco de outras doenças

Os autores de um estudo que analisou as últimas 10 épocas gripais em Portugal defendem uma maior aposta na vacinação...

Paíshá 1 hora

Marcelo Rebelo de Sousa fala aos portugueses hoje às 20:00

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai falar ao país hoje às 20:00, na sequência da aprovação pelo...

Paíshá 2 horas

DGS prepara regresso dos festivais de verão com dois ‘eventos-teste’ no Porto e Lisboa

A Direção-Geral da Saúde irá levar a cabo dois testes piloto de modo a analisar os riscos do regresso dos...

Bragahá 2 horas

Sindicato pede aumento de 90 euros para motoristas de transporte de passageiros

Os motoristas de transporte de passageiros exigiram hoje, numa concentração em Braga, um aumento salarial de pelo menos 90 euros...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Atropelamento causado por veículo ligeiro provoca um ferido em Joane

Uma pessoa ficou ferida depois de ter sido atropelada por um veículo ligeiro na manhã desta quinta-feira, em Joane, na...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Jornal Opinião Pública celebra 1.500 edições

O Jornal Opinião Pública chega esta semana à sua edição n.º 1.500. Com o mote “Uma equipa atenta a cada...

Sociedadehá 2 horas

IRS: Acaba hoje o prazo para validar faturas

Os contribuintes têm até hoje para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir...

Economiahá 3 horas

Prazo para validar faturas no Portal das Finanças termina hoje

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão...

Famalicãohá 3 horas

Paula Cristina Santos é candidata à Junta de Freguesia de Ribeirão

Paula Cristina Santos confirmou, esta quarta feira, a decisão de avançar com uma candidatura independente à Junta de Ribeirão, nas...

Paíshá 3 horas

Parlamento debate hoje renovação do estado de emergência até 16 de março

O parlamento vai debater e votar hoje a renovação do estado de emergência até 16 de março para permitir medidas...

Paíshá 3 horas

Hospitalizações por causa da gripe custam 3,9 milhões por ano

Um estudo divulgado hoje pela BARI – Burden of Acute Respiratory Infections, que analisa as últimas 10 épocas gripais (2008/09-2017/18),...

Paíshá 3 horas

EDP pretende ser totalmente verde até 2030

A EDP quer ter mais 50 gigawatt (GW) em energia limpa até 2030, passando de uma produção renovável atual de...

Paíshá 15 horas

Ministra defende “alterações de comportamento” geral para reduzir desperdício alimentar

A ministra da Agricultura Maria do Céu Antunes defendeu hoje a necessidade de “alterações de comportamento” gerais para combater o...

Paíshá 16 horas

PS defente continuação do confinamento devido ao volume de doentes ainda nos hospitais

O secretário-geral adjunto do PS considerou hoje que a atual situação sanitária do país exige a continuação do confinamento geral...

Regiãohá 17 horas

Incêndio destroi completamente antigo Centro de Saúde de Vila do Conde

Um incêndio destruiu totalmente o antigo Centro de Saúde de Vila do Conde, junto à Estação do Metro de Santa...

Bragahá 18 horas

Presidente de Câmara de Vila Verde condenado a 3 anos e meio de prisão e perda de mandato

O Tribunal de Braga condenou hoje a três anos e meio de prisão, com pena suspensa, e a perda de...

Paíshá 19 horas

Bloco de Esquerda acusa governo de falhar no processo de desconfinamento

A coordenadora do BE, Catarina Martins, acusou hoje o Governo de, ao contrário do povo português, não ter cumprido as...

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais Vistos

ANUNCIE NESTE ESPAÇO > ligue +351252308147 ou WhatsApp para +351963964191