Siga-nos nas redes

Famalicão

Covid-19: Doentes de Famalicão transportados para o Hospital das Forças Armadas do Porto

Publicado

em

O Estado-Maior-General das Forças Armadas informou hoje que o Hospital das Forças Armadas (HFAR), em quase mês e meio, recebeu 122 doentes infetados com o novo coronavírus, 106 dos quais no Porto e 16 em Lisboa.

Em comunicado, é referido que o HFAR “recebeu, desde o dia 10 de outubro, 122 doentes covid provenientes dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

“O polo do Porto, em apoio à Administração Regional de Saúde do Norte, acolheu 106 doentes provenientes dos Hospitais de Famalicão, São João, Santo António, Penafiel, Amarante, Pedro Hispano e Guimarães”, enquanto em Lisboa foram acolhidos “16 doentes dos Hospitais Beatriz Ângelo e de Setúbal”, indica a nota.

De acordo com o Estado-Maior-General das Forças Armadas, “atualmente, encontram-se 34 doentes internados no polo do Porto e 10 doentes no polo de Lisboa” do HFAR, “estando-lhes a ser prestados os devidos cuidados de saúde”.

O comunicado assinala também que “as Forças Armadas disponibilizaram ao SNS 40 camas de internamento no HFAR-polo do Porto e 20 camas de internamento e duas camas de cuidados intensivos no HFAR-polo de Lisboa”.

Portugal contabiliza pelo menos 3.824 mortos associados à covid-19 em 255.970 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 191 concelhos.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, bem como entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Desporto

FC Famalicão x Paços de Ferreira: “O importante é a equipa conseguir marcar”

Publicado

em

Por

Para a partida de sexta-feira frente ao Paços de Ferreira, da oitava jornada da I Liga portuguesa de futebol, o treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, pretende que a sua equipa dê sequência ao últimos dois triunfos.

Pela primeira vez esta época, a formação minhota conseguiu duas vitórias consecutivas, para o campeonato frente ao Marítimo e para a Taça com o Oriental de Lisboa, algo que o técnico da equipa considerou “ser importante”.

“É importante vencer consecutivamente, mas também é importante as semanas de treino que tivemos. Trabalhámos este jogo sobre uma vitória, que foi bom, mas o processo continua. Acontecesse o que acontecesse, esse processo é contínuo e temos de continuar a melhorar o que está bem e retificar o que está mal”, disse João Pedro Sousa.

Sobre o adversário pacense e o duelo desta sexta-feira, o treinador do Famalicão antecipou “um jogo extremamente difícil, perante uma equipa competitiva, muito organizada e com um excelente treinador”.

“É das equipas de que mais gosto no nosso campeonato. Está sempre equilibrada. Nós tentamos desorganizar os adversários para chegar ao golo e às vitórias, mas sabemos que frente Paços vai ser difícil de o fazer. Espera-nos um jogo complicado, mas onde temos o objetivo de conquistar os três pontos”, afirmou o técnico dos minhotos.

João Pedro Sousa mostrou-se “contente” com a resposta dada por alguns dos jogadores menos utilizados na partida da Taça de Portugal, frente ao Oriental de Lisboa, e desvalorizou o facto de os cinco pontas de lança do plantel [Dyego Sousa, Marcello Trotta, Campana, Rúben Del Campo e o ainda lesionado Anderson] terem, no total, apenas um golo apontado esta época.

“Não é uma preocupação. O importante é a equipa conseguir marcar, até porque o papel do ponta lança não é só finalizar. Desde que façam o trabalho planeado na semana, fico contente com isso”, vincou João Pedro Sousa

Desse lote de pontas de lança, o equatoriano Campana, que regressou dos trabalhos da seleção do seu país como uma lesão muscular, junta-se a Anderson no lote de indisponíveis para a deslocação a Paços de Ferreira, onde também o defesa Calvin, igualmente lesionado, fica de fora.

O Famalicão, nono classificado com nove pontos, defronta esta sexta-feira o Paços de Ferreira, 10.º com oito, numa partida agendada para as 19:00, no Estádio Capital do Móvel, com arbitragem de João Bento, da Associação de Futebol de Santarém.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Desporto

FC Famalicão irá enfrentar Rio Ave na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal

Publicado

em

Por

O Futebol Clube de Famalicão já conhece o adversário que irá defrontar na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal. O sorteio realizado esta quarta-feira ditou um duelo frente ao Rio Ave Futebol Clube. O duelo com os vilacondenses irá disputar-se no Estádio do Rio Ave Futebol Clube, no fim-de-semana de 12 e 13 de dezembro.

Esta será a segunda vez que os dois clubes vão-se defrontar na prova rainha do futebol português. O único encontro ocorreu na temporada 1977/1978.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Ministra da Saúde visitou hoje o Hospital de Famalicão

Publicado

em

Por

A ministra da Saúde, Marta Temido, esteve esta quarta-feira, no Hospital de Famalicão numa das visitas incluídas no roteiro da Saúde.

Segundo apurou a Fama TV, a ministra esteve reunida com a administração do hospital onde se inteirou do trabalho e das condições do hospital no combate à covid-19.

(em atualização)

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

jornal opinião pública

fama rádio

Artigos recentes

Arquivo

FAMA NAS REDES

Mais vistos