Siga-nos nas redes

Famalicão

Meia Maratona de Famalicão quer 3 mil atletas no tiro de partida

Publicado

em

A Meia Maratona de Famalicão sai para a estrada este domingo, 27 de novembro, às 09h30, e as principais novidades da oitava edição da prova, promovida pelo Município de Vila Nova de Famalicão com organização técnica da Runporto e com o apoio da Associação de Atletismo de Braga, foram apresentadas esta segunda-feira à tarde à comunicação social.

As alterações no percurso da Meia Maratona e a alteração da distância da Mini Maratona, que passa de 6 para 10 quilómetros, são as grandes novidades da edição deste ano da corrida, apadrinhada pela maratonista e campeã olímpica Fernanda Ribeiro.

Este ano, a Meia Maratona de Famalicão corre-se, essencialmente, em ambiente urbano. A prova mantém o início na Avenida do Brasil, percorrerá as principais artérias da cidade nos primeiros 10 quilómetros, passará pelas freguesias de Vale São Martinho e Vale São Cosme, voltando até ao Parque da Devesa, junto ao CITEVE, num total de 21 quilómetros.  

“Um percurso mais plano e mais rápido”, que na opinião do diretor da Runporto, Jorge Teixeira, “permitirá a obtenção de novos recordes”.

Já a Mini Maratona pode ser feita a correr ou a caminhar, num percurso que passa então de uma extensão de 6 para 10 quilómetros. À semelhança da Meia Maratona, tem também início na Avenida Brasil e término no Parque da Devesa.

Na apresentação da prova, que decorreu esta tarde nos Paços do Concelho de Famalicão,Jorge Teixeira adiantou ainda algumas curiosidades sobre a edição deste ano. Até ao momento estão representadas na prova 5 nacionalidades (Portugal, Espanha, França, Rússia e Brasil), o atleta mais experiente a correr a prova dos 21 quilómetros tem 74 anos. A média de idades da prova ronda os 44 anos, no caso da corrida de 21 quilómetros, e os 40 anos no caso da corrida de 10 quilómetros. “São novos corredores que surgiram e ganharam o gosto pela corrida durante a pandemia e que estão a tornar o pelotão da prova mais jovem”, disse.

O vereador do Desporto da autarquia, Pedro Oliveira, acredita que “as alterações ao percurso vão potenciar resultados ainda melhores”. Para o autarca, a Meia Maratona “é um projeto consolidado” no concelho “pela qualidade a que a organização já nos habituou e pelo número e qualidade dos atletas que todos os anos participam na corrida”.

Atualmente a prova conta com 2700 inscritos. A organização conta bater a meta dos 3 mil.

Recorde-se que as inscrições online terminam esta terça-feira, 22 de novembro, no site da Runporto, em www.runporto.com. Até amanhã, as inscrições para a Meia Maratona têm o custo de 15 euros, subindo para 17.50 euros para as inscrições de última hora, no dia 26 de novembro, nos Serviços Educativos do Parque da Devesa. Já para os participantes da Mini Maratona, as inscrições até ao dia 22 de novembro têm o custo de 10 euros, subindo para 12.50 euros para inscrições de última hora.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Desporto

Mário Passos recebe GD Natação de Famalicão e promete nova piscina

Publicado

em

O presidente da Câmara de Famalicão promete melhorar as condições de trino do Grupo Desportivo de Natação, com a construção de uma nova piscina com pistas de 50 metros.

Mário Passos recebeu esta quarta-feira os atletas. treinador e presidente do Grupo Desportivo de Natação de Famalicão, que acabada de subir à I Divisão Nacional,

O edil espera que a nova piscina possa avançar ainda neste mandato.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: 152 autocarros e mais de 1.100 ligações diárias passam a servir a Comunidade Intermunicipal do Ave

Publicado

em

A AVE Mobilidade, marca da nova operação de transporte público rodoviário que passa a servir os oito municípios da Comunidade Intermunicipal do Ave, conta com 152 autocarros e mais de 1.100 ligações diárias, foi hoje anunciado.

A nova operação, em vigor desde 01 de dezembro, foi apresentada durante a tarde nas instalações da empresa Transdev (detentora do contrato), em Pinheiro, concelho de Guimarães, distrito de Braga, e contou com a presença dos presidentes dos municípios que compõem a Comunidade Intermunicipal do Ave (CIM do Ave): Vila Nova de Famalicão, Cabeceiras de Basto, Fafe, Guimarães, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho e Vizela.

“Trata-se do arranque do contrato de serviço público que vai servir os oito municípios da CIM do Ave. Esta operação está incluída na nova geração de contratos públicos de transporte, onde há uma grande expectativa das pessoas, porque hoje em dia a mobilidade está no centro da atualidade e das exigências que as pessoas têm em relação ao transporte público, e de poderem fazer a transição do transporte individual para o transporte público”, explicou o diretor executivo da Transdev, em declarações à agência Lusa.

Sérgio Soares refere que a Ave Mobilidade “permite, não só alargar a oferta de transportes, mas [também] traçar um novo paradigma naquilo que é o transporte público”.

“Sobretudo no reforço da oferta e na digitalização daquilo que é a informação ao público e na desmaterialização dos passes sociais, e logo do maior acesso das populações aos transportes”, sublinha o diretor executivo da Transdev.

Em comunicado, a empresa acrescenta que a “Ave Mobilidade disponibiliza, desde 01 de dezembro, uma operação de transportes públicos de passageiros ao serviço das populações de Cabeceiras de Basto, de Fafe, de Guimarães, de Mondim de Basto, da Póvoa de Lanhoso, de Vieira do Minho, de Vila Nova de Famalicão e de Vizela”.

“Com mais de 1.100 ligações diárias, a Comunidade Intermunicipal do Ave aposta na melhoria da mobilidade na região. A nova oferta, que se caracteriza pelo seu maior conforto, eficiência e modernidade, contará com 152 autocarros ao serviço da população”, indica a Transdev.

A empresa espera contar, “muito em breve, com a disponibilização de rede Wi-fi para todos os passageiros”, dando ainda conta de que “toda a rede estará disponível na web e nas plataformas especializadas em mobilidade e no próprio ‘site’ da Autoridade de Transportes da CIM do Ave”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão Lés a Lés: Antas celebra Nossa Senhora da Conceição

Publicado

em

A freguesia de Antas, em Famalicão, vai celebrar as Festas em Honra de Nossa Senhora da Conceição, com um programa recreativo e religioso, numa organização da Confraria de Nossa Senhora da Conceição. Não perca a entrevista a Adão Lopes, desta confraria.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Caso Cidadania foi arquivado pelo Ministério Público

Publicado

em

Foi arquivado, está quarta feira, por ordem do Ministério Público, o caso que opunha Mesquita Guimarães é a Disciplina de Cidadania, à qual os seus filhos faltaram, na Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Famalicão.

Para esta sexta-feira estava marcada uma sessão, no tribunal de Famalicão que poderia atribuir a tutela dos seus filhos menores à escola durante o tempo de aulas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Ribeirão, Vilarinho, Brufe, Vermoim e Riba de Ave recebem “Teatro N’Aldeia”

Publicado

em

Esta semana é a vez das freguesias de Ribeirão, Brufe, Abade de Vermoim, Riba d’Ave e Vilarinho das Cambas acolherem a iniciativa “Teatro N’Aldeia”.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Secretário de Estado Adjunto e da Justiça visitam Tribunal

Publicado

em

O secretário de Estado Adjunto e da Justiça vem a Famalicão no próximo dia 15 de dezembro. Jorge Alves Costa vem visitar as instalações do tribunal de Famalicão e reunir com a Delegação da Ordem dos Advogados (AO).

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Plataforma Renovar organiza “concentração” em frente ao Tribunal para apoiar pai dos alunos chumbados a Cidadania

Publicado

em

A Plataforma Renovar está a convocar uma “concentração” para sexta-feira, junto ao Tribunal de Famalicão, em solidariedade com a família e com a causa de Artur Mesquita Guimarães, pai dos alunos que faltaram sistematicamente às aulas da disciplina de Cidadania, e que podem agora ver a sua tutela transitar para as mãos da escola, dentro do período escolar.

“Convidamos todos os que concordem com este Manifesto a virem concentrar-se junto ao Tribunal de Famalicão, no próximo dia 9 de Dezembro (sexta-feira próxima), em solidariedade com a família Mesquita Guimarães, que está notificada para uma audiência nessa manhã no Juízo de Família e Menores. A concentração inicia-se às 9h00 e permaneceremos no local até ao encerramento da diligência. Convidamos também todos os partidos políticos e organizações da sociedade civil sensíveis a estas matérias a manifestarem a sua adesão e presença, do que daremos pública nota à comunicação social”, é explicado através de um texto no site da Plataforma Renovar.

 “A Plataforma de Renovar (Plataforma-RN ) são os pais de todo o Portugal (Norte a Sul, continente e ilhas) preparados para apoiar os seus filhos até ao limite, exercendo, por todas as formas, todos os direitos reconhecidos na Constituição da República Portuguesa,” autodescrevem-se assim os dirigentes do grupo.

O pai dos alunos, Artur Mesquita Guimarães, afirmou entretanto que já foi interposta uma queixa-crime, por difamação, contra o procurador do Ministério Público responsável pelo processo, face ao teor das suas alegações.

“São alegações manifestamente difamatórias, que não podíamos, de forma alguma, deixar passar em claro”, referiu.

Em causa estão dois alunos, irmãos, que frequentam o Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco e cujos pais os impedem, desde o ano letivo 2018/2019, de frequentarem a disciplina Cidadania e Desenvolvimento.

Os pais alegam objeção de consciência, defendendo que a educação para a cidadania é uma competência deles.

Sublinham que lhes suscitam “especiais preocupação e repúdio” os módulos “Educação para a igualdade de género” e “Educação para a saúde e sexualidade”, que fazem parte da disciplina em questão.

Dizem ainda que os restantes módulos da disciplina são uma “perda de tempo”.

Nos últimos quatro anos, os alunos, que são de excelência, foram dados como “chumbados”, por causa das faltas àquela disciplina, mas, por decisão do Ministério da Educação, têm transitado de ano, de forma condicionada, enquanto se aguarda pelo desfecho dos processos judiciais relacionados com o assunto, que correm nos tribunais administrativos.

Entretanto, o caso chegou também ao Tribunal de Família e Menores de Vila Nova de Famalicão, tendo o procurador responsável pelo processo, nas alegações que apresentou, pedido que os dois alunos sejam colocados à guarda da escola durante o período escolar.

“A medida que se configura como efetivável a ultrapassar o impasse da situação de perigo, passado, presente e futuro, será a de confiança a pessoa idónea, no concreto circunstancialismo, a confiança dos jovens à entidade mais indicada para o concreto perigo: a própria Escola. A colocação dos jovens, apenas durante o período escolar, sob a guarda da própria escola”, refere o MP.

Especifica que a escola, na pessoa do diretor do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, Carlos Teixeira, e/ou da interlocutora da primeira linha, a psicóloga Marta Silva, “serão as pessoas de quem se não duvida da idoneidade, até pelas funções que lhes estão confiadas”.

O MP considera que os pais “põem em perigo” a formação, educação e desenvolvimento dos filhos, adiantando ainda que há o perigo de os jovens sofrerem “maus-tratos psíquicos”, “não receberem os cuidados ou a afeição adequados às suas idades” e “estarem sujeitos a comportamentos dos pais que afetam gravemente o seu equilíbrio emocional”.

Além disso, acrescenta o MP, há o perigo de retenção e de consequente dificultação de acesso ao ensino superior, quando em causa estão “alunos de excelência, com um percurso académico irrepreensível”.

Diz que fica também em perigo a formação em matérias como direitos humanos, igualdade de género, saúde, sexualidade, segurança, defesa, paz e bem-estar animal, entre outras.

O MP considera que a atitude dos pais pode configurar “coerção emocional”, além de dar “exemplo de foras da lei, que decidem não cumprir, decidindo em causa própria como se juízes fossem”.

“Atuam como agentes de infrações”, acrescenta.

Alerta ainda que os alunos em questão podem ser vítimas de ‘bullying’ por parte da restante comunidade escolar que respeita as leis, “o que já vem acontecendo nas redes sociais”.

“Os pais parecem ignorar que a criança ou o jovem é um ser autónomo, com autonomia jurídica”, lê-se ainda nas alegações do MP.

Na altura, o advogado da família, João Pacheco de Amorim, disse que estas alegações são “absolutamente inusitadas” e que estão “em aberta e frontal contradição” com os relatórios dos técnicos da Segurança Social que acompanham o processo.

“É uma coisa perfeitamente bizarra, não tenho memória de, em 30 anos de exercício da profissão, ver uma promoção deste teor”, acrescentou o advogado, acusando o magistrado do MP de estar “ideologicamente confrontado na defesa do Governo”, face “à forma carregada e absolutamente infundada” como elaborou as suas alegações.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Chuva de pedidos de transferência de empresas para Famalicão. Já não é possível atender a todos.

Publicado

em

Vestidos da Givenchy, os equipamentos de corrida da Satisfy ou o vestuário de motociclismo da BMW e de náutica da Maserati. Estes são alguns exemplos de produtos produzidos pela Pafil, têxtil especializada em vestuário de alta performance.

A Pafil instalou-se há dois anos numa nova fábrica no Louro, em Famalicão, num investimento de dois milhões de euros, que criou mais de 30 postos de trabalho.

Esta terça-feira, 6 de dezembro, Mário Passos visitou a empresa no âmbito do Roteiro Famalicão Created IN e, em declarações aos jornalistas, adiantou que são vários os pedidos de empresas que se querem instalar em Famalicão. Tratam-se de empresas de grande dimensão que procuram áreas também de grande dimensão. Algumas das solicitações recebidas estão já a ser recusadas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Recolha de lixo irá funcionar normalmente no feriado desta quinta-feira

Publicado

em

A recolha de lixo em Famalicão irá manter-se no feriado de 08 de dezembro, esta quinta-feira, anunciou a Câmara Municipal.

Todos os horários e percursos habituais do veículo de recolha serão mantidos sem qualquer alteração pela empresa Blueotter, responsável pela recolha de resíduos sólidos urbanos em todo o território famalicense.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Concerto de Natal de Aurea em Vila do Conde adiado devido ao mau tempo

Publicado

em

Foi adiado para 07 de Janeiro de 2023 o concerto de Aurea agendado para esta quinta-feira, dia 08, em Vila do Conde, que assinalaria o início da época natalícia na cidade.

A Câmara Municipal de Vila do Conde justifica a mudança com “a previsão de agravamento das condições meteorológicas”.

A iniciativa Mercado de Natal será apresentada este sábado, às 11 horas, resultado do mesmo adiamento.

As luzes de Natal serão ligadas, na mesma, esta quinta-feira, às 18:00, apesar da ausência do concerto.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

pub

Artigos Recentes

Guimarãeshá 2 horas

Camião de lenha tomba na EN206 em Ronfe após despiste

Um veículo pesado que carregava lenha ficou tombado, na tarde desta quarta-feira, na Estrada Nacional 206, em Ronfe, que liga...

Desportohá 2 horas

Mário Passos recebe GD Natação de Famalicão e promete nova piscina

O presidente da Câmara de Famalicão promete melhorar as condições de trino do Grupo Desportivo de Natação, com a construção...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: 152 autocarros e mais de 1.100 ligações diárias passam a servir a Comunidade Intermunicipal do Ave

A AVE Mobilidade, marca da nova operação de transporte público rodoviário que passa a servir os oito municípios da Comunidade...

Paíshá 2 horas

Burla em nome da EDP ameaça clientes com corte da eletricidade em troco de 150 euros

Está a ser levada a cabo uma burla em nome da EDP, através de mensagens SMS, na qual os criminosos...

Paíshá 3 horas

Évora será Capital Europeia da Cultura em 2027

Évora será Capital Europeia da Cultura em 2027, juntamente com Liepaja, na Letónia, foi hoje anunciado, numa conferência de imprensa...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão Lés a Lés: Antas celebra Nossa Senhora da Conceição

A freguesia de Antas, em Famalicão, vai celebrar as Festas em Honra de Nossa Senhora da Conceição, com um programa...

Regiãohá 5 horas

Familiares retiram corpo de homem de 77 anos afogado na praia de Vila Chã em Vila do Conde

O corpo de um homem de 77 anos foi encontrado esta quarta feira, nas águas da praia de Vila Chã,...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Caso Cidadania foi arquivado pelo Ministério Público

Foi arquivado, está quarta feira, por ordem do Ministério Público, o caso que opunha Mesquita Guimarães é a Disciplina de...

Barceloshá 8 horas

Mulher que realizava “serviços espirituais” e burlava clientes constituída arguida pela GNR em Barcelos

A GNR constituiu arguida, em Barcelos, uma mulher de 27 anos suspeita de burlas com execução de “serviços espirituais” para...

Paíshá 8 horas

Homem de 22 anos detido na Maia por alegadamente ter abusado de jovem de 16 anos inconsciente após beber álcool

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na Maia, um homem de 22 anos por, alegadamente, ter abusado sexualmente de uma jovem...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES