Siga-nos nas redes

Sociedade

Preço do cabaz alimentar sobe seis euros em apenas uma semana

Publicado

em

O preço do cabaz de alimentos subiu seis euros em apenas uma semana. O peso é cada vez maior no bolso das famílias portuguesas que estão a ponderar melhor as compras de Natal.

A subida constante dos preços obriga as famílias a pensarem melhor no momento de gastar, sobretudo quando não são bens essenciais.

As contas da DECO indicam que o cabaz de bens essenciais custa atualmente mais 36 euros do que em fevereiro, antes da guerra. Os preços do peixe e dos laticínios foram os que mais subiram.

A inflação chegou a abrandar ligeiramente em novembro, mas continua alta.

Os economistas e analistas de mercado pedem cautela no momento de comprar sobretudo nesta época do ano. O consumo desenfreado no Natal pode significar um disparar de preços no próximo ano.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

Famalicão

Famalicão: Gindança apresenta bailado “Copellia” para ajudar menina com má formação facial rara

Publicado

em

A Academia Gindança de Famalicão sobe ao palco, dia 04 de fevereiro com o bailado Coppelia, num evento solidário, cujos fundos irão reverter a favor da Constança, “uma menina que precisa da ajuda de todos”, de acordo com a academia.

Constança é uma menina de 6 anos que nasceu com uma má formação facial rara que obrigou a uma cirurgia delicada com apenas 10 dias vida, após ter nascido com apenas 32 semanas de gestação.

Constança, que sonha ser um dia bailarina, desloca-se numa cadeira de rodas e está a ssr alvo de tratamento que a possam levar a caminhar sozinha.

Para isto, são precisos cerca de 20 mil euros por ano, para que possa usufruir de um tratamento de reabilitação intensiva Tailândia com injeção de células tronco.

“Temos 4000 livros para vender a 5€ cada um, como forma de angariação de fundos. Não é suficiente, o tratamento ronda os 45.000€ mas é o grande impulso para a reserva de datas no Better Being Hospital em Bangkok.
Precisamos de mostrar o arco-íris à Constança para que possa encontrar o seu tesouro”, dizem os organizadores do evento.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Apesar das greves escolas têm de assegurar serviços mínimos a partir desta quarta-feira

Publicado

em

As escolas têm de assegurar, a partir de hoje, serviços mínimos devido à greve por tempo indeterminado dos profissionais da educação, de acordo com uma decisão que, não sendo totalmente inédita no setor, deixou muitas dúvidas aos diretores.

Apoios aos alunos com necessidades educativas específicas e aos alunos em situações vulneráveis, apoios terapêuticos e refeições são alguns dos serviços que terão de ser garantidos pelos docentes e não docentes até ao final da semana.

A decisão do Tribunal Arbitral, conhecida na sexta-feira, refere-se apenas à greve por tempo indeterminado iniciada em dezembro, convocada pelo Sindicato de Todos os Profissionais da Educação (STOP) e surge na sequência de um pedido apresentado pelo Ministério da Educação.

O tema passou para as mãos do tribunal em 20 de janeiro, depois de o sindicato ter recusado a proposta da tutela de serviços mínimos que permitissem ter as escolas abertas, dar refeições e acolher alunos com necessidades educativas especiais, tendo então sido constituído um Colégio Arbitral.

De acordo com o acórdão, as escolas terão também de garantir o acolhimento dos alunos nas unidades integradas nos Centros de Apoio à Aprendizagem, a continuidade das medidas direcionadas para o bem-estar socioemocional, no âmbito do plano de recuperação das aprendizagens, e os serviços de portaria e vigilância dos alunos.

O coordenador do STOP, André Pestana, considerou tratar-se de “uma forma desesperada de um Governo autoritário, que não consegue ter outra forma que não seja pela força”, e “um atentado ao direito à greve”.

Da parte do Ministério da Educação, que já tinha solicitado à Procuradoria-Geral da República um parecer sobre a legalidade da greve, o pedido foi justificado com a “duração e imprevisibilidade” e as “consequências acumuladas para os alunos, no que concerne a sua proteção, alimentação e apoio em contextos de vulnerabilidade”.

É a terceira vez que são decretados serviços mínimos para as escolas e, até 2013, a legislação não incluía a educação entre as “necessidades sociais impreteríveis”.

Nessa altura, o governo liderado por Pedro Passos Coelho alterou a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, na sequência de uma greve geral que obrigou a adiar o exame nacional de Matemática, passando a incluir a “realização de avaliações finais, de exames ou provas de caráter nacional que tenham de se realizar na mesma data em todo o território nacional”.

Depois disso, foram decretados serviços mínimos pela primeira vez apenas em 2017, no contexto de uma greve que voltava a coincidir com o período de exames. A decisão repetiu-se no ano seguinte, em resposta a uma greve às avaliações, sendo que o Tribunal da Relação veio, mais tarde, considerá-la ilegal.

Agora, não está em causa a realização de exames nacionais, mas o Tribunal Arbitral argumenta que a greve do STOP, pela sua imprevisibilidade, põe em causa as aprendizagens e que, por isso, “cumpre acautelar a situação dos alunos que nos próximos meses deverão realizar” os exames do 9.º ano e ensino secundário.

Ainda assim, o tribunal optou por não decretar, para já, serviços mínimos para as atividades letivas, por considerar que o efeito acumulado da greve ainda não coloca em causa a satisfação de “necessidades sociais impreteríveis” a esse nível, mas tem um entendimento diferente quanto às refeições e ao acompanhamento dos alunos mais vulneráveis.

Os diretores escolares dizem ter sido deixados com muitas dúvidas e admitem que poderá ser difícil assegurar os serviços mínimos definidos, por um lado devido à falta de assistentes operacionais que muitas escolas enfrentam em circunstâncias normais e, por outro lado, devido à sobreposição de greves.

Além da greve do STOP, arranca hoje uma greve nacional de três dias, do Sindicato Nacional dos Professores Licenciados, estando a decorrer também uma paralisação parcial, do Sindicato Independente de Professores e Educadores, e uma greve por distritos, convocada por uma plataforma de nove organizações sindicais.

“No caso de haver greves sobrepostas, as escolas têm que ter serviços mínimos?”, questionou, em declarações à Lusa, o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, que enviou, na segunda-feira, um pedido de esclarecimentos ao Ministério da Educação.

Até ao final do dia de terça-feira, a associação ainda não tinha recebido resposta da tutela e, reconhecendo que as escolas estão, em certa medida, sem saber o que fazer, Filinto Lima acrescentou: “Só espero que, se acontecer algo que não esteja em conformidade com o acórdão, não culpem os diretores”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicense Bruno Moreira apresenta projeto SLR este sábado na Casa das Artes

Publicado

em

Atuam na Casa das Artes de Famalicão, este sábado, os SLR, projeto do famalicense Bruno Moreira, em conjunto com Luís Água, que lança música desde 2018 e que foi destacados nos meios de comunicação nacionais e internacionais, após o lançamento do seu EP “Losing”, que conta com um ‘single’, acompanhado por um vídeo, com o mesmo nome.

Este registo discográfico é “onde encontramos temas que nos apresentaram a banda anteriormente, acompanhados por novas canções que nos permitem perceber o crescimentos de Bruno Moreira e Luís Água como compositores. Os temas deste EP foram produzidos
por nomes afirmados da música portuguesa e outros promissores neste caminho da nova Pop nacional (Ben Monteiro, choro, Luar e Kiko
Mori)”, dizem os SLR.

Bruno Moreira é licenciado em Cinema e Audiovisual pela Escola Superior Artística
do Porto, onde se iniciou também a parceria com Luís Água. De parceiros nos
projetos de cinema passaram rapidamente a parceiros na criação de música, no início
para bandas sonoras e posteriormente para os SLR.

O percurso musical do Bruno começa no conservatório de música CCM – Centro de
Cultura Musical em Vila Nova de Famalicão, onde encontrou a formação, mas foi no
coro da igreja que encontrou o espaço onde a sua voz podia ser ouvida.
Cresceu a ouvir Pop/Rock e R&B, onde achou as referências que o levaram a
explorar no secretismo do seu quarto as suas notas mais agudas, que hoje dão
identidade às canções dos SLR.
Hoje, Bruno Moreira, usa a sua voz para defender a causa LGBT+, quer através dos
seus filmes como das músicas e videoclipes dos SLR.

Luís Água é natural de Paredes, Porto. Desde cedo que mostrava gosto pela música
e aos 9 anos começou a aprender piano e teoria musical. A sua infância foi marcada
por ouvir música em Vinyl com a mãe, desde Elton John a Prince, gravar-se a cantar
músicas infantis no quarto e criar espetáculos para eventos familiares. A nível
académico é licenciado em Cinema e Audiovisual pela ESAP, onde desenvolveu um
gosto especial pela direção de fotografia, pela imagem e pelo storytelling.
Atualmente, Luís desenvolve portfólio em várias áreas, desde direção de arte em
empresas de retalho, a bandas sonoras para filmes, passando também pela habitual
fotografia e cinematografia.
Apaixonado por produção musical, é o principal responsável pela sonoridade e
arranjos musicais dos SLR e ainda por um projeto a nivel próprio chamado “água”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

País

Auchan junta-se à Oikos para promover produtores locais

Publicado

em

A Auchan Retail Portugal continua empenhada em encontrar novas formas de apoiar os produtores locais e avança com uma nova parceria que vem reforçar esta intenção: a renovação do marketplace SmartFarmer, em colaboração com a Oikos – Cooperação e Desenvolvimento, dirigido aos produtores locais e focado na comercialização direta de produtos agroalimentares.

O principal objetivo desta iniciativa é apoiar os pequenos e médios produtores e promover a sua aproximação aos consumidores, alavancando as suas vendas, através de uma plataforma online, e criando relações de proximidade e transparência entre produtores e consumidores, sustentadas por uma forte rede de parceiros locais.

A comercialização dos produtos por meio desta plataforma pode ser efetuada por venda direta do produtor ao consumidor, ou por venda indireta, através de um intermediário. Este é um sistema que privilegia a proximidade geográfica e relacional entre as partes envolvidas, permitindo agregar a oferta e a procura por critérios de proximidade física (do mais próximo para o mais distante) e aceder a informação sobre o modo de produção dos bens alimentares e certificações.

Nos últimos anos, a Auchan tem vindo a fortalecer a sua relação com os produtores locais, que produzem mais de 700 dos artigos comercializados nas suas lojas. Hoje, a maioria dos produtos frescos à venda são portugueses e cerca de 90% das compras são feitas a fornecedores nacionais. Com esta aposta, além de promover uma cultura de colaboração e crescimento mútuo, com respeito pelos negócios dos pequenos produtores, a retalhista garante aos seus clientes os produtos mais frescos e com maior qualidade, e também o fornecimento de artigos com identidade ou receita local, que lhes permitem saborear o que é típico da sua região.

De relembrar que a oferta de formação gratuita a produtores locais foi uma das últimas ações da Auchan no sentido de apoiar os seus parceiros, ajudando-os a melhorar e a fazer crescer os seus negócios. Com esta nova aposta comercial, a retalhista promove, uma vez mais, uma cultura de colaboração e crescimento mútuo, com respeito pelos negócios dos pequenos e médios produtores.

Mais informações sobre a plataforma SmartFarmer, aqui:  https://smartfarmer.pt/quem-somos/

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

PCP de Famalicão preocupado com “injustiças” vai abordar trabalhadores da Continental, Tesco e Cabelauto

Publicado

em

A situação do emprego no concelho é, neste momento, a principal preocupação do PCP de Famalicão. A Comissão Concelhia do partido reuniu, a semana passada, com o propósito de analisar a situação política, social e económica e apontar soluções a nível nacional, regional e local.

Saiba mais em OPINIAOPUBLICA.PT

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Praça-Mercado e Igreja Matriz Nova recebem símbolos da Jornada Mundial da Juventude este sábado

Publicado

em

A Praça-Mercado de Famalicão, recebe, no dia 04 de fevereiro, sábado, os símbolos oficiais da Jornada Mundial da Juventude, compostos pela cruz e ícone de Maria.

O início da recepção está agendado para as 18:00.

Às 21:30 terá início uma peregrinação até à Igreja Matriz Nova de Famalicão.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Temperaturas mínimas de 3.º graus. Máximas vão chegar aos 14.º sem previsões de chuva

Publicado

em

Um dia de sol com céu limpo e sem qualquer previsão de chuva são as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera para esta quarta-feira, em Famalicão.

As temperaturas mínimas deverão atingir os 3.º graus, enquanto que as temperaturas máximas deverão atingir os 14.º graus, cenário que de deverá manter ao longo desta semana e fim de semana.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão é um dos municípios parceiros do Consórcio GIATEX de “Gestão Inteligente da Água na Indústria Têxtil”

Publicado

em

Famalicão é um dos municípios que integra o Consórcio GIATEX – Gestão Inteligente da Água na Indústria Têxtil e do Vestuário (ITV), em conjunto com cerca de três dezenas de instituições nacionais, com vista a dar resposta aos desafios enfrentados pelas empresas de enobrecimento têxtil, ao nível do consumo específico de água e apoiar na decisão sobre o destino final a dar às águas.

A participação de Famalicão ficou oficializada no passado dia 26 de janeiro, após reunião de Câmara, sendo que o seu envolvimento remete para a sensibilização e divulgação da agenda desenvolvida pelo consórcio.

Integram este projeto um total de 27 membros, nomeadamente, instituições ligadas à investigação e ensino superior, empresas têxteis e afetas ao vestuário, e as autarquias de Famalicão e Santo Tirso.

O consórcio tem por objeto a execução de uma agenda mobilizadora intitulada de ‘GIATEX – Gestão Inteligente da Água na ITV’, cujo promotor líder é a Estamparia Adalberto, com coordenação técnica do CITEVE – Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário, estando o projeto enquadrado e financiado no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência de Portugal.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Abertas as candidaturas ao Programa Municipal de Apoio Financeiro a Bolsas de Investigação

Publicado

em

O Programa Municipal de Apoio Financeiro a Bolsas de Investigação, dirigido a investigadores e bolseiros com projetos de investigação em curso já abriu as suas incrições.

Serão considerados apenas projetos aprovados por instituições oficiais nacionais ou internacionais e direcionados para a promoção da inovação empresarial.

O formulário de candidatura, bem como o regulamento do programa, encontram-se disponíveis no site do Famalicão MadeIN, em www.famalicaomadein.pt.

Esta medida vem no seguimento da implementação da estratégia municipal ‘do MadeIN ao CreatedIN’, que inclui o novo eixo de ação: MadeInovar, uma nova abordagem do Famalicão MadeIn que tem como objetivo a criação e desenvolvimento de valor para o território famalicense. O programa prevê a atribuição de cinco prémios a bolsas de investigação, no valor de 5.000€ cada um.

A submissão de candidaturas pode ser feita até dia 30 de abril de 2023.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Motoclube Escorpiões realiza passeio a Trás-os-Montes para ver as amendoeiras em flor

Publicado

em

O Clube Motard Escorpiões de Famalicão realiza, no dia 05 de março, o seu tradicional passeio à Região de Trás-os-Montes para ver as “Amendoeiras em Flor”.

As inscrições poderão ser feitas até ao dia 02 de março (quinta-feira).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Continuar a ler

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 55 minutos

Famalicão: Gindança apresenta bailado “Copellia” para ajudar menina com má formação facial rara

A Academia Gindança de Famalicão sobe ao palco, dia 04 de fevereiro com o bailado Coppelia, num evento solidário, cujos...

Desportohá 57 minutos

Famalicão oficializa contratação do guarda-redes de 18 anos Zé Henrique

O FC Famalicão anunciou, esta terça-feira, a contratação de Zé Henrique, guarda-redes, de 18 anos, que iniciou o percurso de...

Paíshá 58 minutos

Apesar das greves escolas têm de assegurar serviços mínimos a partir desta quarta-feira

As escolas têm de assegurar, a partir de hoje, serviços mínimos devido à greve por tempo indeterminado dos profissionais da...

Famalicãohá 2 horas

Famalicense Bruno Moreira apresenta projeto SLR este sábado na Casa das Artes

Atuam na Casa das Artes de Famalicão, este sábado, os SLR, projeto do famalicense Bruno Moreira, em conjunto com Luís...

Paíshá 2 horas

Auchan junta-se à Oikos para promover produtores locais

A Auchan Retail Portugal continua empenhada em encontrar novas formas de apoiar os produtores locais e avança com uma nova...

Famalicãohá 3 horas

PCP de Famalicão preocupado com “injustiças” vai abordar trabalhadores da Continental, Tesco e Cabelauto

A situação do emprego no concelho é, neste momento, a principal preocupação do PCP de Famalicão. A Comissão Concelhia do...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Praça-Mercado e Igreja Matriz Nova recebem símbolos da Jornada Mundial da Juventude este sábado

A Praça-Mercado de Famalicão, recebe, no dia 04 de fevereiro, sábado, os símbolos oficiais da Jornada Mundial da Juventude, compostos...

Desportohá 4 horas

Basquetebol: FAC recebe AD Esposende para o último jogo da 1.ª fase

A equipa de basquetebol do Famalicense Atlético Clube joga, este sábado, o último jogo da 1.ª fase do Campeonato Nacional...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: Temperaturas mínimas de 3.º graus. Máximas vão chegar aos 14.º sem previsões de chuva

Um dia de sol com céu limpo e sem qualquer previsão de chuva são as previsões do Instituto Português do...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão é um dos municípios parceiros do Consórcio GIATEX de “Gestão Inteligente da Água na Indústria Têxtil”

Famalicão é um dos municípios que integra o Consórcio GIATEX – Gestão Inteligente da Água na Indústria Têxtil e do...

Jornal

Rádio

Arquivo

FAMA NAS REDES